Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Animais / Dobermann

Dobermann

PUBLICIDADE

O que é um Doberman?

O Doberman Pinscher é uma raça de cão médio-grande, com uma construção poderosa e uma aparência elegante.

Doberman tem um peito largo e peles curtas e texturizadas.

O Doberman Pinscher tem sido tradicionalmente usado como cão de guarda, mas hoje eles são mantidos como animais de estimação leais e protetores.

A cauda curta, ou encaixada, e orelhas picadas ou cortadas, são características muito distintas da aparência elegantemente elegante do Doberman Pinscher. No entanto, como esses recursos não são naturais e devem ser feitos cirurgicamente, o encaixe de cauda e o corte de orelhas são ilegais em alguns países.

O corte da orelha é feito entre sete e nove semanas de idade e o encaixe da cauda deve ser feito logo após o nascimento do Doberman Pinscher. Aqueles em favor destes procedimentos cirúrgicos argumentam que eles são necessários para manter a aparência distinta da raça.

As cores dos casacos do Doberman variam. Preto e castanho ou preto e ferrugem são as cores mais comuns do Doberman, mas também existem Doberman vermelhos, fulvos e azuis. No entanto, fulvo e azul não são geralmente reconhecidos como cores aceitáveis para a raça e geralmente são desencorajados por muitos criadores. Isso ocorre porque uma alta porcentagem de Doberman azuis e fulvos são propensos a obter alopecia (perda de pelo) por diluição de cor.

A alopecia por diluição de cor é um distúrbio hereditário no qual a perda de cabelo está associada à cor da pelagem. Embora outras raças de cães com pelo castanho ou pelo azul sejam suscetíveis ao distúrbio, o Doberman Pinscher é de longe a raça mais provável para tê-lo. Na alopecia por diluição de cor, os folículos pilosos se quebram facilmente devido a inconsistências e infecções cutâneas também podem ocorrer.

Diz-se que os dobermans são cães de alta energia que são tanto protetores quanto gentis por natureza.

Muitos Doberman Pinschers toleram gatos e outros cães e esta raça é muitas vezes considerada uma boa escolha para famílias com crianças pequenas.

Não se pode enfatizar o suficiente para que o Doberman Pinscher seja altamente energético e precise de muito exercício. Este não é o tipo de cão que faz um bom animal de estimação para aqueles que vivem um estilo de vida sedentário.

Doberman – Cão

Poucos cães terão, como o Doberman, o seu nome tão ligado à personagem que o criou.

Com efeito, deve-se ao Sr. Friedrich Ludwig Dobermann, que acumulava as funções de encarregado de um canil municipal com as de cobrador de impostos na cidade de Apolda, na Turígia.

O contato com as várias raças no canil levaram-no a criar um cão simultaneamente ágil, de tamanho médio e que metesse respeito a qualquer tentativa de assalto nas suas funções de cobrador de impostos.

Este trabalho de seleção começa por volta de 1870. Porque não ficaram registos dos seus trabalhos, os especialistas acordaram (especularam) que Friedrich Doberman usou o Pinsher, o Rotweiller, o Manchester-Terrier, o Bouceron e o Greyhound.

Cerca de 1899, a raça estava estabilizada.

Rápido, forte, com uma agressividade controlada, o Doberman nasceu e evoluiu como um cão de guarda e proteção de pessoas.

É um cão equilibrado, mas com forte personalidade. Dominante, necessita, portanto, de um dono calmo, paciente, mas com sentido de autoridade.

Não é um cão difícil, mas que exige a atenção dos donos. O seu instinto natural de defesa não necessita de treino especial; a sua reação é natural e espontânea.

Injustamente conotado com histórias de agressividade selvagem, a verdade é que não passam de histórias.

Doberman – Raça

O Doberman é tão agressivo como qualquer outra raça, mas também tão dócil e meigo como qualquer outro.

