Breaking News
Home / Animais / Tucano-de-bico-preto

Tucano-de-bico-preto

PUBLICIDADE

Tucano-de-bico-preto – Características

Tucano-de-bico-preto é brilhantemente e tem uma bico enorme.

Habitam as áreas de mata densa, regiões frias, montanhosas, e também áreas de baixadas.

Vivem nas árvores altas e nidificam em cavidades que encontram nessas árvores.

Vivem em casais ou em pequenos grupos, alimentando-se basicamente de frutos, palmitos, ovos e insetos.

Têm como principais predadores corujões, gaviões e macacos.

Identificação

Medem 46 a 56 cm de comprimento.

O bico é longo e resistente, mas muito leve, graças à sua estrutura interna relativamente oca.

O bico dos tucanos pode ter várias funções: obter alimento (permitindo-lhes recolher frutos de outro modo inatingíveis e pilhar com facilidade os ninhos de outras aves); defesa ou estabelecimento de dominância em relação a aves da mesma espécie ou outras aves competidoras pelo alimento; impressionar as fêmeas no ritual de casalamento; perfurar os troncos das árvores; e catar parasitas da plumagem em locais de outro modo inacessíveis.

A plumagem é negra na região dorsal do corpo, no abdômen e na cauda.

As penas subcaudais e supracaudais têm cor laranja-avermelhada, tal como a barra que se encontra no início do abdômen.

As várias subespécies distinguem-se através da cor do peito (que apresenta tons de laranja, amarelo e, por vezes, branco), da zona periocular (em torno dos olhos) e do bico, que é negro, excepto no cúlmen (linha média superior) e na base, onde a cor respectiva varia: o cúlmen é azul-claro nas subespécies Ramphastos vitellinus vitellinus e Ramphastos vitellinus ariel, e amarelo-esverdeado nas subespécies Ramphastos vitellinus citreolaemus e Ramphastos vitellinus culminatus; por sua vez, a base do bico é azul-clara na subespécie nominal (Ramphastos vitellinus vitellinus); amarela e azul-clara nas subespécies Ramphastos vitellinus ariel e Ramphastos vitellinus culminatus; cor-de-laranja, amarela e azul na subespécie Ramphastos vitellinus citreolaemus; de qualquer modo, existe sempre uma linha negra junto à base do bico. As patas são zigodáctilas (têm dois dedos virados para a frente e dois dedos virados para trás; em geral, as aves apresentam três dedos virados para a frente e um para trás).

Distribuição Geográfica

Essa subespécie ocorre do Pará ao sul do Amazonas, e também no Maranhão, Pernambuco e Alagoas até o Brasil Meridional (incluindo a ilha de Santa Catarina).

Também habita o coração da metrópole carioca na Floresta da Tijuca e no Jardim Botânico onde freqüentemente são vistos, assim como o Tucano de Bico Verde.

Estado de Conservação: Não existem levantamentos precisos de suas populações em natureza, no entanto já não é considerado um animal abundante, uma vez que necessita em muito das áreas de mata fechada cada vez mais ameaçadas.

Tucano-de-bico-preto – Ramphastos vitellinus

Mede cerca de 46 cm e sua plumagem é totalmente negra, com a garganta amarelo-alaranjada, peito vermelho e crisso vermelho.

Asas curtas e arredondadas e cauda e bico longos.

Pernas e pés fortes, azulados, providos de unhas em garras fortes.

A pele ao redor dos olhos é vermelha e o bico é quase que inteiramente negro, leve e cortante, possuindo a base amarela. Possui algum dimorfismo sexual, sendo machos adultos mais pesados e possuindo o bico mais longo.

Habitat: Florestas úmidas, virgens e secundárias, tanto no interior quanto nas bordas, e em capoeiras altas.

Ocorrência

Oeste -setentrional da América do Sul cisandina desde as Guianas, passando pela Venezuela e Bolívia, até a margem esquerda do baixo Amazonas em direção ao oeste de Goiás e Mato Grosso, ocorrendo também em Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, Leste de Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina.

Hábitos

É gregário e arborícola. Vive em bandos de tamanhos variáveis, porém nunca muito grandes. Gostam de dormir sempre juntos e com o bico escondido entre as asas, cobrindo a cabeça com a cauda.

São grandes dispersores de sementes.

Excelente saltador e voador.

Vôo lento mantendo sempre o pescoço esticado.

Procuram alimento nas árvores e no solo.

Apanham os alimentos com a ponta do bico e abrem-no enquanto atiram a cabeça para trás, de modo a que aqueles caiam na garganta.

