Breaking News
Home / Animais / Raposa

Raposa

PUBLICIDADE

A raposa é o carnívoro selvagem com maior distribuição e abundância do mundo. Tem um focinho esguio, rematado por umas orelhas longas e pontiagudas, e uma cauda espessa e vistosa com cerca de 50 cm de comprimento. A pelagem é castanho-avermelhada, e as patas estão dotadas de garras não retrácteis. O corpo e a cabeça apresentam um comprimento que pode variar entre 60 a 90 cm, e um peso entre 5 a 10 kg. As fêmeas são sensivelmente menores que os machos.

É um animal com uma actividade essencialmente crepuscular e uma dieta quase exclusivamente carnívora. Dela fazem parte pequenos mamíferos – coelhos, lebres, ouriços-cacheiros -, aves, peixes, insectos, e ocasionalmente frutos silvestres e cultivados. Os desperdícios humanos são também procurados em épocas de maior carência, sendo por isso comum aproximarem-se de lixeiras próximas de centros urbanos. Consome cerca de 500 g de alimento por dia. O que não caça e não come no próprio dia esconde para consumo superior.

Chega a ter cerca de 20 esconderijos de comida, conseguindo lembrar-se de todos eles. Nas zonas rurais, por vezes assalta os galinheiros, tendo o hábito de matar em excesso, o que lhe vale uma má fama entre essas comunidades. Vive em grupos, formado por um macho adulto e várias fêmeas.

A época de acasalamento ocorre em Janeiro/Fevereiro e os nascimentos verificam-se na Primavera, tendo a gestação uma duração de cerca de dois meses. A ninhada – uma por ano – é geralmente composta por 4 a 5 crias. Utiliza tocas escavadas e protegidas pela vegetação, construídas por ela própria ou aproveitando as de texugos ou coelhos. Vive um máximo de 9 anos.

Fonte: www.bragancanet.pt

Raposa

Na Toca da Raposa

Raposa

Esses olhos muitas vezes não gostam do que vêem.

Em suas andanças, a Raposa busca a luz. Mas muitas vezes o que vê é escuridão total, trevas no emaranhado da alma humana.

Ela tenta em vão desfazer as teias, trazer a luminosidade de volta a alguns desses recantos.

Mas nem sempre essa claridade é bem recebida e a Raposa, por muitas vezes é expulsa, escorraçada, enxotada.

Porque apesar do desejo da alma de encontrar a luz, ela voluntariamente faz crescer ao seu redor a teia de escuridão.

De volta à Toca, a Raposa tenta reordenar seus pensamentos, entender o que se passa com o mundo e sua essência, pra no dia seguinte recomeçar sua batalha contra a escuridão de sua própria alma.

Fonte: olhosderaposa.weblogger.terra.com.br

Raposa

Raposa Vermelha

As raposas vermelhas (Vulpes vulpes) são mamíferos, carnívoros, pertencente à família Canidae. Este animal é uma das várias espécies do gênero Vulpes, gênero ao qual pertencem a maioria das espécies de raposa, embora algumas espécies pertençam a outros gêneros.

A raposa vermelha, como evidencia o nome, tem a pelagem vermelho-amarelada. Chega a medir 1m de comprimento, fora seu rabo que é espesso e longo (mede de 32 a 49 cm), que geralmente tem a ponta branca. Alcança 40 cm de altura, e pode pesar até 10 kg. Suas orelhas são grandes, mais escuras que o tom de sua pelagem por fora, e brancas por dentro. Os sentidos das raposas são muito apurados.

Raposa

Esses animais são encontrados em toda a Europa (inclusive na Grã-Bretanha), Ásia, Oriente Médio, norte da África, Austrália e na América do Norte. Vive, portanto, em habitats diversos, geralmente em tocas, evitando apenas os desertos e as florestas muito densas.

As raposas vermelhas são animais de hábitos crepusculares e noturnos. Alimentam-se preferencialmente de pequenos roedores, ovos e filhotes de aves, coelhos e eventualmente torna-se necrófaga, ou seja, alimenta-se de carne em decomposição. Frutas e grãos compõem sua alimentação no outono.

A organização social dessa espécie é a seguinte: vivem em grupos compostos por várias fêmeas e um macho adulto.

Raposa

A reprodução ocorre uma vez ao ano. Apesar de o cio durar aproximadamente 3 semanas, a fêmea só é receptiva as investidas do macho por 3 dias. Nem todas as fêmeas do grupo reproduzem. A gestação dura entre 49 a 55 dias. O parto ocorre em cavernas ou na própria toca, sendo que às vezes a mesma toca é utilizada por diversas gerações.

Em cada cria nascem de 3 a 4 filhotes, pesando entre 50 e 150 g. Os filhotes nascem com a pelagem marrom escura ou preta, com os olhos fechados (que só abrem entre 9 e 14 dias) e com as pontas das orelhas dobradas (só ficam eretas após 4 semanas). Nesse período os machos fornecem o alimento às fêmeas na própria toca. Com um mês os filhotes começam a sair da toca e passam a comer alimentos sólidos. Mais duas semanas e eles já apresentam a pelagem da mesma cor dos adultos e passam a procurar o próprio alimento. O desmame acontece entre 6 e 8 meses.

Estima-se que existam aproximadamente 48 subespécies de raposas vermelhas, porém essa informação não foi comprovada cientificamente.

Esse animal é caçado em algumas regiões, por esporte, pois sua carne não costuma ser aproveitada para o consumo.

As raposas vermelhas vivem até 12 anos em seu habitat natural, sobretudo em regiões em que a caça não é permitida. Em cativeiro chegam a viver até 15 anos.

Fonte: www.infoescola.com

Veja também

Rinoceronte

Rinoceronte, Reprodução, Características, Espécies, Mamíferos, Hábitos, Fotos, Classificação, Habitat, Tamanho, Animal, Anatomia, Comportamento, Rinoceronte

Rinoceronte Branco

Rinoceronte Branco, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Visão, Rinoceronte Branco

Rinoceronte de Java

Rinoceronte de Java, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Rinoceronte de Java

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.