Breaking News
Home / Geografia / Bacias Sedimentares

Bacias Sedimentares

O que são Bacias Sedimentares

PUBLICIDADE

Bacias Sedimentares são depressões no relevo terrestre que com o passar do tempo foram preenchidas por sedimentos, que podem ser provenientes de:

– Matéria orgânica, como restos animais e vegetais ou fragmentos de conchas, ossos, corais (Com composição carbonática);

– Áreas adjacentes à bacia sedimentar por processo erosivo, tais como vento, chuvas, geleiras e rios;

– Materiais precipitados, geralmente mais finos, quando na região houve a existência de águas calmas – tais como lagos, lagoas e até mares em regiões distantes da costa.

As bacias sedimentares podem ter três origens, de acordo com a origem dos sedimentos que a compõe: as de sedimentos terrestres; as de sedimentos marinhos; e as de sedimentos de ambas as origens – sendo essa última a mais comum.

O estudo das bacias sedimentares se faz importante academicamente pois é a partir destas que grande parte do paleoambiente terrestre é inferido – ou seja, a partir do estudo dos sedimentos ali depositados é possível identificar quais ambientes existiram ao longo do tempo geológico naquela localidade, qual foi sua evolução e até quais biossistemas existiram na localidade, através, também, da análise de fósseis.

Cerca de 60% do território brasileiro é composto geologicamente por bacias sedimentares – das quais 76% encontram-se no continente e 24% na plataforma continental.

Bacias Sedimentares

São divididas em três categorias, seguidas de exemplos:

– As de grande extensão, que ocupam grandes porções territoriais: bacias Amazônica, do Parnaíba (ou Meio-Norte), do Paraná e a Central;

– As de menor extensão, que possuem tamanhos consideráveis: bacias do Pantanal Mato-Grossense, do São Francisco, do Recôncavo Tucano e a Litorânea e;

– Bacias de pequena extensão territorial:  Curitiba, Taubaté e São Paulo.

Porém, existem muitas outras bacias sedimentares no território brasileiro, sendo alvo de muitos estudos, pois é nas bacias sedimentares que ocorrem as jazidas de hidrocarbonetos – petróleo e gás – e carvão mineral, que são provenientes do acúmulo de matéria orgânica entre os sedimentos. Essa matéria orgânica cumulada, ao ser submetida a condições de temperatura e pressões ideais, se transforma nos bens minerais comerciais citados.

Lucas Moreira Furlan

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Divisão Regional do Brasil

PUBLICIDADE Pelo fato de ter dimensões continentais, o território que hoje chamamos de Brasil possui …

Desigualdades Regionais

PUBLICIDADE Sem dúvida alguma, um dos maiores problemas de todas as sociedades refere-se às desigualdades. …

Domínios Morfoclimáticos do Brasil

PUBLICIDADE Por um longo tempo da história das ciências naturais, características físicas da paisagem eram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.