Breaking News
Home / Animais / Cação Anjo

Cação Anjo

Squatina californica

PUBLICIDADE

Cação Anjo

Tamanho – até 2 metros de comprimento

Dieta – peixes, crustáceos e moluscos. Eles se escondem na areia e nas pedras no fundo do oceano e surpreendem suas presas, pegando elas em uma armadilha.

Habitat – Vivem no fundo do oceano em uma profundidade de 3 até 1.290 metros.

Reproducão – ovíparos com aproximadamente de 8 a 113 filhotes nascidos vivos.

Classificação

Reino – Animalia
Filo – Chordata
SubFilo – Vertebrata 
Classe – Chondrichthyes 
Subclasse – Elasmobranchii
Ordem – Squatiniformes 
Familia – Squatinidae
Genêro – Squatina
Espécie – Squatina californica

Descrição geral

Cação Anjo tem um corpo cinza e achatado com manchas cor de oliva e uma larga nadadeira peitoral que se parecem com asas. Eles vivem escondidos na areia no fundo do oceano, em baías, e em extremidades das florestas de algas. A camuflagem de sua coloração permite que o tubarão anjo surpreenda sua presa.

Cação Anjo

Se perturbado pode dar uma dolorosa mordida.

A fêmea projeta uma “caixa” para os ovos que é chamado “mermaid’s purse” devido a sua aparência.

Fonte: www.geocities.com

Cação Anjo

A espécie diferencia-se das demais espécies brasileiras de cação-anjo pela presença de espinhos dorsais medianos. Ocorre do Rio de Janeiro até a Argentina, em águas da plataforma continental entre 10 e 100 m de profundidade, e temperaturas entre 10 e 22ºC. Nas estatísticas da pesca do Brasil, os cações-anjos representaram de 736 t, em 1975, até 2.139 t em 1987, nas capturas da frota do Rio Grande.
Apresenta estratégia reprodutiva vivípara lecitotrófica, com a fêmea produzindo cerca de 10% do seu peso total em vitelo, por gestação. O tamanho de maturação sexual é 75 cm de comprimento total e o desenvolvimento dos ovócitos ocorre em 2 anos. A gravidez dura 12 meses, o que totaliza um ciclo reprodutivo de 3 anos.
A fêmea reproduz-se no máximo 4 vezes em toda sua vida, produzindo de 20 a 30 filhotes, ao todo. A área de menos de 30 m (31º50’S e 33º30’S) é o berçário da espécie, onde ocorre o parto (outubro a fevereiro) (VOOREN; LESSA, 2008).

Cação Anjo

GRUPO: Peixes Cartilaginosos

ESPÉCIE: Squatina guggenheim Marini, 1936

NOME VULGAR: Anjo, Cação anjo

FATORES DE AMEAÇA: Caça/Captura excessiva

BIOMA: Marinho

Fonte: www.icmbio.gov.br

Cação Anjo

Nome científico: Squatina guggenheim

Características gerais: O cação-anjo possui o corpo largo e achatado, com duas nadadeiras pequenas situadas na região da cauda. Mais acima estão as nadadeiras peitorais, grandes e triangulares. A cabeça é ovalada e ainda possui cinco fendas branquiais, ou seja, estruturas por onde o peixe respira.

Habitat: Esta espécie é endêmica dos ambientes marinhos e estuarinos do Atlântico Sul entre o Sudeste do Brasil e a Argentina. Está presente nas águas costeiras do litoral Sul brasileiro.

Comportamento: Este cação tem o hábito de se enterrar na areia, para se camuflar e atacar suas presas, em grande maioria peixes. Como as informações disponíveis sobre a fauna desse grupo para o Estado do Paraná são relativamente escassas, principalmente para a região costeira, é possível que esta espécie já tenha sido capturada pela frota pesqueira artesanal no Parque Nacional do Superagüi, ambiente de reprodução e recrutamento de tubarões e raias.

Ameaças: As maiores ameaças à esta espécie no Brasil são a sobrepesca e a captura acidental, assim
como o uso de métodos de pesca danosos, como é o caso das redes oceânicas de grandes dimensões.

Fonte: www.redeprofauna.pr.gov.br

Veja também

Rinoceronte

Rinoceronte, Reprodução, Características, Espécies, Mamíferos, Hábitos, Fotos, Classificação, Habitat, Tamanho, Animal, Anatomia, Comportamento, Rinoceronte

Rinoceronte Branco

Rinoceronte Branco, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Visão, Rinoceronte Branco

Rinoceronte de Java

Rinoceronte de Java, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Rinoceronte de Java

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.