Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Animais / Gato Abissínio

Gato Abissínio

PUBLICIDADE

O que é um Gato Abissínio?

gato abissínio é um gato domesticado de tamanho médio, com pernas longas e finas, grandes orelhas em tufos e um visual elegante e musculoso.

Uma das características mais distintivas desta raça antiga é o seu revestimento incomum.

O pelo do gato abissínio é de comprimento médio e denso, com uma base de cor clara na raiz e um tiquetaque escuro, ou manchas de cor, na ponta. Este padrão exclusivo dá ao Abissínio a aparência de seus ancestrais os gato selvagem.

Este gato domesticado único é extraordinariamente fiel.

Abissínios, carinhosamente conhecidos como “Abismo” por criadores de raças, são orientados para as pessoas, curiosos e altamente inteligentes. Eles preferem uma casa onde as pessoas estão disponíveis para o companheirismo a maior parte do dia, em vez de uma solidão.

Brincalhão mas cauteloso, um gato abissínio vai misturar períodos de atividade com os de observação reservada.

O gato Abissínio tem pequenas ninhadas consistindo de três a quatro gatinhos. Estes gatinhos não carregam o casaco marcante do Abissínio adulto.

Seus pelos escuros gradualmente iluminam e desenvolvem o distintivo padrão de marcas durante as primeiras semanas e meses de vida.

A história do gato abissínio é obscura e amplamente debatida. O gato se parece muito com os gatos encontrados nas pinturas e esculturas do antigo Egito, e os gatos mumificados descobertos têm uma notável semelhança com a raça Abissínio. Zoólogos modernos, no entanto, apontam para semelhanças entre o gato selvagem Abissínio e Africano Felis lybica.

O nome “Abissínio” refere-se ao império da Abissínia, agora Etiópia.

Os primeiros relatos do gato na Europa apontam para o animal sendo importado daquela região no final da década de 1860.

Estudos genéticos apontam a provável origem do Abissínio em áreas ao longo da costa do Oceano Índico e no Sudeste Asiático.

O que é certo é que o gato abissínio começou a aparecer na Inglaterra no final do século XIX.

A raça foi mostrada no Palácio de Cristal e mencionada em artigos de revistas durante esse tempo.

Os abissínios foram importados pela primeira vez para a América do Norte no início do século XX. Amostras de alta qualidade que chegam aos Estados Unidos na década de 1930 estabelecem as bases para os atuais programas de reprodução americanos.

Na década de 1970, os criadores desenvolveram ocasionalmente o gene Abissínio de pelos longos, de caráter recessivo, em uma raça separada conhecida como somali. Cabelo comprido já foi considerado indesejável na raça conhecida por sua pelagem curta. Alguns entusiastas tomados pela beleza dos espécimes anteriormente não desejados trabalharam para estabelecer um programa de reprodução, e em 1979, os somalis foram aceitos na Associação dos Criadores de Gatos.

Características

De porte mediano, o Abissínio é dono de uma aparência majestosa. Esta raça tem o temperamento extremamente sociável, sendo um gato brincalhão e muito curioso. Ele é muito apegado ao dono, mas sem ser dependente.

Os machos são proporcionalmente maiores que as fêmeas, mas essas são mais ativas e cheias de energia.

Esta raça apresenta uma marcação da pelagem chamada ticking, caracterizada pela presença de duas ou mais faixas pequenas, com tonalidade mais escura nas pontas dos pelos e clara na raiz. Possui ainda manchas brancas nas narinas, queixo e parte superior do pescoço. O futuro dono deve estar atento, pois marcas tigradas nas pernas e na cauda podem indicar mestiçagem, sendo falta desqualificante em exposições.

As variedades de cores dessa raça são: Sorrel, caracterizada pela cor canela com partes nas cores canela-alaranjado e marrom; Ruddy, caracterizada pela cor marrom-alaranjado com duas ou três faixas de cor preta ou marrom-escuro; Silver, caracterizada pela cor branca prateada; Blue, caracterizada pela cor cinza-azulado com partes em azul mais intenso e Fawn, caracterizada pelo tom café-com-leite claro e rosado com partes na mesma cor, porém mais intensa.