O problema, como sempre, reside sempre, mas sempre, nos donos que os possuem, qualquer que seja a raça.

Cabeça: Vista de perfil e de cima parece um cone truncado alongado.

Crânio: Aplanado, tanto de fronte como de lado.

Focinho: Longo e profundo, com lábios bem unidos.

Dentição: Completa (42 dentes). Fecha em tesoura.

Orelhas: De implantação alta, geralmente cortadas.

Olhos: De tamanho médio, ovais e escuros

Pescoço: Bastante comprido, seco e bem musculado.

Anteriores: Vistos de todos os ângulos, as patas anteriores são retos. O úmero forma um ângulo quase reto à omoplata, longa e oblíqua.

Lombo: Muito musculoso. O dorso tem a mesma largura em todo o seu comprimento.

Costelas: Ligeiramente arqueadas, chegando a ultrapassar os codilhos. Peito largo, particularmente desenvolvido anteriormente.

Tronco: Dorso muito firme. Nas cadelas pode ser um pouco mais comprido.

Posteriores: Largos, muito musculosos. Curvilhões desenvolvidos e paralelos entre si.

Pêlo: Curto, áspero, denso e liso.

Cores: Preto, castanho-escuro ou azul-afogueado, com marcas cor de fogo claramente delineadas.

Andamentos: A progressão é elástica, elegante e flexível, cobrindo muito terreno.

Altura: Machos 61-72 cm; fêmeas 63-68 cm

História da Raça

A raça Doberman é a única na Alemanha a levar o nome de seu primeiro criador conhecido: Friederich Louis Doberman (02/01/1834 – 09/06/1894).

Segundo a história, ele era arrecadador de impostos, administrador do abatedouro e canil municipal, com o direito legal de recolher todos os cães que andassem livres. Para criação, ele acasalou cães especialmente mordedores do refúgio canino.

“Cães Carniceiros” tiveram o papel mais importante na formação da Raça Dobermann, que naqueles tempos já eram vistos como uma raça em si. Tais cães que eram do tipo dos precursores do Rottweiler atual foram misturados com um tipo de cão Pastor de cor negra com marcas vermelho-ferrugem que era comum na região da Turíngia. Com esses cruzamentos, Dobermann iniciou sua criação nos anos 70 do século XIX. Desta forma, ele obteve “sua raça” de cães de trabalho, de casa e de pequenas propriedades rurais, que não eram apenas vigilantes, mas também muito apegados ao homem. Era muito utilizado como cão de proteção e de polícia. Sua ampla utilização no Serviço Policial lhe trouxe naquele tempo o nome de “Cão Policial”.

Na caça era utilizado principalmente para extermínio de pequenos animais. Devido a todas as condições anteriormente expostas, tornou-se óbvio o Doberman ser reconhecido oficialmente como Cão Policial, no início do século XX.

A criação do Doberman deu como resultado um cão médio, forte e musculoso, que apesar de toda sua substância corporal permite distinguir elegância e nobreza. É apropriado como cão de companhia, proteção e trabalho.

Um dos grandes entusiastas da raça ao qual se deve a existência do Doberman hoje foi Otto Göller que prosseguiu com o trabalho de Louis Dobermann.

A partir dos cães de baixa estatura, atarracados com pescoço grosso e curto, crânio mais largo e com cabeça redonda e curta, Göller iniciou cruzamentos seletivos com cães das raças German Pinscher, Manchester Terrier, Pastor de Beauce, os quais trouxeram ao Doberman uma cabeça mais refinada.

Ainda existe a hipótese de acasalamentos com cães das raças Pointer e Weimaraner, o que pode explicar o Doberman de coloração azul.Certeza mesmo é da utilização de galgos que resultou na velocidade e no porte esguio do Doberman e no abrandamento do temperamento que era excessivamente agressivo.

Os Primeiros Dobermanns

1898: Graf Belling von Gröland foi o primeiro Doberman registrado no Stud Book Alemão.

