Breaking News
Home / Animais / Mastiff Inglês

Mastiff Inglês

PUBLICIDADE

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

O Mastiff Inglês, também conhecido como Old English Mastiff é uma raça muito antiga e certamente descende dos grandes “mastins” da Antigüidade, cães gigantes normalmente originados da Ásia e que se espalharam por toda Europa. Eram conhecidos dos grandes imperadores romanos que adotavam os ‘mastins’ em suas frentes de batalha.

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Eram cães grandes, valentes e bastante resistentes. Segundo alguns historiadores, os mastins eram usados como cães de guerra pelos povos Celtas e acompanhavam seus donos em suas batalhas. Quando os Romanos invadiram a Britânia, eles levaram os cães de volta a Itália e os usaram para guarda de propriedades e prisioneiros. Até 1835, eram usados em combates com outros animais até que esse tipo de ‘lazer’ foi proibido.

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Durante a Segunda Guerra Mundial, foram usados para colocar os carros de munição nas frentes de batalha. Até em função disso, com o fim da Guerra a raça encontrava-se bastante dizimada e foi salva da extinção com o trabalho sério de criadores, que utilizaram inclusive o cruzamento com o São Bernardo para salvar a raça. Deste cruzamento a principal contribuição do São Bernardo foi a suavização do temperamento da raça. Mas ainda hoje, 50 anos depois, ainda aparecem nas ninhadas cães com pelagem mais longa e manchas brancas na cara, nas patas e no peito.

Há sangue de Mastiff em várias outras raças conhecidas atualmente, como o Bullmastiff, Rottweiller, Dogue Alemão, Terra Nova, São Bernardo, Fila Brasileiro, etc.

Personalidade

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Apesar de seu tamanho gigante – um exemplar da raça é o cão mais pesado do mundo, segundo o Guinnes Book – o Mastiff tem um temperamento especial.

Mesmo tendo sido desenvolvido e selecionado para cumprir a função de guarda, o bom Mastiff deve ser um cão calmo, seguro e bastante ligado à família e pessoas de seu convívio.

Não devem demonstrar comportamentos agressivos quer com humanos ou outros animais (inclusive outros cachorros). A despeito do seu tamanho, são excelentes companheiros para as crianças com as quais têm bastante paciência inclusive com aqueles brincadeiras mais ‘violentas’.

Como cães de guarda são excelentes e atuam com muita segurança e eficiência. Tem um estilo de guarda bastante peculiar, preferindo, em casos de necessidade, encurralar a ‘vítima’ deixando-a imobilizada e só irá mordê-la em último caso.

Talvez até em função do seu tamanho, são cães de baixa atividade e que latem pouco, assim, diz-se que quando um Mastiff late, é porque de fato merece atenção. Apesar de serem cães considerados ‘tranqüilos’, o Mastiff precisa de exercícios para que não desenvolva problemas como o excesso de peso.

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Um cuidado especial a ser tomado é de promover a convivência estreita dos cães com as pessoas da casa. Esse contato é essencial para um bom desenvolvimento psicológico de qualquer cão e dos mastiffs em particular.

O Filhote

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Para que o filhote se desenvolva bem, alguns cuidados são essenciais. A primeira providência é estabelecer claramente a sua liderança sobre o filhote e socializá-lo tanto com pessoas como com outros animais. Aulas de obediência são bastante recomendadas, até porque facilitam o controle sobre os cães quando adultos e há muita controvérsia sobre a real necessidade de adestramento para guarda. Um filhote bem educado e equilibrado certamente se transformará num adulto confiável.

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Na escolha de um filhote, o futuro proprietário deve dar sempre preferência aos que não sejam nem excessivamente arredios nem agitados ou festeiros demais. O equilíbrio da raça é fundamental e pode ser notado mesmo num filhote.

Outro cuidado especial é quanto à alimentação. Os Mastiffs são cães de crescimento rápido e por isso a alimentação deve ser a melhor possível durante o primeiro ano de vida, com altos índices de proteína e cálcio.

Da mesma maneira deve-se tomar cuidado redobrado com o tipo de piso no qual viverá o filhote. Pisos lisos e/ou escorregadios podem provocar lesões ósseas e/ou musculares que podem prejudicar a movimentação e qualidade de vida do cão.

Outra recomendação importante é quanto ao volume/intensidade de exercícios. Deve-se tomar especial cuidado e não extenuar o filhote. Exercícios regulares são mais recomendados do que ‘maratonas’ que podem levar ao desenvolvimento de problemas de articulação.

Cores

O padrão da raça aceita 3 cores para os Mastiffs; fulvo-tigrado, fulvo-abricó e fulvo-prateado; todos com uma máscara e orelhas pretas; possuindo uma pelagem média para pequena.

No entanto, as cores dos filhotes só se definem realmente após os 45 dias. Os de cor fulbo-tigrada nascem pretos. Os fulvo-abricós e os fulvo-prateados nascem acizentados, sendo que os prateados são ligeiramente mais escuros.

Não há nenhum limite de altura superior e nenhuma faixa de peso no Padrão de Mastiff. O mínimo recomendado pelo padrão é de 69,85 cm até 91,44 cm para o excepcionalmente alto.

Eles podem pesar entre 49,8 Kg até 155,4 Kg de Zorba, o maior cachorro do mundo, embora a maioria machos de Mastiff pesem ao redor de 72,5-104 Kg e as fêmeas entre 54,4-77 Kg.

Problemas comuns à raça

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Os Mastiffs são cães muito resistentes, no entanto, como todas as raças podem apresentar problemas mais específicos. Os principais (e mais comuns) problemas da raça são:

PRA – Atrofia progressiva da retina

Epilepsia

Displasia Coxo-femural

Calos – por causa de seu tamanho e peso, o Mastiff pode facilmente desenvolver calos nas juntas. Para evitar isso, basta evitar que durmam ou permaneçam muito tempo em superfícies ásperas. Um estrado de madeira como cama já ajuda a evitar os calos.

Mastiff Inglês
Mastiff Inglês

Fonte: solbrilhando.com.br

Mastiff Inglês

História

Acredita-se que o Mastim Inglês foi introduzido na Inglaterra há mais de dois mil anos. O mastim, em inglês Mastiff, deriva da palavra anglo-saxónica “masty”, que significa poderoso. Sendo o Reino Unido uma ilha, pensa-se que o cão terá sido introduzido pelos mercadores fenícios que provavelmente o foram buscar à Ásia.

Quando chegaram à Inglaterra, os Romanos recrutaram o Mastim Inglês para auxiliar nas batalhas de conquista por mais território. O cão foi também introduzido nas arenas dos coliseus romanos, onde lutou contra leões, ursos, entre outros animais.

Ao longo dos séculos, o Mastim Inglês foi um cão de guarda, mas também de transporte, servindo de cavalo dos pobres. Devido à sua força e porte, o mastim foi também usado em lutas entre cães e contra touros, até ao século XVIII, altura em que estas actividades foram proibidas no seu país de origem.

Mastiff Inglês

O Mastim Inglês contribuiu de forma determinante para o aperfeiçoamento de várias raças, tal como o Bullmastiff.

A Segunda Guerra Mundial foi um período difícil para os cães europeus, e em especial o Mastim Inglês, que exige bastante comida. A raça esteve mesmo perto da extinção na Europa e foi preciso importar cães anteriormente exportados para os Estados unidos da América, para reavivar a linha europeia.

Hoje em dia, o Mastim Inglês é valorizado pela sua companhia e para além de ser um bom cão de guarda é também bem sucedido como cão polícia, militar e de busca e salvamento.

Por ser um dos maiores cães do mundo, em peso e altura, exigindo bastante espaço e muita comida, é cada vez menos procurado pelos amantes de cães.

Temperamento

O Mastim Inglês é um cão calmo, afável com os donos, mas desconfiado em relação a estranhos. Por isso mesmo é excelente cão de guarda.

Confiante e paciente, o Mastim Inglês é dono de uma grande coragem. Parco em latidos, não é um bom cão de alerta, mas a sua aparência possante afasta os indesejados apenas com o olhar. Os estranhos têm de ser recebidos pelo dono para poderem passar por este cão. A sua estratégia de defesa do território é um olhar intimidador seguido de um forte latido. Em último caso pode atacar.

O Mastim Inglês gosta de companhia, mas não é um cão para um dono inexperiente. Precisa de uma boa socialização e um treino consistente baseado no reforço positivo. Dá-se bem com outros cães que tenham crescido com ele desde pequeno.

O Mastim Inglês é um cão inteligente, mas também teimoso, capaz de tornar o treino uma tarefa árdua.

Não espere que o Mastim Inglês seja uma animal de cerimónias, este cão tende a babar-se e a ressonar alto, o que geralmente compensa com a lealdade e dedicação.

Bastante calmos no interior, o Mastim Inglês pode viver confortavelmente num apartamento, desde que seja suficientemente exercitado. O ideal seria terem um pequeno quintal para praticarem a sua actividade preferida: relaxar. Mas não se deixe enganar pela calma aparente. Estes gentis gigantes necessitam de exercício e as caminhadas diárias são ideais para eles gastarem energias e manterem o equilíbrio mental. 

Aparência Geral

O Mastim Inglês é um cão imponente que pode chegar a pesar centenas de quilogramas, não tendo limite de peso ou altura no estalão, desde que as proporções sejam mantidas.

O Mastim Inglês é um cão maciço e forte, com uma cabeça larga de pele enrugada. O stop é bem visível, bem como as largas narinas na ponta do nariz. Nem tudo no Mastim Inglês é grande: os olhos e as orelhas devem ser pequenos. Os olhos de cor castanha, são mais apreciados em tonalidades escuras. As orelhas têm uma inserção alta, pendendo para junto das bochechas. 

Com uma aparência simétrica, as patas curtas estão bastante separadas. O peito é largo e profundo.

A cauda tem uma inserção alta, afunilando até à ponta. Em repouso, permanece caída e recta, podendo curvar na ponta.

A pelagem é curta e pode ser de vários tons: fulvo prateado, uma espécie de castanho claro, fulvo apricot, próximo do castanho alaranjado, e fulvo escuro tigrado, castanho misturado com preto. O Mastim Inglês deve ter as orelhas e uma máscara preta, independentemente da cor.  

Saúde e Higiene

O Mastim Inglês tem uma esperança média de vida relativamente baixa e é propenso a alguns problemas de saúde. Sendo um cão de porte grande, a Displasia da Anca é uma preocupação. A Torção do Estômago também é recorrente nesta raça e por isso os cães devem ser alimentados duas ou três vezes ao dia, em vez de lhes ser dada uma grande quantidade diária.

O Mastim Inglês tem alguma tendência para engordar. O dono deve vigiar o peso do cão, certificando-se que não o deixa ficar obeso.

É preciso especial cuidado com os dias quentes, uma vez que o Mastim Inglês não se dá bem com temperaturas altas. A sua incrível massa corporal dá-lhe toda a protecção que precisa do tempo frio, mas deverá ser colocado dentro de casa ou na sombra nos dias de maior calor.

O Mastim Inglês tem pêlo curto, não necessitando de muita manutenção ao nível do pêlo. Escovagens regulares para remover a sujidade são suficientes. O Mastim Inglês renova frequentemente a pelagem e larga por isso bastante pêlo.

Fonte: arcadenoe.sapo.pt

Mastiff Inglês

Mastiff Inglês

Um poderoso cão de guarda, o Mastiff é considerado uma raça tradicionalmente inglesa, apesar de alguns afirmarem que teve origem nas ilhas britânicas. Há registros de que cães do tipo mastiff já existiam na Grã Bretanha durante a época da invasão romana. No entanto, exemplares foram re-importados para a Inglaterra após a Segunda Guerra Mundial, face a quase extinção da raça. Seus antepassados devem ser buscados entre os mastins assírios, descendentes por sua vez do grande.

O Mastiff é um cachorro de trabalho e já foi usado para inúmeras funções em outros tempos: na caça, na guerra, para guarda pessoal e patrimonial. Hoje, é essencialmente um e de defesa. A cinofilia lhe tem grande estima, tanto por seus dotes estéticos como pelas qualidades psicofísicas.

O Mastiff, apesar de sua força, é um cahorro amoroso e tranquilo com a sua família. É desconfiado com estranhos e sabe utilizar de sua ferocidade se for obrigado a atacar. É sem dúvida, um grande, volumoso, vigoroso e simétrico. É uma mistura de força, coragem, bom humor e docilidade, combina grandiosidade com boa natureza. O Mastiff tem um nariz largo, olhos pequenos e afastados, de cor avelã. As Orelhas são pequenas, finas ao tato. A cauda da raça Mastiff tem implantação alta, é larga na raiz e vai se afinando até a ponta.

A pelagem dos cães da raça Mastiff é curta e espessa, de cor fulvo, abricot ou tigrado. Em qualquer uma dessas variedades, o focinho, as orelhas, a trufa e as pálpebras devem de cor preta.

Fonte: www.guiaderacas.com.br

Veja também

Rinoceronte

Rinoceronte, Reprodução, Características, Espécies, Mamíferos, Hábitos, Fotos, Classificação, Habitat, Tamanho, Animal, Anatomia, Comportamento, Rinoceronte

Rinoceronte Branco

Rinoceronte Branco, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Visão, Rinoceronte Branco

Rinoceronte de Java

Rinoceronte de Java, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Rinoceronte de Java

Um comentário

  1. Linda raça!!! São ótimos cães para quem procura mais tranquilidade!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.