O Abissínio tem como características físicas: a cabeça triangular com contornos arredondados, testa e crânio suavemente curvos, pescoço arqueado e focinho não pontiagudo. As orelhas são grandes e levemente triangulares. Os olhos são amendoados e grandes, nas cores ouro, verde, cobre ou avelã. Suas pernas são finas e longas, os pés ovalados e compactos e o rabo longo e afinado.

Esta raça tem um temperamento extremamente sociável, sendo um gato brincalhão e muito curioso. Ele é muito apegado ao dono, mas sem ser dependente.

Como é amante da liberdade, o Abissínio necessita de grandes espaços, porém adapta-se a pequenos ambientes, desde que não se sinta sozinho e encontre entretenimento na casa.

Para uma boa convivência, é necessário que o dono aprecie sua exuberância e aceite seu forte temperamento felino. Como é um gato bastante atento, aprende com rapidez truques e utilizar a caixa de areia. Diferente da maioria dos gatos, o Abissínio geralmente convive bem com cães.

História

Abissínio tem muita semelhança com os gatos pintados nos túmulos dos templos de Núbia, no Egito e com exemplares mumificados encontrados em tumbas de 2.000 a.C.. Isso leva os historiadores a crer que ele seja descendente dos gatos sagrados do antigo Egito, que fica próximo da Abissínia, atual Etiópia e Somália.

Porém, a Inglaterra é considerada o berço dos Abissínios. Esta raça é resultado do cruzamento entre exemplares trazidos da África, por soldados, com gatos ingleses vermelhos e prata.

Abissínio foi reconhecido oficialmente em 1882, na Inglaterra. Atualmente, ela é reconhecida por todas as entidades felinas. Nos EUA, esta é a raça que mais participantes reúne em exposições, porém no Brasil o Abissínio ainda é considerado raro.

Cuidados

Para a melhor higiene do seu Abissínio, recomenda-se escovações quinzenais com escova de cerdas macias, sendo esta passada contra e depois a favor do pelo.

A limpeza das orelhas deve ser realizada com cotonete e água boricada semanalmente até seu gato completar 8 meses de vida.

Com baixa necessidade de cuidados com a beleza, os Abissínios são gatos que raramente precisam de banho. Mesmo sendo resistente, ele precisa de cuidados básicos, como a vermifugação e vacinação periódicas.

Gato Abissínio – Raça

Apesar de ser uma das raças mais antigas de que se tem conhecimento, ainda há controvérsia sobre a sua origem.

Na aparência, os abissínios lembram os gatos do Antigo Egito.

Ainda hoje, possuem uma aparência selvagem, lembrando o felis lybica, o ancestral africano de todos os gatos domésticos.

O nome Abissínio não é devido à Etiópia ou Abissínia, como se pensa, mas porque o primeiro gato dessa raça exibido na Inglaterra, foi importado desse país.

A Inglaterra é considerada o berço da raça, a qual resultou do cruzamento entre exemplares trazidos inicialmente da Abissínia por soldados britânicos, com outros gatos ingleses vermelhos, prata e tigrados. O exército inglês deixou a Abissínia em maio de 1868, época em que esses gatos entraram pela primeira vez na Inglaterra.

Abissínio foi reconhecido oficialmente em 1882 na Inglaterra.

No livro Inglês, de Gordon Staples, “Cats, Their Points, Etc.”, publicado em 1874, há a primeira menção ao gato abissínio. Nele aparece “Zula”, propriedade da esposa do Capitão Barret-Lennard. Esse gato foi trazido após a guerra.

Infelizmente, não existem registros por escrito dos gatos Abissínios anteriores a esses importados.
Estudos recentes realizados por geneticistas, mostram que a origem mais provável do Abssínio é a costa do Oceano Índico e partes do sudeste da Ásia.