1905: Berthel von Hohenstein, filho de Graf Belling e Helmtrude von Hohenstein. Berthel foi o primeiro Doberman exportado para os EUA e seu filho o Doberman Intellectus, foi o primeiro cão da raça registrado no AKC em 1908.

1906: Fedor von Aprath um cão marrom com ricas marcações ferrugem, resultado acasalamento de Tell von Kirchweye e Tina von Aprath que tinha uma forte linhagem de Manchester Terrier podendo mesmo ter sido uma Manchester Terrier pura.

1918: Lux von der Blankenburg, filho de Burschel von Simmenall e Asta Voss foi o primeiro Campeão da raça na Alemanha em 1923.E idade avançada Lux foi exportado para os EUA onde ainda deixou vários descendentes, dentre eles, Mia von Stresow.

1921: Prinz Favorit v.d. Koningstad esse grande macho marrom nascido na Holanda, foi um dos responsáveis pela popularização do Doberman nos EUA. O especialista na raça Sr. Grünig escreveu sobre ele: “Um Doberman muito bem construído e com uma cabeça perfeita”.Foi exportado para os EUA onde se tornou Campeão em Westminster e foi pai de vários campeões.

1923: Mia von Stresow uma das mais representativas filhas de Lux, Mia foi uma das fêmeas de maior sucesso na Alemanha e mais tarde nos EUA. Ela venceu várias exposições e ganhou o título de “Sieger” duas vezes (1925 e 1926) e foi a “Melhor da Raça” na Famosa exposição de Westminster em 1927.Mia era uma cadela preta alta com um pescoço longo e bem torneado, e um corpo bem balanceado foi realmente uma cadela sensacional.

1929: Muck von Brunia foi um macho preto com um corpo correto, esplendidas angulações e uma bonita cabeça. Em 1931 um juiz numa exposição em Krefeld (Alemanha) escreveu: “É difícil achar uma falta nesse excelente cão”.Em 1932 recebeu o título de “Sieger. Seu filho mais conhecido foi Troll von Engelsburg. Foi exportado para os EUA em 1933 ao preço de $ 3.500, imaginem qual seria o valor no mercado atual!”.

1933: Troll von Engelsburg, filho de Muck von Brunia e Adda von Heek foi o padreador líder na Europa nos anos 1935 á 1937 e também foi um dos exemplares mais marcantes da raça nos EUA, vencendo 95 “Melhor da Raça” Na exposição Nacional em 1939, de um total de 60 cães, 33 eram filhos dele, entre os quais o macho e fêmea vencedores.

1934: Jessy von der Sonnehone essa fêmea preta nasceu na Alemanha onde foi a mais importante cadela na historia do Doberman ela era grande, balanceada com um excelente corpo e linda cabeça. Quando foi acasalada com Troll v.d. Engelsburg ela produziu o “Sieger” Ferry v. Rauhfelsen e a “Siegerin” Freya v. Rauhfelsen depois foi exportada para os EUA para o canil Westphalia.Em seu cruzamento com Péricles of Westphalia, teve seis filhotes e todos foram campeões e mais tarde ao ser acasalada com importado Alemão Kurt v.d. Rheimperle teve sete filhotes e todos se tornaram campeões também.Jessy foi também tetravô do fabuloso Rancho’s Dobe Storm único Doberman na história que foi Best in Show duas vezes em Westminster em 1952 e 1953.

1937: Ferry v. Rauhfelsen, filho de Troll e Jessy foi o primeiro Doberman a se tornar Best in show em Westminster e produziu 37 campeões Americanos. Ferry também é avô do magnífico Ditator von Glenhugel presente em quase todos os pedigrees americanos e que padreou 52 Campeões em menos de 100 ninhadas.

1941: Ditator von Glenhugel foi um dos melhores Doberman nascido nos EUA em todos os tempos. Esse macho marrom foi o “Rei dos anos 40” Ele era um grande macho marrom soberbamente construído. Ditator tinha excelente temperamento e caráter. Ditator foi comprado por Peggy Adamson do Canil Damasyn por apenas $ 150 porque ele não era a escolha da ninhada!Foi padreador de 52 Campeões em menos de 100 ninhadas Sua morte ocorreu em 1952 num trágico acidente junto com sua filha. Os cães foram deixados num carro fechado onde não havia circulação de ar e pereceram asfixiados.

1949: Rancho’s Dobe Storm Esse soberbo macho preto nasceu nos EUA em seu pedigree constam as melhores linhas de sangue Americanas, Alemãs e Holandesas. Storm era um macho elegante com muita substância e maravilhosa cabeça. Sua carreira em exposições foi meteórica. Ele foi exposto apenas 25 vezes e nunca foi derrotado, foi 25 vezes o “Melhor da Raça” 22 vezes o “Melhor de Grupo” e 17 vezes “Best in Show” e Foi “B.I.S.” em Westminster duas vezes, feito único na raça Dobermann. Storm ficou muito famoso quando a Life’s Magazine escreveu um artigo longo sobre sua insuperável carreira em pistas. Foi responsável pela grande popularização da raça Doberman nos anos 50.

Origem

Século XIX. Raça de criação recente (1860), fruto de cruzamentos entre Dogues Alemães, Rottweilers e Pastores Alemães, entre outros.

Conta a história que Louis Dobermann, um cobrador de impostos, teria criado a raça para se proteger dos ladrões em suas viagens. Logo obteve grande sucesso.

Temperamento: Enquanto a fêmea é tranquila e afetuosa em família, porém desconfiada com estranhos, o macho é inteligentíssimo, impetuoso e agressivo. Deve portanto, ser adestrado com firmeza.

Utilizações: É um cão de guarda por natureza, embora a fêmea seja utilizada para companhia.

Doberman – Descrição

A criação do Doberman é muito recente, e suas origens ainda são misteriosas. O nome desse cão é originário de Ludwing Dobermann, criador numa pequena cidade da Turíngia, na Alemanha. Segundo alguns estudiosos, os ancestrais do dobermann seriam o pinscher e o rottweiller com uma mistura do dogue e do greyhound.

A cabeça do Doberman é comprida e ossuda, o crânio achatado, pouco acentuado em cima. Os olhos de tamanho médio são escuros. As orelhas são retas, largas na base e terminando em ponta. O pescoço é comprido e a nuca, musculosa. Os membros são retos e a cauda cortada a 2 ou 4 cm na base.

A pelagem do Doberman é lisa e muito brilhante. Sua cor pode ser negra ou marrom, com pintas cor de fogo. Além de bonito e elegante, o Doberman é forte e agressivo. É inteligente e fiel, e muito utilizado como cão de guarda. possui nervos sólidos e um excelente olfato.

Como o cão se portará?

O Doberman é bastante elogiado como animal de estimação para a família, mas como aconteceu com outras raças, a má imprensa após incidentes desagradáveis parece sempre estar à frente da lembrança das pessoas quando escolhendo um cão. O instinto natural de guarda de muitos cães tem de ser canalizado desde muito pequenos.

Sendo bem guiado desde a infância, tendo sido gerado por pais bem humorados, e desde que todos os membros da casa respeitem-no, o Doberman se desenvolverá bem e será tão amável quanto qualquer outra raça. Proprietários devem estar preparados para passar um bom tempo descobrindo o que move o animal e respondendo a situações durante o treinamento. Todos os membros da família e visitas devem aprender a respeitar o ‘espaço’ do Dobermann, e devem estar plenamente atentas a sua responsabilidade para com o melhor amigo do homem. O cão deve ter um espaço só seu onde possa dormir sem ser incomodado por membros da família quando precisar, e onde possa ir quando estiver no caminho. Irá naturalmente querer guardar a casa já que guardar é sua ‘razão de ser,’ mas se receber bastante afeição, se ensinarem o que é bom e ruim, o Doberman irá presentear seu proprietário com lealdade eterna. Brincadeiras agressivas com o Doberman não devem ser encorajadas pois isso pode fazer com que seja mais difícil para o Doberman entender que este tipo de brincadeira não é mais permitida quando ele crescer.

