Breaking News
Home / Geografia / Classificação das Cidades

Classificação das Cidades

PUBLICIDADE

A ideia que se tem de cidade é imprecisa, e por isso torna-se difícil definir ou estabelecer critérios claros para classifica-las. Mesmo assim, há pelo menos algumas variáveis que são geralmente encontradas nos estudos da Geografia Urbana, da Sociologia Urbana, da Arquitetura e Urbanismo e áreas a fim, que se tornam, sobretudo, um rumo que facilita a compreensão das relações socioculturais, políticas e econômicas que se desenvolvem nestes vastos territórios que muitas vezes adentram as zonas rurais transformando-as parcial ou totalmente.

Para se ter uma ideia do que foi exposto acima, segundo censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, cerca de 84% da população vivem em áreas urbanas, mesmo assim, os pesquisadores e instituições ainda classificam este imenso país como um essencialmente rural, contrário não é verdade? O que dificulta ainda mais na análise acerca do que é e o que não é cidade.

Pois bem, quando se analise a cidade, verificam-se algumas características que as diferenciam dos pequenos povoados e dos espaços rurais, entre elas, aponta-se as seguintes variáveis:

– Tamanho: Que não necessariamente está ligado a dimensão de seu perímetro, mas sim a quantidade de habitantes, que é variável de país para país. Nos Estados Unidos da América por exemplo, contabiliza-se aproximadamente 2.500 pessoas. Na Suécia por volta de 200 pessoas, nos Países Baixos (Holanda do Norte e Sul), nada menos que 20 mil pessoas. A diferença entre esses exemplos é gigantesca e muda-se com o tempo e com as novas estruturas que vão aderindo. Mas em geral, sabe-se que nas cidades são encontradas mais pessoas que nas áreas rurais.

– Aparência: Pode-se definir por aparência tudo aquilo que se traduz de forma mais moderna possível: avenidas largas, viadutos, grandes edifícios, áreas de lazer, etc. Que também é variável em diversos territórios, mas que em geral são pensadas e construídas para abrigar o alto índice de circula de pessoas e automóveis, concentração de serviços e capital.

– Densidade Demográfica: A quantidade de pessoas por quilômetros quadrados. Em aspectos gerais, muitas cidades sofrem com a conturbação, ou seja, muitas pessoas ocupando espaços relativos pequenos.

– Atividades Econômicas: Onde há a predominância das atividades secundárias: Indústria. E das atividades terciárias: Comércio e Serviços.

– Formas de vida:Sabe-se que a vida urbana é complexa devido a todos os problemas que o próprio ser humano constrói e desenvolve nas cidades, principalmente aquelas onde o planejamento é deixado de lado. Muitos pesquisadores ainda indicam que as relações sociais dentro desse espaço são dissolvidas, predominando-se os aspectos ligados ao individualismo. Onde a marginalização se faz muito presente. No entanto, a possibilidade no acesso a informação e a cultura são maiores depende dos país e da região.

Com isso exposto, pode-se dizer que existem três tipos predominantes de cidades: As cidades mundiais, onde suas influências ultrapassam as escalas cartográficas do país, como New York, São Paulo, Tóquio, Paris, Londres. As cidades nacionais, geralmente capitais e grandes cidades de um Estado-nação, Barcelona, Melbourne, Mumbai, Buenos Aires.

Classificação das Cidades

E as cidades regionais, cuja área de influência compreende uma região mais ou menos extensa do território nacional, no estado de São Paulo, por exemplo, identificam-se Campinas, Sorocaba, São José dos Campos, São José do Rio Preto e outras, configurando-se como sedes das regiões metropolitanas.

Essas cidades também são chamadas de metrópoles levando em consideração outras caraterísticas, portanto, trata-se de uma estrutura dinâmica que se muda com tempo e as influências exercidas, sejas pelas pessoas, pela cultura ou pela economia.

Ainda sim, muitos autores ainda dizem que cidades são aquelas que se configuram pelas suas estruturas históricas, expressas em seus prédios antigos, em suas confluências econômicos e divergências culturais. Mas tenha sempre noção: Quando for analisar uma paisagem, seja ela urbana ou rural, inicie pela reflexão sobre sua forma, estrutura, processo e função.

Gean Alef Cardoso

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Crise do Petróleo

Crise do Petróleo

PUBLICIDADE O que foi a crise do petróleo? Desde a sua descoberta, o petróleo, também …

Boko Haram

Boko Haram

PUBLICIDADE O que é Boko Haram? Indiscutivelmente, falar de terrorismo e cultural oriental islâmica é …

ALADI

ALADI

PUBLICIDADE ALADI – Associação Latino Americana de Integração Configurando-se como o maior bloco econômico da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.