Breaking News
Home / Animais / Gato Bengal

Gato Bengal

PUBLICIDADE

O que é um Gato Bengal?

Gato Bengal é uma raça doméstica relativamente nova de gato que foi intencionalmente criada nos Estados Unidos na década de 1960.

Ao criar seletivamente gatos leopardo asiáticos com raças domésticas, como o Egyptain Maus ou o Abissínio, os criadores foram capazes de criar uma nova raça que tinha um temperamento doméstico, mantendo as características físicas selvagens.

A raça do Gato Bengal é reconhecida na Europa, África, Ásia e Américas pela Associação Internacional de Gatos (TICA) e pela Federação Australiana de Gatos (AFC) na Austrália.

Gatos leopardo asiáticos são pequenos gatos selvagens encontrados na maioria dos países asiáticos.

Medindo cerca de63,5-81,3 cm e pesando 3-7 kg, estes gatos são mais notáveis por seus casacos manchados de leopardo de seda.

Seu nome científico, e a fonte do nome do Gato Bengal, é Felis bengalensis.

Os programas de criação começam cruzando um gato leopardo asiático com um gato doméstico. Após o cruzamento inicial selvagem-doméstico, as primeiras quatro gerações de gatos são consideradas híbridas e não uma espécie nova nem adequada para animais de estimação. Normalmente, os reprodutores cruzam um híbrido fêmea com um macho doméstico porque os híbridos masculinos têm taxas de fertilidade extremamente baixas. Após a quarta geração, os descendentes resultantes são considerados gatos domésticos e podem ser vendidos comercialmente.

Os Gatos Bengal mantiveram o padrão distintivo de seus ancestrais gatos selvagens.

Os Gatos Bengal são sempre tons de marrom ou branco, com manchas parecidas com leopardo ou marrons escuros ou pretos, chamados de marmorização.

Seus pelos de seda parecem ter um brilho metálico, como se os cabelos estivessem polvilhados com glitter dourado.

Pelos marrons, com barrigas mais claras, são mais comuns do que os casacos de base branca.

As classificações de cores diferem ligeiramente na Europa e nos EUA.

As classificações de cores europeias se referem a tons mais escuros como “marrom” e tons brancos como “neve”.

Os EUA, embora também tenham classificações “marrom” e “neve”, também acrescentam “marta” e “azeda” para mais distinção.

Como grandes felinos, os Gatos Bengal pesam entre 2,7 e 9 kg.

Os machos são geralmente maiores e mais pesados que as fêmeas. Com corpos bem musculosos, os gatos de Bengala são altamente atléticos e ativos. Eles geralmente vivem cerca de 15 anos.

Brincalhão e amigável, o Gatos Bengal é um bom animal de estimação para adultos e crianças.

Ao contrário de muitos gatos, Gatos Bengal muitas vezes parecem gostar de água, mesmo sendo conhecido por se juntar a seus donos no chuveiro ocasionalmente. Evidências sugerem que esses gatos podem ser hipoalergênicos, o que significa que eles têm menos tendência a causar reações alérgicas. Estudos científicos não foram realizados sobre este fenômeno, no entanto.

Embora o Gatos Bengal seja uma raça saudável, não necessitando de dieta especial, não tendo problemas crônicos de saúde e necessitando apenas de uma escovação semanal, é considerado uma raça exótica.

Os Gatos Bengal

Os Gatos Bengal são amistosos, atentos, participativos e extremamente ligados a seus donos. Aprendem com muita facilidade e respondem a comandos verbais. Todos os meus animais atendem pelos nomes.

Dependendo da linha de sangue podem ser um pouco maiores que a maioria dos gatos pêlos curtos de raça.

Quando adultos os machos costumam pesar por volta de 5 a 5,5 Kg e as fêmeas variam entre 3,5 a 4 Kg.

O nome deste híbrido vem do termo científico dado ao Gato-leopardo da Ásia – Felis bengalensis, que entra na origem da raça Bengal.

