Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Animais / Cavalo de Oldenburg

Cavalo de Oldenburg

PUBLICIDADE

Cavaldo de Oldenbug

Altura: 1,62m até 172m
Porte: leve.
Pelagem: todas.
Uso: sela, tração leve.
Perfil/Cabeça: reto.
Musculatura: leve.

Originalmente desenvolvido com o um forte cavalo de carruagem, a raça contém o sangue espanhol, neopolitan e barb, junto com o puro sangue e o hannoverian os cavalos de Oldenburg eram famosos pela consistência, grande poder, e a magnífica cor preta. Eles também eram afamados pelo caráter amável e vontade extrema para trabalhar como montaria na frente de uma carruagem ou nos campos durante o século presente, com a necessidade de cavalos para carruagem diminuindo, foi introduzido mais puro sangue e normando, resultando na produção de um cavalo de sela magnífico.

Os Oldenburg são usados hoje para salto de concurso hípico e eventos de três dias como também condução ocasional.

Apesar de seu tamanho, o Oldenburg é bem educado, é um moderno cavalo compacto com pernas relativamente curtas, traseiros poderosos, um pescoço longo e forte que herdou de seus dias como um cavalo de carruagem. Tem um tórax fundo e cascos grandes capaz de agüentar o peso deste grande animal. São achados Oldenburg em várias cores mais é normalmente preto, marrom ou cinza tem olhos amáveis que refletem a natureza tranqüila do cavalo.

O Oldenburg é hoje um cavalo magnífico, de temperamento calmo e estável tem andadura correta, rítmica, apesar de apresentar certa dúvida quanto à movimentação dos joelhos.

O fator mais surpreendente deste animal é seu rápido desenvolvimento chegando a fase adulta precocemente.

Fonte: escola incitatus
www.conteudoanimal.com.br

Cavalo de Oldenburg

A fama dos Oldenburg vem se disseminando desde a origem da raça, há quase 400 anos. Durante o século XVII vivia na região de Oldenburg, noroeste da Alemanha, o conde Graf Anton Gunther, um exímio adestrador e criador de cavalos. Seguindo a tradição de sua família, o nobre comercializava eqüinos para serem utilizados em batalhas, até que iniciou o trabalho que incluiria seu nome na história do hipismo. Grande importador de cavalos, o criador decidiu cruzar espécies selecionadas vindas da Espanha e Itália para gerar os primeiros exemplares do que chamaríamos de antigos Oldenburgs.

Cavaldo de Oldenbug

Inicialmente utilizado em trabalhos agrícolas, o animal era um dos mais forte e resistente sangue quente, dono de um temperamento ao mesmo tempo dócil e valente. Com um rigor sem igual, outras raças exclusivamente selecionadas foram sendo cruzados com estes Oldenburg ao longo dos anos, com o intuito de alcançar maior aprimoramento.

À medida que o Oldenburg se delineava, a demanda crescia. Dos campos, passaram a ser requisitados para equitação e também para levar carruagens.

Com a revolução industrial e o advento dos veículos automotivos a necessidade de cavalos de tração foi diminuindo. Como alternativa os criadores da raça, que sempre primaram pela ousadia e qualidade, passaram a cruzar seus animais com o Puro-Sangue Inglês e, assim, iniciaram a evolução que converteu um animal de trabalhos agrícolas em um dos maiores desportistas do mundo! De acordo com á World Breeding federation of Sport Horses, oldenburg é a quarta raça mais vitoriosa no adestramento, ocupa o sétimo lugar no Salto e é a décima primeira mais utilizada em eventos.

Não há dúvida de que Bonfire está entre os Oldenburg mais exitosos. Sob o comando da amazona Anky van Grusven, conquistou 4 medalhas olímpicas; venceu a copa do mundo cinco vezes; e campeonatos holandeses, nove. Foi campeão mundial em 1994 e campeão europeu em 1999.
Ainda que os Oldenburg sejam especialmente conhecidos no adestramento, também apresentam um ótimo desempenho no Salto. Em 2003, o atleta Marcus Ehning venceu a FEI World Cup no dorso de Anka. Três anos depois, o cavaleiro repetiu a façanha montando Sandro Boy.

Séculos de cruzamento altamente selecionados conseguiram criar um animal não apenas forte, qualidade que manteve desde sua origem, mas de beleza sem igual. Alto, com em média 1,68m (podendo atingir até 1,78m), é elegante e de passadas ligeiras. Possui peito musculoso, estrutura óssea densa e cascos uniformes. É muito sensível com seu cavaleiro e aprende com facilidade, sendo considerado um cavalo que amadurece com muita rapidez.

Fonte: www.mundoequestre.com.br

Cavalo de Oldenburg

O cavalo Oldenburg surgiu em uma pequena área próxima a baixa Saxônia, perto da região da cidade de Oldenburg, no centro da região de Hanover. A raça, também achada na Frísia Oriental, pode ser rastreada até o século 17, com linhagem e genealogia baseadas no cavalo Frísian.

Cavaldo de Oldenbug

Graf Johann XVI von Oldenburg (1573 – 1603) iniciou os principais criatórios da região, com o propósito de produzir cavalos para a guerra, os quais eram dados como presentes pelas principais leis e para aqueles que eram considerados heróis de guerra. Ele não usou somente garanhões turcos como também garanhões Neopolitanos, andaluzes e Holandeses, com o intuito de melhorar seus cavalos Frísians.

Seu sucessor, Graf Anton Gunther Von Oldenburg (1603 – 1667). Viajou pela Europa e trouxe de volta a Oldenburg muitos garanhões de Naples, Espanha, Polônia, Inglaterra, Tartaria e Barbaria. Esses cruzamentos fizeram com que sua criação tivesse muita procura, para um elegante cavalo de montaria e um imponente cavalo para carruagens. Anton Gunther ficou famoso como um excelente cavaleiro de adestramento.

A guerra com a Dinamarca e os momentos difíceis durante a Revolução Francesa, tornaram difíceis os esforços de Gunther para continuar a redefinir a raça Oldenburg. A fundação do primeiro studbook e a fundação de duas sociedades de criação seguindo as novas leis de criação de 1897, fez com que essa raça se tornasse muito desejada.

Após a guerra, criadores fizeram um esforço concentrado para afinar a raça. Desde a reformulação do tipo e da qualidade, os Oldenburgs são reconhecidos como uma das raças de maior sucesso na Alemanha e América do Norte. Hoje em dia, são procurados como cavalos para competição e para reprodução por todo mundo.

Fonte: cavalosdesalto.com.br

Cavalo de Oldenburg

História

Este é o mais pesado dos warmbloods alemães. A raça foi originalmente desenvolvida para criar cavalos de carruagens fortes. Próximo do Frísio, com o passar dos anos foram introduzidas outras raças: andaluz, napolitano e berbere. Numa fase posterior ouve ainda a introdução do puro sangue inglês, Cleveland Bay, Normando e Hanoveriano.

Cavaldo de Oldenbug

Quando a necessidade de cavalos de carruagem decaiu durante o século XX, voltou a ser introduzido Puro Sangue Inglês e sangue Normando, produzindo assim o cavalo de sela multi-facetado.

Descrição

O Oldenburg é um cavalo de membros curtos, mas com muito osso, um dorso forte e muita profundidade no cilhadouro. A raça é particularmente vocacionada para dessage e atrelagens.

Temperamento

Temperamento dócil, mais ousado. É um cavalo que amadurece rapidamente.

Pelagem

Todas as pelagens simples são admitidas

Usos

O Oldenburg foi outrora utilizado em batalhas, devido à sua pesada constituição na época. Visto desde sempre como um cavalo de carruagem, com a introdução de raças mais leves o Oldenburg ganhou outras aptidões. Para além de ser um cavalo de atrelagem, o Oldenburg distingue-se também em dressage e saltos de obstáculos.

Fonte: arcadenoe.sapo.pe

Cavalo de Oldenburg

Cavaldo de Oldenbug

O Oldenburg foi mais uma raça de cavalos criados no século VII para puxar carruagens, prática bastante comum na altura. Estes cavalos precisavam de força e resistência para agüentar o trabalho pesado, daí ter sido concebido o Oldenburg.

Este cavalo é muito calmo, o que torna o treino bastante mais fácil. Ele galopa com uma grande elegância, fazendo as delícias de qualquer cavaleiro. Como a grande parte dos cavalos, o Puro Sangue Inglês teve influência nas suas capacidades.

Em termos de tamanho ele mede em média 1,70m de altura. Sua pelagem pode ser de qualquer cor, desde que seja uma cor uniforme.
Cavalos tricolores não são reconhecidos como Oldenburg originais.

Fonte: mundoentrepatas.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Leão

Leão, Animal, Características, Habitat, Família, Espécie, Reprodução, Classificação, Rei da Selva, Simba, Reino, Filo, Classe, Gênero, Dieta, Leão

Víboras, Calangos e Tartarugas

Víboras, Calangos E Tartarugas, Cobra, Alimentação, Habitat, Reprodução, Víboras, Calangos E Tartarugas

Víbora

Víbora, Cobra, Alimentação, Habitat, Reprodução, Vipera Latastei, Áspide, Inimigos, Gigante, Predadores, Crânio, Dentes, Animal, Réptil, Víbora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+