Breaking News
Home / Animais / Tubarão-baleia

Tubarão-baleia

PUBLICIDADE

Como o maior peixe do mar, atingindo comprimentos de mais de 12 metros, os tubarões-baleia têm um enorme cardápio para escolher.

Felizmente para a maioria dos habitantes do mar a refeição preferida deles é o plâncton.

Eles pegam essas minúsculas plantas e animais, junto com qualquer peixe pequeno que esteja por perto, com suas colossais bocas enquanto nadam perto da superfície da água.

O que é

O maior de todos os tubarões e o maior peixe vivo conhecido, o tubarão-baleia constitui um dos mais comoventes espetáculos nos oceanos.

O seu tamanho colossal e grande boca o tornam facilmente reconhecível, podendo ser visto perto da superfície em muitas águas tropicais ou subtropicais do mundo inteiro.

Os tubarões-baleia alimentam-se principalmente de plâncton, embora também comam regularmente cardumes de pequenos peixes e lulas.

Ao contrário dos tubarões-frade, que simplesmente filtram enormes quantidades de água enquanto nadam, os tubarões-baleia sugam ativamente as suas presas antes de filtrá-las com eficácia.

Já foram observados se alimentando em grupos em lugares com grande concentração de algum determinado tipo de alimento.

Aparecem regularmente nos mesmos locais e determinadas épocas do ano, provavelmente para aproveitarem o florescimento regular de plâncton e certos acontecimentos, como a desova dos corais. Por esta razão, tornaram-se o centro de uma grande indústria de ecoturismo em algumas partes do mundo, principalmente na costa ocidental da Austrália, onde os mergulhadores fazem fila para ter a oportunidade de nadar junto com estas dóceis criaturas.

Os tubarões-baleia estão protegidos por lei em alguns países, mas são caçados em outros, principalmente em Taiwan e Filipinas.

Mais de 100 tubarões são mortos anualmente somente em Taiwan, o que levanta sérias preocupações quanto ao futuro de um peixe que cresce lentamente e que demora para atingir a maturidade.

Descrição geral

O tubarão baleia é o maior tubarão do mundo.

O tubarão baleia é um pacífico gigante de aproximadamente 15 metros.

Possui uma cor escura com “pintas” esbranquiçadas pelo corpo todo.

Pesquisadores ainda não sabem a função de sua coloração; talvez tenha algo a ver com o sombreamento adequado para resultar em um padrão que se assemelhe aos reflexos da luz acima. Mas ninguém tem uma resposta concreta.

Um Tubarão Baleia possui 300 fileiras de pequenos dentes. E permite que mergulhadores cheguem bem perto, quando o tubarão-baleia fica triste ele nada para o fundo ou nada bem rápido, nunca aconteceu um ataque aos humanos.

Possui uma cor escura com “pintas” esbranquiçadas pelo corpo todo, pode ser encontrado em Queensland e na Nova Guiné, mas é mais comum no oceano Índico.

Eles não são baleias; eles são tubarões. Eles têm muito em comum com as baleias, no entanto. Por exemplo, eles são enormes como baleias e se alimentam mais como baleias do que um tubarão típico.

Alimentação de filtro

O tubarão baleia, como o segundo maior peixe do mundo é um alimentador de filtro. Para comer, a fera projeta suas mandíbulas formidáveis e filtra passivamente tudo em seu caminho.

O mecanismo é teorizado como uma técnica chamada “filtração de fluxo cruzado”, semelhante a alguns peixes ósseos e baleias de barbatana.

Descrição

A cabeça achatada do tubarão baleia ostenta um focinho rombudo acima da boca, com barbos curtos saindo de suas narinas.

Suas costas e laterais são cinza a marrom com manchas brancas entre listras verticais e horizontais pálidas, e sua barriga é branca.

Suas duas barbatanas dorsais estão voltadas para trás em seu corpo, que termina em uma grande barbatana caudal de cauda dupla (ou cauda).

Tamanho

Os tubarões-baleia podem crescer até 12 metros de comprimento, mas em média eles crescem 5,5 a 10 m e pesam 20,6 toneladas. Isso é sobre o tamanho de um ônibus escolar.

Grandes tubarões brancos podem receber mais atenção, mas são ofuscados pelos tubarões-baleia.

Os grandes brancos são os maiores peixes predadores do mundo, de acordo com a Discovery. Eles crescem a cerca de 4,6 a 6,1 metros ou mais e podem pesar mais de 2.268 quilos.

Os tubarões-baleia não são predatórios.

Características

Área de Ocorrência: O tubarão-baleia habita os oceanos tropicais e de água quente.

Hábito Alimentar: O tubarão baleia se alimenta de fitoplâncton, macro-algas, plâncton, krill e pequenos polvos e invertebrados. As várias fileiras de dentes não atuam na alimentação, a água é constantemente empurrada para a boca atravessando e saem através dos arcos das brânquias.

Habitat: Vivem perto da linha do Equador ao longo da costa e em mar aberto perto da superfície.

Comprimento: 5,5 – 10 m

Peso: 19.000 kg (Adulto)

Tamanho: aproximadamente 15 metros de comprimento e pode chegar a pesar até 15 ton

Dieta: Alimentam-se filtrando a água, daí o seu nome. Zooplâncton, pequenos peixes, lulas.

Dimensões: Cerca de 9 a 12 m.

Reprodução Animal: são vivíparos, e se reproduzem novos, mas na verdade pouco se sabe sobre sua reprodução. Os ovos permanecem no corpo e as fêmeas dão luz a filhotes com 40 a 60 cm. Acredita-se que eles alcancem maturidade sexual por volta dos 30 anos e sua longevidade é estimada como sendo entre 60 e 150 anos.

Distribuição: Todos os mares temperados quentes e tropicais, exceto o Mediterrâneo. É possível que seja um animal altamente migratório.

Curiosidades

Esta espécie foi identificada pela primeira vez em 1828, na costa da África do Sul, mas a família Rhincodontidae foi criada apenas em 1984. O nome “tubarão baleia” surgiu graças ao tamanho desse peixe.

Os tubarões são frequentemente vistos na Tailândia, nas Maldivas, no Mar Vermelho, na Austrália ocidental, na Reserva Marinha de Gladden Spit, em Belize e nas ilhas Galápagos.

São regularmente vistos entre dezembro e maio nas Filipinas. Mergulhadores afortunados também se encontraram com tubarões baleia nas Seychelles e em Porto Rico.

Classificação

Nome científico: Rhincodon typus (Smith, 1828)
Nome comum:
Tubarão-baleia
Nome Inglês:
Whale shark
Reino:
Animalia
Filo: Chordata
Classe: Chondrichthyes
Ordem: Orectolobiformes
Família: Rhincodontidae
Gênero: Rhincodon
Espécie: R. typus

Tubarão-baleia – Fotos

Fonte: www.br.geocities.com/www.tubaroes.vilabol.uol.com.br/www.livescience.com/www.nationalgeographic.com/www.sharksider.com/www.thebeach-tulum.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aracnídeos

PUBLICIDADE Definição Os aracnídeos (classe Arachnida), qualquer membro do grupo de artrópodes que inclui aranhas, …

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.