Através de seleção criteriosa o Bengal ganhou o aspecto de fera da sua herança primitiva, exibindo o temperamento carinhoso e sociável da sua herança doméstica.

Origem

O Bengal desenvolveu-se a partir de um programa americano de 1963, em que a geneticista Jean Sugden cruzou um macho doméstico com uma fêmea de leopardo asiático, tentando transferir as marcas do gato selvagem para uma raça doméstica.

Assim, o Bengal é o único felino híbrido doméstico. É o resultado do cruzamento entre felinos selvagens do extremo oriente com gatos de raça pura, criteriosamente selecionados.

O termo Bengal foi criado por William Engler, membro do Clube do Ocelote de Long Island, deve-se provavelmente ao nome científico do leopardo asiático (Felis prionailurus bengalensis).

A era do entusiasmo pela raça iniciou-se em 1985, quando Jean Mill exibiu os seus Bengalis ? derivados das linhas de sangue de G. Meredith ? em exposições da TICA, na categoria “New Breed and Color”. Rapidamente a raça tornou-se o pet nacional nos EUA, ganhando em popularidade mesmo de raças tradicionais como o American Short Hair e os Maine Coon.

Com a popularidade da raça e do número de criadores em ascensão, foi criada na TICA a “Seção Bengali”, para a definição dos standards da raça. Em Maio de 1992 a raça Bengali foi reconhecida pela TICA. Em 1997, foi dado o reconhecimento pela CFA.

Características

Dono de um visual bastante selvagem, o Bengal é um gato de porte médio para grande. Bastante forte e musculoso, ele possui os quadris levemente mais elevados do que os ombros, a cabeça tem contornos arredondados, sendo um pouco mais comprida do que larga, exibindo um nariz largo e suas orelhas tem dimensões que vão do médio ao pequeno, são curtas e largas na base, com as pontas arredondadas. A TICA reconhece oficialmente para registros e exposições, 2 padrões de pelagens (spotted e marbled ) e que podem ser encontrados nas cores castanho, branco e prata.

Uma das características mais impressionantes dos gatos Bengals é a presença do “glitter” na pelagem. Glitter são pelos dourados (no caso de gatos da cor brown), que cobrem a pelagem normal do gato, dando a impressão de uma “chuva de ouro” sobre ela. É uma característica bastante apreciada e que surpreende quem nunca teve a oportunidade de observar um Bengal ao vivo.

A textura da pelagem de um legítimo Bengal também é única: nenhuma outra raça possui pelagem semelhante, já que é a mesma que a de um felino selvagem.

O Bengal é um gato híbrido, que surgiu do cruzamento entre o gato doméstico e um felino selvagem da Ásia, o gato leopardo asiático. Apesar da herança selvagem, ele é um gato amável, sendo muito inteligente, curioso e divertido.Adora brincar com água e aprender novos truques, como ir buscar objetos atirados e trazê-los de volta, entre outros. Alguns proprietários e criadores chamam o Bengal de “Made to play” (ou “feitos para brincar”), outros dizem que possui alguns traços de temperamento semelhante ao dos cães De qualquer forma, é impossível não se apaixonar por um Bengal.

Seu miado também é diferente do das demais raças, por ser bem mais potente. Ele não costuma sibilar como os demais gatos, se relaciona bem com crianças, adultos e com animais de outras espécies. Através de uma seleção criteriosa, o Bengal acabou ganhando uma aparência selvagem da sua herança primitiva e exibindo um temperamento carinhoso e sociável da sua herança doméstica.

O objetivo deste aprimoramento é tornar a aparência do Bengal cada vez mais próxima com a de seu ancestral, mantendo sempre a docilidade e sociabilidade necessárias a um felino doméstico.

História

O Bengal originou-se de cruzamentos entre Leopardos Asiáticos (Asian Leopard Cat), como o nome já diz, originários do sudeste asiático, com gatos domésticos de raça pura, que foram criteriosamente selecionados.

