Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Animais / Pônei

Pônei

PUBLICIDADE

Pequeno e interessante, esse cavalo surgiu em um passado distante em uma região na qual pouca comida era disponível, permitindo somente a sobrevivência dos animais mais rústicos. No Brasil, a raça surgiu de um cruzamento de pôneis da raça “Shetland”, com alguns exemplares trazidos da Argentina, selecionados pela família de criadores.

Pônei

Os pônei da raça “Shetland” são provenientes da ilha de Shetland na Inglaterra.

Ficha técnica do Pônei

Altura:

Média de 1,10m

Porte

Pequeno

Pelagem

Todas as variações são admitidas.

Cabeça

Perfil fronto-nasal de reto e subconvexo. Olhos grandes com vivacidade. orelhas de tamanho médio. Narinas grandes e de forma elíptica.

Andadura

Trote

Temperamento

Para os de sela quanto para os de tração o temperamento deve ser manso, mas corajoso.

Aptidões

São muito utilizados com a inicialização de crianças na lida com o cavalo.

Fonte: www.hipismobrasil.com.br

Pônei

pequeno,porém ágil e fino.

O pônei é definido como um eqüino de baixa estatura, não devendo ultrapassar 1,50 m, mas com as mesmas aptidões dos eqüinos maiores no que se refere à resistência, ao trabalho e lazer proporcionados ao homem. É basicamente um animal de montaria, saltando obstáculos em esportes hípicos e servindo para a tração. São muito utilizados na inicialização de crianças na lida com o cavalo.

Pequeno e interessante, esse pequeno cavalo surgiu em um passado distante em uma região na qual pouca comida era disponível, permitindo a sobrevivência dos animais mais rústicos. Ao contrário do que muitos criadores pensam, são animais primitivos, ligados e identificados com a própria origem dos eqüinos. A definição das diversas raças de pôneis ocorreu mais recentemente e expressa a ação selecionadora do homem e os novos ambientes de criação disponíveis desde os primórdios da domesticação dos cavalos.

Existem muitas raças de pôneis espalhadas por vários continentes, sendo que as mais tradicionais se encontram na Europa. Na América do Sul, além dos pôneis argentinos, uruguaios e paraguaios destacam-se os pôneis brasileiros, das raças Piquira e Brasileira. A Associação Brasileira dos Criados do Cavalo Pônei – ABCCP – procura, através do Padrão Racial, padronizar os animais das raças Brasileira e Piquira, controlando também as raças exóticas como Shetland inglesa e americana, Welsh Moutain Pony também inglesa e a austríaca Haflinger.

Cada raça controlada pela ABCCP segue seu Padrão Racial apresentando desclassificações comuns. As desclassificações mais sérias que devem ser rigorosamente observadas para registro definitivo são pseudo-albinismo ou gázeo, alginoidismo (deficiência de pigmentação da íris), belfo (relaxamento das comissuras labiais), prognatismo (assimetria das arcadas dentárias), criptorquidia uni ou bilateral (roncolho), anorquidia (ausência de testículo) e assimetria acentuada dos testículos.

No Brasil, foi a partir de 1970, com a fundação da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Pônei, que se tornou mais rigoroso o controle e a criação desses animais, assim como a formação dos padrões das raças Brasileira e Piquira. Posteriormente passaram a ser registrados também animais de origem estrangeira das raças Haflinger, Shetland e Welsh Mountain Pony.

Fonte: www.cowboydoasfalto.com

Pônei

Para entendermos uma determinada espécie, torna-se necessário conhecermos sua evolução e escala zoológica.

É nos eqüinos que encontramos uma escala evolutiva notavelmente completa, através da descoberta de registros fósseis da evolução eqüina. Ao contrário da maioria dos animais, nos eqüinos foi possível reconstituir toda a sua evolução. Este fato teve grande importância no estudo da espécie, pois podemos entendê-la, acompanhando as mudanças que o meio ambiente determinou à espécie, ou seja, as adaptações que foram impostas pela natureza à medida que as dificuldades de sobrevivência foram surgindo.

O aparecimento do cavalo primitivo é da era terciária do período Eoceno (mais ou menos 55 milhões de anos), sendo que o primeiro ancestral a surgir foi o Hyracotherion, mamífero de pelo liso, que vivia nas florestas e se alimentava de tenros brotos de folhas. Seus dentes eram próprios para a trituração destes vegetais, possuíam quatro dedos em cada membro anterior (dianteiros) e três dedos nos posteriores (traseiros), de porte pequeno, medindo aproximadamente 25 centímetros. Era encontrado por toda América do Norte Eurásia, contudo sua evolução continuou somente no continente norte americano, vindo a extinguir-se no velho mundo, sendo que todas as espécies subseqüentes que surgiram nos outros continentes, derivam da América do Norte.

No período glacial fortemente marcado por cataclismos e epizootia, tomou-se extinto na América do Norte, retomando àquela região somente com a presença dos conquistadores espanhóis que lá chegaram no século XVI.

No decurso de milhões de anos de evolução, seu dorso tomou-se mais reto, sues dedos foram igualmente atrofiando e seu porte aproximadamente o de um cachorro grande; crescendo sempre, através dos tempos, o cavalo foi sofrendo várias modificações no formato do crânio, na distribuição dos dentes e no comprimento dos membros.

Este processo continuou durante outros milhões de anos, chegando ao Hippanon, de porte mais elevado, longos membros, que agora possui um só dedo central coberto por uma camada cómea chamada casco, sendo um cavalo selvagem e da altura de um pônei.

Os cavalos selvagens que ainda hoje são encontrados na Ásia , embora em pequeno número – aproximadamente 60 indivíduos – são os Equus Przewalsyis, descobertos em 1879 no deserto próximo as fronteiras russo-chinesas; percorriam em manadas a Ásia, a Europa (mais precisamente a França) e também parte da África. Eram perseguidos pelo homem como caça e mais tarde passaram também a ser capturados e domesticados, isso há aproximadamente 3000 anos a.C., prestando a partir de então, múltiplos serviços ao homem.

O cavalo moderno é um ponto culminante de uma só, dentre muitas linhas de evolução. Chegou, porém as dimensões e características gerais que hoje apresenta, ainda no período pré-histórico.

Fonte: www.criareplantar.com.br

Pônei

Pônei

PEQUENO E CORAJOSO

História: Eqüino de baixa estatura, imagina-se que este animal desenvolveu-se em uma região que oferecia poucos recursos de subsistência. A escassez de alimentos propiciou o surgimento deste animal pequeno e rústico,

Caracterísitcas: Sua estatura não passa de 1,50 m sendo contempladas todos os tipos de pelagens. Os animais de menor estatura, até 90 cm, são chamados de mini-pônei.

Aptidão: Apesar de seu tamanho, pode ser usado como animal de sela e tração. Os animais com temperamento mais manso, são muito utilizados para incialização de crianças.

No Brasil: Existe um grande esforço para padronização das raças Pônei Brasileiro e Piquira. São mais de 1500 associados distribuidos em todo país.

Fonte: www.mercadodecavalos.com.br

Pônei

Como o próprio nome indica, são assim designados todos aqueles animais eqüinos de pequena estatura, mas às vezes, muito mais resistentes que os cavalos de grande porte. Várias nações se preocuparam com sua preservação e aprimoramento, pois várias raças de Pôneis existentes caminhavam a passos largos para a extinção, como aconteceu a algumas, por falta exatamente de uma proteção para sua preservação.Seu passado é todo de trabalho; em todas as regiões que habitavam, depois de facilmente domesticados pelo homem, por serem animais muito dóceis, quando bem tratados, eram destinados aos mais variados trabalhos, aproveitando suas raras qualidades como resistência, rusticidade, coragem e muita força muscular.

Pônei

Hoje, os Pôneis, seja de qualquer raça, estão disseminados em toda parte, formando várias outras raças e tipos, devido à mestiçagem que lhes foi imposta pelo homem, algumas desnecessárias, mas outras como uma necessidade na melhoria de suas aptidões, dando-lhes outras finalidades como: para montaria, para puxar pequenas viaturas, para salto ou esportes hípicos, mas quase sempre usados objetivando servir às crianças, ou seja, serem brinquedos vivos desses pequenos seres humanos.- Raça BrasileiraNo Brasil, os Pôneis são criados há vários anos, existindo exemplares de várias raças, principalmente Shetland, espalhados pelo Brasil. Existe um grande número desses pequenos cavalos com características indefinidas devidas à mestiçagem havida.

Entretanto, alguns deles começam a apresentar detalhes semelhantes à sua caracterização fenotípica, principalmente aqueles mestiços de animais importados na Argentina, e que após estudos realizados por técnicos capacitados, estão sendo considerados os protótipos da Raça Brasileira e sendo admitidos em seus livros de registro genealógico.- Raça Piquira No Brasil, temos outros animais com porte de pequeno para médio, conhecido vulgarmente como piquira. Palavra de origem indígena serve para designação desses pequenos animais encontrados em grande parte do Brasil Central e Sul, sendo cópia fiel dos cavalos maiores. No Sul recebem o nome de potiço.Uma mestiçagem desordenada em meio a uma população enorme de animais, já existentes, resultou em animais de porte pequeno, inicialmente por seleção natural e, depois sob cuidados, foram se identificando.

Fonte: www.revistadaterra.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Leão

Leão

Leão, Animal, Características, Habitat, Família, Espécie, Reprodução, Classificação, Rei da Selva, Simba, Reino, Filo, Classe, Gênero, Dieta, Leão

Víboras, Calangos e Tartarugas

Víboras, Calangos E Tartarugas, Cobra, Alimentação, Habitat, Reprodução, Víboras, Calangos E Tartarugas

Víbora

Víbora, Cobra, Alimentação, Habitat, Reprodução, Vipera Latastei, Áspide, Inimigos, Gigante, Predadores, Crânio, Dentes, Animal, Réptil, Víbora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+