Breaking News
Home / Animais / Urutu Cruzeiro

Urutu Cruzeiro

Bothrops alternatus – Urutu Cruzeiro

PUBLICIDADE

Mede até 1.70 metros, tem hábitos noturnos, fazendo da visão muito útil para caça.

Dizem que a urutu cruzeiro quando pica, se não mata, aleija.

O veneno da urutu, é igual ao dos outros membros do gênero Bothrops. É perigosa e muito brava, mas, foge rapidamente quando perturbada.

O nome Urutu Cruzeiro deve-se ao desenho em forma de cruz na cabeça. Alimenta-se exclusivamente de pequenos roedores, mesmo quando jovem.

De reprodução vivípara, dá a luz a filhotes vivos, nascendo entre 16 e 20 filhotes na estação chuvosa.

Descrição

urutu, caracteriza-se principalmente pôr ser uma serpente curta e bastante grossa, possuindo ao longo do corpo desenhos que se assemelham a uma ferradura ou a letra C invertida, no alto da cabeça nota-se um desenho similar a um Y invertido.

É uma serpente muito temida, sobre sua mordida, diz o dito popular: Se não mata aleija, devido a ação proteolítica do veneno, ou seja, destrói tecido muscular.

É uma cobra razoavelmente grande, chegando a medir até 1,60 metros, mas raramente ultrapassa 1,20 metros.

Possui hábitos crepusculares e noturnos, sendo assim sua visão não é muito útil, sendo utilizado na caça a fosseta loreal, para localizar a presa através do calor do corpo mesma, e da língua para rastrear a presa morta pela ação do veneno. Habita campos e outras áreas abertas e pedregosas.

Alimenta-se de mamíferos (roedores). Quando ameaçada, ocorre um achatamento de partes do corpo, faz movimentos rápidos e repetidos com a ponta da cauda, dá bote, incluindo mordidas e injeção de venenos, excreta fezes e outras substâncias odoríferas. Sua dentição é solenóglifa, isto é possuem presas canaliculares e curvadas para traz, situadas na porção anterior do maxilar móvel. É uma das maiores produtoras de veneno, chegando até a 380 mg por extração.

O que é

Urutu Cruzeiro (Bothrops alternatus) é uma espécie de víbora venenosa encontrada no Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina.

Dentro do seu alcance, é uma causa importante de picada de cobra.

O nome específico, alternatus, que é latim para “alternar”, é aparentemente uma referência às marcas escalonadas ao longo do corpo.

Nenhuma subespécie atualmente é reconhecida.

Tamanho

Grande e robusta, esta espécie terrestre supostamente excede 2 m de comprimento total, embora o máximo verificado seja 169 cm.

A maioria dos espécimes tem 80–120 cm de comprimento total, sendo as fêmeas significativamente mais longas e mais pesadas que os machos.

Características

Dentição: Solenóglifa
Ação do veneno: Proteolítica, coagulante e hemorrágica.
Hábitos alimentares: Alimenta-se exclusivamente de pequenos roedores, mesmo quando jovem
Reprodução: Vivípara, nascendo entre 16 e 20 filhotes
Característica do animal: Manchas em formato de ferradura escura com bordas branco-amareladas, ventre manchado.
Atividade: Crepuscular e noturna
Distribuição geográfica: desde o sul de Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul para o sul, estendendo-se até o Paraguai, Argentina e Uruguai
Distribuição: Região Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil
Habitat: Vive nos campos cerrados, em campos cultivados, e em brejos.
Hábito: Crepuscular e Noturno 
Peso: 
1 a 1,5 kg
Tamanho: 1 a 1,6 
Alimentação: 
Pequenos roedores

Particularidades: É uma cobra grande, chegando a medir 1,70 m, mas raramente ultrapassa 1,20 m.

Como são de hábitos crepusculares e noturnos, a visão não é muito útil, sendo utilizado na caça 2 métodos principais:

– A fosseta loreal, para localizar a presa através do calor do corpo da mesma;
2°-
 A língua, para rastrear a presa morta pela ação do veneno.

Dizem que a Urutu Cruzeiro quando pica, se não mata, aleija. Não é bem verdade. O veneno da Urutu, é igual ao dos outros membros do gênero Bothrops. É perigosa e muito brava, como a maioria do gênero, mas como não gosta de encrenca, foge rapidamente quando perturbada.

O nome Urutu Cruzeiro deve-se ao fato de alguns indivíduos apresentarem um desenho em forma de cruz na cabeça, e também pelo formato interior de cada um destes desenhos conterem uma “cruz”.

Classificação

Nome científico: Bothrops alternatus (Duméril, Bibron & Duméril, 1854)
Nome comum:
 Urutu Cruzeiro
Outras denominações: 
Urutu-cruzeiro, Cruzeiro e Cruzeira
Reino: 
Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Viperidae
Gênero: Bothrops
Espécie: B. alternatus

Urutu Cruzeiro – Fotos

Fonte: Portal São Francisco

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aracnídeos

PUBLICIDADE Definição Os aracnídeos (classe Arachnida), qualquer membro do grupo de artrópodes que inclui aranhas, …

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.