Breaking News
Home / Geografia / Desastres Naturais

Desastres Naturais

PUBLICIDADE

O planeta Terra é dinâmico e isso nós já sabemos há muito tempo, seja nas suas estruturas internas ou na composição externa. Esse dinamismo pode ser sem dúvida prejudicial as ações que a sociedade estabelece no espaço geográfico, e muitas vezes é em decorrência das mesmas. Nesta perspectiva tem-se os desastres naturais, ou seja, toda a variação da natureza que pode ser acentuada ou não pelas ações do ser humano.

Os desastres naturais, em linhas gerais, estão ligados a geodinâmica do planeta seguindo um rumo que muitas vezes é desconhecido pelos cientistas, uma vez que muitos são quase impossíveis de prever, mesmo com os avanços das ciências e das tecnológicas.

Os desastres naturais são, sobretudo, responsáveis por moldar as formas e os processos presentes na Terra, assim como foi há 4,6 bilhões de anos desde sua formação. Seriamos nós os intrusos neste grande geóide circulando pelo espaço? Cabe-se uma reflexão.

Desastres Naturais

Os desastres naturais que se referem a dinâmica externa do planeta, ou seja, a atmosfera, podem ser classificados em:

Mudanças Climáticas: No último período da escala geológica, conhecido como Quaternário, houveram 4 grandes glaciais que mudaram o rumo do homem pré-histórico e histórico. Hoje em dia, debate-se entre os cientistas o inverso, o aumento da temperatura. Muitos acreditam em aquecimento global como uma causa relacionada as atividades das sociedades no planeta, outros dizem que isso é só mais um processo pelo qual o planeta está passado. Mas uma coisa se sabe, o aumento de gases poluentes tem causado o desiquilíbrio atmosférico, afetando, sobretudo os seres humanos.

Tempestades: Não está apenas relacionado a quantidade de água liquida que é “despejada” das nuvens, mas também aos raios, as tempestades de areia nos grandes desertos, de granizo e até mesmo meteoros, estes embora pouco recorrente. As tempestades de chuva causam enchentes, inundações, assoreamos e outros danos a sociedade e ao ambiente.

Secas: Estão ligadas a ausência de água líquida em algumas regiões do planeta, que podem provocar a desertificação, os incêndios naturais e afetar o consumo, uma vez que prejudica o nível de água contido nos reservatórios.

Furacões: Definido como uma grande tempestade de chuvas intensas, ventos fortes e constantes que oscilam de 120km/h a 250km/h, podendo ultrapassar os 300km/h. Eles se formam sobre os oceanos quando as águas encontram-se bem quentes, com temperaturas superiores a 27º C. Em tais condições, a evaporação da água do mar é intensa, originando tempestades.  Um furacão perde sua forma e força conforme adentra os continentes, mas seu deslocamento provoca efeitos devastadores.

Ao que se refere a dinâmica externa do planeta, ou seja, aos processos endógenos, que destroem as grandes manifestações do homem na superfície, tem-se:

Vulcões, Terremotos e Tsunamis: São causados pelo deslocamento das placas tectônicas. Essas placas estão constantemente em movimento, movidas pelas correntes de convecção do magma que é pressionado para a superfície, seja se separando uma da outra em um movimento divergente, ou indo de encontro uma com a outra de forma convergente.

Cabe-se ressaltar que se chama essa dinâmica de desastres naturais porque simplesmente afeta as relações construídas pelas sociedades na superfície terrestre, caso não as houvesse, chamaríamos de outro nome? Cabe-se também uma reflexão.

Gean Alef Cardoso

Veja também

Planejamento Urbano

PUBLICIDADE Planejamento Urbano é o estudo ou profissão que lida com o crescimento e funcionamento …

Aborígenes Australianos

Aborígenes Australianos

PUBLICIDADE Definição Aborígenes é considerada uma pessoa, animal ou planta que tenha estado em um país …

Gêiser

Gêiser

PUBLICIDADE Definição Gêiser uma fonte termal em que a água ferve intermitentemente, enviando uma alta coluna …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.