Apesar do Abissínio como raça ter sido refinado na Inglaterra, a sua introdução aquele país e outros, foi o resultado de colonizadores e mercadores que paravam em Calcutá, o maior porto do Oceano Índico.

O primeiro Abissínio a ser importado da Inglaterra para a América do Norte, chegou por volta de 1900. Somente por volta de 1930 é que Abissínios de boa qualidade foram exportados para os Estados Unidos, formando a Associação de Criadores da Raça Abissínio.

De acordo com o livro “Kitten Buyer’s Guide” de Carolyn Osier, os Abissinios são muito inteligentes, gostam de estar com o homem, curioso, leal, companheiro.

Diferente da maioria dos gatos, é apaixonado pela água, da qual se aproxima quando tem oportunidade e onde, às vezes, nada. O macho assume as tarefas com os filhotes quando a mãe se ausenta. Tem voz suave e é bastante silencioso.

A pelagem do Abissínio pode ter a coloração agouti, semelhante a cor da cotia, os olhos delineados por uma pele escura, circundados por pêlos mais claros e com uma risca superior quase vertical.

Existe ainda a cor ruddy, também chamada de lebre.

A cor silver ainda não é muito aceita pelas entidades americanas. Apesar de ser conferido o pedigree, não permitem inscrevê-la nas exposições. No Brasil, só o Clube Brasileiro do Gato, filiado á entidade européia Fife-Federação Internacional Felina, confere títulos a exemplares de cor silver.

Descrição

Características físicas: cabeça triangular com contornos arredondados, testa e crânio suavemente curvos; pescoço arqueado; focinho não ponte-agudo; orelhas grandes, levemente pontiagudos; olhos ouro, verdes, cobre ou avelãs, amendoados, grandes; corpo médio, musculoso, dorso levemente arqueado; pernas finas e longas; pés ovalados e compactos; rabo longo e afilado.

Pelagem: média, densa, de textura fina com 4 a 6 bandos de cores alternadas, escuras nas pontas dos pelos e claras na raiz e subpelo lanudo. Sem manchas brancas no corpo, exceto nas narinas, queixo e parte superior do pescoço. Marcas tigradas nas pernas e cauda podem indicar mestiçagem e são falta desqualificante nas exposições.

Cores: ruddy (tons de abricot e preto); sorrel (mescla de vermelho e tom de abricot mais intenso); blue (tons creme com coloração cinza-claro e escuro) e beige-fawn ( tons de camurça rosado mesclado com coloração camurça mais forte) e silver (subdividida em 4 tonalidades, todas com a predominância de prata, reconhecida só na Europa).

Obs: filhotes nascem laranja-escuros com manchas pretas ou quase preto. Cores começam a surgir na 6ª semana e podem finalizar só aos 6 meses ou mais.

Cuidados: escovações quinzenais com escova de cerdas macias, contra e à favor do pelo. Limpar orelhas com cotonete e água boricada semanalmente até os 8 meses de vida e depois só quando sujas. Corte regular só das unhas da frente (as de trás gastam naturalmente).

Cabeça: Em forma de cunha,com contornos ligeiramente arredondados,sem face achatada.Testa curvada.Nariz de comprimento médio,nunca reto,sem break.De perfil a cabeça apresenta uma curvatura suave.São permitidos bochechas grandes nos machos adultos.Focinho não levantado.O queixo é firme,bem desenvolvido,arredondado,nem fugidio,nem proeminente.

Orelhas: Grandes,largas na base,de extremidades ligeiramente arredondadas,moderadamente pontiagudas.Bastante espaçadas e alertas,estão cobertas por pelos curtos e deitados.Uma marca no dorso da orelha-“marca selvagem” é desejável,assim como tufos nas extremidades

Olhos: Grandes,em forma de amêndoa,bem espaçados.Sublinhados por uma linha de maquiagem da cor da base,ele próprio envolto por uma área de coloração mais clara.Brilhantes,expressivos,de uma cor pura e intensa.Amarelo(OURO), Verde, Âmbar.