Entre as décadas de 60 e 70, não houve nenhum esforço para se criar uma raça de gato a partir destes híbridos, porém surgiram alguns clubes que tinham a intenção de promovê-los, sendo que eles já chamavam de Bengal os gatos domésticos derivados do leopardo asiático.

Este termo se originou do nome científico dado ao leopardo asiático, Prionailurus bengalensis.

No início dos anos 80, a CFA autorizou que esses gatos fossem registrados como domésticos, porém um acidente numa exposição da CFA, envolvendo um híbrido que mordeu um dos juízes, levou a CFA a cortar de seus registros todos os gatos que possuíam sangue selvagem.

Nesta mesma época, surgiu uma nova linhagem de Bengals que provinha do cruzamento de leopardos asiáticos com o Mau Egípcio, que foi registrado na CFA. Muitos dos Bengals atuais descendem desta linha de sangue.

A raça foi oficialmente aceita pela TICA (The International Cat Association) para registros e exposições e hoje em dia, esta raça é reconhecida pelas principais organizações internacionais de criadores e está entre as dez raças mais populares no EUA e Europa.

Os primeiros cruzamentos entre gatos domésticos e Leopardos Asiáticos produzem filhotes que se enquadram nas gerações F (F1,F2,F3), ou “foundation”. Só a partir da geração F4 (quarta geração após o cruzamento entre o gato doméstico e o ALC), o gato é considerado um Bengal. Nas gerações F é comum o nascimento de machos estéreis.

Cuidados

Manter o Bengal saudável não costuma ser difícil, exigindo apenas cuidados básicos com a alimentação e a higiene. A pelagem curta não embaraça, exigindo apenas uma ou duas escovações semanais, para retirar os pelos mortos em excesso. Além disso, esses gatos devem ser alimentados com rações balanceadas, pois no caso de gatos de uma forma geral, o dono deve estar atento para o uso de boas rações, no intuito de se evitar o aparecimento de cálculos urinários, promovidos por alimentos de baixa qualidade. A alimentação adequada fará com que o gato cresça saudável e com a pelagem lisa e brilhante. O dono deve estar atento e realizar consultas regulares ao médico veterinário. Deve receber vacinação anual completa, como gatos de qualquer outra raça.

Há 3 padrões de pelagem e cores aceitos:

Leopardo: Cor de fundo variando do amarelo-palha ao vermelho-mogno, com pintas variando do marrom-escuro ao negro.

Neve: Fundo branco ou marfim com pintas variando do caramelo ao castanho-médio.

Mármore

As marcas se distribuem em padrão imitando as manchas do mármore.

Há variados tamanhos, formas e disposição das marcas (também chamadas “spots”) nas pelagens dos Bengals. É preferida a distribuição horizontal e aleatória com marcas escuras sobre fundo dourado.

O pelo dos Bengals possui uma característica única, um brilho intenso – Gold Glitter – que é realçado com o animal em movimento, ao ar livre.

Os bebês Bengals possuem uma pelagem pardacenta, característica de filhotes de gatos selvagens.

Acredita-se que sirva como forma temporária de camuflagem.

Classificação

Origem: EUA.
Perfil: Dócil.
Tipo de Pelo: Curto.
Tamanho: Médio.
Peso Mínimo: 04 Kg – Peso Máximo: 09 Kg.
Temperamento: Independente.
Nível de Atividade: Alto.
Idade: média de 12 a 14 anos.

Gato Bengal – Fotos

Fonte: www.animalraro.hpg.ig.com.br/www.benshemesh.com/www.caoeciavet.hpg.ig.com.br/www.vetstreet.com/www.123rf.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Buldogue Francês

Buldogue Francês

PUBLICIDADE O que é um Buldogue Francês? O Bulldog Francês é uma raça licenciada pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.