Breaking News
Home / Geografia / Rochas Sedimentares

Rochas Sedimentares

PUBLICIDADE

Definição

Rochas sedimentares são rochas compostas por sedimentos.

As rochas sedimentares são o produto da erosão das rochas existentes.

O material erodido se acumula como sedimento, no mar ou na terra, e é então enterrado, compactado e cimentado para produzir rocha sedimentar.

Rochas sedimentares são formadas pelo acúmulo de sedimentos.

Existem três tipos básicos de rochas sedimentares:

Rochas sedimentares clásticas: como brecha, conglomerado, arenito, siltito e xisto são formadas a partir de detritos de intemperismo mecânico.
Rochas sedimentares químicas: como sal-gema, minério de ferro, sílex, alguns dolomitos e alguns calcários, se formam quando os materiais dissolvidos precipitam da solução.
Rochas sedimentares orgânicas: como giz, carvão, diatomita, algumas dolomitas e alguns calcários, se formam a partir do acúmulo de detritos vegetais ou animais.

O que são

Rochas sedimentares são formadas na superfície da Terra ou próximas a ela, em contraste com as rochas metamórficas e ígneas, que são formadas nas profundezas da Terra.

Os processos geológicos mais importantes que levam à criação de rochas sedimentares são erosão, intemperismo, dissolução, precipitação e litificação.

Erosão e intemperismo incluem os efeitos do vento e da chuva, que lentamente quebram grandes rochas em rochas menores. A erosão e o intemperismo transformam rochas e até montanhas em sedimentos, como areia ou lama. A dissolução é uma forma de intemperismo – intemperismo químico. Com esse processo, a água ligeiramente ácida desgasta lentamente a pedra.

Esses três processos criam as matérias-primas para novas rochas sedimentares.

Precipitação e litificação são processos que constroem novas rochas ou minerais.

A precipitação é a formação de rochas e minerais a partir de produtos químicos que precipitam da água.

Por exemplo, conforme um lago seca ao longo de muitos milhares de anos, ele deixa depósitos minerais.

Finalmente, litificação é o processo pelo qual argila, areia e outros sedimentos no fundo do oceano ou outros corpos d’água são lentamente compactados em rochas a partir do peso dos sedimentos sobrejacentes.

As rochas sedimentares podem ser organizadas em duas categorias.

A primeira é a rocha detrítica, que vem da erosão e acumulação de fragmentos de rocha, sedimentos ou outros materiais – categorizados no total como detritos ou detritos.

A outra é a rocha química, produzida a partir da dissolução e precipitação de minerais.

Os detritos podem ser orgânicos ou inorgânicos. Rochas detríticas orgânicas se formam quando partes de plantas e animais se decompõem no solo, deixando para trás material biológico que é comprimido e se transforma em rocha. O carvão é uma rocha sedimentar formada ao longo de milhões de anos a partir de plantas comprimidas.

As rochas detríticas inorgânicas, por outro lado, são formadas a partir de pedaços quebrados de outras rochas, não de coisas vivas. Essas rochas são freqüentemente chamadas de rochas sedimentares clásticas.

Uma das rochas sedimentares clásticas mais conhecidas é o arenito. O arenito é formado por camadas de sedimento arenoso que são compactadas e litificadas.

Rochas sedimentares químicas podem ser encontradas em muitos lugares, desde o oceano até desertos e cavernas. Por exemplo, a maioria dos calcários se forma no fundo do oceano a partir da precipitação de carbonato de cálcio e dos restos de animais marinhos com conchas. Se o calcário for encontrado na terra, pode-se presumir que a área costumava ser subaquática. As formações de cavernas também são rochas sedimentares, mas são produzidas de maneiras muito diferentes.

Estalagmites e estalactites se formam quando a água passa pela rocha e capta íons de cálcio e carbonato. Quando a água rica em produtos químicos entra em uma caverna, ela evapora e deixa carbonato de cálcio no teto, formando uma estalactite, ou no chão da caverna, criando uma estalagmite.

Rochas sedimentares – Tipo

Existem três tipos de rochas: ígneas, metamórficas e sedimentares, em ordem de abundância.

Rochas sedimentares são menos abundantes do que as outras duas variedades, compondo apenas 5% ou mais da crosta terrestre.

Elas são formados de três maneiras: quando pedaços de uma rocha maior se soltam e se acomodam no chão, quando os restos de plantas ou animais se acumulam em quantidade ou quando uma solução contendo um mineral deixa depósitos com o tempo.

Elas são nomeados por sua origem: sedimento.

Esse tipo de rocha é formado por longos períodos de tempo, à medida que pequenos grãos de material são pressionados uns contra os outros e se unem livremente.

O processo pelo qual as rochas sedimentares são formadas é delicado o suficiente para que fósseis possam ser preservados dentro delas. Exemplos comuns incluem arenito, giz e calcário.

Rochas sedimentares – Camada

Rochas sedimentares são formadas por rochas pré-existentes ou pedaços de organismos que já viveram.

Elas se formam a partir de depósitos que se acumulam na superfície da Terra.

As rochas sedimentares costumam ter camadas ou estratificações distintas. Muitas das vistas pitorescas do deserto a sudoeste mostram mesas e arcos feitos de rochas sedimentares em camadas.

Rochas Sedimentares Comuns:

Rochas sedimentares comuns incluem arenito, calcário e xisto. Essas rochas geralmente começam como sedimentos carregados em rios e depositados em lagos e oceanos. Quando enterrados, os sedimentos perdem água e se tornam cimentados para formar rocha. Os arenitos tufáceos contêm cinzas vulcânicas.

Rochas Sedimentares Clásticas:

Rochas sedimentares clásticas são o grupo de rochas em que a maioria das pessoas pensa quando pensa em rochas sedimentares. As rochas sedimentares clásticas são constituídas por pedaços (clastos) de rochas pré-existentes. Pedaços de rocha são soltos pelo intemperismo e depois transportados para alguma bacia ou depressão onde os sedimentos ficam presos. Se o sedimento for enterrado profundamente, ele torna-se compactado e cimentado, formando rocha sedimentar. As rochas sedimentares clásticas podem ter partículas que variam em tamanho, desde argila microscópica a enormes pedregulhos.

Seus nomes são baseados em seu clast ou tamanho de grão. Os menores grãos são chamados de argila, silte e areia. Os grãos maiores que 2 milímetros são chamados de seixos.

O xisto é uma rocha feita principalmente de argila, o siltito é feito de grãos do tamanho de silte, o arenito é feito de clastos do tamanho de areia e o conglomerado é feito de seixos rodeados por uma matriz de areia ou lama.

Rochas Sedimentares Biológicas:

Rochas sedimentares biológicas se formam quando um grande número de seres vivos morre. Chert é um exemplo para este tipo de rocha, e esta é uma das formas como o calcário pode se formar.

O calcário também pode se formar por precipitação da água.

Rochas Sedimentares

Rochas Sedimentares

Rochas Sedimentares

Fonte: www.usgs.gov/www.bbc.co.uk/volcano.oregonstate.edu/geology.com/www.nationalgeographic.org/www.nps.gov/flexiblelearning.auckland.ac.nz/www.geolsoc.org.uk;www.columbia.edu

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Geóide

PUBLICIDADE O geóide é a superfície equipotencial do campo de gravidade da Terra que melhor se ajusta, …

Rocha ígnea

Rocha ígnea

PUBLICIDADE Definição Rocha ígnea, qualquer uma das várias rochas cristalinas ou vítreas formadas pelo resfriamento …

Petrologia

Petrologia

PUBLICIDADE Definição Petrologia é um campo da geologia que se concentra no estudo das rochas e …