Breaking News
Home / Animais / Leopardo

Leopardo

PUBLICIDADE

O que é um Leopardo?

O leopardo, Panthera pardus, é o menor membro da grande família de gatos que contém leões, tigres e jaguares.

Conhecido por seu distintivo padrão manchado, o leopardo é nativo da África e da Ásia e dividido em cerca de 30 subespécies.

Dos quatro grandes felinos, os leopardos são considerados os mais adaptáveis a uma variedade de habitats e estilos de caça e, apesar da perda de habitat, continuam a ser uma espécie populosa.

Leopardos apresentam um grande crânio e mandíbulas poderosas, e têm um corpo longo.

Em altura, um leopardo adulto médio tem entre 45 a 80 cm.

O comprimento da cabeça e das costas geralmente alcança entre 90-191 cm com uma cauda de 60-110 cm.

O leopardo macho pesa consideravelmente mais do que a fêmea, chegando a 90 kg em comparação com as fêmeas de 60 kg.

No nascimento, os leopardos pesam apenas 0,5 kg.

A coloração dos leopardos é geralmente castanho-avermelhada ou castanha dourada com manchas castanhas escuras ou irregulares que cobrem a maior parte do corpo.

Algumas variedades de floresta tropical apresentam uma variação de melanina, fazendo com que pareçam completamente pretas. Essas criaturas são freqüentemente identificadas como panteras negras, mas na verdade são leopardos.

Ao nascer, os leopardos são cinzentos com manchas menos definidas que se tornam mais claras à medida que os filhotes amadurecem.

Ao contrário dos leões, que vivem em grupos sociais, tanto leopardos machos quanto fêmeas são animais solitários. A maioria dos leopardos machos evita os alcances um do outro, já que confrontos fatais com presas foram observados quando dois leopardos se encontram. Leopardos fêmeas e machos têm intervalos de sobreposição, mas ainda assim geralmente permanecem separados, a menos que estejam acasalando.

Diferentes subespécies de leopardo têm diferentes procedimentos de acasalamento, com alguns podendo acasalar durante o ano todo, enquanto outros têm uma época de reprodução específica.

Ninhadas de um a seis filhotes são comuns, mas uma alta taxa de mortalidade geralmente deixa apenas um ou dois vivos. Como os filhotes são desamparados, os leopardos-mãe tendem a encontrar cavernas ou locais de difícil acesso para dar à luz, a fim de manter os jovens protegidos de predadores.

Os filhotes abrem os olhos cerca de duas semanas após o nascimento e começam a caçar aos três meses de idade. Normalmente, as ninhadas permanecem com as mães até os dois anos de idade, quando se separam para encontrar seus próprios intervalos.

O leopardo é carnívoro e come quase tudo que puder matar.

Os leopardos africanos tendem a predar antílopes e macacos, e as variedades asiáticas geralmente caçam veados.

No entanto, os leopardos são conhecidos por comer insetos, pássaros, roedores e, ocasionalmente, gigantes pítons africanas da rocha. Alguns observadores chegaram a ver leopardos matando e comendo crocodilos, embora se acredite que isso seja raro, já que a maioria dos leopardos busca presas que provavelmente não tentam comê-los.

Leopardos são um dos únicos gatos conhecidos por nadar com freqüência e são bastante hábeis na água.

Em terra, eles são capazes de disparar rajadas de velocidade de 58 km/h e podem saltar verticalmente três metros. Eles também são escaladores proficientes e foram observados arrastando presas que superam as árvores.

Em cativeiro, os leopardos são conhecidos por viverem mais de 20 anos, mais que o dobro de sua expectativa de vida na natureza.

No entanto, muitas pessoas acreditam que grandes felinos não devem ser mantidos em zoológicos ou gaiolas, já que o pequeno recinto coloca uma pressão indevida sobre um animal acostumado a um gigantesco alcance natural. Na África, Índia e Ásia existem várias reservas protegidas onde os turistas podem ver leopardos em seu ambiente natural. Embora nunca se deva esquecer que os leopardos são selvagens e imprevisíveis, alguns dos animais que vivem em reservas estão acostumados a turistas e se aproximam deles.

Como caçadores altamente adaptáveis e oportunistas, os leopardos sobreviveram na natureza apesar da perda de habitat.

Embora o número de sua população os torne os mais numerosos dos grandes felinos, os leopardos enfrentam uma constante ameaça de caça furtiva por seus pelos.

Habitat do Leopardo

O habitat do leopardo é diverso devido ao fato de que o animal já foi espalhado por grande parte da Terra.

Isso mudou nas últimas décadas devido à disseminação de práticas de civilização e caça, mas elas ainda abrangem toda a parte sul da África, partes do Oriente Médio e regiões da Ásia, como Rússia, China e Mongólia. Sua presença generalizada nessas regiões significa que os leopardos compartilham o mundo natural com muitas das maiores criaturas da Terra, como elefantes, leões e macacos. As condições ambientais para um habitat de leopardo podem variar de savana de pastagem na África para regiões de selva tropical na Índia e as montanhas cobertas de neve do Himalaia da Ásia.

Ao olhar para espécies individuais de leopardo, é mais fácil determinar o que é encontrado em um habitat de leopardo.

O habitat do leopardo das neves é um acidentado das cadeias montanhosas isoladas a mais de 3.000 metros acima do nível do mar. A vegetação pode ser escassa aqui, e o terreno é geralmente uma mistura traiçoeira de falésias e desfiladeiros íngremes. A linha de árvores no Himalaia, acima da qual as árvores deixam de crescer, tem cerca de 3.048 a 3.658 metros, de modo que o leopardo da neve e seu primo na região, o leopardo nebuloso, vivem em um ambiente com pouco abrigo tempestades ou vento. Outra grande vida selvagem que habita esta área inclui o urso pardo do Himalaia, o panda vermelho e o antílope de cabra.

Um tipo de habitat de leopardo, aparentemente preferencial, é o do mato e da floresta ribeirinha, onde existe vegetação rasteira espessa. Isto deve-se em parte ao fato de os leopardos dormirem e procurarem abrigo durante o dia, tanto nos ramos das árvores como nos arbustos espessos. Eles são basicamente criaturas noturnas e solitárias, o que lhes oferece alguma proteção contra outros grandes predadores.

Ao contrário dos leões e tigres, uma dieta de leopardo é frequentemente baseada em animais menores, como coelhos, pássaros e macacos. A fauna diversificada de grande parte das pradarias da África é, portanto, um local de caça ideal e um clima quente em que eles ainda prosperam.

Um habitat de leopardo, onde os animais não são vistos com frequência devido à cobertura natural, é o das florestas tropicais. Eles são, de fato, as únicas espécies de grandes felinos que vivem tanto na floresta tropical quanto nas regiões desérticas. Uma das razões para isso é que eles têm uma dieta que é muito mais adaptável do que a maioria dos outros grandes animais predadores.

Leopardos podem viver de mamíferos a répteis e aves, e são capazes de coexistir com uma grande variedade de outras criaturas, incluindo a proximidade de assentamentos humanos.

Outras vantagens que fazem do habitat de leopardo uma das dezenas de tipos de ambientes incluem os fatos de que eles são criaturas móveis, não territoriais, e que a criação de leopardos geralmente produz apenas dois a três descendentes no máximo.

Leopardo – Felino

Leopardos são graciosos e poderosos grandes felinos relacionados a leões, tigres e onças.

Eles vivem na África Subsaariana, no nordeste da África, na Ásia Central, na Índia e na China. No entanto, muitas das suas populações estão ameaçadas, especialmente fora da África.

Os leopardos perseguem suas vítimas a velocidades superiores a 70 quilômetros por hora e são incrivelmente fortes.

Eles são capazes de levantar carniças três vezes maiores que seu próprio peso corporal, colocando-as nas árvores a 6 metros de altura.

Existem vários relatos de leopardos que arrastam girafas jovens até o alto das árvores.

Leopardo (Panthera pardus)

O leopardo (Panthera pardus) é um membro da família Felidae e o menor dos quatro “grandes felinos”, sendo os outros três o tigre, o leão e o jaguar.

Existem nove subespécies reconhecidas de leopardo.

Todas as subespécies, exceto o leopardo africano, podem ser encontradas na Ásia, no sul da Ásia e na Índia.

O leopardo habita fundamentalmente em florestas tropicais e úmidas em África e na Ásia, com especial incidência na Índia.

No entanto, também pode ser encontrado em zonas desses continentes com outros tipos de vegetação.

A sua grande capacidade de adaptação permite-lhe ainda viver em territórios tão inóspitos como as montanhas do Afeganistão, as terras semi-desérticas do Médio Oriente, ou na savana africana.

Leopardo – Animal

Os animais desta espécie têm hábitos de caça predominantemente noturnos.

De dia, gostam de passar longas horas a dormir e a lavar a sua bela pelagem, refastelados nos troncos das árvores, que são especialistas em subir para manter a posse das presas.

Estas são também levadas para as árvores, evitando assim que um qualquer grupo de necrófagos lhas roube. Por este motivo, os leopardos não caçam, por norma, animais muito grandes, optando por presas de tamanho médio, que podem também arrastar durante longos períodos. Da sua ementa habitual fazem parte antílopes, javalis, símios e pequenas peças de gado que, por vezes, rouba nas zonas em que há rebanhos, principalmente cabras.

Os leopardos, apesar de serem animais muito ágeis, evitam fazer longas corridas atrás das suas presas, preferindo fazer emboscadas onde sabem que, provavelmente, vão ser bem sucedidos.

Quando chega a época da reprodução, os machos e as fêmeas fazem longas caminhadas, até encontrarem um parceiro disponível. Logo que é consumado o ato, afastam-se um do outro, ficando a fêmea com o ônus de alimentar as crias, até que estas estejam em condições de caçar e sobreviver sozinhas. A gestação de uma fêmea de leopardo dura cerca de 100 dias, e as ninhadas são constituídas, em média, por quatro filhotes.

Por causa da sua pele, cuja venda é extremamente rentável, os leopardos foram e continuam a ser caçados por caçadores furtivos. Este fator levou ao seu quase extermínio em algumas zonas.

Devido aos seus hábitos furtivos e ao fato de gostarem de viver em zonas muito arborizadas, não é possível fazer uma estimativa credível sobre a quantidade de indivíduos que vagueia por todos os territórios onde existem leopardos.

No entanto, sabe-se que em cativeiro a reprodução de leopardos é fácil e regra geral os filhotes sobrevivem sem grande dificuldade, o que é um bom indicador do que acontecerá na Natureza.

O leopardo é, de entre todos os grandes felinos, aquele que mais se parece com o gato doméstico: ágil, dorminhoco, brincalhão e extremamente cuidadoso com o seu pelo.

Um leopardo pode medir cerca de 1,50 m, ter 80 cm de altura e pesar até 90 kg. A sua esperança de vida é de 30 anos, maior que a dos outros grandes felinos, em geral.

Descrição

O leopardo é um animal cruel, mas belo!

O seu caminhar ondulante, os seus movimentos graciosos e um olhar estranho são fascinantes.

Acreditava-se que o Leopardo Africano, a Pantera Asiática e a Pantera Negra de Java eram espécies animais diferentes. Hoje sabe-se que não é assim.

O nome leopardo é usado no continente africano, pantera é mais comum na Ásia. A Pantera Negra pode ter pais e filhos pintados. A cor negra é causada pelo excesso de melanina que é um pigmento que provoca essa variação de cor, oposta ao albinismo.

Características

O seu comprimento é de cerca de 1,5 m e a cauda pode atingir 1 metro. De altura, tem cerca de 80 cm. Pode chegar a pesar até 80 kg.

O seu revestimento é constituído por uma pelagem densa de cor amarelada, salpicada de pintas escuras (manchas laranjas, contornadas de preto) em forma de rosetas. O tamanho e a forma das manchas variam muito, de modo que não se encontra dois leopardos com a mesma pele. Constante apenas é o brilho, o comprimento e a suavidade do pelo, razão porque a sua pele é tão cobiçada e valiosa.

O leopardo é muito ágil e elástico: salta, escala troncos e passa a maior parte do tempo no topo das árvores, descansando, dormindo ou comendo a sua presa (local para onde prefere arrastá-las, livrando-se, assim, da tarefa de dividi-las com outros animais ou evitar a cobiça de predadores como o Leão e a Hiena, os seus principais competidores). Ele mergulha e nada. Sobre pedras soltas e folhas secas consegue mover-se sem o menor ruído. Dá saltos de grande distância de forma a atacar as suas vítimas de surpresa. Ataca mamíferos, com excepção dos demais felídeos, bem como qualquer criatura bem mais fraca do que ele. Prefere áreas cobertas de arbustos.

É pois um animal digitígrado, pois apoia no solo apenas os dedos o que lhe permite uma locomoção mais rápida. Devemos ainda referir que o fato de possuir umas articulações e uma coluna vertebral muito flexível, faz com que tenha uma passada muito larga relativamente ao seu tamanho.

As suas unhas são anormalmente longas para os carnívoros. Muito afiadas, constituem, juntamente com os dentes, perigosas armas de ataque e defesa. As suas patas, de forte musculatura, podem de um só golpe, matar uma girafa ou um antílope.

Habitat

O leopardo pode viver numa grande variedade de habitats: floresta tropical e savana na África; bosques frios de montanha e selva quente e úmida no Sul da Ásia; altitudes pedregosas sem vegetação no Irão e Afeganistão.

Alimentação

Como vive em ambientes muito diversos, a alimentação do leopardo é também muito variada. Mas, em geral, as suas presas são animais de tamanho médio como antílopes, cervos, macacos e cães.

Reprodução

O período de gestação deles é de 90 a 105 dias, nascendo 2 a 4 crias. A cria do leopardo tem o pêlo claro, quase bege e branco, e, na fase em que está a deixar de mamar, e ainda não aprendeu a caçar, um leopardo com fome devora até insectos.

Pantera

Leopardo ou pantera, nome comum de um dos maiores membros da família dos Felídeos. Mamífero carnívoro, de corpo robusto, mede entre 90 cm de altura, 1,50 m de comprimento, sem incluir a cauda (1 metro de cauda).

As patas são curtas em comparação ao corpo.

Pesam cerca de 80 kg.

Suas garras são anormalmente longas para os carnívoros. Muito afiadas, constituem, juntamente com os dentes, perigosas armas de ataque e defesa.

Suas patas, de forte musculatura, podem, de um só golpe, estripar uma girafa ou um antílope.

Como vive em ambientes muito diversos, a alimentação do leopardo é também muito variada. Mas, em geral, suas presas são animais de tamanho médio como antílopes, cervos, macacos e cães.

Pelagem

É provido de uma pelagem densa de cor amarelada, salpicada de pintas escuras (manchas laranja, contornadas de preto) em forma de rosetas. O tamanho e a forma das manchas variam muito, de modo que não se encontra dois leopardos com a mesma pele.

Constante apenas é o brilho, o comprimento e a suavidade do pelo, razão porque sua pele é tão cobiçada e custosa. Para salvar as subespécies mais ameaçadas, em alguns países da Europa tenta-se a reprodução. O leopardo é muito comum em zoológicos, e a maior parte das subespécies reproduz-se bem em cativeiro. Podem ser observados indivíduos completamente negros.

Pantera Negra

A pantera negra (Panthera pardus melas) vive nas selvas quentes da Malásia, Sumatra e Assa, e na Etiópia.

Existe a pantera negra cujo pelo, inteiramente preto, é muito apreciado. Essas panteras (ou leopardo negro) são os leopardos melânicos, que sofreram melanismo (fenômeno oposto ao albinismo), e são relativamente comuns em regiões florestais.

Habitat

Os leopardos são os “grandes gatos”, muito ágeis, como o leão (Panthera leo), o tigre (Panthera tigris) e a onça (Panthera onca). Habita quase toda a África (mais ao sul do Saara) e também a Ásia (do Irã à Manchúria) e nas Américas. Ocupa uma grande variedade de habitats e são de hábitos noturnos.

Parentesco

Na Índia, há muitas histórias sobre a crueldade do leopardo, porém, nem todas imaginárias: quando invade uma zona habitada, o leopardo espalha o terror, atacando indistintamente pessoas e gado. Mas o leopardo é um animal belo.

Seus movimentos são graciosos: o modo de caminhar é harmonioso e o olhar fascinante. É parente próximo da onça-pintada, tanto que as únicas diferenças são que o leopardo tem um porte um pouco menor e apresenta pintas formadas por manchas circulares muito próximas. Na onça, ocorrem círculos com pontos dentro.

Gestação e filhote

O tempo de gestação é de 90 a 105 dias, nascendo de 2 a 4 filhotes. O filhote do leopardo têm o pelo claro, quase bege e branco, e na fase em que está deixando de mamar, e ainda não aprendeu a caçar bem, um leopardo com fome devora até insetos.

Ágil e elástico

O leopardo salta, escala troncos e passa a maior parte do tempo no topo das árvores, descansando, dormindo ou comendo sua presa, em geral, prefere arrastá-las para lá, livrando-se, assim, da tarefa de dividi-las com os outros animais ou evitar a cobiça de predadores como o leão e a hiena, seus principais concorrentes.

Ele mergulha e nada; sobre pedras soltas ou folhas secas, movimentam-se sem fazer ruído. De repente, salta no ar e cai a metros de distância, sobre sua vítima. Ataca mamíferos, com exceção dos demais felídeos, bem como qualquer criatura bem mais fraca do que ele. Prefere áreas cobertas de arbustos.

Classificação

Reino: Animal
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrados
Classe: Mamíferos
Ordem: Carnívoros
Família: Felinos
Género: Panthera
Espécie: Panthera pardus
Tamanho máximo:
1.67m/91kg
Reprodução:
2-4 filhotes, após 90-105 dias de gestação.
Vida social:
Os leopardos levam uma existência solitária. Os machos se locomovem em territórios de até 40 quilômetros quadrados que normalmente se sobrepõem ao território de várias fêmeas.
Dieta:
Antílopes, gazelas, macacos, cobras e até insetos.
Status:
Todos os leopardos estão catalogados como espécies em perigo de extinção. Quatro espécies: o leopardo-do Sul da Arábia, o leopardo Amur, o leopardo do Norte da África e o Leopardo Anatolian estão em risco de extinção.

Leopardo – Fotos

Fonte: www.animalplanetbrasil.com/www.wisegeek.org/www.minerva.uevora.pt/www.nationalgeographic.com/www.defenders.org/conservewildcats.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aracnídeos

PUBLICIDADE Definição Os aracnídeos (classe Arachnida), qualquer membro do grupo de artrópodes que inclui aranhas, …

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.