Bebem água em bromeliáceas epífitas (plantas que crescem sobre troncos de árvores) ou abrem o bico quando chove.

Vivem em bandos de quatro a dez indivíduos.

São submissos aos tucanos-de-bico-vermelho (Ramphastos tucanus).

Os tucanos gostam de brincar simulando duelos com os bicos.

Alimentação

Principalmente de frutos. Apanham também animais vivos, como pássaros e ratos. Sementes, insetos, aranhas, ovos e filhotes de outras aves.

Reprodução

Faz ninho em um oco de árvore onde a fêmea deposita de 2 a 4 ovos brancos, medindo 38 x 28 mm em seus eixos. A fêmea se encarrega da incubação que dura em torno de 18 dias. Neste período é alimentada pelo macho. Os filhotes nascem sem penas e permanecem no ninho por 40 a 50 dias. São alimentados pelos pais até que possam sair sozinhos do ninho.

Ameaças: Perda de habitat necessário para que a espécie se mantenha, caça predatória e o tráfico de animais.

Tucano-de-bico-preto – O que é

O Tucano-de-bico-preto é do gênero Ramphastos e abrange 11 espécies de tucanos, das quais 7 são encontradas na Amazônia.

De maneira geral, os tucanos são aves cuja cor principal é a preta; o peito pode ser branco, amarelo e vermelho.

O bico é grande, colorido e confere à ave um aspecto engraçado. São aves gregárias, isto é, vivem em bando e alimentam-se principalmente de frutos.

Apanham também animais vivos, como pássaros e ratos.

São aves da mata e voam menos que pulam.

Aos saltos, o bando passa de um galho para outro e assim percorre o alto da mata fazendo grande algazarra e dando verdadeiros concertos, principalmente de madrugada e ao cair da tarde.

O tucano-de-bico-preto é encontrado na parte oeste -setentrional da América do Sul cisandina até a margem esquerda do baixo Amazonas. Distingue-se de outra espécie (Ramphastos Ariel), também chamada tucano-de-bico-preto, por ter a parte superior do bico amarela e o peito branco com a parte inferior vermelha. A pele ao redor dos olhos é azul, como também a base inferior do bico.

O  tucano-de-bico-preto faz ninho em um oco de árvore onde a fêmea deposita de 2 a 4 ovos; os filhotes nascem sem penas e permanecem no ninho por 40 a 50 dias.

Expectativa de Vida: 20 anos

Alimentação: Na natureza alimentam-se de frutos, artrópodes e pequenos vertebrados. Em cativeiro a alimentação é composta de ração específica e frutas.

Reprodução

Botam em torno de 3 ovos sendo que o período de incubação é de aproximadamente 16 dias.

Os filhotes deixam de ser alimentados com cerca de 6 semanas.

Distribuição Geográfica: Ocorre em quase toda a América do Sul, exceto Equador, Peru, Chile e grande parte da Argentina.

Descrição

Com um bico preto, parece ser, à primeira vista, menos colorido do que as outras espécies de tucanos.

Visto de trás, é essencialmente preto; visto de frente apresenta a garganta e peito de cor amarelo gema de ovo.

Pode medir cerca de 46 cm, tendo 12 cm de bico.

Os dedos são providos de unhas longas e curvas, as asas são curtas e a língua comprida e fina.

Papo amarelo ou branco (dependendo da região), bico preto com uma faixa amarela próximo à base.

Abdômen vermelho,anel perioftálmico azul ou vermelho (dependendo da região).

Olhos azuis.

Não há diferenças externas entre machos e fêmeas.

Sofrem com a destruição de habitat e tráfico ilegal de animais silvestres.

Tamanho: Aproximadamente 46 cm, pesando 350 gramas.

Distribuição: América do Sul.

Comprimento das asas: 19 cm

Comprimento do bico: 15 cm

Classificação científica

Nome científico: Ramphastos vitellinus Lichtenstein, 1823
Nome popular:
 Tucano-de-bico-preto
Nome em inglês: 
Channel-billed Toucan
Reino:
 Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Piciformes
Família: Ramphastidae Vigors, 1825
Gênero:
 Ramphastos
Espécie: R. vitellinus

Tucano-de-bico-preto – Fotos

Fonte: www.zoonit.org.br/www.vivaterra.org.br/www.avedomestica.com/www.lifeintherainforest.org/neotropical.birds.cornell.edu/hopezookingston.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Buldogue Francês

Buldogue Francês

PUBLICIDADE O que é um Buldogue Francês? O Bulldog Francês é uma raça licenciada pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.