Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / História Geral / Mórmons

Mórmons

PUBLICIDADE

A Igreja foi instituída em 1830 em Nova York, por 6 membros, entre eles Joseph Smith, que desde a juventude tinha visões de Deus e Jesus Cristo, que o orientaram a fundar uma Igreja e cumprir uma profecia bíblica.

Em 1823 Joseph foi chamado por um emissário celestial chamado MORONI a um monte perto de Palmyra, onde lhe foram entregues placas de ouro com textos gravados que relatavam a história da civilização americana precedente, de 2200 AC a 420 DC, incluindo um ministério de Jesus cristo no continente americano depois de sua ressurreição. A ele foi pedido que traduzisse os textos para o inglês, e a obra recebeu o nome de LIVRO DE MÓRMON, e desde então a palavra mórmon vem sendo usada como um segundo nome para os fiéis desta Igreja. No prefácio constam os testemunhos de 11 pessoas atestando que viram as placas originais.

Perseguidos pela massa que discordava de suas crenças, os mórmons se mudaram para outros estados sucessivamente, e chegaram a ter breves períodos de paz e prosperidade, até que em 1844 Joseph Smith e seu irmão Hyrum foram presos e linchados em Illinois. O grupo mórmon continuou a procurar um local onde pudesse se estabelecer, até que em 1847 chegou ao Grande Lago Salgado, às margens do qual floresceu a cidade de Salt Lake City, sede mundial da Igreja.

No início o território de Utah funcionou como um estado teocrático, mas quando foi incorporada à Federação dos Estados Americanos a comunidade mórmon teve de renunciar a alguns de seus costumes, entre ele a poligamia. Os primeiros membros chegaram ao Brasil na década de 1840, iniciando seu trabalho em Santa Catarina, e em 1926 foram enviados os primeiros missionários da Igreja, trabalhando na língua alemã. Em 1935 foi criada a Missão São Paulo Brasil, primeira instituição oficial da Igreja no Brasil.

As escrituras estudadas pelos mórmons são: a Bíblia, o Livro de Mórmon, Doutrinas e Alianças, e A Pérola de Grande Valor. Sua visão de Deus é a de que “o Pai possui um corpo de carne e osso tão palpável como o do homem”, crêem que Jesus é o Salvador e voltará para estabelecer um reino de paz chamado Sião.

Como parte de sua crença de que apenas os descendentes dos primeiros fiéis se salvarão, existe toda uma estrutura de pesquisa genealógica e documentação, que lhes permite traçar os antecedentes por várias gerações.

A organização da Igreja obedece a parâmetros bíblicos, compostos de profetas, apóstolos e os setenta – como era na Igreja primitiva.

A base de autoridade do governo da Igreja é o sacerdócio, que não tem pregadores profissionais: todo jovem de 19 anos vai passar por um treinamento evangelizador e deve por 2 anos pregar a doutrina no país a que for enviado, exercendo o que eles chamam de sacerdócio de Melquisedec ou de Aarão.

As Autoridades Gerais da Igreja tem seus escritórios centrais na Salt Lake City. Eles são dirigidos pelo Presidente da Igreja, que é considerado pelos membros um profeta de Deus. A Primeira Presidência compreende o Presidente e seus dois conselheiros. Abaixo da Primeira Presidência em autoridade, está o Quorum dos Doze Apóstolos.

Outras Autoridades Gerais incluem os membros do Primeiro e Segundo Quorum dos Setenta, e um Bispado Presidente composto por três homens que supervisionam os assuntos temporais da Igreja. A nível regional cada congregação é liderada por um bispo e dois conselheiros. Todos os cargos administrativos regionais são voluntários, não existe clero nem administrador pago.

As mulheres participam ativamente da evangelização da família e da sociedade, formando a Sociedade de Socorro. Cada mulher é visitada pelo menos uma vez a cada 3 meses por professoras desta instituição, designadas a auxiliar nas necessidades tanto espirituais como materiais da família, além de projetos de auxílio social e educacional.

No ano 2000 a Igreja possuía no Brasil 1.200 unidades eclesiásticas e cerca de 600.000 membros e desde a década de 1980 vem tendo uma taxa maior de crescimento.

Fonte: www.brazilsite.com.br

Mórmons

Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias: este é o nome oficial da Igreja dos mórmons que foi fundada por Joseph Smith (1805-1844) nos Estados Unidos.

Dizem que a Smith teria aparecido um anjo chamado Moroni para anunciar-lhe que tinha sido escolhido por Deus para revelar ao mundo a verdadeira religião.

Orientado pelo anjo, Smith teria encontrado uma série de tábuas de ouro sepultadas 1400 anos antes numa gruta de Cumurah, no Estado de New York, esculpidas pelo profeta Mórmon.

Nelas, além dos ensinamentos de Jesus, estava narrada a verdadeira história do povo americano. Conforme essas tábuas, os primeiros habitantes brancos teriam chegado à América do Norte não somente antes de Colombo, mas até antes do nascimento de Jesus Cristo. Tratar-se-ia de duas tribos israelitas, os nefitas e os lamanitas, que teriam vindo pouco antes que Jerusalém caísse sob os golpes de Nabucodonosor, rei da Babilônia. Um dos reis desse povo, Mórmon, teria deixado essa história gravada sobre duas placas de ouro que estavam entre aquelas que foram encontradas e traduzidas por Smith.

O conteúdo dessas tábuas encontra-se no livro que é fundamental para essa religião, The book of mormons (O livro dos mórmons), publicado em 1830. Depois da publicação, um anjo levou as tábuas que nunca mais foram vistas. O livro narra a visita que Jesus Cristo teria feito, após a ressurreição, justamente à porção de seu rebanho que se encontrava na América do Norte e os ensinamentos que ele teria deixado a essas pessoas.