Pescoço: Bastante comprido,gracioso.

Corpo: De comprimento e corpulência médios,flexível,firme e musculoso. Caixa torácica arredondada.Dorso ligeiramente arqueado.

Patas: Longas,retas,finas e bem musculosas. Pés ovais e pequenos,compactos.O gato parece manter-se na ponta dos pés.

Cauda: Bastante longa,larga na base,afinando progressivamente.

Temperamento: Gato muito ativo, extrovertido, brincalhão, muito curioso em relação a tudo,mas bem equilibrado. Forte personalidade, independente, afetuoso e sociável.

Ninhadas: 3 a 4 filhotes, podendo ultrapassar.

Tempo de vida: até 12 anos

Sexualmente maduro: 9 ou 10 meses de idade

O Gato Abissínio

Sociável e brincalhão essa raça ainda é pouco conhecida no Brasil.

Abissínio apresenta um temperamento extremamente sociável. É brincalhão e curioso. Apegado ao dono, mas sem ser tão dependente como o Persa, pode ficar horas procurando entretenimento na casa, como subir nos móveis, cortinas e armários e, brincar om objetos e bolas oferecidos pelo seu dono.

Esse pet é um gato extremamente resistente e precisa apenas dos cuidados básicos, como vermifugação e vacinação. A pelagem é curta e fácil de cuidar. Bastam escovações regulares. Esta raça apresenta uma marcação da pelagem chamada ticking. Tal marcação se caracteriza pela presença de duas ou mais pequenas faixas, com tonalidade mais escura, na ponta de cada pelo. Raramente os gatos desta raça necessitam de banhos.

Origem

Este felino de pelo curto, originário da antiga região da Abissínia (atual Etiópia), chegou à Europa por volta de 1800, levado por viajantes que retornavam das colônias inglesas na África. Desde aquela época o Abissínio se manteve quase inalterado no que diz respeito à sua constituição física, com seu porte levemente robusto e ligeiramente longilíneo. Sua aparência chega a ser a de um gato selvagem, fato que o torna muito atraente em todo o mundo.

No Brasil, não é uma das raças mais populares, apesar de no estado do Rio de Janeiro possuir bons e destacados criadores de Abissínio.

Em outros países a situação é um pouco diferente.

Nos EUA e na Inglaterra existem clubes de criação representativos que congregam até centenas de criadores. Estes se encarregam do trabalho de criação e divulgação da raça.

Abissínio é um gato médio, de aparência majestosa.

Seu pêlo é curto do tipo exótico (estrangeiro).

Os machos são proporcionalmente maiores que as fêmeas.

As fêmeas têm ossos mais delgados e são habitualmente mais ativas do que os machos.

A pelagem é iridescente, refletindo uma tonalidade quente e dando a impressão de riqueza de cores. O padrão da pelagem é geneticamente agouti, com ticado profundamente escuro e parelho, contrastando com bandas de cor mais clara e produzindo, assim, um efeito translúcido.

Classificação

Nome científico: Felis catus
Filo: 
Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnívora
Família: Felidae
Origem
: Inglaterra
Perfil: Curioso
Tipo de Pêlo: Curto
Tamanho: Médio
Peso Mínimo: 04 Kg 
Peso Máximo: 
05 Kg
Temperamento: Sociável
Nível de Atividade: Alto
Idade: média de 10 anos

Gato Abissínio – Fotos

Fonte: www.caoeciavet.hpg.ig.com.br/www.wisegeek.org/www.becodosgatos.com.br/www.vetstreet.com/cattime.com/imgnooz.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Buldogue Francês

Buldogue Francês

PUBLICIDADE O que é um Buldogue Francês? O Bulldog Francês é uma raça licenciada pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database.https://www.pass4itsure.com/az-103.html You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: https://www.pass4itsure.com/az-9002.html The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. https://www.pass4itsure.com/az-300.html QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint https://www.pass4itsure.com/n10-007.html servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation