Breaking News
Home / Geografia / Fauna e Flora Brasileira

Fauna e Flora Brasileira

PUBLICIDADE

 

No território brasileiro existe uma enorme variedade de plantas e animais.

Eles são muito importantes para o equilíbrio da natureza.

Mas também são importantes para o homem que se utiliza deles para sua própria vida.

Vamos conhecer um pouco sobre a vegetação e a fauna encontradas no Brasil e estudar seu aproveitamento pela sociedade?

A vegetação brasileira

A vegetação participa da biodiversidade do nosso planeta.

São muitas as aplicações dos vegetais na alimentação, medicina, vestuário, habitação e na atividade industrial.

É um hábito antigo do homem fazer uso das plantas. Com o passar do tempo, acabamos descobrindo que muitos vegetais, além de atenderem às nossas necessidades básicas de alimentação e de abrigo, podiam também ser utilizados para curar doenças.

Com os avanços tecnológicos, passamos a usar mais e mais substâncias medicinais vindas dos vegetais, trazendo novas oportunidades de cura e melhoria da nossa qualidade de vida.

E ainda há muito há ser estudado sobre a nossa flora.

Madeira

A madeira é usada nas construções, na fabricação de embarcações, na carpintaria e marcenaria (móveis, embalagens, torneados, cabos de ferramentas), na confecção de materiais esportivos, de instrumentos musicais e para decoração em geral. Hoje em dia sabemos que a derrubada de árvores deve ser fiscalizada, pois por causa da falta de controle, muitas espécies que forneciam madeiras belas talvez nem existam mais num futuro próximo.

As madeiras mais utilizadas são da cumarurana, da cana-brava, do jatobá, da carnaúba e do ipê-amarelo.

Fibra

A fibra é extraída de diversas plantas e utilizada no artesanato (de cestos, chapéus, peneiras) e na fabricação de tecidos, redes, cordoaria e tapetes. É extraída da carnaúba, do jatobá, do olho-de-boi, do cipó-de-beira-mar, do cipó-de-canoa.

Celulose

É o principal formador da fibra e sai principalmente da polpa da madeira para a composição do papel. A celulose é extraída da carnaúba, da timbaúba, do ipê-amarelo, do umbu, da fruta-de-cutia.

Óleos essenciais

Os óleos essenciais são também chamados de óleos voláteis e saem das plantas aromáticas como amburana, capim-limão, canela-silvestre, babaçu, pau-rosa e caju. Têm sabor e aroma agradáveis, por isso com essas plantas fabricamos perfumes e produtos de beleza. Na fabricação dos remédios e do fumo os vegetais também dão o sabor.

Alimentos

Como alimento humano, cada vez mais espécies de vegetais vão sendo introduzidas na nossa agricultura e passam a ser utilizadas na nossa alimentação. A maior parte dos vegetais também serve de alimento para os animais.

Comer alimentos de origem vegetal é muito importante para nossa saúde. Milho, caju, mangaba, babaçu, tamarindo, macaxeira e amendoim são alguns exemplos.

Vegetais tóxicos

É chamado de tóxico o vegetal que tem uma substância que envenena. Ele é útil na fabricação de remédios para matar insetos, ratos e carrapatos.

Fármacos

Os fármacos são os vegetais utilizados para fabricar remédios e podem ser extraídos de qualquer parte da planta.

Alguns vegetais que fornecem substâncias para a produção de fármacos: a cabreúva, o anjico-branco, a erva-pombinha, a lágrima-de-jó, o jacarandá.

A fauna brasileira

Você sabe o que é fauna?

Fauna é o conjunto das espécies animais. Cada animal é adaptado ao tipo de vegetação, clima e relevo da região onde vive.

O Brasil possui uma fauna muito diversificada. Somos o país da América do Sul com a maior diversidade de aves. Alguns dos animais da fauna brasileira não existem em outra parte do mundo. Mas toda essa diversidade não significa abundância de espécies, principalmente porque o desmatamento das florestas, a poluição das águas, o comércio ilegal de animais e a caça predatória são fatores que vêm exterminando muitos animais e diminuindo a riqueza de nossa fauna.

Um problema grave para a fauna do Brasil: novas espécies estão sendo descobertas e imediatamente consideradas ameaçadas de extinção. O mico-leão-caissara, o bicudinho-do-brejo e a ararinha-azul são exemplos de animais que em breve poderão deixar de existir. Vale lembrar que todas as espécies têm grande importância para os ecossistemas naturais e basta a extinção de uma delas para que graves desequilíbrios ocorram no meio ambiente.

Fauna e flora brasileira – Extinção

Muitas espécies vegetais e animais já desapareceram da Terra e outras estão ameaçadas.

As causas da extinção das espécies são as mais diversas: mudanças no ambiente, falta de alimento, dificuldades de reprodução e, sobretudo, a ação destruidora do homem.

Além de lançar na água, no ar e no solo os mais diversos tipos de substâncias tóxicas e contaminadas, o homem também agride o ambiente capturando e matando animais silvestres e aquáticos e destruindo matas e floresta.

A seguir informamos as principais ameaças à destruição da fauna e da flora brasileiras. Tomando conhecimento delas, poderemos contribuir para que a natureza seja menos agredida e, assim, ajudar a preservar as espécies.

A extinção de animais brasileiros

Por diferentes motivos como caçadas, falta de reprodução, mortes naturais por doenças adquiridas no próprio ambiente, muitos animais brasileiros estão ameaçados de extinção, isto é, suas espécies correm o risco de desaparecer da Terra.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou um mapa do Brasil que mostra, por regiões, as espécies animais ameaçadas de desaparecimento, principalmente pela destruição do ambiente em que vivem. O título desse mapa, que traz um total de 303 espécies ameaçadas, é Fauna ameaçada de extermínio.

Um dos coordenadores daquele trabalho, o biólogo Luiz Carlos Aveline, explica que o uso da expressão extermínio, em vez de extinção, tem o objetivo de mostrar que os animais estão ameaçados principalmente por culpa do homem.

A seguir, você vai saber quais são as espécies brasileiras mais ameaçadas:

Jacaré

O jacaré do Pantanal Mato-Grossense é um dos animais brasileiros que vem correndo maior risco de desaparecer.

Os coureiros, como são chamados os caçadores de jacarés, matam esses animais e retiram sua pele. A carne é abandonada; depois de decomposta, restam montes de ossos.

A pele do animal é vendida dentro e fora do país. Com ela, fabricam-se bolsas, sapatos, cintos, carteiras, etc.

Ema

A ema também é um animal bastante perseguido pelo homem, já que suas penas são usadas em fantasias exibidas durante o carnaval. O uso das penas de ema torna essas fantasias caríssimas.

Paca

A carne de paca é apreciada por muitas pessoas. Por isso, a paca é outro animal bastante caçado.

Pássaros

Os pássaros, de um modo geral, são retirados das matas para serem comercializados. São encontrados em feiras livres, engaiolados e nas piores condições de vida. Curió, canário-da-terra, canário-belga, sabiá, estevão, azulão e cardeal são os pássaros mais vendidos.

As ameaças da pesca predatória

A pesca predatória também coloca em risco a sobrevivência de muitas espécies animais, principalmente quando a atividade pesqueira é realizada durante a época de reprodução dos peixes. Com a captura de machos e de fêmeas em época de reprodução, as várias populações de peixes podem diminuir drasticamente, já que, com isso, são impedidos de produzir descendentes.

Um dos animais marinhos que vêm correndo sério risco de extinção é a tartaruga. Ela está ameaçada não só pela pesca predatória, mas também pela depredação de seus ovos pelo homem. A tartaruga pões os ovos em ninhos cavados na areia das praias. Quando o homem descobre o local da desova, ele desenterra os ovos para comer, reduzindo, assim, a capacidade de reprodução da espécie.

A extinção de vegetais brasileiros

Numerosas plantas brasileiras também estão desaparecendo por vários motivos. Todos causados pelo homem. A construção de estradas é um exemplo.

Muitas florestas naturais já foram derrubadas para dar lugar a estradas, cidades, plantações, pastagens ou para fornecer madeira.

Esse tipo de devastação já ocorreu na floresta Amazônica, na floresta do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais e em grandes áreas de mata no Paraná, no Mato Grosso, em São Paulo e na Bahia.

Os incêndios também são causas de destruição de florestas, bosques e matas. Muitas vezes os incêndios acontecem por acidente, como um cigarro aceso jogado nas matas, principalmente em épocas de seca. Mas, freqüentemente, são realizados propositadamente. Isso é comum na floresta Amazônica.

Influências das florestas sobre a natureza

As florestas desempenham um papel muito importante na conservação da natureza, pois elas influem no clima de diversas formas:

Impedem que os raios solares incidam diretamente sobre o solo, tornando a temperatura mais amena.
Aumentam a umidade da região por meio da transpiração das plantas, tornando maior o índice de chuvas.
Auxiliam a renovação do ar atmosférico. Durante a fotossíntese, as plantas liberam oxigênio para o ar atmosférico, retirando dele o excesso de gás carbônico.
Diminuem a velocidade do vento e a incidência direta da chuva no solo, reduzindo assim a erosão.
Além dessas vantagens, as florestas impedem que a água das chuvas chegue até o solo com muita força e carregue consigo as substâncias nutritivas da camada superficial. Assim, a flora não só protege o solo contra a erosão provocada pelas chuvas como a mantém fértil.
Se o homem souber explorar os diversos ecossistemas da Terra sem destruí-los, estará preservando todas as espécies e garantindo recursos para gerações futuras.

Fauna e flora brasileira – Biodiversidade

O Brasil possui em seu território a maior biodiversidade existente no planeta Terra, pois este país é dono de uma das maiores reservas de água doce do mundo, além de ter um terço de todas as florestas tropicais existentes, contando, assim, com vários tipos de biomas, como por exemplo: Cerrado, Mata Atlântica, Costeiro, Pampas, Caatinga, Pantanal e Amazônia.

As florestas cobrem mais da metade de todo o território brasileiro, sendo que a mais importante é a Mata Atlântica, considerada a maior floresta equatorial do mundo que abrange toda a região Norte e Centro-Oeste do país.

Cerrado

Fauna e Flora Brasileira
Região do Jalapão no Cerrado Brasileiro

O Cerrado é conhecido também como savana brasileira, pois apresenta uma vegetação totalmente adaptada a escassez dos nutrientes, mas mesmo assim possui uma grande diversidade de animais e vegetais existentes na região. As árvores desse bioma atingem grandes comprimentos para garantir a sobrevivência por causa da escassez de nutrientes, além de possuir um grande número de cupins e formigas que aumentam ainda mais a biodiversidade da flora e da fauna deste bioma.

Pantanal

Fauna e Flora Brasileira
Pantanal Matogrossense

É a maior região alagada da América do Sul e também do mundo, possuindo também uma enorme diversidade biológica que se adapta às mudanças entre os períodos secos e alagados. O clima é caracterizado por chuvas abundantes no verão e um clima muito seco durante as outras estacoes do ano.

Caatinga

Fauna e Flora Brasileira
Vegetação na Caatinga Brasileira

Possui um solo seco e pedregoso, entretanto, abrange uma grande riqueza quando o assunto é o ambiente e a diversidade de espécies. As condições de solo seco e pedregoso são devidas às altas temperaturas e a escassez de chuva. A Caatinga brasileira é um dos biossistemas menos pesquisados de nosso país.

Pampas

Fauna e Flora Brasileira
Pampas do Rio Grande do Sul

Também conhecidos como Campos Sulinos, possuem uma enorme biodiversidade concentrada em sua fauna, ou seja, uma grande biodiversidade em espécies de animais com cerca de 39% dos mamíferos. Possui clima quente no verão e temperatura baixa e muita chuva no inverno.

Mata Atlântica

Fauna e Flora Brasileira
Mata Atlântica

Possui um bioma considerado um dos mais ricos em espécies de fauna e flora do mundo, pois há uma grande variedade de espécies como árvores e bromélias, além de uma variedade em animais vertebrados e invertebrados.

O Costeiro é formado por ecossistemas de restingas, dunas, ilhas, costões rochosos, baías, recifes, corais, brejos, praias e manguezais. O Brasil é o país que mais apresenta biodiversidade em flora e fauna do mundo, pois o país abriga aproximadamente 517 espécies de anfíbios, 1.677 espécies de aves, 468 espécies de répteis e 524 espécies de mamíferos.

E os animais de exclusividade do Brasil são: 191 aves, 294 anfíbios, 468 répteis e 131 mamíferos. O Brasil detém aproximadamente 20% de todas a espécies animais e vegetais, divididas entre os biomas do país. Bioma nada mais é do que o conjunto entre a vida vegetal e animal, constituindo assim um agrupamento de espécies distintas entre as duas classes, resultando assim em uma diversidade biológica própria do bioma.

Fonte: www.ibge.gov.br/ www.biomania.com.br/www.zun.com.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Energia Fotovoltaica

PUBLICIDADE Energia Fotovoltaica – O que é Os materiais e dispositivos fotovoltaicos convertem a luz …

Geleiras

PUBLICIDADE Geleiras – O que são As geleiras são formadas de neve que, ao longo …

Mapas Temáticos

PUBLICIDADE Definição de Mapas temáticos Um mapa temático mostra a distribuição espacial de um ou mais temas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.