Breaking News
Home / Animais / Jararaca

Jararaca

PUBLICIDADE

O que é

Uma Jararaca, cientificamente chamado Bothrops jararaca, é uma espécie peçonhenta de tamanho médio de víbora.

Uma Jararaca maduro é bastante delgado e mede cerca de 80-160 cm de comprimento, com a fêmea geralmente um pouco mais longa que o macho.

Na aparência, as serpentes individuais desta espécie podem diferir significativamente umas das outras devido à variedade de tons de pele que essas cobras podem ter.

As cores da pele vêm em tons de azeitona, marrom, amarelo, marrom ou cinza.

As Jararacas compartilham certas características físicas, como manchas escuras que vêm em uma variedade de formas e tamanhos em suas costas e pronunciadas listras marrom-escuras na cabeça que correm em um ângulo da boca até logo atrás dos olhos.

Geograficamente, a Jararaca tem uma distribuição limitada. Esta serpente é encontrada apenas na região sudeste da América do Sul, aproximadamente do norte da Argentina, do Paraguai ao sul do Brasil.

Jararacas também são encontrados em algumas ilhas que estão a cerca de 35 km da costa do Brasil.

A Jararaca é considerado como a cobra mais venenosa dentro da área que habita.

É abundante, e muitas das áreas que habitam são densamente povoadas, por isso é a principal causa de picada de cobra na região.

Para o habitat, a Jararaca prefere viver em áreas abertas onde a cobertura vegetal está próxima.

Na maioria das vezes, ela é encontrado em elevações baixas a médias de cerca do nível do mar a cerca de 1.000 m.

Dentro de seu alcance, a Jararaca se adaptou a uma variedade de habitats e é encontrado não apenas em áreas abertas, mas também em grandes cidades, campos cultivados, arbustos e vários tipos de florestas.

A dieta desta cobra muda à medida que amadurece.

Quando recém-nascido, um yarara principalmente ataca rãs, mas também come insetos, como lacraias, lagartos, pássaros e alguns pequenos roedores.

Uma cobra adulta dessa espécie, no entanto, obtém mais de 80% de seus alimentos de roedores.

As Jararacas caçam à noite e mordem a presa para injetar veneno antes de comê-la.

A estação reprodutiva termina em fevereiro e março, quando ocorrem nascimentos.

Seus ovos não são colocados em um ninho, mas crescem dentro da mãe, onde eles também eclodem para que os bebês realmente nasçam vivos.

Os cientistas estimam que o tamanho das ninhadas varia de cerca de cinco a 22.

As pontas da cauda dos recém-nascidos são brancas ou amareladas.

Como a dieta do recém-nascido muda para o consumo de animais de sangue quente, a ponta da cauda escurece e assume as cores do resto do corpo.

Jararaca – Bothrops jararaca

Bothrops jararaca – conhecida como jararaca (ou yarara – é uma espécie de víbora endêmica no sul do Brasil, no Paraguai e no norte da Argentina.

O nome específico, jararaca, é derivado das palavras tupi yarará e ca, que significa “cobra grande”.

Dentro de sua distribuição geográfica, muitas vezes é abundante e é uma importante causa de picada de cobra.

Nenhuma subespécie é reconhecida atualmente.

Jararaca – Brasil

A jararaca é uma das mais conhecidas cobras venenosas do Brasil.

O povo, por isso, costuma chamar de jararacas as pessoas ruins, principalmente as sogras.

A jararaca pode alcançar mais de 1 m de comprimento.

Ocorre desde o Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.

Vive em campos, bosques e sobretudo campos cultivados, onde existe grande número de roedores, que constituem sua alimentação.

As cobras venenosas do Brasil são facilmente identificáveis por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça.

Com exceção da coral-verdadeira, todas as cobras venenosas do Brasil apresentam fosseta loreal. Assim, estando uns 3 a 4 m da cobra, pode-se saber se ela é ou não venenosa.

As jararacas são animais ovovivíparos. Isso significa que o embrião se desenvolve completamente dentro do ovo, mas esse ovo fica situado no oviduto da fêmea, ou seja, o ovo é “chocado” dentro da fêmea.

As jararacas têm por vez de 12 a 18 filhotes.

Descrição

Toda espécie de cobra assusta qualquer pessoa, ela sendo venenosa ou não.

No mundo existe mais de 2 mil espécies diferentes, e o Brasil possui pelo menos 300 espécies. Mas somente 30 são venenosas.

A cobra conhecida como Jararaca-da-Mata, faz parte desses 10 %, é um réptil agressivo e peçonhento, com um veneno que pode matar um homem.

Muitas pessoas chamam a própria sogra de jararaca, pois elas são tão venenosas quanto o próprio animal da espécie.

Conhecida por diversos nomes, a jararaca da mata cientificamente é chamada de Bothrops jararacä.

Características Físicas: dona de um corpo na tonalidade marrom, que pode chegar à até 1 metro e 60 centímetros, esse animal venenoso possui características distintas de outras jararacas, com manchas escuras na forma de triângulos, atrás de seu olho possui um faixa horizontal na cor preta, e nas proximidades da boca, escamas da tonalidade ocre.

Espécie: todas as jararacas possuem escamas, é o que as diferencia de outras espécies.
Assim como 99% das cobras venenosas brasileiras, a jararaca possui uma fosseta loreal, que são dois orifícios que ficam entre os olhos e a narina, facilitando a peoa enxergá-la a uma distância de 3 a 4 metros da cobra.

O Habitat: a jararaca da mata é encontrada no Brasil, na Argentina no Paraguai, gosta da Mata Atlântica, que possui um clima temperado. No Brasil é encontrada até mesmo na Bahia.

Encontra-se: gosta de locais úmidos, como a beirada de córregos, rios e lagoas. É uma animal terrestre, que se esconde durante o da embaixo das folhagens, estejam as úmidas ou secas, e só gosta de tomar sol após uma chuva.

Alimentação e Reprodução: com hábitos noturnos, ela Se alimenta de pequenos animais como ratos e sapos, os anfíbios são seu alimento preferido.
Assim como diversas cobras e serpentes, a jararaca é ovípara, ela choca o ovo dentro do seu oviduto tendo em média de 1 a 19 filhotes por vez.

Ocorrência de Acidentes e Mortes

Na região que a jararaca-da-mata habita, há grandes acidentes com essa espécie, pois ela é um animal muito agressivo e perigoso, qualquer ser vivo que aproxime-se dela, ela já arma o bote.

O veneno causa necrose no local da picada, e muito inchaço, o que pode causar a perda do membro atingido.

Há também sintomas de vômito, tontura, náusea.

Se não tratada tempo, a pessoa picada pela jararaca pode morrer ou hipotensão, hemorragia intracraniana e até mesmo falência renal.

Classificação

Nome científico: Bothrops jararaca (Wied-Neuwied, 1824)
Nome popular:
 Jararaca
Reino: 
Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Ophidia
Superfamília: Xenophidia
Família: Viperidae
Gênero: Bothrops
Espécie:
 B. jararaca
Longevidade
: média de 15 anos.
Habitat
: Habitam campos e cerrados
Hábitos:
 Noturnos

Jararaca – Fotos

Fonte: Portal São Francisco

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aracnídeos

PUBLICIDADE Definição Os aracnídeos (classe Arachnida), qualquer membro do grupo de artrópodes que inclui aranhas, …

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.