Breaking News
Home / Animais / Onça-Parda

Onça-Parda

PUBLICIDADE

 

Onça Parda no Pantanal

Embora seja um animal difícil de ser avistado, com alguma sorte a onça parda pode ser encontrada no Pantretal.

Onde encontrar: em diversas regiões do Brasil, da Amazônia até o Pantretal, sozinha ou com filhotes.

Perigo: quando sozinha, geralmente não oferece risco aos seres humanos, mas, quando com filhotes, qualquer contato deve ser evitado. Nunca deve ser acuada. Aconselha-se ao eco-turista, caso aviste a onça parda durante uma caminhada, afastar-se muito lentamente, sem dar as costas para o animal.

O pensamento básico é: se fugir, a onça pode lhe atacar por instinto, pois a caça sempre foge da onça; em caso de aproximação excessiva a onça poderá se sentir ameaçada e atacar para defender-se. Evite também o contato olho a olho, pois é uma forma de intimidação.

Alimentação: caça de médio e grande porte, podendo eventualmente abater um boi adulto. Muitos criadores de gado têm problemas com a onça parda no Pantretal e alguns acabam caçando o animal para defender o gado.

Essa atitude porém acaba desequilibrando o eco-sistema e gerando o crescimento excessivo de populações como a da capivara, o que também traz malefícios ao gado (transmissão de doenças) e à natureza em geral. Em caso de problemas com a onça parda o criador de gado deve acionar o IBAMA ou buscar orientação com ONG’s de proteção à onça parda.

Reprodução: um a quatro filhotes por gestação. Os filhotes permanecem com a mãe até os 20 meses. A reprodução da onça parda não é sazonal.

Esta espécie está ameaçada de extinção, devido a caça clandestina e a destruição de seu habitat.

Onça Parda – Suçuarana

A onça parda é o felino que tem maior área de distribuição geográfica do continente americano.

Ocorre do sudoeste do Canadá até o Estreito de Magalhães, no extremo sul da Argentina/Chile. É um animal que se adapta a vários tipos de ambiente, de desertos quentes aos altiplanos andinos e florestas tropicais e temperadas.

Tem pelagem macia, de coloração acastanhada por todo o corpo à exceção da região ventral que é mais clara.

Os filhotes nascem com pintas pretas e olhos azuis.

O tamanho e o peso variam conforme a região de ocorrência, podendo ir de 35 a 70kg.

É um animal de conformação delicada e alongada, o que lhe dá muita agilidade.

Pode saltar do chão a uma altura de 5,5m em uma árvore em um só pulo.

São animais de hábitos solitários e territorialistas, tendo maior atividade ao entardecer e à noite.

Assim como a onça pintada, alimenta-se de animais silvestres de portes variados, exercendo também um papel vital na manutenção da integridade dos ecossistemas onde ocorre.

Os casais encontram-se apenas no período reprodutivo.

A gestação dura de 91 a 95 dias, nascendo de 1 a 4 filhotes que se tornam independentes com 1,5 ano de idade.

A caça e a alteração do habitat, com consequente redução da disponibilidade de presas, são as principais ameaças à sobrevivência da onça parda. É classificada pelo IBAMA como espécie ameaçada de extinção.

Espécie

Nesta espécie os machos medem da cabeça ao final do corpo 105 a 195.9 cm, com cauda de 66 a 78 cm, pesando de 67 a 103 kg.

Já as fêmeas da cabeça ao final do corpo medem 96 a 151 cm, com cauda de 53 cm a 80 cm, pesando de 36 a 60 kg.

Com ombro de 60 a 70 cm.

Geralmente os animais menores são tropicais e os maiores de montanhas, alterando peso e coloração, classificando-os como subespécies.

Possuem corpo alongado, a cabeça pequena, pescoço e cauda longa, membros inferiores e posteriores muito fortes, orelhas pequenas, curtas e arredondadas, possui muita agilidade podendo pular cerca de 5,5 metros.

O nado às vezes é essencial, mas não é preferência, o fazem quando a recompensa vale a pena.

Noturnos e diurnos caçam a qualquer hora do dia com uma certa tendência ao horário de crepúsculo ou quando a fome aperta.

Alimentam-se, em natureza, de vários animais, inclusive veados dos gêneros Blastoceros, Hippocamelus e Mazama, mas também vários ungulados, castores, porcos-espinhos, lebres.

Estima-se que a frequência com que matam para comer varia de 01 veado a cada 03 dias, quando, uma fêmea adulta com filhotes e de 01 veado a cada 16 dias para 01 indivíduo adulto solitário.

Na América do Sul os nascimentos acontecem entre fevereiro e junho.

O cio dura entorno de 03 a 04 dias com intervalos de 23 dias entre uma e outra, a gestação de 90 a 96 dias com nascimento de 01 a 06 filhotes, há 03 pares de mamilos, nas fêmeas, exatamente o número máximo de filhotes que nasce. Pesam de 200 a 400 gramas e as manchas desaparecem aos 06 meses. As fêmeas atingem maturidade sexual depois de 2,5 anos e os machos só aos 03 anos.

O que é um puma?

O puma – Felis concolor

Um puma, ou Puma concolor, é um tipo de gato selvagem que já viveu nas Américas.

Tem um número de nomes comuns regionais, incluindo puma e leão da montanha, e é considerado o maior dos pequenos gatos.

Apesar do tamanho formidável do puma, é classificado como um pequeno gato porque não pode rugir, distinguindo-o de grandes felinos como leões e tigres.

Os animais majestosos e graciosos foram caçados quase até a extinção no século XX, mas esforços concentrados de conservacionistas mantiveram a espécie viva.

Um puma macho adulto pode atingir um peso de 100 quilos e tem um corpo extremamente musculoso, com uma cauda longa usada para o equilíbrio.

A pelagem de um puma varia em cor de marrom avermelhado, e os gatos também têm marcas faciais escuras. Eles são conhecidos por serem animais extremamente secretos e solitários, e é altamente incomum ver um puma na natureza, já que eles preferem áreas remotas na natureza.

A dieta de um puma inclui grandes mamíferos, como veados, juntamente com pequenos animais e insetos. Os gatos normalmente armazenam sua matança, o que significa que eles a enterram para que possam retornar mais tarde. Ecologicamente, o puma desempenha um papel importante, porque mantém a população de presas pequena e saudável.

Os pumas tipicamente soltam feridos ou animais mais velhos para caçar, deixando animais jovens saudáveis para se reproduzirem. Em áreas onde os pumas foram fortemente caçados, uma explosão na população de presas resultou, causando problemas ambientais.

Porque pumas são solitários e exigem uma ampla gama, eles entraram em confronto com os seres humanos.

Acelerar o desenvolvimento de áreas selvagens tem levado a uma séria pressão sobre os pumas, pois eles acham seu habitat natural tomado lentamente pelos humanos.

Como resultado, os pumas às vezes atacam animais domésticos ou humanos por comida. Isso resulta em um conflito e geralmente termina com a morte do puma até que surgiram preocupações sobre a caça aos animais à extinção. Isso já havia acontecido no Nordeste, onde pumas se tornaram extremamente raros depois de uma campanha para erradicá-los. No Ocidente, programas para implementar medidas como armadilhas e deslocamentos surgiram, para que o puma não desaparecesse inteiramente da paisagem americana.

Existem muitas subespécies de puma, embora o número exato seja um assunto de debate, já que muitas das chamadas subespécies são geneticamente similares para serem separadas. Os gatos podem ser encontrados no oeste dos Estados Unidos e partes da América do Sul na natureza, bem como em cativeiro. A crescente conscientização sobre o valor do puma levou ao estabelecimento de áreas selvagens para o puma, e os gatos parecem estar voltando.

Características

O puma, Felis concolor, é um felino capaz de viver tanto na montanha como no deserto, na floresta, no pântano ou no bosque. É um predador solitário. Os contatos e as possíveis lutas entre pumas (ou onça parda) são muito raros. Felino de 0,75 m de altura, 1,20 m de comprimento e 0,60 m de cauda. Um macho adulto pode pesar até 50 kg. Tem a cabeça arredondada e pequena, o corpo esbelto, pescoço grosso, olhos grandes e vasta bigodeira. Nas patas da frente, cinco dedos; nas de trás, só quatro.

Aparece no Canadá e na parte meridional da América do Sul, principalmente nas montanhas Rochosas e nos Andes. Vive tanto na América do Norte como na América do Sul.

O sanguinário

Há quem o chame de covarde por fugir assim que é vista, mas a verdade é outra: embora de menor porte, a suçuarana (ou onça parda) enfrenta bravamente a onça-pintada e, muitas vezes, leva a melhor, graças a sua ferocidade.

Mas, apesar de muito sanguinário, o puma pode ser domesticado. Em algumas fazendas argentinas, há pumas que desempenham a função de cão pastor, convivendo sem nenhuma hostilidade com os carneiros.

Parentesco: Apesar de seu grande porte, a onça parda é mais aparentada com os gatos do que com a onça-pintada. Sua voz é um miado e não o poderoso esturro do jaguar.

Sinônimos: Também chamado de Puma, Jaguaruna, Suçuarana, Leão Americano e Leão de Montanha, por seu aspecto semelhante ao de um leão africano, embora não tenha juba. Se não ataca o homem, certamente será por uma questão de princípios – o que lhe valeu o nome de “amiga do cristão”.

Gestação e filhotes: Sua gestação dura por volta de 95 dias, e tem de 3 a 4 filhotes por vez. Os filhotes nascem pintados, estas manchas ficam até seis meses. Os filhotes mamam por doze semanas ou mais, mas já começam a comer carne com um mês e meio.

Características da reprodução

Os filhotes nascem pintados. Estas manchas ficam até seis meses.

Os filhotes mamam por doze semanas ou mais, mas já começam a comer carne com um mês e meio.

Particularidades: Apesar de seu grande porte a onça parda é mais aparentada com os gatos do que com a onça-pintada (Panthera onca). Por isso sua voz é um miado e não o poderoso esturro do jaguar.

Classificação

Nome científico: Puma concolor
Nome popular:
Onça-parda, suçuarana, onça-vermelha, leão-baio, puma, leão-da-montanha, cougar.
Nome em inglês:
puma, cougar, panther, ou mountain Lion
Ordem:
Carnivora
Família: Felidae
Distribuição geográfica: América do Norte, Central e Sul.
Habitat: Montanhas, florestas tropicais, cerrados.
Hábitos alimentares: É carnívora. Caça principalmente à noite, veados, capivaras, porcos-do-mato e outros mamíferos. É muito ágil, hábil caçadora e consegue matar também aves e macacos nas árvores.
Reprodução: gestação 90 a 96 dias.
Período de vida: as fêmeas até 12 e os machos até 20 anos, aproximadamente
Tamanho:
Mede cerca de 0,70 m, do ombro ao chão, e até 2,30 m de comprimento.
Peso:
Um macho adulto pode pesar até 50 kg.
Período de gestação:
Por volta de 95 dias.
Número de filhotes:
De 3 a 4.

Onça-parda – Fotos

Fonte: www.animais.villenet.com.br/www.zoologico.sp.gov.br/aminoapps.com/www.bnews.com.br/www.wisegeek.org/br.pinterest.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aracnídeos

PUBLICIDADE Definição Os aracnídeos (classe Arachnida), qualquer membro do grupo de artrópodes que inclui aranhas, …

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.