Breaking News
Home / Animais / Tangará

Tangará

PUBLICIDADE

Nome comum: Tangará
Outro nome: Saíra-pintor
Nome científico: Tangara fastuosa
Nome em inglês: Seven-coloured Tanager
Filo: Chordata
Ordem: Passeriformes
Família: Thraupidae
Comprimento: 13,5 cm
Alimentação: A alimentação básica na natureza consiste de pequenas frutas e bagas, insetos que recolhem nas folhagens e ramos. Maturidade sexual: 12 meses
Distribuição: Espécie exclusiva da região Nordeste. Ocorre no litoral de Pernambuco à Alagoas.
Habitat: Vive nas porções remanescentes de Mata Atlântica no Nordeste.
Características: Bico cônico, triangular na base.
Ninho: Ninho em forma de taça rasa, construído nos galhos de árvores.
Ovos: 3 ou 4 por vez. 15-17 dias de incubação
Período de reprodução: Primavera e verão
Ameaça: As populações da espécie só existem no litoral de Pernambuco e Alagoas.

Foram ao longo dos anos muito perseguidas pelos criadores de pássaros.

Hoje elas estão em estado crítico devido e encontra-se ameaçada de extinção, devido principalmente à forte pressão de caça para abastecer o comércio ilegal de aves silvestres e também à rápida degradação de seu habitat. O Tangará é conhecido no Brasil desde o século XVII, quando um naturalista de nome Macgrave visitou nosso País e descreveu inúmeros representantes da nossa fauna e flora.

Esta ave da um toque latino-americano à América do Norte durante a primavera e o verão.

A maior parte das 200 espécies de tangarás vive na América Central e do Sul, embora existam 4 espécies que procriam nos Estados Unidos e Canadá.

O macho, durante a época de acasalamento, apresenta cores brilhantes, enquanto as fêmeas são menos vistosas. Depois da temporada de acasalamento, a plumagem do machos de tangará norte-americano são vermelhos, mas o tangará que habita as montanhas do oeste do EUA é amarelo com asas pretas e rastro vermelho. Há tangarás menores que um pardal e outros maiores que uma pega. Todos têm bico cônico. O tangará raramente pousa no chão, passando a maior parte do tempo em árvores ou arbustos. Alimenta-se de frutas, grãos, sementes e insetos. Algumas espécies vivem em bandos; outras são solitárias. O nome tangará vem do tupi tãga ‘rá

Fonte: www.felipex.com.br

Tangará

Nome Vulgar: Pintor verdadeiro
Nome Científico: angara fastuosa
Classe: Aves
Gênero: Tangara
Espécie: fastuosa

ESPÉCIE VULNERÁVEL (IBAMA), ESPÉCIE EM PERIGO (IUCN).

Também conhecido como Saíra-pintor. O nome tangará vem do tupi tãga ‘rá. Sua cabeça é verde palha brilhante, com bastante azul de diferentes tons e laranja no restante e o ventre cor de laranja. Apresenta comprimento em torno de 13,5cm, o bico é cônico e triangular na base. Raramente pousa no chão, passando a maior parte do tempo em árvores ou arbustos. A maturidade sexual ocorre com um ano de vida.

O macho, durante a época de acasalamento, apresenta cores brilhantes, enquanto as fêmeas são menos vistosas. O período reprodutivo ocorre na primavera e verão. Ninho em forma de taça rasa, construído nos galhos de árvores.

Põe 3 ou 4 por vez e a incubação é de 15 a 17 dias. A alimentação básica na natureza consiste de pequenas frutas e bagas, sementes, insetos que recolhem nas folhagens e ramos. Espécie exclusiva da região Nordeste. Ocorre no litoral de Pernambuco à Alagoas. Vive nas porções remanescentes de Mata Atlântica no Nordeste.

Origem: Renctas

Fonte: www.diagnostico.org.br

Tangará

Pintor-verdadeiro (Tangara fastuosa)

Animal ameaçado de extinção!

Esta espécie só existe no litoral de Alagoas, Pernambuco e Paraíba.

Encontra-se ameaçada de extinção devido principalmente à caça para abastecer o comércio ilegal de aves silvestres e também à degradação da Floresta Atlântica.

Fonte: www.devflog.com.br

Tangará

Tangara fastuosa

Pintor verdadeiro

As espécies deste gênero são umas das mais belas aves conhecidas, possuem um colorido vistoso, distribuído entre várias espécies. Habitam as florestas costeiras do Brasil. A espécie Tangara fastuosa é endêmica do Nordeste.

No Estado do Rio Grande do Norte está restrita a fragmentos de Mata Atlãntica, como o Parque das Dunas e Mata da Estrela. Não é um pássaro canoro, porém é muito caçado por passarinheiros, apenas pelo seu colorido.

Tangará
Foto: Sônia Aline Roda

Devido a sua restrita área de dispersão é considerada uma ave em vias de extinção.

Possui sete cores: verde metálico, preto, amarelo ouro, laranja, azul marinho, azul celeste e azul royal.

Fonte: www.zoologiarn.hpg.ig.com.br

Tangará

Tangará fastuosa

Seu nome vem do tupi. O tangará dá um toque latino-americano á América do norte durante a primavera e o verão. A maior parte das 200 espécies de tangarás vive nas na América Central e do Sul, embora existam 4 espécies que procriam nos Estados Unidos e Canadá.

O macho, durante a época de acasalamento, apresenta cores brilhantes, enquanto as fêmeas são menos vistosas.

Depois da temporada de acasalamento, a plumagem do macho torna-se parecida com a da fêmea.A maioria dos machos de tangará Norte-Americano são vermelhos, mas o tangará que habita as montanhas do Oeste dos EUA é amarelo com asas pretas e rastro vermelho. Muitas das espécies Sul-americanas de tangarás estão entre as aves de colorido mais vivo. Há tangarás menores que um pardal e outros maiores que uma pega.

Todos têm bico cônico. O tangará raramente pousa no chão, passando a maior parte do tempo em árvores ou arbustos. Alimenta-se de frutas, grãos, sementes e insetos. Algumas espécies vivem em bandos; outros são solitárias.

O nome tangará vem do tupi tãga ‘rá.

Fonte: www.achetudoeregiao.com.br

Veja também

Rinoceronte

Rinoceronte, Reprodução, Características, Espécies, Mamíferos, Hábitos, Fotos, Classificação, Habitat, Tamanho, Animal, Anatomia, Comportamento, Rinoceronte

Rinoceronte Branco

Rinoceronte Branco, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Visão, Rinoceronte Branco

Rinoceronte de Java

Rinoceronte de Java, Características, Tamanho, Alimentação, Habitat, Extinção, Espécie, Hábitos Alimentares, Reprodução, Peso, Rinoceronte de Java

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.