Missionários mórmons

No início, essa religião enfrentou muitos obstáculos e perseguições por causa das incompreensões que suscitou na sociedade americana, como, por exemplo, por causa da poligamia que Smith permitiu a seus adeptos. Para fugir a essas perseguições, o líder e sua comunidade atravessaram quase toda a América, chegando até o vale do Grande Lago Salgado, no estado de Utah.

Ali nasceu a cidade que hoje é a capital do Estado e o centro da religião mórmon: Salt Lake City.

A doutrina

Para os mórmons, Deus tem corpo e é casado, e tanto ele como os homens estão em constante evolução. Deus está sempre à frente dos homens. Se o homem chegar ao ponto onde Deus está, merece ser chamado de Deus. Jesus Cristo é o salvador e mediador entre os homens e Deus.

Só a doutrina dos mórmons salva e essa salvação pode acontecer mesmo depois da morte, pelo batismo póstumo, isto é, um batismo ministrado por uma suposta procuração dada pelos defuntos aos seus descendentes. Assim, quem nesta vida não pôde conhecer a doutrina da revelação dos mórmons, poderá ser salvo pelo batismo que lhe for ministrado, quando já se encontra na outra vida, por um de seus descendentes ainda vivo. Mas é preciso ter certeza de que quem batiza é um verdadeiro descendente. Por isso, em Salt Lake City, a meca dos mórmons, existe o maior arquivo genealógico do mundo, inteiramente microfilmado, onde o parentesco é meticulosamente examinado em tabelas genealógicas. Há um banco de dados com mais de 2 bilhões de nomes, dos quais 800 mil já são informatizados. Desse jeito, foram batizados post mortem até personagens famosos, como papas, Elvis Presley e Shakespeare.

Na ceia, comemora-se a redenção feita por Cristo, mas Cristo não está presente. Nessa comemoração são utilizados pão comum e água, pois os mórmons são contra o uso do álcool.

Eles admitiam a poligamia, chamada de “matrimônio celeste”, permitida por motivos especiais, como, por exemplo, para proteger mulheres viúvas depois das guerras. Por causa dessa prática, tiveram dificuldades com o governo dos Estados Unidos e acabaram aceitando, em 1890, as disposições da autoridade civil americana que a proíbe.

O homem é uma união de espírito pré-existente e corpo terrestre e essa união representa um progresso, pois o corpo é, para eles, superior ao espírito.

O adultério é o pecado mais abominável e não são admitidas relações sexuais antes do casamento.

O dízimo é obrigatório: 10% do salário anual deve ser pago à Igreja. Essa quantia, que às vezes chega até a 15%, é calculada sobre o que uma pessoa ganha realmente.

A comunidade mórmon orienta seus fiéis tanto no plano espiritual como no material, prescrevendo até o que se pode e não se pode comer.

Concentrados especialmente no Estado de Utah, onde formam a grande maioria da população, e porque são sóbrios, trabalhadores e muito organizados, transformaram o que era praticamente um deserto numa região fértil e produtiva.

Fonte: www.pime.org

Mórmons

Mórmons
Joseph Smith 1805-1844

Biografia

Nascido em 23 de dezembro de 1805, em Sharon, Vermont, filho de Joseph e Lucy Mack Smith, Joseph Smith Jr. cresceu em uma série de fazendas arrendadas, em Vermont, New Hampshire e New York. Embora em sua juventude Joseph foi em grande parte privados de uma educação formal, ele foi “instruído em leitura, escrita, e as regras básicas da aritmética.” Mãe 1 de Joseph disse que ele foi muitas vezes “dado à meditação e estudo profundo.”

Afetado pelo grande entusiasmo religioso realizado em torno de sua casa, em Manchester, New York, em 1820, quatorze anos de idade, Joseph estava determinado a saber qual das muitas religiões deveria filiar-se. Ele encontrou uma passagem na Bíblia instruindo qualquer que necessitasse de sabedoria para “pedir a Deus” (Tiago 1: 5). Certa manhã, na primavera de 1820, Joseph foi a um bosque isolado para pedir a Deus a qual igreja deveria filiar-se. Segundo seu relato, enquanto orava Joseph foi visitado por dois “personagens” que se identificaram como Deus o Pai e Jesus Cristo. Foi-lhe dito para não se juntar a nenhuma das igrejas.

Em 1823, Joseph Smith disse que ele foi visitado por um anjo chamado Moroni, que lhe disse de um antigo registro que contenha relações de Deus com os antigos habitantes do continente americano. Em 1827, Joseph recuperado este disco, gravado em placas de ouro fino, e pouco depois começou a traduzir as suas palavras, o “dom de Deus”. 3 O manuscrito resultante, o Livro de Mórmon, foi publicado em março de 1830 Em 06 de abril de 1830 , Joseph Smith organizou A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e tornou-se seu primeiro presidente.

José se casou com Emma Hale em 18 de janeiro de 1827, e foi descrito como um marido amoroso e dedicado. Tiveram onze filhos (dois adotados), apenas cinco dos quais sobreviveram à infância. Durante os 39 anos de sua vida, Joseph estabelecido próspera cidades em Ohio, Missouri e Illinois; produziu volumes de escrituras; missionários enviados em todo o mundo; orquestrou a construção de templos; serviu como prefeito de Nauvoo, uma das maiores cidades de Illinois, e como general de sua milícia, a Legião de Nauvoo; e era um candidato à presidência dos Estados Unidos. Ele era uma figura controversa na história-americano amado de seus seguidores e odiado por seus detratores.

Joseph foi perseguido boa parte de sua vida adulta e foi morto junto com seu irmão Hyrum por uma multidão em Carthage, Illinois, em 27 de junho de 1844.

A Igreja

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é uma comunidade religiosa surgida no século XIX, de fundamentação cristã, com características restauracionistas e cujos membros são conhecidos popularmente como mórmons.

O nome oficial da igreja se refere a Jesus Cristo como seu líder e a conversão dos fiéis, ou santos, à igreja, na última dispensação — de onde surge a referência aos últimos dias.

O termo mórmon, geralmente usado para referir-se aos membros dessa igreja, deriva do nome do profeta Mórmon, que é um dos autores e compiladores das escrituras que formaram O Livro de Mórmon, Outro Testamento de Jesus Cristo. Apesar de os termos mórmon e mormonismo serem aceitos pela própria igreja, a denominação oficial recomendada para os fiéis é santos dos últimos dias, ou o acrônimo em português “SUD” e em inglês LDS (Latter-day Saints).

A sua sede fica situada no estado de Utah (o qual foi fundado pelo povo mórmon), nos Estados Unidos da América, na cidade de Salt Lake City.

Está presente em mais de 160 países e hoje possui mais de 12 milhões de seguidores, dos quais mais de metade estão fora dos EUA (dados oficiais de Junho de 2004).

A igreja mantém registros cuidadosos de seus membros, incluindo informações sobre a sua árvore genealógica; estas informações são importantes devido à crença na possibilidade da salvação dos antepassados, através do batismo vicário feito pelos seus descendentes.

Doutrina

Estátua de Cristo no Centro de Visitantes na Praça do Templo de Salt Lake City Joseph Smith Jr. resumiu a doutrina da Igreja em treze pontos fundamentais conhecidos como Regras de Fé, a saber:

Cremos em Deus, o Pai Eterno, e em Seu Filho Jesus Cristo e no Espírito Santo.
Cremos que os homens serão punidos pelos seus próprios pecados e não pela transgressão de Adão.
Cremos que por meio do sacrifício expiatório de Cristo, toda a humanidade pode ser salva pela obediência às leis e às ordenanças do Evangelho. Cremos que os primeiros princípios e ordenanças do Evangelho são: a fé no Senhor Jesus Cristo; o arrependimento; batismo por imersão para a remissão dos pecados; a imposição das mãos para o dom do Espírito Santo.
Cremos que um homem deve ser chamado por Deus, pela profecia e pela imposição das mãos por quem possua autoridade, para pregar o Evangelho e administrar as sua ordenanças.
Cremos na mesma organização que existia na igreja Primitiva, isto é: apóstolos, profetas, pastores, mestres, evangelistas, etc.
Cremos no dom das línguas, da profecia, da revelação, das visões, da cura, da interpretação das línguas, etc.
Cremos ser a Bíblia a palavra de Deus, por quanto seja traduzida corretamente; cremos também ser o Livro de Mórmon a palavra de Deus.
Cremos em tudo o que Deus tem revelado, em tudo o que Ele revela agora, e cremos que Ele revelará ainda muitas coisas grandes e importantes relativas ao Reino de Deus.
Cremos na coligação literal de Israel e na restauração das doze tribos, que Sião (a Nova Jerusalém) será edificada no continente americano, que Cristo reinará pessoalmente sobre a terra e que a terra será renovada e receberá a sua glória paradisíaca.
Pretendemos o privilégio de adorar o Deus Todo-Poderoso segundo os ditames da nossa consciência, e concedemos a todos os homens o mesmo privilégio, deixando-os adorar como, onde e o que quiserem.
Cremos na submissão aos reis, aos presidentes, aos governantes e aos magistrados, na obediência, honra e manutenção da lei.
Cremos em ser honestos, verdadeiros, castos, benevolentes, virtuosos e em fazer o bem a todos os homens: na realidade podemos dizer que seguimos à admoestação do apóstolo Paulo: crer em todas as coisas, confiamos em todas as coisas, temos suportado muitas coisas e confiamos na capacidade de tudo suportar. Se houver qualquer coisa virtuosa, amável, ou louvável, nós a procuraremos.

Quórum em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, o Quórum dos Doze Apóstolos existe desde a sua restauração. Após a morte de Joseph Smith, Jr, em 1844, o Presidente do Quórum dos Doze Apóstolo era Brigham Young. Assumindo o controle da igreja, Young enfatizou que, conforme a autorização de Joseph Smith, o Quórum dos Doze iria ser o governo central da igreja abaixo da Primeira Presidência.

Invariavelmente o membro mais velho do Quórum dos Doze Apóstolos assume a presidência da igreja quando o presidente falece, sendo que a “velhice” é determinada pelo tempo de serviço como Apóstolo. O presidente então escolhe dois conselheiros. O segundo membro mais velho então é designado como Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos. Nos casos em que o segundo membro mais velho é chamado como conselheiro, um presidente interino é chamado dentre os apóstolos.

Fonte: www.geocities.com

Mórmons

O fundador desta igreja, Joseph Smith asseverou que, na primavera de 1820, teve uma visão na qual ele viu Deus e Jesus Cristo.

Foi-lhe dito para não se juntar a nenhuma igreja, mas que devia fundar a igreja de Cristo na sua plenitude. (Joseph Smith orou ao Senhor para saber qual igreja deveria seguir , ele tinha apenas 14 anos e estava muito confuso quanto a que igreja seguir pois assim como hoje no tempo de Joseph havia muitas denominações, no entanto para surpresa de Joseph Smith ele recebeu uma resposta muito mais ampla do que a que ele esperava, ele conta que viu uma coluna de luz mais brilhante que o sol que desceu pouco a pouco ate a altura de sua cabeça, e ele viu dois personagens, cujo o esplendor e glória desafiavam qualquer descrição, pairavam no ar, um desses personagens dize chamando-o pelo nome: Houve-o esse é meu Filho amado em quem Me comprazo. Ele conta que Jesus mandou que ele não seguisse nenhuma daquelas seitas, por que se aproximavam Dele com os lábios mas não com o coração, naquele momento Joseph Smith foi ordenado a restaurar o evangelho de Cristo e a ser o primeiro profeta, dessa ultima dispensação).

Smith também afirmou que em setembro de 1823, um anjo que se identificava como Moroni lhe apareceu para dizer que havia um livro enterrado na colina de Cumora cerca de seis quilômetros de Palmyra, Nova Iorque, o qual continha a história dos primitivos habitantes. No dia seguinte, Smith, supostamente encontrou o livro, embora não tivesse permissão para abri-lo até 1827, quando finalmente o fez, traduzindo-o. (algumas passagens bíblicas com profecias sobre o aparecimento do Livro de Mórmon “A verdade brotará da terra”Salm. 85:11 “Uma voz falará desde o pó” Isa. 29:4).

Os ensinamentos nele inseridos, somados às citadas visões, constituíram-se na base para o conteúdo do Livro dos Mórmos.

Smith escreveu ainda outras duas obras: Doutrina e Concertos e A Pérola de Grande Preço. ( Errata: O livro de Mórmon, Doutrina e Convênios, A Pérola de Grande Valor).

Os mórmons são ativos, trabalham incansavelmente, são pessoas sóbrias, normalmente íntegras. Contudo, muitas das suas doutrinas têm pouca afinidade com a Bíblia. (errata: todas as suas doutrinas têm afinidade com a Bíblia).

Os mórmons crêem que:

1. A Bíblia é a palavra de Deus apenas na medida em que é corretamente traduzida.

(Cremos ser a Bíblia a palavra de Deus, desde que esteja traduzida corretamente; Também cremos ser O livro de Mórmon a palavra de Deus. Regra de Fé nr 8 Explicação: Sabemos que por muitos anos a Bíblia ficou “presa” nas mãos dos inquisidores os quais puderam fazer modificações a gosto de seus interesses políticos da época. A história nos conta que a plebe não possuía acesso a sagrada escritura e que tais registros eram usados para persuadir o campesinato. No entanto chegou o momento da revolta protestante em que uma versão da Bíblia foi editada, onde o saudoso Martinho Lutero eliminou alguns livros no qual jugava-os sem inspiração. Porém ao longo dos anos a Bíblia têm passado por diversas traduções, fora o fato dela ter sido mantida por muito tempo sobre o “monopólio cristão”. Entretanto o que diz essa Regra de Fé é muito simples a Bíblia é a palavra de Deus, só precisa está devidamente traduzida para que não comentamos erros doutrinários advindaos desses erros de tradução. Com esses fatos acabou-se por perder importantes doutrinas “como em uma brincadeira de telefone sem fio” por isso também a importância da revelação do Livro de Mórmon, nele contém a plenitude do evangelho.)

2. O homem preexistia com Deus como alma imortal antes de ser criado. Uma das razões da criação foi criar corpos para essas almas.

(“Jesus foi preordenado para ser o Redentor” I Ped.1:19-20(Apoc. 13:8); “Antes que te formasse no ventre te ordenei por profeta” Jer. 1:5 . Essas são algumas das muitas referencias bíblicas que fazem menção a preexistência, as leia e reflita)

3. Deus alegrou-se quando Adão e Eva pecaram porque, assim, a terra poderia ser, agora, povoada.

( Queda de Adão: processo pelo qual a humanidade se tornou mortal nessa Terra. Ao comerem do fruto proibido, Adão e Eva tornaram-se mortais, isto é sujeitos ao pecado e à morte. Adão tornou-se “a primeira carne” sobre a Terra, significando que Adão e Eva foram as primeiras criaturas viventes a se tornarem mortais. Quando Adão e Eva caíram, todas as coisas da Terra caíram e tornaram-se mortais. A Queda de Adão e Eva foi um passo necessário para o progresso de homem. Sabendo que a queda aconteceria, Deus preparou na vida pré-mortal um Salvador. Jesus Cristo veio no meridiano dos tempos expiar a queda de Adão e também os pecados individuais do homem, sob condição de arrependimento. “porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”Gen.2:17 .

“Assim como todos morrem em Adão, assim todos serão vivificados em Cristo”I Cor. 15:22. Mais uma vez te digo leia e reflita)

Existem almas imortais que vivem agora no mundo espiritual na companhia de Jesus, que lhes prega o evangelho. ( Isso de fato é uma confusão de quem publicou isso, provavelmente causada pela falta de conhecimento doutrinário.

Tentarei esclarecer: Antes da vida que hoje temos vivíamos aquilo que chamamos “vida pré-mortal” essa é a vida que tivemos antes de nascermos aqui na Terra.

Todos os homens e mulheres viveram com Deus como seus filhos espirituais antes de virem à Terra como seres mortais. “Quando Deus fundava a Terra, todos os filhos de Deus rejubilaram”Jó38:4-7. Bem todos os cristãos sabem que Jesus Cristo veio a Terra e foi crucificado e demorou 3 dias para ressuscitar (esses 3 dias foram inclusive para não restar duvida que ele havia ressuscitado mesmo, já que naquela época acreditava-se que após 3 dias a alma saia do corpo e aí as pessoas não tinham mesmo mais jeito, isso é só uma curiosidade histórica) Só que nesses 3 dias para onde foi a alma de Jesus? Acho que é daqui que saiu a confusão, acreditamos que há um lugar especial para as almas que esperam o momento da ressurreição “mundo espiritual” , e Jesus nesses 3 dias foi pra lá como todos os seres mortais que é o que ele era até o momento. Foi fazer um desenho ilustrativo simples para melhor visualizar o que estou falando, assim era o mundo espiritual antes de Jesus ir lá.

Acreditamos que após a ida de Jesus ao paraíso Ele abriu uma passagem do paraíso para a prisão e foi pregar o evangelho lá, porém quando Ele ressuscitou deixou essa passagem aberta para que os espíritos da prisão continuassem a receber o evangelho através dos espíritos dos justos que estão no paraíso.

4. Realizam serviços batismais pelos mortos nos templos Mórmons.

(Isso é de fato uma verdade, fazemos realmente batismo pelos mortos denominamos: batismo vicário. Isso ocorre por que o Senhor Jesus Cristo que não possuía pecado algum se batizou deixando o exemplo, então é necessário o batismo para entrar no reino dos céus. No ponto acima disse sobre a pregação do evangelho às almas, só que para haver um batismo é necessário ter-se um corpo por isso pessoas aqui fazem esses serviços batismais. Porém essa prática já é descrita no Novo Testamento acabando assim com aquela frase “muitas de suas doutrinas tem pouca afinidade com a Bíblia” Para conferir o que eu digo leia I Cor. 15:29 lá diz “Que farão os que se batizam pelos mortos?” Porém esse e qualquer outro tipo de batismo deve acontecer segundo 3 critérios. Para analisa-los usarei de todos o melhor exemplo o do Salvador. Por que o Senhor que vivia tão longe de João Batista iria até ele para se batizar? Porque embora ele morasse longe João Batista possuía poder de Deus para batizar, ele possuía Autoridade, esse é o nosso primeiro critério. Por que ele não foi batizado ainda criancinha?

Por que ele ainda não sabia diferenciar o certo do errado, eis nosso segundo critério: idade de responsabilidade. Porque se batizar no Rio Jordão?

Porque lá possuía água suficiente para que Jesus pudesse ser imerso. Mesmo por que o batismo possuí um símbolo da morte e sepultamento de seus pecados (o que não era o caso de Jesus) no momento que é imerso e do renascimento para uma vida nova sem aqueles pecados, que é o momento em que a pessoa é levantada.

Então aí está nosso terceiro critério é necessário ter água suficiente para a pessoa ser imersa.

5. Jesus casou-se com Maria, com Marta e com outra Maria nas bodas de Caná (Jornal dos Discursos, Vol. 4, p. 259, por Brigham Young) . Aceitam a poligamia ou casamentos múltiplos onde a lei do país permite. (Isso não é real na verdade a Igreja é muito rígida com qualquer tipo de adultério, entenda por isso toda e qualquer relação sexual fora dos laços matrimonial legalmente oficializado segundo as leis do país. Esse equívoco acontece devido uma parte da história da Igreja em que alguns membros praticaram no passado longínquo da Igreja, há mais de 180 anos o casamento plural já não é mais admitido.)

6. O casamento deve ser selado para eternidade em um templo Mórmon. (Acreditamos ser o casamento o novo e eterno convênio, desde que realizado sob a lei do evangelho de Cristo e do santo sacerdócio, que é a autoridade acima citada, o casamento no Templo é para a vida mortal e para toda a eternidade também.Os homens e mulheres dignos, assim selados no Templo, podem continuar a ser marido e mulher por toda a eternidade. “O marido e a mulher são co-herdeiros da graça da vida”I Ped.3:7; “Tudo quanto ligardes na Terra será ligado no céu”Mat. 16:19).

7. Há três níveis de céu – O Celestial (para os mórmons fiéis); o Terrestre (para os mórmons me­nos fiéis) e o Telestral (para os outros, que serão ser­vos). Na essência, toda a humanidade receberá a vida eterna; no entanto, alguns tornar-se-ão servos de outros. (Mais um equivoco no qual desejo desfazer, há três níveis sim, níveis chamados de Graus de Glória que são diferentes reinos nos céus. No julgamento final cada pessoa receberá uma morada eterna em um grau de glória, exceto os que forem filhos de Perdição.

“Jesus disse: na casa de meu pai há muitas moradas” Jo14:2; Esses Graus de Glória são: Glória Celestial, Glória Telestial e Glória Terrestrial. Vou falar um pouco de cada grau, no entanto, esses são graus que possuem glória ainda ha outro grau no qual seram enviados os filhos da Perdição, esse seria as trevas exteriores.

Glória Celestial: O mais elevado dos três graus de glória que uma pessoa pode alcançar após esta vida. Nele os justos viverão na presença de Deus, o Pai, e de seu Filho, Jesus Cristo e do Espírito Santo. Nesse grau apenas as pessoas que viveram e cumpriram os princípios e ordenanças do evangelho, nessa vida, habitaram junto as crianças que morreram antes da idade de responsabilidade. Essa glória é comparada ao sol na Bíblia. “Uma é a glória dos celestes” I Cor.15:40.

Glória Terrestrial: segundo dos três graus de glória nos quais as pessoas que não tiveram a oportunidade de aceitar o evangelho nessa vida, mas o aceitaram no mundo espiritual irão. Essas pessoas não habitaram com Deus, o Pai, mas serão visitados pelo Filho, Jesus e pelo Espírito Santo. Esse grau de glória é comparado a glória da Lua. “Paulo viu a glória terrestre e comparou-a com a lua”I Cor. 15:40.

Glória Telestial: o menor dos três graus de gloria, no qual pessoas que conheceram o evangelho ou aceitaram, aqui nessa vida, mas não viveram o evangelho irão.

Essas pessoas não habitaram com Deus, o Pai, nem serão visitados pelo Filho, Jesus Cristo, só serão visitados pelo Espírito Santo. Essa glória é comparada a glória das estrelas. “Paulo viu a glória das estrelas”I Cor. 15:40 “Paulo foi arrebatado até o terceiro céu” IICor. 12:2. Bem esse é um pequeno resumo sobre graus de glória e gostaria de ressaltar que essa parte de servos não faz parte da doutrina que é pregada na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. E que apenas os justos que cumpriram e viveram, as ordenanças e princípios do evangelho receberão vida eterna, que é, ser imortal na presença de Deus, o Pai. Todos receberam a imortalidade que é não mais morrer, mas volto a ressaltar que imortalidade e vida eterna são coisas diferentes, todos nós fomos presenteados com a imortalidade pelo nosso Salvador e Redentor, Jesus Cristo, já a vida eterna é um dom que cada um deve procurar obtê-lo. E ainda não posso deixar de lembrar que esses graus, todos eles possuem glória, no entanto, há um outro nível que não possue glória, que é as trevas exteriores, é a morada permanente dos que não forem redimidos pela expiação de Jesus Cristo. Será ele para os que ainda “permanecerão imundos”. É onde habitarão eternamente Satanás e seus anjos e os filhos de Perdição, ou seja, os que negaram o Filho depois de o Pai lhes haver revelado.).

Alguns pontos a destacar:

1. Os mórmons são fiéis dizimistas. (No entanto não é pedido dinheiro algum as pessoas que nos visitam, provavelmente seja a única Igreja que funciona apenas com o dinheiro “dado” pelos membros. O Senhor disse que se não pagarmos o dizimo estaremos roubando-o “Roubará o homem a Deus? Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas”Mal.3:8).
2. Preocupam-se com a saúde, evitando o uso de álcool e de fumo. (Nós não só evitamos como não consumimos, nem mesmo produtos como café, chá preto e qualquer tipo de drogas ilícitas. Na verdade tentamos ter uma dieta mais saudável possível para nos manter cum prindo o mandamento que diz: “Não matarás”Êxodo 20)
3. Defendem o conceito do dom de profecia na igreja de hoje. (“Igreja é edificada sobre o fundamento de apóstolos e profetas” Ef. 2:19-20)
4. Acreditam no batismo por imersão. (Esse ponto já foi destacado acima é verdade pois pegamos de exemplo o batismo do Salvador)
5. Defendem a idéia de que as organizações religiosas de hoje são a “Babilônia Caída” e que o Cristianismo necessita voltar aos ensinos do Novo Testamento.

Bruna souza

Fonte: www.abbra.com.br

Mórmons

As Doutrinas Estranhas do Mormonismo

As doutrinas do Mormonismo ficaram mais estranhas à medida que a seita se desenvolveu.

Atualmente, as doutrinas mórmons são as seguintes:

(Observação: Estas doutrinas são documentadas por escritores mórmons, não por opositores do mormonismo.)

  • O verdadeiro evangelho foi perdido na terra. O Mormonismo é a sua restauração, Mormon Doctrine, by Bruce R. McConkie, p. 635. Eles ensinam que existiu uma apostasia e que a verdadeira igreja deixou de existir na terra.
  • Nós precisamos de profetas hoje, da mesma maneira que no Antigo Testamento, Mormon Doctrine, p. 606.
  • O Livro de Mórmon é mais correto que a Bíblia, History of the Church, vol 4, p. 461.
  • Não existe salvação fora da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Mormon Doctrine, p. 670.
  • Existem muitos deuses, Mormon Doctrine, p. 163.
  • Existe uma deusa mãe, Articles of Faith, by James Talmage, p. 443.
  • Deus foi um homem em um outro planeta, Mormon Doctrine, p. 321.
  • Depois de você tornar-se um bom mórmon, você tem potencial para tornar-se um outro deus, Teachings of the Prophet Joseph Smith, p. 345-347, 354.
  • Deus, o Pai, tem um pai (Orson Pratt in The Seer, p. 132; Um dos propósitos do The Seer era “elucidar” a doutrina mórmon, The Seer, 1854, p. 1).
  • Deus, o Pai, tem um corpo de carne e ossos, Doctrine and Covenants, 130:22.
  • Deus tem a forma de um homem, Joseph Smith, Journal of Discourses, vol. 6, p. 3.
  • Deus é casado com a sua esposa-deusa e tem filhos espirituais, Mormon Doctrine, p. 516.
  • Nós fomos gerados primeiro como bebês espirituais no céu e então nascemos naturalmente na terra, Journal of Discourses, vol. 4, p. 218.
  • O primeiro espírito que nasceu no céu foi Jesus, Mormon Doctrine, p. 129.
  • O Diabo nasceu como um espírito depois de Jesus “na manhã da pré-existência” Mormon Doctrine, p. 192.
  • Jesus e Satanás são espíritos irmãos, Mormon Doctrine, p. 163.
  • Um plano de salvação era necessário para as pessoas na terra. Então, Jesus e Satanás apresentaram cada um o seu plano, e o plano de Jesus foi aceito. O Diabo quiz ser o salvador da humanidade para “anular a identidade dos homens e destronar a deus.” Mormon Doctrine, p. 193; Journal of Discourses, vol. 6, p. 8.
  • Deus teve relações sexuais com Maria para produzir o corpo de Jesus, Journal of Discourses, vol. 4, 1857, p. 218.
  • O sacrifício de Jesus não é suficiente para limpar-nos de todos os nossos pecados, Journal of Discourses, vol. 3, 1856, p. 247.
  • As boas obras são necessárias para a salvação, Articles of Faith, p. 92.
  • Não existe salvação sem aceitar Joseph Smith como um profeta de Deus, Doctrines of Salvation, vol. 1, p. 188.
  • Batismo pelos mortos, Doctrines of Salvation, Vol. II, p. 141. Esta é a prática de alguém batizar-se em lugar de alguém, não-mórmon, que já tenha morrido. Eles crêem que, no após vida, a pessoa “nova batizada” esteja habilitada a entrar em um céu mórmon de maior nível.
  • Existem três níveis de céu: Telestial, Terrestrial e Celestial, Mormon Doctrine, p. 348.

Fonte: carm.org

Mórmons

Quem são os Mórmons?

Os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (mais conhecidos como mórmons) podem ser encontrados em toda parte na sociedade — nos negócios e na agricultura, na área educacional e científica, no governo e em partidos políticos, na indústria de entretenimento e na mídia.

Ao descrever o caráter dos santos dos últimos dias, a revista Newsweek escreveu: “Não importa onde os mórmons vivam, eles encontram-se inseridos em uma rede de preocupação mútua; na teologia mórmon todos são ministros de alguma forma, todos são investidos de poder para fazer o bem e de receber o bem feito por outros. É o convênio do Século XXI, cuidar do próximo”.

Esse cuidado não se limita somente aos membros da Igreja, mas estende-se muito além.

De acordo com o Presidente da Igreja Thomas S. Monson: “Como igreja, estendemos a mão não somente para os de nosso povo, mas também para as pessoas de boa vontade em todo mundo imbuídos do espírito de irmandade que vem do Senhor Jesus Cristo”.

Valores

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a restauração do Novo Testamento da cristandade como ensinado por Jesus e Seus apóstolos. Não é protestante, evangélica, católica ou ortodoxa. Todavia, os valores básicos de moralidade, civilidade e família adotados pela Igreja são semelhantes aos da maioria das religiões cristãs. Os membros da Igreja refugiam-se das incertezas do mundo na mensagem de esperança e felicidade do evangelho. A realidade de que a vida tem um propósito divino, de que Deus cuida de cada pessoa e de que todos têm a capacidade de progredir por meio de escolhas corretas é o tema central do pensamento mórmon.

Crenças

Os santos dos últimos dias acreditam em Deus como um ser pessoal e amoroso, nosso Pai Celestial. Já que Ele é o Pai de nosso espírito, todas as pessoas são Seus filhos e por isso todos somos irmãos e irmãs. Ele enviou Seu Filho, Jesus Cristo, para redimir a humanidade de seus pecados. Os membros da Igreja tentam moldar sua vida pelos ensinamentos do Salvador. Todas as pessoas têm direito de receber revelação pessoal. Deus chamou novos apóstolos e profetas em nossos dias por meio dos quais revela Sua palavra, como fazia em tempos antigos. Assim, Deus ainda Se comunica com a humanidade. Os mórmons creem na Bíblia Sagrada, tanto no Velho quanto no Novo Testamento. Além dela, usam outras escrituras, inclusive o Livro de Mórmon, que serve como outra testemunha do ministério de Cristo e Sua divindade. Juntas, essas escrituras oferecem um entendimento mais profundo de questões vitais como a natureza de Deus, a salvação e a Expiação.

Educação

Um dos mais altos valores da Igreja é a educação. Ela é considerada uma necessidade espiritual e secular. Portanto, de acordo com o falecido Presidente Gordon B. Hinckley, “o Senhor deu um mandamento para as pessoas desta Igreja para que aprendam pelo estudo e pela fé, para que busquem não só o conhecimento espiritual, que é o mais importante, mas também o conhecimento secular”.

A Igreja oferece a seus jovens amplas oportunidades educacionais: seminário que é um programa de quatro anos de duração que prepara os alunos que cursam o ensino médio para enfrentar os desafios espirituais da vida; institutos de religião fornecem instrução religiosa e convívio social para os jovens que cursam o ensino superior. Mais de 700.000 alunos estão matriculados nesses programas, que estão estabelecidos em 132 países.

Além disso, a Igreja criou o Fundo Perpétuo de Educação para dar aos jovens da Igreja, homens e mulheres, que moram nas nações em desenvolvimento os meios para obter educação e treinamento. O fundo, oriundo das contribuições generosas dos membros da Igreja, oferece empréstimos aos estudantes, fazendo com que possam frequentar escolas e encontrar oportunidades de emprego em seu país e em sua comunidade.

Adoração

Todos os domingos, os santos dos últimos dias reúnem-se para os serviços de adoração em mais de 28.000 congregações em 177 países, nações e territórios em todo mundo. Com a devida adaptação às necessidades locais de várias congregações em todo mundo, os serviços de adoração são realizados em mais de 180 idiomas e estão abertos a visitantes.

Obra Missionária

O crescimento mundial da Igreja ocorre parcialmente devido ao serviço voluntário de mais de 52.000 missionários de tempo integral, que ensinam o evangelho onde puderem — nas ruas e nos lares. Mas essa é somente a metade da história. A recepção e o cuidado dos membros com relação a seus amigos e conhecidos é o verdadeiro catalisador para seu crescimento, enquanto o evangelho restaurado fornece respostas às mais profundas questões da vida.

Família

O Presidente Monson recentemente descreveu o lar ideal: “Nosso lar deve ser mais do que um santuário; deve também ser um local onde o Espírito de Deus possa habitar, onde encontremos refúgio contra a tempestade e onde reinem o amor e a paz. O mundo, às vezes, pode ser um lugar assustador. A estrutura moral da sociedade parece estar desfazendo-se a uma velocidade alarmante”. Mas, ele continua, é uma guerra que as famílias e as pessoas “podem e vão vencer”. Por isso, nesta sociedade cada vez mais dividida, é de suma importância fortalecer a família. Os valores essenciais para a prosperidade de qualquer civilização são instilados primeiramente na família — a unidade fundamental da sociedade — onde o marido e a mulher trabalham juntos para o aperfeiçoamento de todos. Os ensinamentos e programas da Igreja são elaborados para fortalecer a família. As virtudes da caridade, do sacrifício, da paciência e do perdão capacitam a sociedade a prosperar. Elas são ensinadas com mais eficiência no lar.

Organização

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é organizada da mesma maneira que Cristo organizou Sua igreja na época do Novo Testamento. É liderada por um profeta que é o presidente da Igreja. Ele tem dois conselheiros e esses três líderes formam a Primeira Presidência. A Primeira Presidência é auxiliada por doze apóstolos, que são testemunhas especiais de Jesus Cristo em todo mundo. Os líderes chamados de Setentas auxiliam o Quórum dos Doze Apóstolos e servem em várias áreas pelo mundo. A congregação local é liderada por um bispo. A principal organização para mulheres na Igreja é a Sociedade de Socorro, que foi fundada em 1842. Hoje, essa organização conta com mais de 5,5 milhões de mulheres com idade acima de 18 anos em 170 países.

Liderança Leiga

A liderança local de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é composta de membros leigos qualificados que não são pagos por seu trabalho.

Escolhidos por meio de oração e inspiração, esses líderes não aspiram cargos na Igreja, mas respondem aos “chamados” em espírito de serviço. Os membros, por sua vez, são chamados pelos líderes a servir em vários cargos em sua congregação. Essa iniciativa em cooperação significa que membros leigos se alternam proferindo e ouvindo discursos (sermões), regendo e cantando os hinos, dando e recebendo orientações. Seu serviço abençoa outras pessoas e gera crescimento pessoal. Além de fortalecer a família, essa estrutura organizacional promove um profundo senso comunitário na congregação e satisfaz o desejo humano de comunhão por meio da responsabilidade mútua de cuidar uns dos outros.

Comunidade

A Igreja está ativamente envolvida nos assuntos cívicos da comunidade onde os membros vivem. Ela tem a obrigação de tomar posição nas questões morais que a sociedade enfrenta. Contudo, na área da política, a Igreja adota uma estrita norma de neutralidade. A missão da Igreja é pregar o evangelho de Jesus Cristo, não é eleger políticos. Ela não endossa, promove ou se opõe a partidos políticos, candidatos ou plataformas, reconhecendo os valores presentes em cada um deles. Todavia, a Igreja incentiva seus membros a serem cidadãos responsáveis na comunidade, inclusive mantendo-se informados sobre os assuntos relativos a ela, e a votarem nas eleições. Além disso, espera que seus membros envolvam-se no processo político estando informados e agindo de forma cordata, respeitando o fato de que os membros da Igreja vêm de origens e experiências diversas.

Respeito e Tolerância

No mesmo espírito de civilidade e respeito, o Presidente Monson recentemente fez um pedido aos membros da Igreja por mais entendimento e tolerância religiosa: “Incentivo os membros da Igreja de toda parte a agir com bondade e respeito para com todas as pessoas em todos os lugares. O mundo em que vivemos é repleto de diversidade. Podemos e devemos mostrar respeito pelas pessoas cuja crença for diferente da nossa”.

Serviço Humanitário

Em sua primeira entrevista coletiva após se tornar Presidente da Igreja, em 4 de fevereiro de 2008, O Presidente Monson salientou a importância de cooperação nos empreendimentos públicos: “Nós todos, como santos dos últimos dias temos a responsabilidade de ser atuantes na comunidade onde moramos e de trabalhar em espírito de cooperação com outras igrejas e organizações. O propósito de dizer isso é deixar claro a importância de eliminarmos a fraqueza de ver uma pessoa trabalhando sozinha e trocar pela força de pessoas trabalhando juntas”. Os esforços humanitários da Igreja são frequentemente executados em parceria com outras religiões e organizações beneficentes.

Somente em 2007, a Igreja atendeu a necessidades em grandes terremotos em 5 países, incêndios devastadores em 6 países, fome e inanição em 18 países e inundações e fortes tempestades em 34 países. No total, a Igreja e seus membros atenderam a 170 ocorrências importantes — quase uma a cada dois dias durante todo o ano.

A motivação por trás desses grandes centros de serviço global está na simples incumbência dada por Jesus há muitos anos: “Ama teu próximo como a ti mesmo”.

Fonte: www.mormonnewsroom.org

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Políticas Sociais

Políticas Sociais

PUBLICIDADE Definição Política social é um termo que é aplicado a várias áreas da política, geralmente …

Políticas Públicas

Políticas Públicas

PUBLICIDADE Definição A política pública é o guia de princípios para a ação tomada pelos poderes executivos …

Gerontocracia

Gerontocracia

PUBLICIDADE Definição Um estado, sociedade ou grupo governado por pessoas idosas. O que é uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+