Breaking News
Home / Animais / Tuim

Tuim

PUBLICIDADE

Tuim – O que é

O Tuim é um pequeno papagaio encontrado em matas ciliares e floresta de galeria da Colômbia para o sul do Brasil e norte da Argentina.

Os Tuins são verdes em geral, com um pouco mais tons amarelo-esverdeados nas partes inferiores.

Os machos também têm o azul na curva da asa, sob os cobertores das asas, parte inferior das costas e garupa.

As fêmeas não têm nenhum azul e, em vez disso, são completamente verdes.

Tuim – Brasil

Os Tuins são pequenos, fáceis de cuidar, fofinhos e incrivelmente engraçados.

O Tuim é considerado o menor psitacídeo do Brasil, país mais rico do mundo nesta família de aves, cujos maiores representantes são as araras.

O macho tem grande área azul na asa e no baixo dorso, enquanto a fêmea é quase totalmente verde, com área amarelada na cabeça e nos flancos.

O tuim vive à beira da mata e é inquilino regular do João-de-barro, pois costuma ocupar ninhos vazios desta ave, além de instalar-se também em ocos de cupinzeiros.

Os filhotes abandonam o ninho com cinco semanas e se separam dos pais apenas quando estes começam de novo a acasalar. Até então são vistos sempre voando juntos. Os tuins vivem em bandos e, sempre que pousam, se agrupam em casais.

Tuim – Aves

Tuim(pl: tuins) é o nome comum dado a pequenas aves psittaciformes do gênero Forpus, de coloração verde semelhantes a periquitos, só que mais robustos.

É bonito, manso e pode ser criado em pequenos ambientes. É um exemplo de convivência harmoniosa. São pássaros dóceis, limpos e de um bonito colorido.

Um pássaro que adora um banho de chuva

O Tuim é um periquito natural da América Latina, com seis espécies brasileiras. É bonito, manso e pode ser criado em pequenos ambientes. É um exemplo de convivência harmoniosa. São pássaros dóceis, limpos e de um bonito colorido.

O casal desta espécie tem um hábito que demonstra extremo carinho: o de ficar roçando um as penas do outro. Ele emite um chiado agradável, com um som semelhante a “tuim, tuim”.

Mas o que eles mais gostam e se divertem bastante é o banho de chuva. Eles demonstram alegria, cantando e arrepiando as penas. Mas banhos desse tipo, ou com esguicho, muito demorados são desaconselháveis pelo perigo dos passarinhos contraírem pneumonia ou resfriado.

Na natureza, gosta de viver em bandos que variam de quatro a vinte indivíduos. Procuram alimento tanto nas copas das árvores mais altas, como em certos arbustos frutíferos. Gostam mais das sementes do que da polpa das frutas. São atraídos por árvores frutíferas como mangueiras, jabuticabeira, goiabeiras, laranjeiras e mamoeiros. Os cocos de muitas palmeiras constituem sua alimentação predileta.

O Tuim apresenta coloração predominante verde, dorso azul (machos) e penas azuis embaixo das asas. É um pássaro que vive, em média, 12 anos.

Também chamado popularmente de cuiúba, periquitinho, papacu ou simplesmente tuí, o Tuim é o menor da família dos Psitacídeos (a qual pertencem os papagaios), medindo aproximadamente 12 cm e pesando apenas 26 g.

A época ideal para o acasalamento e reprodução ocorre nos meses de clima quente. A postura varia de três a seis ovos, e a eclosão acontece em cerca de 20 dias. Trinta dias depois os filhotes já sairão do ninho com plumas e voando.

Os tuins já sofreram várias mutações de cor, resultando em exemplares totalmente azuis, lutinos (amarelos), canela (amarelo-acanelado), arlequim (mescla de verde e amarelo) e tons de pastel (diluição das outras cores).

Na natureza vive a beira da mata. Ocorre no nordeste, leste e sul do Brasil até o Paraguai e Bolívia, também no alto Amazonas até o Peru e a Colômbia.

Tuim – Características

Tamanho: Mede 12 cm, seu peso é de apenas 26 g.

É o menor psitacídeo do Brasil. Macho tem grande área azul na asa e no baixo dorso; fêmea totalmente verde, sendo amarelada na cabeça.

Habitat: Vive a beira da mata.

Distribuição: Ocorre no nordeste, leste e sul do Brasil até o Paraguai e Bolívia, também no alto amazonas até o Peru e a Colômbia.

Hábitos

Deslocam-se velozmente.

A melhor defesa que possuem é ficarem imóveis e calados, um indivíduo que acaba de pousar ou que está assustado imobiliza-se, fixando com os olhos o perigo que supõe existir.

Alimentação

Procuram seu alimento tanto nas copas das árvores mais altas, como em certos arbustos frutíferos.

Subindo na ramaria utilizam o bico como um terceiro pé; usam as patas para segurar a comida, levando à boca.

Gostam mais das sementes do que da polpa da frutas.

São atraídos por árvores frutíferas como mangueiras, jabuticabeira, goiabeiras, laranjeiras e mamoeiros.

Os cocos de muitas palmeiras constituem sua alimentação predileta, procuram também as frutas da imbaúba dos capinzais.

Reprodução

Vive rigorosamente aos casais que, ao que se sabe, permanecem unidos por toda a vida. Cria seus filhotes em ninhos velhos de joão-de-barro, em ocos cupinzeiros. O número de filhotes pode ser estimado por observação do casal voando, que já foi observado de até 8 filhotes. Os filhotes separam dos pais apenas quando estes começam de novo a cruzar.

Manifestações sonoras

Voz muito distinta: “wiss-wiss”; “zílip-zipzip-zílip-zipzip” (canto).

Classificação científica

Nome científico: Forpus xanthopterygius (Spix, 1824)
Nome popular: 
Tuim, Cuiúba
Nome em inglês:
 Blue-winged Parrotlet
Reino:
 Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Psittaciformes
Família: Psittacidae Rafinesque, 1815
Gênero:
 Forpus
Espécie: F. xanthopterygius

Tuim – Fotos

Fonte: www.avedomestica.com/www.faunacps.cnpm.embrapa.br/www.zoologiarn.hpg.ig.com.br/www.parrots.org/www.petguide.com/neotropical.birds.cornell.edu

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Leão

Leão

Leão, Animal, Características, Habitat, Família, Espécie, Reprodução, Classificação, Rei da Selva, Simba, Reino, Filo, Classe, Gênero, Dieta, Leão

Víboras, Calangos e Tartarugas

Víboras, Calangos E Tartarugas, Cobra, Alimentação, Habitat, Reprodução, Víboras, Calangos E Tartarugas

Víbora

Víbora, Cobra, Alimentação, Habitat, Reprodução, Vipera Latastei, Áspide, Inimigos, Gigante, Predadores, Crânio, Dentes, Animal, Réptil, Víbora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.