Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Jaguatirica  Voltar

Jaguatirica

Jaguatirica
Jaguatirica

CARACTERÍSTICAS

Nome vulgar: JAGUATIRICA

Classe: Mammalia

Ordem: Carnivora

Família: Felidae

Nome científico: Felis pardalis

Nome inglês: Ocelot

Distribuição: Arizona, Texas, até o norte da Argentina

Habitat: Florestas úmidas e campos

Hábito: Noturno

Comportamento: Solitário, em pares ou pequenos grupos

Longevidade: 20 anos

Época reprodutiva: Normalmente, no inverno

Gestação: 70 dias

Desmame: 6 a 8 meses

Nº de filhotes: 2 a 4

Peso adulto: 11,3 a 15,8 Kg

Alimentação na natureza: Roedores, aves, peixes, ofídios e marsupiais

Alimentação em cativeiro: Carne, frango e cobaias

Causas da extinção: Caça e destruição do habitat

Jaguatirica
Jaguatirica

Este felino de médio porte é predominantemente noturno, possuindo coloração amarelada com numerosas manchas negras arredondadas pelo corpo, que formam anéis somente na cauda. Pesa até 15 Kg e sua altura é de aproximadamente 50 cm.

Habita florestas úmidas e campos, ocorrendo em quase todo o Brasil e América Meridional.

Nada muito bem e sobe em árvores com facilidade. Alimenta-se de aves, répteis, roedores, coelhos e até mamíferos maiores, como cutias e pacas. Em cativeiro, come carne picada e pequenos animais abatidos.

Geralmente, reproduzem-se durante os meses frios, sendo a gestação de 90 a 96 dias, nascendo de 2 a 4 filhotes por ninhada. Os pequenos felinos são então amamentados e carregados pela mãe até estarem aptos a segui-la e caçarem sozinhos. A família.Abriga-se em troncos ocos e grutas e cada animal vive, em média, 12 anos.

Como animais de outras espécies, a jaguatirica está ameaçada de extinção devido à caça predatória e à devastação de seu habitat.

Fonte: www.geocities.com

Jaguatirica

Jaguatirica
Jaguatirica

CARACTERÍSTICAS

Nome científico: Felis pardalis.

Nome em inglês: "Ocelot".

Ordem: Carnívora.

Família: Felidae.

Habitat: Cerrado, Caatinga, Pantretal, Florestas Tropicais e Sub-Tropicais.

Distribuição geográfica: Sudoeste do Texas (EUA) e do Oeste do México até o Norte da Argentina.

Características: O adulto pode pesar até 15 kg e medir 50 cm de altura, sendo considerado um felino de médio porte. Seus hábitos são diurnos/noturnos.

Jaguatirica
Jaguatirica

Gestação: Dura cerca de 70 a 85 dias.

Número de filhotes: 01 a 04.

Alimentação: Aves, répteis, roedores, coelhos, cutias, e pacas. Em cativero alimenta-se de carne picada e pequenos animais abatidos.

Curiosidades: Pode nadar muito bem e subir em árvores com facilidade. Geralmente reproduzem-se durante os meses frios e os pequenos felinos são então amamentados e carregados pela mãe até estarem aptos a segui-la e caçarem sozinhos. A família abriga-se em troncos ocos e grotas. Pode viver 20 anos, em média.

Alerta: Está ameaçada de extinção devido à caça predatória e a devastação de seu habitat.

Fonte: www.rio.rj.gov.br

Jaguatirica

Caracterização

Seu comprimento varia de 50 a 80 cm, mais 20 a 40 cm para a cauda. Seu peso é de 4 a 11 kg. Sua pelagem é pardo-amarelada na cabeça e no meio das costas; no ventre é branca. As manchas negras são dispostas em fileiras longitudinais.

Hábitat

Vive em áreas densamente florestadas.

Distribuição

A jaguatirica é o felino mais comum da América do Sul, também ocorre nos Estados Unidos e América Central.

Jaguatirica
Jaguatirica

Hábitos

Anda no chão, em árvores e nada bem, podendo inclusive caçar em cursos d'água. Geralmente solitária, pode também ser observada em pares, caçando e viajando. Tem hábitos noturnos, refugia-se durante o dia nas áreas mais fechadas da mata, no chão ou nas árvores.

Alimentação

Caminha bastante atrás de suas presas: cotias, tatus, gambás, macacos, aves. O seu alimento varia bastante, de acordo com o território que vive.

Reprodução

O acasalamento ocorre no outono. A fêmea procura um lugar abrigado como um oco de árvore, uma moita fechada ou uma gruta para dar à luz. O período de gestação é de 90 dias nascendo, por ano, de 2 ou 3 filhotes.

Caça, utilização

A jaguatirica é caçada em função a beleza de sua pele. Estão sendo altamente prejudicadas pela alteração e fragmentação de seus hábitats.

Fonte: www.faunacps.cnpm.embrapa.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal