Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Animais / Caboclinho

Caboclinho

PUBLICIDADE

Caboclinho
Caboclinho do Peito Preto

Caboclinho do papo preto – Sporophila ruficollis
Caboclinho do papo branco – Sporophila palutris
Caboclinho do peito preto – Sporophila melanogaster
Caboclinho ferrugem – Sporophila cinnamomea
Caboclinho – Sporophila minuta

Caboclinho
Caboclinho Ferrugem

Distribuição

Os Caboclinhos tem uma vasta distribuição nas regiões Centro, Sudeste e Sul do Brasil. Descolam-se freqüentemente (às vezes a grandes distâncias), fora da época de reprodução, à procura de alimentos. Na Amazônia ocorre a espécie S. castaneiventris e no Pará e Nordeste a espécie S. minuta.

Caboclinho
Caboclinho

Habitat

Campos , campos cultivados, brejos, capinzais.

Fêmeas e jovens

As fêmeas são pardas e muito semelhantes entre si, dificultando a identificação de cada espécie e possibilitando a mestiçagem entre vários tipos, o que dá origem a formas intermediárias.

Os jovens tem a mesma coloração das fêmeas.

Tipo de ninho: em forma de taça. Aceitam perfeitamente ninhos de corda de 8,5 cm de diâmetro.

Caboclinho
Caboclinho de Papo Preto

Postura: 2 a 3 ovos
Incubação: 13 dias
Comportamento e reprodução: Reproduz em cativeiro. O canto de todos os caboclinhos é muito parecido.
Tamanho: 10 cm
Anel: todas as espécies: 2,2 mm

Caboclinho
Caboclinho de Papo Branco

Outras formas: além das espécies aqui ilustradas, existem mais sete tipos de pássaros conhecidos com o nome popular de Caboclinho.

Caboclinho fradinho: (Sporophila bouvreuil bouvreuil) Alto da cabeça ( como uma coroa), asas e rabo pretos; resto da plumagem marrom avermelhado.

Caboclinho paulista: (Sporophila bouvreuil pileata) como o anterior, porém róseo-esbranquiçado, em vez de marrom- avermelhado

Caboclinho de são Paulo: (Sporophila bouvreunil saturata) Espécie pouco conhecida descrita como sendo dos arredores da cidade de São Paulo.

Caboclinho ferrinho: (Sporophila bouvreunil crypta) coloração semelhante à de uma fêmea, apenas um pouco mais escura.

Caboclinho do Pará: (Sporophila hypoxantha) semelhante à espécie minuta, porém de coloração mais clara e com o azul acinzentado da cabeça somente até a altura dos olhos.

Caboclinho do amazonas: (Sporophila castaneiventris) todo cinza, exceto a garganta, o centro do peito e o abdome, que são castanhos, e as asas e cauda, pretas.

Caboclinho do mato grosso: (Sporophila nigrorufa) partes superiores pretas; resto das penas ferrugem canela.

Fonte: www.felipex.com.br

Caboclinho

Caboclinho

COLORIDO VISTOSO E CANTO AGRADÁVEL

De colorido vistoso, este pássaro, é um dos prediletos dos apreciadores de aves em gaiolas, por sua mansidão, resistência rápida e adaptabilidade ao cativeiro.

A 20 ou 30 quilômetros dos centros urbanos, ainda é possível encontrar com certa facilidade os Caboclinhos. Espalhados por todo o Brasil, esses pássaros do gênero dos Sporophilas, cujo tipo mais comum em cor de cobre típica do mulato brasileiro, fazem dos campos, das várzeas e dos brejos o seu habitat.

Facilmente identificados pela beleza de sua coloração forte e vistosa, são conhecidos em 12 tipos diferentes, dos quais os mais populares e apreciados são o Caboclinho (Sporophila minuta) de dorso e cabeça cinzentos e parte inferiores castanhas, encontrado, geralmente, na região Nordeste; o Caboclinho Fradinho (Sporophila bouvreuil) – exibidor de uma plumagem canela-ferruginosa. Além das asas e do rabo preto, este apresenta uma definida coroa negra, o que originou, provavelmente o apelido de Fradinho. Os caboclinhos migram, aos bandos durante o inverno, fugindo dos lugares frios à procura de temperaturas mais amenas.

É durante essas mudanças que os passarinheiros aproveitam para conseguir mais um exemplar para a sua coleção – é difícil encontrar, principalmente no interior, alguém que não tenha ou tenha tido uma coleção de Caboclinhos. Apesar de não ter nenhuma característica excepcional, o Caboclinho conquista a predileção dos amadores de aves em gaiola pelo fato de se adaptar rapidamente ao cativeiro, ser manso, resistente, e cantar bem, embora o seu canto não tenha nada de extraordinário.

Fonte: familiapet.uol.com.br

Caboclinho

Caboclinho

Nome popular

Caboclinho

Nomes científicos

Caboclinho ( Sporophila minuta )
Caboclinho-do-papo-preto ( Sporophila ruficollis )
Caboclinho-do-papo-branco ( Sporophila palustris )
Caboclinho-do-peito-preto ( Sporophila melanogaster )
Caboclinho-ferrugem ( Sporophila cinnamomea )

Distribuição

Os caboclinhos tem uma vasta distribuição nas regiões Centro, Sudeste e sul do Brasil. Deslocam-se freqüentemente (às vezes a grandes distâncias), fora da época de reprodução, à procura de alimentos. Na Amazônia ocorre a espécie Spoeophila castaneiventris e no Pará e Nordeste a espécie Sporophila minuta.

Habitat

Campos cultivados, brejos, capinzais.

Fêmeas e jovens

As fêmeas são pardas e muito semelhantes entre si, dificultando a identificação de cada espécie e possibilitando a mestiçagem entre vários tipos, o que dá origem a formas intermediárias. Os jovens tem a mesma coloração das fêmeas.

Tipo de ninho

Em forma de taça. Aceitam perfeitamente ninhos de corda de 8,5 cm de diâmetro.

Postura

2 a 3 ovos.

Incubação

13 dias.

Comportamento e reprodução

Reproduz em cativeiro. O canto de todos os caboclinhos é muito parecido.

Tamanho

10 cm.

Anel

Todas as espécies: 2,2 a 2,5 mm

Outras formas

Além das espécies aqui ilustradas, existem sete tipos de pássaros conhecidos com o nome popular de Caboclinho.

Caboclinho-fradinho

( Sporophila bouvreuil bouvreuil )

Alto da cabeça (como uma coroa), asas e rabo pretos; resto da plumagem marrom-avermelhados.

Caboclinho-paulista

( Sporophila bouvreuil pileata )

Como o anterior, porém róseo-esbranquiçado, em vez de marrom-avermelhado.

Caboclinho-de-são-paulo

( Sporophila bouvreuil saturata )

Espécie pouco conhecida, descrita como sendo dos arredores da cidade de São Paulo.

Caboclinho-ferrinho

( Sporophila bouvreuil crypta )

Coloração semelhante à de uma fêmea, apenas um pouco mais escura.

Caboclinho-do-paraná

( Sporophila hypoxantha )

Semelhante à espécie minuta, porém de coloração mais clara e com o azul-acinzentado da cabeça somente até a altura dos olhos.

Caboclinho-do-amazonas

( Sporophila castaneiventris )

Todo cinza, exceto a garganta, o centro do peito e o abdome, que são castanhos, e as asas e cauda, pretas.

Caboclinho-do-mato-grosso

( Sporophila nigrorufa )

Espécie rara. Partes superiores pretas; resto das penas ferrugem-canela.

Fonte: www.clubesano.com.br

Caboclinho

Caboclinho

Nome Comum: Caboclinho-da-faixa, Cabuculino.

Distribuição: No Acre, baixo rio Tapajós (Pará) e
rio São Francisco (Pirapora, Minas Gerais, setembro).

Habitat: Vive nos capinzais, nas margens de rios e lagos.

Características: 10cm. de comprimento.

Os caboclinhos em geral, na muda de penas, adquirem uma plumagem esmaecida, só voltando ao normal na muda seguinte (anterior ao período reprodutivo), assim como o tiziu (Volatina jacarina).

Trata-se do menor pássaro canoro nacional.

São muitos os amantes da criação de caboclinhos, que além de excelentes cantores, apresentam diversas colorações de plumagem.

Alimentação

Hábito alimentar

Granívoro.

Farinhada no.1

Fêmeas em reprodução: mistura de 50% de fubá grosso de milho e 50% de ração de codorna (postura).

Sementes Diariamente: 50% de alpiste, 20% de painço amarelo, 10% de senha, 10% de níger e 10% de painço português.

Farinhada no.2

Para fêmeas com filhotes e pássaros na época de muda: mistura a base de ovo cozido, flocos de milho pré-cozidos e farelo de soja (submetido a processo industrial de tostagem).

Água Filtrada, renovada diariamente, em bebedouro limpo. Poli-vitamínico 3 vezes por semana, no bebedouro.

Alimento vivo

Até 20 larvas do “besouro-de-amendoim” Palembus dermestoides/dia, por fêmea com filhotes. Areia Limpa, esterilizada, podendo ser fornecida junto com um complexo mineral.

Reprodução

Período de reprodução

Primavera e verão.

Gaiola do reprodutor 30cm de comp. x 32cm de alt. x 28cm de larg.

Período de descanso

Outono e inverno. Gaiola da matriz 60cm de comp. x 32cm de alt. x 28cm de larg.

Fêmeas e filhotes

As fêmeas dos caboclinhos em geral são pardas e muito semelhantes entre si, dificultando a identificação de cada espécie e possibilitando a mestiçagem. Os jovens apresentam a mesma coloração das fêmeas.

Ninho

Tipo taça, feito em arame e bucha vegetal, com 5,0cm de diâmetro e 3,5cm de profundidade.

Maturidade sexual

10 meses.

Material p/ ninho

Fibra de sisal, raíz de capim e crina de cavalo.

Incubação

2 a 4 posturas/temporada, 2 a 3 ovos/postura, 13 dias de incubação podendo ser separados da mãe aos 35-40 dias de idade. Anel No. 1.

Fonte: www.feomg.com.br

Caboclinho

Caboclinho

Sporophila palustris – é o menor pássaro canoro brasileiro.

Habita várzeas à procura de sementes de capim verde, entre outros, especialmente o capim de flor amarela e o colonião.

Rosmari Lazarini

Fonte: www.jardimdeflores.com.br

Caboclinho

É um pássaro de porte pequeno, medindo em média 10 cm de comprimento.

Caboclinho

Nome comum: Caboclinho, Caboclinho-frade
Nome científico: Sporophila bouvreuil

Região onde é encontrado

No brasil do estuário do Rio Amazonas (Amapá, Pará) e Maranhão até o Rio Grande do Sul, incluindo a totalidade das regiões Nordeste e Sudeste, estendendo-se para oeste até Goiás e Mato Grosso. Encontrado também na Argentina, Paraguai e Suriname. É localmente comum em campos com gramíneas altas, cerrados abertos e áreas pantanosas.

TEMPO DE VIDA: 30 anos no cativeiro (se bem cuidado)

Alimentação

Se quisermos manter aves sadias, temos que oferecer a elas uma variedade de alimentos frescos e em quantidades corretas. Esses itens incluem legumes semicozidos (feijão, lentilha, ervilha, grão-de-bico), milho, verduras, brotos, frutas (tomate, mamão, maçã, frutas cítricas, frutas de época), cereais, proteína de soja, óleos vegetais, sementes de boa qualidade e em pequena quantidade (girassol, castanhas), proteína animal (queijo magro, ovo cozido), aminoácidos essências, cálcio, vitaminas, minerais e probióticos. Adaptar as aves a esse cardápio variado não é uma tarefa fácil e requer a ajuda de um veterinário ou um zootecnista especialista em nutrição animal. Para resolver esse problema, surgiram as rações balanceadas para passariformes, que vêm prontas para uso. A ração peletizada ou extrusada pode ser comparada em seu formato e facilidade de uso às rações para cães, gatos e outros animais domésticos . A ração de passariformes é palatável e contém todos os nutrientes que a ave necessita em doses corretas. Não devemos confundir a ração balanceada com as misturas de sementes, que permite à ave separar os itens alimentares que mais gosta dos que não gosta, tal qual uma criança que separa no seu prato somente o alimento que mais lhe agrada.

As dietas balanceadas para passariformes (tipo ração) são fabricadas no Brasil 8e podem ser encontradas nas lojas especializadas. Uma boa opção é a ração extrusada Alcon Club Passariformes, de alta digestibilidade e formulada para atender às necessidades nutricionais de passariformes de médio e grande porte. A ração balanceada reduz o desperdício de alimento, é de uso prático e principalmente, torna as aves bem nutridas e saudáveis. A ração balanceada pode ser a única fonte de alimentação, mas frutas, verduras, sementes e castanhas podem ser oferecidas eventualmente como petiscos eventuais.

Criação

O período de reprodução inicia-se na primavera e se estende até o fim do verão onde a fêmea cria de 3 ninhadas com 1 a 3 ovos em média. Depois de um período de 13 dias, os filhotes nascem podendo ser separados da mãe com 35 dias de vida.

Porte

É um pássaro de porte pequeno, medindo em média 10 cm de comprimento.

Fonte: www.avedomestica.com

Caboclinho

Caboclinho

Nome Científico: Sporophila minuta.

Nome Comum: Caboclinho-de-barriga-vermelha, Caboclinho-do-norte.

Distribuição: Região Amazônica.

Habitat: Paisagens abertas, campos de cultura, margens de estradas.

Características: 10cm. de comprimento.

Os caboclinhos, em geral, são nacionalmente reconhecidos como delicados gorjeadores, sabendo entoar melodias suaves, agradáveis, e com várias notas.

Fonte: www.avescia.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Carotenoides

Carotenoides

PUBLICIDADE Definição Distinguidos por seus pigmentos laranja, amarelo e vermelho, os carotenoides são encontrados em muitas …

Leão

Leão, Animal, Características, Habitat, Família, Espécie, Reprodução, Classificação, Rei da Selva, Simba, Reino, Filo, Classe, Gênero, Dieta, Leão

Víboras, Calangos e Tartarugas

Víboras, Calangos E Tartarugas, Cobra, Alimentação, Habitat, Reprodução, Víboras, Calangos E Tartarugas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+