Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dia do Químico  Voltar

Dia do Químico

 

 

18 de Junho

Ramo da ciência que estuda as alterações e transformações sofridas pela matéria, incluindo solo, água, ar, poluentes, minerais e metais, bem como sua composição e propriedades, a química faz parte da nossa vida há milhões de anos.

Dia do Químico

Provavelmente, um dos primeiros fenômenos, relacionado à química e observado por nossos antepassados, foi a produção do fogo. Seu domínio veio logo a seguir, no período paleolítico, há 400 mil anos.

E quem está por trás desta ciência é o químico, realizando ensaios, experimentos, estudos e pesquisas para investigar as reações das substâncias.

O QUE FAZ?

O profissional de química tem um vasto campo de atuação. Da indústria à universidade, pode atuar em diversas áreas, desde que conjugue capacidade de análise e concentração com interesse pelas ciências e facilidade para matemática.

químico industrial, por exemplo, trabalha no controle de qualidade da produção, análise de materiais e dos produtos fabricados e pode pesquisar dados sobre a criação e o aperfeiçoamento de produtos.

Já na área de avaliação ambiental, o químico pode elaborar projetos de preservação do meio ambiente, bem como detectar substâncias e analisar possíveis danos à natureza causados por agentes poluentes.

E em instituições de ensino e pesquisa, pode lecionar ou desenvolver pesquisas que investigam processos e propriedades da química.

A CIÊNCIA DAS CIÊNCIAS

A alquimia é considerada uma das ciências mais antigas, tendo influenciado todas as demais.

Precursora da química, seu objetivo era compreender a natureza e reproduzir seus fenômenos para atingir um estado superior de consciência.

Em seus experimentos de laboratório, os alquimistas buscavam duas substâncias: a pedra filosofal, capaz de transformar metais em ouro, e o elixir da longa vida, capaz de prolongá-la indefinidamente.

Além de legarem à química a descoberta de substâncias e experiências químicas, os alquimistas deixaram receitas sobre como obter a pólvora e o álcool através da destilação do vinho. Supõe-se que elementos como o arsênio, antimônio, bismuto, fósforo e zinco também foram por eles descobertos.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Dia do Químico

18 de Junho

A química faz parte da nossa vida há milhões de anos. Ramo da ciência que estuda as alterações e transformações sofridas pela matéria, incluindo solo, água, ar, poluentes, minerais e metais, bem como sua composição e propriedades. Desde a pré-história, o homem já acumulava conhecimentos práticos de química.

Dia do Químico

E quem está por trás desta ciência é o químico, realizando ensaios, experimentos, estudos e pesquisas para investigar as reações das substâncias.

O padeiro é um alquimista quando assa o pão, o viticultor quando prepara o vinho, o tecelão quando faz o tecido, portanto, seja quem for o responsável por tornar útil e levar ao ponto de ser usado pelo homem tudo o que cresce na natureza, é um Alquimista.

Fonte: smartkids.terra.com.br

Dia do Químico

18 de Junho

No dia 18 de junho comemora-se o dia do Químico. Nesse dia, mais do que comemorar, o profissional da área de química deve refletir sobre suas responsabilidades para com o desenvolvimento de uma sociedade mais justa, humana, desenvolvida e com qualidade de vida.

Deve refletir que a busca por estes objetivos passam pela pesquisa e pela transformação de matérias primas em produtos para o bem estar da sociedade, mas que não pode e não deve em momento algum gerar problemas para as gerações futuras. Neste caso, o profissional da química moderno é um dos principais atores do cenário global para a busca incessante por melhores condições de vida.

Para isso, o profissional da área de química pode utilizar os conhecimentos adquiridos para solucionar problemas relacionados à indústria, à agricultura, à ecologia, à educação e à saúde. As atividades do Químico consistem justamente em realizar investigações, experiências e análises relacionadas à composição, às propriedades e às transformações das substâncias.

O Químico e deve fazer isso tentando cada vez mais utilizar reagentes menos tóxicos e obter produtos em processos cada vez mais limpos e que geram menos subprodutos poluentes e que degradam a natureza.

As principais áreas de atuação do Químico são:

i) o ensino médio e superior nas disciplinas de Ciências Químicas;

ii) a responsabilidade técnica por empresas do setor químico;

iii) o planejamento, a implantação e a administração de laboratórios e o controle de qualidade de matérias-primas e produtos acabados. Para aqueles que ingressam em programas de pós-graduação, a pesquisa e o desenvolvimento de novos produtos e processos e o exercício da docência no ensino superior são as opções mais freqüentes.

Entre as atividades do Químico estão incluídas a aplicação de leis e métodos específicos no desenvolvimento de novas técnicas e processos, visando preparar ou isolar novos produtos, encontrar outras aplicações para os já existentes e proteção do meio ambiente. Desse modo, o Químico desempenha, atualmente, um papel dos mais relevantes no progresso industrial, econômico e social do País.

As habilidades exigidas pelo mercado podem variar em função da área de atuação. Na indústria, por exemplo, é importante ter boa formação básica, dominar uma ou duas línguas estrangeiras – o inglês é imprescindível – e fazer estágios em empresas do setor durante a graduação. Para o ensino de nível médio buscam-se o Químico que tenha boa formação pedagógica, cursos de especialização e estágios na área de ensino.

Para o ensino superior, além do mestrado e/ou do doutorado, a produção acadêmico-científica é bastante valorizada. Para isso, existem várias universidades no Brasil com cursos de Química com pesquisas em Química de nível internacional, sendo que o curso de Química de Universidade Estadual de Maringá está entre os melhores do país, tanto na graduação quanto na pós-graduação, sendo este nível de excelência atestado por diversos órgãos governamentais e privado.

O leque de opções permite ao profissional da Química ocupar cargos de relevância em indústrias químicas, farmacêuticas, de alimentos, cosméticos e têxteis, em instituições de ensino de nível superior e médio (neste caso específico existe uma forte demanda por professores), em órgãos de controle e fiscalização, no comércio, na agricultura e nas ciências forenses. Todos estes fatores fazem do Químico um profissional que tende a se valorizar cada vez mais, sendo sua ação primordial em qualquer sociedade desenvolvida.

Fonte: www.dqi.uem.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal