Breaking News
Home / Geografia / Calendário Cósmico

Calendário Cósmico

PUBLICIDADE

O que é o Calendário Cósmico?

A complexidade do universo é tão intensa, que ele não é apenas expandido em espaço, mas também em tempo, e se formos colocar a história do universo em apenas um ano, perceberemos que nós, homo sapiens sapiens, não chegamos a ter nem dez minutos de toda essa periodicidade tão grande que ainda confunde os grandes cientistas e pensadores do passado e da atualidade.

Para facilitar esse entendimento, cientistas construíram o Calendário Cósmico como uma forma didática de se compreender a história do universo. Entre os grandes nomes dessa importante construção está o famoso Carl Sagan, onde em seu livro “Os Dragões do Éden” de 1977, expressou a cronologia do universo.

Assim, o Calendário Cósmico é uma forma de comprimir os bilhões de anos do universo em apenas um único ano, onde o Big-Bang – que mostra o início do universo – acontece exatamente às 00h do dia 1 de janeiro e os dias atuais – que inclui o fato de você estar lendo este texto – ocupa o último segundo do dia 31 de dezembro.

Calendário Cósmico

De maneira mais detalhada, este calendário evidencia os principais acontecimentos na história do universo, como a formação do sistema solar, as alterações físicas, químicas e biológicas que aconteceram no planeta Terra, como as mudanças geológicas, atmosféricas e climáticas, o surgimento da vida e dos primeiros seres humanos modernos, etc. Assim sendo, pode-se relatar os seguintes acontecimentos a partir do Calendário Cósmico:

No dia 1 de janeiro às 00h aconteceu no Big-Bang;

No dia 1 de maio, tem-se a origem a Via Láctea;

No dia 09 de setembro, tem-se a origem do Sistema Solar;

No dia 14 de setembro, tem-se o início da formação da Terra;

No dia 25 de setembro, tem-se o surgimento da vida na Terra;

E assim por diante até o último segundo do dia 31 de dezembro, que retrata os dias atuais, inclusive o fato de você estar lendo este texto.

É sempre importante lembrar que há grandes possibilidades de existirem erros nessas correlações de tempo, a ciência não é perfeita e suas teorias e hipóteses são criadas para serem refutadas ou corroboradas, portanto, ela não é estática. Assim, é possível que o surgimento da vida tenha ocorrido antes ou depois do que é relatado a partir de pesquisas, logo, estará em outro momento nesta escala de tempo.

Gean Alef Cardoso

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Estrutura do Solo

Estrutura do Solo

PUBLICIDADE Definição e importância da estrutura do solo A estrutura do solo é definida pela maneira como …

Crosta Terrestre

PUBLICIDADE Definição Crosta descreve um revestimento ou cobertura externa. Em geologia, é o termo dado …

Atividades que mais consomem água

Atividades que mais consomem água

PUBLICIDADE Quais são as atividades que mais consomem água? Os impactos deixados pelas diversas atividades …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.