Breaking News
Home / Geografia / Capitalismo Financeiro

Capitalismo Financeiro

PUBLICIDADE

O que é Capitalismo Financeiro?

Desde o seu surgimento a partir do século XV, o sistema político e econômico conhecido como capitalismo, sofreu diversas mudanças em suas estruturas e, por isso apresentou diversas fases, desta forma, configura-se como um sistema complexo e carregado de características que mudam ao longo das décadas e dos territórios. Estas mudanças acompanham as transformações culturais, sociais, ambientais, políticas e econômicas que acontecem nas sociedades, portanto, não se trata de um sistema que age sozinho, mas sim em consonância com as novas demandas.

A sua primeira fase ficou conhecida como Capitalismo Comercial ou Mercantil e perdurou do século XV até o século XVIII. Com o advento da revolução industrial e das mudanças sociais, econômicas e políticas, uma nova fase se iniciou e passou a ser chamada de Capitalismo Industrial que durou do século XVIII ao século XIX. Já a partir do processo acentuado da globalização financeira, tem-se início a fase do sistema capitalista que perdura até os dias atuais e que ficou conhecida como Capitalismo Financeiro ou Monopolista.

Capitalismo Financeiro

Correspondente a terceira fase do sistema capitalista, o Capitalismo Financeiro ou Monopolista surge entre o século XIX e o século XX com a chamada Terceira Revolução Industrial, pois é neste momento que se observa a grande formação e atuação de instituições e/ou órgãos financeiros, como os bancos, nos principais investimentos financeiros do mundo, além disto, as nações começam a se conectar mais intensamente entre si, dando surgimento a uma rede de conexões que ultrapassa os limites territoriais e cartográficos e reconfigura a soberania de algumas nações sobre outras, como um verdadeiro monopólio econômico.

Entre as principais características do Capitalismo Financeiro ou Monopolista, está a reconfiguração no controle da economia, que passa a ser controlada por bancos e outras instituições financeiras; A grande concorrência internacional e, a consequente monopolização da economia pelas grandes empresas transnacionais e multinacionais que surgem neste período; A mundialização e internacionalização das economias nacionais, principalmente devido ao surgimento das redes de conexões financeiras entre nações; A expansão da globalização e do Imperialismo na África e na Ásia e os avanços no desenvolvimento tecnológico, científico e informacional, revolucionando as formas de interação entre os indivíduos.

Gean Alef Cardoso

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Estrutura do Solo

Estrutura do Solo

PUBLICIDADE Definição e importância da estrutura do solo A estrutura do solo é definida pela maneira como …

Crosta Terrestre

PUBLICIDADE Definição Crosta descreve um revestimento ou cobertura externa. Em geologia, é o termo dado …

Atividades que mais consomem água

Atividades que mais consomem água

PUBLICIDADE Quais são as atividades que mais consomem água? Os impactos deixados pelas diversas atividades …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.