O que era engraçado quando ele era filhote não é mais agora com seus dentes mais afiados e fortes. Lamentavelmente muitas raças de guarda recebem imprensa ruim quando ocorrem incidentes em que ferem seres humanos, e a raça toda é vista da mesma forma. A verdade é que comparado com o número de Dobermanns que existem, há poucos incidentes, mas é do interesse de todos garantir que não aconteçam, educando os membros da família do mais novo ao mais velho, mostrando que o Doberman não é um brinquedo.

Ele lhe servirá bem, mas é o papel do ser humano garantir que o Doberman jamais fique na posição em que possa causar danos ou ser ferido. São necessárias somente algumas regras simples desde a vida de filhote para cães e humanos. Sua pelagem é bastante simples de cuidar, mas necessita de muito exercício para mantê-lo saudável.

A mordedura é em tesoura. Atenção especial deve ser prestada aos dentes, providenciando artigos apropriados para mastigação para que fiquem limpos, evitando assim a mudança de cor e o acúmulo de tártaro. Desde cedo cães devem ser encorajados a permitir que seu proprietário limpe seus dentes com uma escova apropriada e que inspecione suas unhas, cortando quando necessário, para que fiquem em um comprimento apropriado. Exercício em uma superfície dura reduzirá a necessidade desta última. Problemas nas orelhas e nos dentes devem ser informados ao veterinário. No fundo, o dono de um Doberman tem de começar como pretende prosseguir e tem de estabelecer as regras da casa logo no início do desenvolvimento do animal, beneficiando a todos.

O cão perfeito para competições

Cão elegante e musculoso com porte orgulhoso. Cabeça proporcional ao corpo, longa e em forma de cunha. Cor da trufa varia, ex. preto em cães pretos, em cães marrons tons correspondentes mais claros.

Olhos amendoados mais escuros, combinando com a pelagem, mas mais claros se a pelagem for mais clara.

Pequenas orelhas de inserção alta, normalmente caídas.

Pescoço longo e seco sem peles soltas.

Corpo quadrado com peito bem desenvolvido.

Seu dorso é firme e reto, com leve queda em direção à garupa – fêmeas podem ter o lombo um pouco mais longo.

Pés de gato – esporões removidos.

Movimento livre e harmonioso.

Pelagem lisa e assentada, com pouco subpêlo no pescoço.

Cor: Preto, marrom, ou azul, com marcas vermelho ferrugem bem definidas.

Todas as marcas devem ser bem definidas acima dos olhos, focinho, pescoço e peito, patas, pés e abaixo da cauda. Nenhuma marca branca.

A cauda segue a linha da coluna vertebral.

Características

Peso macho: 34-45 kg
Peso fêmea: 27-41 kg
Altura macho: 66-72 cm
Altura fêmea: 61-68 cm
Pelo: curto
Cor: Preto com marcações ferrugem; Marrom com marcações ferrugem.
Expectativa de vida: 10-13 anos

Classificação

Nome original: Dobermann
Outros nomes: Dobermann pinscher
País de origem: Alemanha
Nome científico:
Canis lupus familiaris
Filo: 
Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnívora
Família: Canidae
Função Original: 
Cão de guarda.

Doberman – Fotos

Fonte: br.geocities.com/www.wisegeek.org/mulher.sapo.pt/www.animalnet.com.br/www.obedienciaeagility.com.br/www.vetstreet.com/www.mugglenet.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Buldogue Francês

Buldogue Francês

PUBLICIDADE O que é um Buldogue Francês? O Bulldog Francês é uma raça licenciada pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database. You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation