Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia do Publicitário  Voltar

Dia do Publicitário

 

01 de Fevereiro

Profissional da área de comunicação, o publicitário atua no planejamento, coordenação e desenvolvimento de campanhas publicitárias para divulgar produtos, serviços, empresas ou pessoas.

Sempre atento às últimas tendências do mercado, ele analisa o que será divulgado, bem como o público a que se destina, visando lucro para quem anuncia. Em resumo, traduz, sob a forma de anúncios, os objetivos do cliente para o qual trabalha.

O que parece mas não é

A profissão foi regulamentada em 18 de junho de 1965 pela Lei no 4680 e para fiscalizar seu exercício foi criado o Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária - CONAR - em 1980.

Dia do Publicitário

Constituído por publicitários e profissionais de outras áreas, o CONAR é uma organização não-governamental que visa impedir a propaganda enganosa ou abusiva e promover a liberdade de expressão publicitária.

Recebe denúncias de consumidores que se sintam lesados de alguma forma por qualquer propaganda veiculada e as julga através de uma comissão de ética formada por conselheiros da entidade. Quando comprovada a procedência da denúcia, pode recomendar alteração do conteúdo do anúncio ou suspender sua veiculação.

Onde atuar?

São muitas as atividades do publicitário que pode trabalhar em diversas áreas, tais como:

Agência de Publicidade e Propaganda

Se trabalha no setor de Atendimento, é responsável por contatar o cliente e captar o que deseja da agência, transmitindo para as outras partes envolvidas no processo. No setor de Pesquisa e Planejamento, deve analisar a viabilidade do produto no mercado e o público a que se destina. Também elabora a campanha de acordo com o orçamento autorizado pelo cliente.

No setor de Criação, exerce sua criatividade para redigir os textos e slogans, além de criar as imagens que serão a marca dos anúncios.

Já na parte de produção, é responsável por colocar em prática as idéias vindas da criação e dar forma final à campanha. Mas é no Setor de Mídia que a campanha sai do papel e passa a ser veiculada nos meios de comunicação escolhidos no planejamento.

Departamentos de Marketing de empresas públicas ou privadas

Os departamentos de marketing surgem como boas alternativas para publicitários que geralmente ocupam cargos na área de gerência de produto.

Com uma visão geral de todo o processo que envolve o lançamento de um produto no mercado, o gerente atua como elo de ligação entre a empresa, o produto e o público-alvo. Seu objetivo é adequar a capacidade de produção e comercialização da empresa às características do mercado.

Promoção de vendas

Nesta área, elabora estratégias para melhorar as vendas de um determinado produto que já existe no mercado. Pode criar campanhas promocionais, visando incrementar as vendas ou reposicionar o produto.

Publicitários também podem trabalhar como autônomos, realizando serviços para empresas ou lecionar em escolas que tenham cursos profissionalizantes na área de comunicação e em faculdades.

Onde estudar?

Para atuar como publicitário, é necessário curso superior, preferencialmente em Comunicação Social, o único que oferece habilitação em Publicidade e Propaganda. Mas profissionais formados em Administração e Marketing também atuam na área.

Com duração mínima de 4 anos, o curso de Publicidade e Propaganda tem matérias específicas como Linguagem Publicitária, História da Publicidade no Brasil, Técnicas de Redação Publicitária, Criação Publicitária, Pesquisa de Mercado e Planejamento Publicitário e disciplinas da área de ciências humanas como Psicologia, Filosofia, Sociologia e Antropologia.

A área administrativa da publicidade, onde o aluno aprende a fazer estudos estatísticos, pesquisas de marketing e de veiculação e planilhas de custos, também é garantida pelo curso.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Dia do Publicitário

1 de Fevereiro

A Publicidade é uma atividade profissional dedicada à difusão pública de idéias associadas a empresas, produtos ou serviços, especificamente, Propaganda comercial.

O dia do publicitário é comemorado em 1° de fevereiro.

Publicidade é também uma habilitação do curso de graduação em Comunicação Social.

Atualmente, Publicidade é um termo que pode englobar diversas áreas de conhecimento que envolvam esta difusão comercial de produtos, em especial atividades como o planejamento, criação, veiculação e produção de peças publicitárias.

Mas estudos mostram uma tabuleta em argila encontrada por arqueólogos, a qual continha inscrições babilônicas, anunciando a venda de gado e alimentos, demonstrando que já se utilizava de algum tipo de publicidade na antiguidade.

Foi, porém, após a Revolução Francesa (1789), que a publicidade iniciou a trajetória que a levaria até o seu estágio atual de importância e desenvolvimento.

Hoje, todas as atividades humanas se beneficiam como o uso da publicidade: Profissionais liberais, como médicos, engenheiros, divulgam por meio dela, os seus serviços; os artistas anunciam suas exposições, seus discos, seus livros, etc& , a própria ciência vem utilizando os recursos da publicidade, promovendo suas descobertas e seus congressos por meio de cartazes, revistas, jornais, filmes, Internet e outros.

Fontewww.cidadaopg.sp.gov.br

Dia do Publicitário

1 de Fevereiro

O profissional da área da comunicação responsável pelo planejamento, criação e execução de campanhas publicitárias, e de propaganda chama-se publicitário.

O objetivo de uma campanha publicitária é obter lucro para o anunciante, para aumentar as vendas do produto anunciado. É preciso, pois, criar uma imagem do produto e divulgá-la, de modo a despertar o interesse do consumidor, ou seja, fazê-lo desejar o produto. O Publicitário conhece as técnicas necessárias para que esse processo tenha êxito e supere a concorrência de outros produtos.

Dia do Publicitário

Até 1965, a profissão de publicitário era exercida pelos jornalistas, os quais, por terem conhecimento e prática na divulgação de mensagens dirigidas às massas, eram os mais requisitados pelos anunciantes para trabalharem a imagem de seus produtos.

Em 18/06/1965, foi promulgada a lei nº 4680, que regulamentou a profissão, em razão de terem surgido cursos superiores na área da Comunicação Social, com especialização em publicidade e duração de quatro anos.

Dessa forma, hoje, o publicitário possui ampla formação na área de ciências humanas - psicologia, sociologia e antropologia - e em matérias específicas como redação publicitária, linguagem publicitária e criação que complementam os conhecimentos necessários para lidar com o público - alvo de seus futuros clientes.

Para fiscalizar o exercício da profissão, foi criado em 1980, o Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária (CONAR), Organização Não-Governamental (ONG) que zela pela ética no meio publicitário, impedindo "que a publicidade enganosa ou abusiva cause constrangimento ao consumidor ou a empresas".

Qualquer consumidor que se sinta lesado por alguma publicidade pode contatar o CONAR, que, mediante um Conselho formado pelos conselheiros da organização, irá analisar a denúncia e ordenar, caso seja pertinente, a retirada do anúncio ou a modificação de seu conteúdo, "com total e plena garantia de direito de defesa aos responsáveis pelo anúncio".

O campo de atuação do publicitário são as agências de publicidade e propaganda ou as empresas. Nas agências, ele pode se especializar em diversas áreas: na área do atendimento, faz contato com o cliente e leva as instruções deste para a agência executar o trabalho.

Na área da criação, desenvolve o anúncio propriamente dito. Pode também optar pela redação publicitária ou pela direção de arte, ou por outras áreas, como a do planejamento, em que avalia pesquisas de mercado e determina a melhor forma de comunicação para o cliente. Na área de mídia, ele determina em quais meios (TV, rádio, cinema, impressos ou internet) e em que periodicidade o anúncio deve ser veiculado.

Fontewww.paulinas.org.br

Dia do Publicitário

1 de Fevereiro

Afinal o que é Publicidade?

Muitos publicitários sofrem para explicar (para suas mães, esposas ou amigos) o que faz o publicitário. Diria que é a combinação do artista com o vendedor. Mas realmente hoje, esta explicação esteja um pouco obsoleta.

O publicitário, a grosso modo, é responsável em divulgar uma idéia, produto e serviço. E muitas vezes a marca da empresa, neste caso, seu cliente.

Dia do Publicitário

Já li em muitos artigos e livros que o publicitário é o responsável em convencer as pessoas. Mas é uma idéia muito ultrapassada e distorcida da profissão. Será que você seria convencido por um excelente publicitário (juntamente com uma linda campanha) em comprar roupas tamanho P se o seu tamanho é G? Ou eu que detesto peixe de comprar uma  suculenta lata de atum ou sardinha só porque fui convencido?

Duvido muito. E isto comprova que o publicitário não convence ninguém se esta pessoa não estiver predisposta e aberta para receber a mensagem.

Mas com certeza a publicidade serve para realçar as qualidades do produtos. E talvez, maquiar os defeitos. Mas lembre-se, se o produto é ruim, não há publicidade que resolva. Afinal, podemos comprar um produto ruim 1 vez, mas com certeza nunca mais a empresa verá nosso dinheiro.

Não é?

Portanto publicidade boa é publicidade que não mente e que respeita o consumidor.

Mas falamos da BOA PUBLICIDADE. Dá para imaginar o valor da publicidade diante setores como indústria e comércio, não é?

Muitos confundem também a publicidade com o marketing. São profissões distintas, embora complementares. Mas a publicidade resumindo é responsável pela criação, produção, conceito da divulgação. Já o marketing está mais envolvido com a venda, mercado e estratégias de abordagem.

Fazer publicidade é montar uma boa campanha. Além de planejar com o cliente, saber qual o retorno que ele espera obter com o produto, realizar pesquisas de opinião com os consumidores, definir o público-alvo e o perfil dos veículos que serão usados para a divulgação. Sem esquecer que o CLIENTE é que aprovará ou não as soluções apresentadas. Seja de texto ou de imagem.

O publicitário também é responsável pela pesquisa, análise e definição dos meios de comunicação ideal para o cliente (Internet, televisão, jornais, revistas, etc). Ele analisa o custo benefício e acaba com as inoportunas empresas que costumam empurrar espaços publicitários ou anúncios para as empresas. Muitas vezes é um dinheiro desperdiçado. Ou você nunca fui importunado por uma empresa de lista telefônica? A agência analisará o custo x benefício, público, tiragens, etc para aprovar ou não a veiculação. O cliente fica mais sossegado e com certeza terá a verba de mídia melhor empregada.

O publicitário também é responsável em verificar e analisar aonde será veiculada a propaganda, horário, dia, formato, etc.

Ele tem a noção da dinâmica do mercado e compreende as bases do comportamento humano.O mercado de trabalho para os publicitários divide-se basicamente entre agências de propaganda, departamentos de marketing de empresas e veículos (rádios, jornais, TVs, revistas). A área de criação nas agências é a mais restrita e, consequentemente, a concorrência é mais acirrada. Apesar de atraente, a função criativa pode ser muito estressante, principalmente quando é preciso ter uma idéia genial em 24 horas. Nas empresas, há maior possibilidade de se arrumar trabalho e boas perspectivas são encontradas na área de gerência de produtos, onde se tem uma visão global de todo o processo. Há uma tendência dos profissionais em se especializar em uma das diversas etapas do trabalho em Publicidade: atendimento, pesquisa de mercado, planejamento, redação, mídia, criação e arte.

Fonte: www.artigonal.com

Dia do Publicitário

1 de Fevereiro

O publicitário cria, realiza e divulga campanhas e peças publicitárias, procurando a melhor forma de apresentar um produto ou serviço ao consumidor e promover sua venda. Ele atua na elaboração de estratégias e inovações na área de comunicação, visando a obter melhoramentos na relação de empresas e instituições com a sociedade.

Para isso, pesquisa o perfil do público-alvo, levantando dados como idade, condição socioeconômica, escolaridade, costumes e hábitos de consumo. Faz a arte de embalagens e de identidade corporativa. Escolhe a abordagem e os meios de comunicação mais adequados à campanha: outdoors, anúncios de jornais e revistas, comerciais de rádio e TV e banners em sites da internet. Cria os textos e as imagens e acompanha sua produção. Depois da campanha, faz novas pesquisas para avaliar o impacto da propaganda sobre o consumidor.

O campo de atuação também é bastante abrangente. O profissional de publlicidade e propaganda pode trabalhar em agências de publicidade e departamentos de marketing ou de comunicação de grandes empresas.

Dúvida do Vestibulando

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE FAZER UM BACHARELADO E UM TECNOLÓGICO?

Boa parte dos cursos é parecida e forma profissionais para a mesma área de atuação. O bacharelado fornece formação humanística, com bases profundas da comunicação social e fundamentos do marketing. Já os cursos tecnológicos são voltados para a parte operacional da publicidade.

Por isso, têm pequena base da comunicação e do marketing e costumam ser focados em um setor específico de atuação da publicidade e propaganda, como a produção publicitária, que consiste em produzir as peças e campanhas em diversos meios e áreas, como eventos, televisão, rádio, cinema e internet. O tecnólogo costuma atuar ao lado do bacharel.

O mercado de trabalho

O mercado de publicidade e propaganda está estável para o bacharel. Mas há perspectivas de crescimento para o especialista em marketing na área de mídias digitais e móveis. "O publicitário encontra boas oportunidades em canais de venda que não são os tradicionais, como a internet, a TV digital e o celular", explica Fernando Ferreira de Almeida, coordenador do curso de Publicidade e Propaganda da Metodista, de São Paulo.

O bacharel pode atuar em vários tipos de agências de comunicação, nos departamentos de marketing e comunicação de empresas em geral, em jornais e revistas, além dos fornecedores de produtos e serviços, como consultorias, institutos de pesquisa, produtoras de som e imagem, gráficas, empresas de web e organizadoras de eventos.

As maiores agências estão concentradas em São Paulo, mas grandes empresas estão expandindo seus negócios para outras regiões brasileiras e, com isso, abrindo mercados para agências de publicidade, sobretudo no Sul, no Nordeste e no Centro-Oeste. O interior paulista pode ser promissor, uma vez que a região tem grande participação na economia do país.

O curso

Há muitos cursos de bacharelado em todo o país. A teoria e a prática estão intimamente ligadas. A graduação é focada em propaganda, ambiente promocional, moda, esporte, cultura, varejo e internet. Disciplinas como fotografia, redação publicitária e computação gráfica fornecem as técnicas de criação. O aluno também é treinado nas diversas linguagens da propaganda - política, comercial e institucional. Matérias das áreas de administração e economia complementam o currículo. É importante, por exemplo, saber como montar uma planilha de custos. As escolas costumam exigir um trabalho de conclusão. Na maioria delas, o curso de Publicidade é uma habilitação do bacharelado em Comunicação Social.

Duração média: quatro anos.

Outros nomes: Comun. (public. e prop.); Comun. (public.); Comun. e Mkt. (public. e prop.); Comun. Soc. (prop. e mkt.); Comun. Soc. (prop. e public.); Comun. Soc. (public. e mkt.); Comun. Soc. (public. e prop. com ênf. em mkt.); Comun. Soc. (public. e prop.); Comun. Soc. (public.); Comun. Soc. (public., prop. e mkt.); Prop. e Mkt.; Public. (public. e prop.); Public., Prop. e Mkt.

O que você pode fazer

Atendimento

Servir de elo entre a agência de publicidade e o cliente para levantar os dados que orientarão a campanha de divulgação de um produto ou de uma empresa.

Criação

Desenvolver campanhas publicitárias com base na análise de pesquisas sobre o mercado consumidor e o produto.

Gerência de produto

Administrar as ações de publicidade e de promoção de vendas de um produto.

Marketing

Planejar e desenvolver o produto ou serviço, estabelecendo estratégias de preço, distribuição e venda, desde a campanha até a aproximação com o público consumidor.

Mídia

Escolher os veículos de comunicação mais adequados para difundir uma campanha. Negociar a compra de espaço para anúncios em outdoors, jornais, revistas, TVs, rádios e internet.

Pesquisa

Obter dados sobre as necessidades, o perfil e os hábitos dos consumidores. Avaliar o impacto das campanhas publicitárias sobre o público.

Produção

Fazer jingles, comerciais e anúncios em rádios, TVs, jornais, revistas, outdoors e websites.

Promoção de vendas

Elaborar estratégias de vendas. Desenvolver campanhas promocionais de diversos tipos de produto em restaurantes, supermercados e outros pontos de venda.

Fontewww.guiadoestudante.abril.com.br

Dia do Publicitário

1 de Fevereiro

Esse profissional tem tanta importância que se encaixaria em qualquer outra situação.

O bom publicitário tem que ser um ótimo jogador, driblar todos os desafios.

Pintor infálivel, sabe a cor certa a ser usada naquela peça, e não na parede.

Bombeiro, capaz de apagar muitos incêndios.

Cirurgião plástico, com um software na mão faz tanto milagre que invejaria ate Pitangui.

Modelo, tem que saber seduzir como ninguém.

Delegado, não pode prender pessoas, mas tem a obrigação de prender a  atenção das pessoas.

Ótimo vendedor, vende suas idéias como ninguém.

Maestro, para criar simetria de sua equipe.

Pisicólogo, se não entender a cabeça e as influências humanas está perdido.

Chato, se for fazer alguma pesquisa com você, você só não manda a merda porque você é educado e entende que é o trabalho dele.

Economista, tem que saber investir direitinho a verba que o cliente deixou na sua mão.

Palhaço, muitas vezes faz você rir muito.

Um bom advogado, defendendo suas idéias para não causar confronto com o cliente ou algum colega.

Jornalista, porque se não souber escrever vai ser artista plástico.

Político as vezes , tem que dar aquela enroladinha de vez enquando,senão não dá.

Criativo? Óbvio!

Vaidoso, podem não parecer, mas todos são.

Muitas vezes um mordomo. Quando todos forem almoçar e você tem que ficar terminando algum trabalho que era pra ontem, será você que irá atender a porta e o telefone.

Poeta, tem que sonhar sim.

Executivo, ser racional é importantissimo.

Não é santo, mas faz milagres.

Arriscar como apostador de bolsa de valores.

Cautelar como um motorista de carro funerário.

E taxista porque não?! senão tiver bom relacionamento com o cliente ele nunca mais volta.

O Publicitário é acima de tudo isso, apaixonado pelo que faz.

Fonte: www.izip.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal