Breaking News
Home / Animais / Sphynx

Sphynx

PUBLICIDADE

O que é um gato Sphynx?

O Sphynx é uma raça de gato rara que é ou sem pelos ou quase sem pelos.

Alguns gatos Sphynx têm mais pelos do que outros, mas muitas vezes o único pelo dessa raça é uma camada quase invisível de pelo e talvez bigodes.

O gato Sphynx tem um peito em forma de barril, pernas longas e pequenas patas.

O corpo, cauda e pescoço são longos e as orelhas de um gato Sphynx são bastante grandes em comparação com o tamanho da cabeça.

Embora a raça Sphynx seja basicamente sem pelos, ela não é hipoalergênica. No entanto, ainda pode ser uma boa escolha para aqueles com alergias leves.

O gato Sphynx geralmente precisa de um banho uma vez por semana, porque falta uma pelagem para segurar em seus óleos corporais.

Cuidados devem ser tomados para secar bem o gato após o banho.

É claro que todos os gatos domésticos devem estar dentro de casa, mas isso é especialmente verdadeiro para o Sphynx, pois não tem nenhuma proteção contra os elementos.

Como raças de gatos com pelagem, todos os gatos Sphynx não são iguais.

A pele ainda tem marcas, como listras, pontos ou pontos.

Embora o gato Sphynx possa parecer bastante delicado sem pele, diz-se que é uma raça resistente.

Em geral, os gatos Sphynx são conhecidos por terem poucos problemas genéticos ou outros problemas de saúde.

O Sphynx é um gato social que geralmente não gosta de gastar tempo sem companhia humana.

Os gatos Sphynx são considerados palhaços fáceis na maioria das vezes e são frequentemente bastante ativos e curiosos por natureza.

O Sphynx convive bem com outro gato ou até mesmo um cão na casa.

O desenvolvimento da raça do gato Sphynx não foi intencional. Foi o resultado de uma mutação natural. Um gatinho sem pelos nasceu em um gato doméstico em Toronto, Ontário e isso começou a raça Sphynx, que também é conhecido como o gato canadense sem pelos.

Em meados da década de 1970, o Sphynx se estabeleceu como uma raça e programas de criação estavam em andamento em países como a Holanda e os Estados Unidos.

A raça Devon Rex, bem como gatos domésticos naturalmente sem pelo, contribuíram para o desenvolvimento do gato Sphynx.

História

Sabe-se que a ausência de pelos do Sphynx é proveniente de mutações espontâneas em gatos de tipo oriental.

Consta em estudos, que a raça tenha aparecido na época dos Astecas, na América Central. Porém, apenas a partir da década de 60, foram iniciados pesquisas acerca da ausência de pelos nesses gatos.

No final daquela década, criadores americanos já haviam conseguido o reconhecimento provisório do Sphynx como raça pela CFA (Cat Fanciers Association).

Entretanto, passados dois anos esse registro foi abolido, quando se evidenciou que existiam exemplares sujeitos a problemas de saúde, como convulsões fatais.

Os problemas de saúde com essa raça diminuíram muito nos últimos 20 anos, pois os criadores acabaram aprendendo como contorná-los. Agora, eles pretendem pedir novamente o registro à CFA, porém como o Sphynx continua muito raro e pode não preencher os requisitos dessa entidade para o seu reconhecimento. Mesmo assim, eles acreditam que, em alguns anos, poderão pedir a oficialização da raça.

No Brasil, a raça é raríssima, sendo praticamente desconhecida do grande público.

Origem

É também chamado de Gato Pelado Canadense. Difere do Gato pelado Mexicano pela ausência de bigode e de pelos ocasionais, surgidos na estação fria.

A raça surgiu em Ontário (Canadá), a partir de um gato malho pelado, nascido de uma fêmea doméstica de cor branca e preta.

O Sphynx, não e fruto de manipulações genéticas. O gene responsável pela sua nudez é a « alopécia hereditária » e é recessivo.

Em 1966, em Toronto, Canadá, uma gata doméstica deu a luz a um gatinho totalmente sem pelo. Descobriu-se ser ele uma mutação natural e assim nasceu a raça Sphynx, totalmente sem pelo.

Durante 30 anos foi feito por criadores todo um trabalho de seleção e aprimoramento genético, o que fez a raça ser robusta e praticamente sem problemas de saúde com baixa mortalidade de filhotes.

Na verdade, o Sphynx não é totalmente sem pelo, ele possui uma fina penugem, como um pêssego.

Eles podem ter qualquer cor, e esta é observada no pigmento da pele e nas suas penugens. Seus olhos são bem dourados.

Sua aparência não é muito bonita, mas são ideais para amantes de gatos que sejam alérgicos a pelo.

Por não terem a proteção do seu casaco natural de pelo, não podem se expor ao frio. Também correm um risco maior de se machucarem por sua pele ser mais exposta.

Descrição

O Sphynx é um gato raro e de aparência estranha.

Ele praticamente não possui pelo e por este motivo não agrada muitas pessoas.

Mas há quem garanta que ele é um gato adorável e apaixonante e sociável.

Esta raça é esperta, inteligente e muito afetiva.

A pelagem parece uma camurça.

Seu corpo é magro, sua musculatura é delgada e a cauda longa. Possui orelhas grandes e pode ter ou não bigodes.

O Sphynx pode ser encontrado nas cores preto, cor de siamês, rajado, vermelho, creme e cinza chumbo.

Já os olhos bem abertos são, habitualmente, verdes, cor de avelã ou dourados.

A pele é agradável ao toque e pode ser enrugada. Apesar de ser chamado de pelado, possui um tipo de pelo muito curto e distante, principalmente nas extremidades do corpo.

O único cuidado é quanto à temperatura. É vulnerável ao frio pela quase ausência de pelagem e ao calor, já que pode sofrer queimaduras nas partes brancas da pele.

Embora o Sphynx não aprecie muito o contato físico, ele gosta de pessoas e prefere ambientes internos aquecidos.

Características

Apesar de descritos como “pelados”, esses gatos possuem uma quantidade variável de pelo, notada principalmente nas extremidades do corpo.

Possue corpo longo e esguio, assim como suas patas e cauda.

Suas orelhas são muito grandes e pontiagudas.

A característica mais marcante do Sphynx é o seu corpo sem pelos e a sua pele enrugada.

Na verdade, o corpo desses gatos é coberto por uma pelagem quase invisível, o que fez da raça um dos gatos mais exóticos do mundo.

Nos EUA, ele foi apelidado de E.T. e a banda de rock norte-americana Aerosmith se aproveitou dessa imagem excêntrica e o repro-duziu em camisetas do grupo e no encarte de um de seus discos.

Devido seu visual, o Sphynx está longe de agradar a maioria das pessoas, que preferem gatos mais peludos e robustos. A The International Cat Association (TICA), a maior entidade que reconhece a raça, registrou no ano passado, pouco mais de 300 gatos nos nove países onde atua, sendo que nenhum deles no Brasil.

Outro diferencial da raça são suas rugas, que na verdade todos os gatos possuem, mas acabam sendo encobertas pela pelagem, seja ela curta ou longa. Devido a esta falta de pelos as cores do Sphynx parecem ser tatuadas.

Outra característica do Sphynx é sua oleosidade, em outras raças o óleo passa da pele para os pelos. Mas no caso desta raça, quase sem pelos, essa oleosidade acaba ficando na própria pele.

O Sphynx é muito esperto e afetivo. Esses gatos também são muito amigáveis, se adaptando a qualquer tipo de família. Para ele, todas as pessoas são amigas, não demonstrando, dessa forma, ter problemas com estranhos. Além disso, eles se relacionam bem com outros animais.

Características da Raça

O Spynx é um gato de corpo musculado de aparência fina mas de ossatura forte.

Cabeça:  Angulosa de forma triangular com a fronte plana e com rugas, maçãs do rosto bem salientes.

Nariz:  Largo, curto e com stop bem definido ( o nariz direito é penalizado nesta raça ).

Olhos:  Grandes em forma de limão, um pouco oblíquos, bem espaçados, e com um olhar muito expressivo.

Todas as cores são admitidas.

Orelhas: Grandes, quanto maiores melhor, bem afastadas e largas na base, com os bordos arredondados.

Patas:  Devem ser longas, finas e musculosas, com os pés ovais de dedos longos, com almofadas bem espessas.

Pele:  O mais nua possível, com uma textura que lembra a camurça ou a pele do pêssego, quente ao toque e muito agradável de acariciar, deve conservar rugas no pescoço, peito e patas. Só são admitidos pelos na base das orelhas, nariz, ponta da cauda e testículos. (A falta de rugas também é penalizada em exposições.) Todas as cores e padrões são admitidos.

Ventre:  Cheio e redondo, como depois de uma refeição farta.

Cauda:  Longa e afilada.

Características Particulares

A pele do sphynx transpira como a do homem.

Os gatinhos nascem com a pele muito enrugada.

Pelagem

Ausente. Enquanto os filhotes apresentam uma pelagem muito fina, cobrindo todo o corpo, os gatos adultos as possuem apenas nas extremidades. A face apresenta pelos curtos e finos que dão ao bichano um aspecto aveludado, parecendo musgo ao tato. Esses pelos são maiores atrás das orelhas e mais duros ao redor do nariz e da boca. Os testículos dos machos são cobertos por uma camada de pelos maiores.

Pele: Lisa no corpo e enrugada na cabeça.

Cor: Qualquer uma, mas manchas brancas são admissíveis apenas ao redor das mamas e do umbigo.

Corpo: Longo, com a ossatura fina. É bem musculoso.

Cabeça: Não é redonda, nem cuneiforme. É mais larga na região dos olhos e daí para cima apresenta-se com a forma de um bloco retangular. As orelhas estão implantadas na base maior e superior da cabeça, são grandes e ligeiramente arredondadas nas pontas. O nariz é curto.

Olhos: São dourados e estão localizados para trás e ligeiramente inclinados.

Cauda: Longa e fina na extremidade.

Comportamento: São gatos muito ativos, brincalhões e carinhosos.

Temperamento

Afetivo, porém não gosta de contato físico. Gato para ambientes internos.

O Sphynx é um gato muito afetuoso até possessivo, muito agarrado ao seu dono, tipo “pote-de-cola” adora ser mimado.

É um gato vivo sociável, muito inteligente, enérgico, muito brincalhão e nunca agressivo.

Quando o dono chega a casa procura imediatamente a sua companhia e recebe-o com grandes demonstrações de carinho e muita brincadeira.

Dono ideal: Aquele que quer dedicar mais tempo a brincadeiras com o seu bichano do que com cuidados com a sua pelagem.

Ambiente: Precisa de espaço para exercitar.

Cuidados especiais: Sente frio e precisa ser mantido em local aquecido no inverno.

Adestramento: São animais inteligentes e fáceis de serem adestrados.

Defeitos: Pelos no tronco e abdômen.

Alimentação

Deve ser usada uma alimentação a base de croquetes, topo de gama rica em calorias pois o Sphynx precisa de uma alimentação forte devido a perda de calor pela sua pele nua. Ter sempre água limpa e fresca a sua disposição.

Todos os gatinhos devem ser desparasitados uma vez por mês até aos 6 meses, depois de 6 em 6 meses na fase adulta. Desparasitar sempre antes do rappel das vacinas que deve ser feito todos os anos.

Cuidados

Praticamente sem pelos para proteção, o Sphynx tem a oleosidade da pele muito elevada e caso esta não seja retirada em banhos periódicos, o gato pode deixar manchas por onde se deitar. Além disso, como seus ouvidos também não têm pelos por dentro, acabam ficando oleosos e portanto devem ser limpos periodicamente. O próprio dono pode fazê-lo, bastando apenas algodão e um produto de higiene especial.

Classificação

Nome da raça: Sphynx
Classificação: Grupo pelo curto
Outros nomes: Canadian Hairless, Esfinge
País de Origem: 
Canadá
Perfil: Apegado
Tipo de Pelo: Bem curto
Tamanho: Médio
Peso Mínimo: 03 Kg – Peso Máximo: 05 Kg
Temperamento: Dependente
Nível de Atividade: Baixo
Idade: média de 11 anos

Sphynx – Fotos

Fonte: www.caoeciavet.hpg.ig.com.br/www.dasesfinges.com/www.wisegeek.org/www.amiguinhogato.kit.net/www.vetstreet.com/www.pets4homes.co.uk

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aracnídeos

PUBLICIDADE Definição Os aracnídeos (classe Arachnida), qualquer membro do grupo de artrópodes que inclui aranhas, …

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.