Breaking News
Home / História Geral / Feudalismo

Feudalismo

O que é o Feudalismo

PUBLICIDADE

Podemos classificar o feudalismo como um sistema socioeconômico que se desenvolveu na Europa, em países como Alemanha, França, Itália e Inglaterra, durante os séculos V e X – ou seja, durante a Idade Média. Seu entendimento é muito importante, pois foi através do feudalismo que ocorreram as principais relações sociais, políticas e econômicas da Idade Média.

Primeiramente devemos ter em mente que todo período histórico deve alguma coisa ao passado, ao seu período anterior. Assim, o feudalismo está nitidamente ligado a crise do Império Romano bem como às Invasões Bárbaras.

Características

Uma de suas principais características era a baixa modalidade social, justificada pela ideia de que a posição social de cada indivíduo era escolhida por Deus e, assim, ela não poderia ser modificada. É muito famosa a frase que sintetiza a divisão social no feudalismo: os que oram os que trabalham e os que guerreiam. Os primeiros eram os membros da Igreja Católica;os segundos os servos e, por fim, os terceiros eram os cavaleiros medievais, os responsáveis pela proteção em uma época muito violenta. É muito importante ter em mente que na Idade Média não existiam escravos! Havia os servos: pessoas livrem que abriam mão de sua liberdade em troca de proteção e de lugar para morar e garantir a sua subsistência.

Feudalismo
Imagem representando a configuração social da Idade Média

A principal relação social do período medieval era a relação de  suserania e vassalagem.  Nela o servo recebia o direito de utilizar as terras do senhor, trabalhando, plantando e colhendo os gêneros alimentícios, pagando impostos por isso; este direito se estenderia a seus filhos. Em troca jurava fidelidade ao senhor e poderia ser chamado por seu mestre para o defender em momentos de dificuldade.

Havia várias obrigações que os servos deveriam pagar para o seu senhor, tais como:

Corveia: o servo era obrigado a cultivar terras exclusivas do senhor durante alguns dias da semana, geralmente três.

Talha: essa obrigação impunha ao servo pagar parte de sua produção ao seu senhor.

Mão Morta: os filhos de determinado senhor recorriam à mão morta para manter a relação estabelecida por seu pai após a sua morte.

Banalidades: o servo deveria pagar pelo uso das instalações que existiam no feudo, tais como moinho, forno, tonéis, etc. ao senhorio.

Feudalismo
Pintura retratando o trabalho de alguns servos.

Assim, quase nem é preciso dizer que a economia na Idade Média era baseada praticamente nas atividades agrícolas de subsistência, o que só mudaria a partir do momento de sua desintegração.

Politicamente, este período era caracterizado pela fragmentação política, em que as decisões ficavam a cargo dos senhores feudais. O rei existia, mas como não existiam países e nações tal qual conhecemos na atualidade, seus poderes eram muito limitados frente à violência que existia no período e a distância entre um feudo e outro.

Por fim, temos que comentar a importância política e cultural da Igreja Católica para o medievalismo.

Vinicius Carlos da Silva

Veja também

Populista

Populista

PUBLICIDADE Definição Populista, em geral, é uma ideologia ou movimento político que mobiliza a população …

Corrida Espacial

Corrida Espacial

PUBLICIDADE Definição A corrida espacial da Guerra Fria (1957 – 1975) foi uma competição na exploração do …

Caso Watergate

Caso Watergate

PUBLICIDADE Watergate Watergate pode ser a história mais famosa na história americana de jornalismo investigativo. Isso …

Um comentário

  1. Ana Luiza Ferreira

    Legal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.