Breaking News
Home / Geografia / Cáucaso

Cáucaso

PUBLICIDADE

A Cordilheira do Cáucaso vai desde as margens do Mar Negro até a costa do Mar Cáspio e separa geograficamente a Europa Oriental da Ásia Ocidental.

Nessa região, chamada de região do Cáucaso, vivem aproximadamente 21 milhões de pessoas que habitam os países Geórgia, Armênia, Azerbaijão além da Chechênia, Inguchétia, Adiguésia, Cabárdia-Balcária, Carachai-Circássia, Ossétia do Norte, Krai de Krasnodar e Krai de Stavropol – repúblicas russas. Alguns estudiosos consideram artes da Turquia e do Irã como pertencentes à região do Cáucaso.

A região possui grande importância estratégica político-econômica, pois além de ser considerada a fronteira geográfica entre a Europa e a Ásia, abriga grandes jazidas de hidrocarbonetos – petróleo – e de metais não-ferrosos,sendo constantemente alvo de disputas políticas e sociais entre os vizinhos Irã, Turquia e Rússia, que interferem frequentemente nos países da região.

Além dos fatores citados, a região conta com a presença de mais de 100 etnias e grupos diversificados, com diferentes culturas e idiomas, o que contribui para a instabilidade da região do Cáucaso – por exemplo, é uma área onde há a dualidade entre as religiões cristãs e muçulmanas, e em alguns locais até budistas.

Cáucaso

A grande pluralidade cultural e religiosa se deve ao histórico de ocupação do Cáucaso. Diversas colônias gregas habitaram a região no período conhecido como Antiguidade Clássica, seguindo por povoados persas e bizantinos, seguido pela conquista árabe da região da Geórgia e da Armênia (Europa Oriental).

Povos turcos provindos da Ásia Central e que se instalaram nas regiões ao redor do Cáucaso, iniciam disputas pela região que se iniciaram no século XI. No século XIX, a Rússia inicia a conquista do Cáucaso, que depois a União Soviética instaura uma política de unificação cultural na região.

Na Segunda Guerra Mundial a região também foi alvo de conflitos, sendo um alvo alemão e com milhares de habitantes de diversos países deportados para a Sibéria por Josef Stalin – líder soviético – que os acusava de colaborar com as tropas alemãs na região.

Em 1991 a União Soviética chega ao fim, terminando a política de unificação cultural na região do Cáucaso, com isso conflitos nacionalistas e separatistas implodem entre os países da região, que perduram politicamente até os dias de hoje.

Lucas Moreira Furlan

Veja também

Planejamento Urbano

PUBLICIDADE Planejamento Urbano é o estudo ou profissão que lida com o crescimento e funcionamento …

Aborígenes Australianos

Aborígenes Australianos

PUBLICIDADE Definição Aborígenes é considerada uma pessoa, animal ou planta que tenha estado em um país …

Gêiser

Gêiser

PUBLICIDADE Definição Gêiser uma fonte termal em que a água ferve intermitentemente, enviando uma alta coluna …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.