Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Animais / Flamingo

Flamingo

PUBLICIDADE

O que é um Flamingo?

Um flamingo é um tipo de ave pernalta encontrada em áreas tropicais e subtropicais das Américas e da África. Os flamingos estão entre os mais famosos dos pássaros pernaltas, graças à sua plumagem rosa característica, tendência característica de ficar em uma perna e comportamento altamente social.

Na natureza, os flamingos formam enormes colônias ao longo de lagoas, margens e áreas úmidas.

Todos os flamingos são da família Phoenicopteridae, e existem cinco espécies distintas de flamingo, uma das quais está ameaçada devido à redução do habitat.

Os flamingos variam em tamanho dependendo da espécie, mas têm em média de 90 a 150 centímetros de altura, com longas pernas e pescoços finos, uma cauda curta e grandes asas musculosas. A plumagem de um flamingo varia de rosa a laranja, com duas marcas pretas distintas na frente da asa.

Os pés palmados do flamingo são ideais para agarrar os fundos lamacentos de lagoas e lagos, e as asas musculosas permitem que os flamingos voem, desde que tenham um começo correndo.

A cor rosa surpreendente do flamingo vem dos alimentos que come.

Flamingos comem agitando lama e água nas lagoas onde se alimentam e, em seguida, mergulham seus bicos na mistura e filtram plantas comestíveis, algas e crustáceos. Os alimentos que os flamingos comem são ricos em caroteno, que tinge sua plumagem.

Quando os flamingos comem uma dieta sem esse nutriente, ficam brancos. A perda de cor não é necessariamente um sinal de má nutrição, mas porque as pessoas esperam que os flamingos sejam cor-de-rosa, a maioria dos zoológicos complementa sua dieta flamingo com caroteno.

Os flamingos constroem ninhos de lama, para que o ovo não seja inundado se o nível da água aumentar. O flamingo fêmea coloca um ovo grande, que o casal se revezará até incubar. Após aproximadamente duas semanas, o jovem flamingo começa a explorar o mundo junto com outros flamingos em uma gangue chamada creche. A creche pode optar por ficar na mesma lagoa ou explorar outro território em outro lugar.

Poucos predadores naturais atacam o flamingo, porque o pássaro tende a se reunir em áreas inóspitas com água salobra ou alcalina e pouca vegetação. Outras aves e animais não favorecem esse tipo de habitat, permitindo que os flamingos vivam mais ou menos sem serem molestados.

Os seres humanos representam uma ameaça aos flamingos ao danificar seu habitat natural de várias maneiras, incluindo o aumento da salinidade da água, a construção de estruturas ou o desvio da água para outros fins. Como resultado, o flamingo andino é considerado vulnerável e várias outras espécies estarão em risco em breve.

Por que os flamingos são rosa?

Os flamingos obtêm sua cor rosada-alaranjada característica dos alimentos que comem.

A maior parte da dieta de um flamingo é composta de alimentos com altos níveis de pigmentos carotenoides, de modo que as penas, as pernas e até mesmo o bico do pássaro adquirem o mesmo tom. Aliás, a mesma coisa acontece com os seres humanos que consomem muitos alimentos com muitos pigmentos carotenoides, como as cenouras – sua pele fica levemente alaranjada.

Flamingo – Descrição

Eles são bem compridos e sustentam o peso do corpo – de até 12 quilos – em duas pernas bem fininhas, que terminam em pés palmados, ou seja, com dedos unidos por uma membrana: igual aos pés dos patos e gansos.

Os flamingos possuem pescoço curvo e um bico grosso, torto para baixo. No corpo, apresentam penas que variam do vermelho-brilhante ao rosa pálido, com exceção de algumas penas pretas que cobrem suas asas.

Hora do lanche

Na hora que a fome aperta, os flamingos enfiam o bico nas águas rasas dos lagos, pântanos e mares. Quando abre a boca, seu bico se enche não só de comida, mas também de água, lama e areia.

Com a ajuda da língua, o flamingo empurra essa mistura em direção aos pelos que possui na borda do bico. Os pelos funcionam como um filtro e barram a passagem da lama e da areia. Feito isso, a água e o alimento – geralmente crustáceos, mariscos e algas – são engolidos.

Em grupo

Os flamingos gostam de viver em grupos. Aliás, é comum vê-los convivendo entre milhares de membros.

Eles se acasalam uma vez ao ano. Na época do acasalamento, constroem ninhos de lama em lugares bem altos. Geralmente, as fêmeas põem apenas um ovo e se alternam com o macho para mantê-lo aquecido. Depois de 30 dias, em média, ele se abre.

Passados três dias do nascimento, o filhote abandona o ninho e passa a andar atrás dos pais procurando comida.

Como os Flamingos são Adaptados para o Seu Habitat?

Flamingos existiram de alguma forma desde pelo menos 30 milhões de anos atrás, e ao longo deste período, eles se adaptaram de várias maneiras únicas ao seu habitat. Eles vivem em lagoas costeiras profundas e salgadas, um ambiente hostil que poucos outros pássaros ou animais habitam.

Os predadores têm dificuldade em chegar aos flamingos em seu habitat natural, e essas aves não competem com muitos outros animais por comida e recursos, já que podem tolerar condições que outras criaturas não conseguem.

Como flamingos adaptados, eles também se espalharam, expandindo seu habitat em novas áreas que eram despovoadas por outras criaturas. Para sobreviver nessas condições, as aves evoluíram para desenvolver pescoço longo, pernas longas, bicos únicos e métodos incomuns de alimentação.

Pescoços, Pernas e Pés

Pernas longas são um traço comum para aves pernaltas, assim como pescoços longos, mas os flamingos têm as pernas e pescoços mais longos, em relação ao tamanho do corpo, de qualquer ave. Isso permite que eles permaneçam em águas relativamente profundas, onde podem levantar lama no fundo para obter comida. Eles também são capazes de alcançar profundamente a água com seus longos pescoços para se alimentar.

As aves têm pés largos e palmados, que lhes permitem permanecer estáveis em superfícies moles ou irregulares como a lama.

Quando os flamingos entram em águas profundas demais para ficar de pé, flutuam na superfície, usando seus potentes pés com membranas para se manterem em pé e dirigirem-se a fontes prováveis de alimento.

Bico e alimentação

Uma maneira única de adaptação dos flamingos é a estrutura do bico e da boca. As aves submergem suas cabeças de cabeça para baixo na água para se alimentar, e a mandíbula é construída ao contrário para acomodar isso – diferentemente de qualquer outro pássaro ou mamífero, a mandíbula inferior é fixa e a parte superior se move. A estrutura interna do aparelho bucal evoluiu para se alimentar em água lamacenta. As bordas internas do bico são revestidas com fileiras de pequenas cerdas chamadas lamelas que permitem filtrar a água, forçando lama, lodo e impurezas usando suas línguas musculares. Isso deixa comida nutritiva, que consiste em moluscos, vermes, crustáceos e peixes pequenos. São pigmentos em alguns dos crustáceos que dão aos flamingos sua cor rosa característica.

Bebendo

Outra adaptação útil em flamingos é a capacidade de beber água quente e salgada. Durante o curso da alimentação normal, as aves absorvem água salgada e também a bebem. Eles são capazes de excretar o excesso de sal através de glândulas especiais ao lado de seus bicos.

Essa adaptação é muito incomum entre as aves, e permite que os flamingos permaneçam em lagoas salgadas abertas por longos períodos para evitar predadores, já que não precisam procurar água fresca com freqüência. Essas aves, no entanto, precisam de água fresca e, em alguns casos, a única fonte é de fontes termais.

Excepcionalmente, eles são capazes de beber água a temperaturas muito altas.

Comportamento social

Flamingos vivem em grandes colônias que podem conter dezenas de milhares de aves individuais. Tal como acontece com outros animais que vivem em colônias ou rebanhos, isso fornece proteção contra predadores. Os pássaros são vulneráveis quando se alimentam, mas em um grupo tão grande, alguns indivíduos estarão alertas a qualquer ameaça e alertarão o bando de perigos.

Os flamingos se comunicam por vocalização e os pais aprendem a reconhecer os chamados de seus filhotes, permitindo que eles se localizem quando um dos pais estiver procurando alimentos.

Flamingo – Phoenicopterus ruber

Pernaltas e elegantes

O flamingo é uma ave pernalta e corpulenta de bico poderoso e beleza inconfundível.

As suas grandes patas são de cor rosácea, e as suas penas podem ser brancas ou cor de rosa, podendo por vezes atingir uma coloração quase laranja.

Desde os tempos mais remotos o flamingo tem sido admirado por sua bela e delicada silhueta.

Gravuras de flamingos, com seu característico pescoço alongado, foram entalhadas em rocha e podem ser vistas em hieróglifos egípcios. A exótica ave era tão admirada que os egípcios a reverenciavam como a encarnação do deus Rá. Desenhos primitivos nas cavernas também retratam o flamingo com seu pescoço delgado e arqueado, e pernas finíssimas e elegantes.

Atualmente, existem quatro espécies de flamingos em regiões da África, da América do Sul, do Caribe e da Eurásia.

O flamingo-anão é o menor de todos. Ele possui uma bela plumagem rosa-escuro e pernas e pés vermelho-vivos.

O flamingo-rosado tem o dobro do tamanho do flamingo-anão e mede 1,40 metro de altura. Todas as espécies têm uma característica em comum — o harmonioso bico ligeiramente curvo na segunda metade, que lhe confere um ar imponente.

Para alçar vôo, a ave bate graciosamente as asas e corre sobre as águas com as pernas ágeis, obtendo assim o impulso necessário para voar. No ar, ela bate as asas majestosamente, estica o longo pescoço e a cabeça para frente e estira as pernas para trás.

Características

São aves grandes. Pernas compridas, finas e vermelhas, possuindo o pescoço longo e o bico bem comprido e curvo, num corpo robusto, abrutalhado, como um “nariz de papagaio”, de cor amarelada e parte terminal negra.

A cor geral da plumagem é rósea com tendências ao vermelho. Rêmiges negras. Em pé, pode medir 1,5 m e pesar em torno de 1,8 Kg. A fêmea é um pouco menor que o macho. As asas são grandes e a cauda é curta. A face é nua.

Hábitos

Vivem em grandes bandos. São aquáticos. São diurnos e noturnos.

Quando o flamingo dorme imóvel, mantém uma das pernas encolhida junto ao peito, só a outra, fina e longa, sustenta o corpo com surpreendente estabilidade. Já o pescoço é mais difícil de equilibrar, sobretudo por causa do peso do bico. Para acomoda-lo o flamingo o apóia, curvado, sobre o dorso e encaixa a cabeça entre a asa e o tronco. Mas quando está em atividade, as pernas compridas logo demonstram sua adaptação aos hábitos alimentares do flamingo.

Com elas, o bicho pode vadear águas rasas e parar enquanto revolve a lama do fundo a procura de alimento. O vôo em conjunto em linha oblíqua ou em forma de cunha, produz um rumor que lembra uma trovoada. A ave da frente é a cada momento substituída por outra. Boa parte do tempo os flamingos ficam ao sol entregues à remoção de lama da plumagem. Ao mesmo tempo, impermeabilizam as penas com a substância oleosa que é segregada por uma glândula anal.

Alimentação

Pesca em água rasa com o pescoço curvado para baixo, de tal maneira que a maxila fica voltada para o fundo lodoso. Filtra com o bico o alimento composto de pequenos animais aquáticos, tais como larvas de moscas, moluscos, pequenos crustáceos e algas.

Reprodução

Na primavera, os bandos de flamingos se reúnem em colônias para construírem seus ninhos, cada um deles um cone truncado de lama, amassada com o bico. Postura de 2 ovos azulados, medindo 85 x 55 mm, e incubação durando de 28 a 32 dias. Pela dificuldade em se abaixar, constrói seu ninho em altura de 10 a 40 cm. Os filhotes ao nascerem são brancos, mas após os primeiros dias apresentam cor cinzento-escuro. São ariscos e prevenidos, evitando regiões cobertas, onde se ocultam seus inimigos.

Ameaças

É muito procurado para ser domesticado o que contribui para a captura voltada para o tráfico de animais. A poluição e a destruição do habitat são também ameaças para a espécie.

Flamingo – Ganso

O flamingo já foi descrito como um ganso espetado no alto de duas longas pernas e realmente o animal é estranho, com as patas de dedos muito longos, para não afundar na lama, as pernas fininhas e compridas, o corpo rosa quase vermelho e um bico grosso, torto para baixo e com uma espécie de rede do lado de dentro.

Para comer, o flamingo enfia o bico na água rasa das lagoas, até enchê-lo de água e usa a língua como uma bomba, para empurrar a água contra as barbatanas que filtram os bichinhos, os quais o flamingo engole em seguida. Essas barbatanas e a maneira de filtrar o alimento são extremamente semelhantes às das baleias que se alimentam de plâncton, e os ornitólogos acham curioso como dois animais tão diferentes evoluíram de uma forma quase idêntica no que se refere à nutrição.

O ninho dessa ave parece um penico de barro, bem alto, onde a fêmea põe um ovo só. É um ninho tão estranho que foi desenhado numa rocha do Rio Grande do Norte pelos índios que lá viviam há 5 mil anos, mas no Brasil o flamingo só se reproduz no Amapá e três dias depois de o filhote ter nascido ele já abandona o ninho e passa a andar atrás dos pais, procurando comida. Quando o flamingo se alimenta na natureza, ingere muitas algas ricas em carotenoides, o que lhe dá a cor avermelhada, mas, logo que é levado para o cativeiro e passa a receber alimentação artificial, começa a desbotar.

Flamingo – Ave

O flamingo (Phoenicopterus ruber) é uma ave pernalta e corpulenta de bico poderoso e beleza inconfundível, que pode ser observada em vários locais do território do Centro e Sul de Portugal. Pode ainda ser encontrado em todos os países do Sul da Europa e do Norte de África, bem com em alguns territórios mais a Oriente.

As suas grandes patas são de cor rosácea, e as suas penas podem ser brancas ou cor de rosa, podendo por vezes atingir uma coloração quase laranja.

Esta ave pode ser observada nos estuários dos rios Tejo, Sado, Arade e Guadiana, existindo também grandes bandos na Ria Formosa.

Para poder observar estes animais, nunca deve aproximar-se muito, já que ao mínimo ruído começarão a correr, para ganhar velocidade, voando depois para zonas onde se sintam seguras.

Os flamingos são aves migradoras, voam até ao norte de África, quando os dias arrefecem no sul da Europa, para voltarem na Primavera seguinte.

O flamingo alimenta-se de pequenos crustáceos, peixes e bivalves, razão pela qual procura as zonas onde a água tem pouca profundidade e as zonas de lama ou sapais.

As fêmeas fazem ninhos altos onde depositam dois ovos, que vão demorar cerca de 30 dias a eclodir.

Os flamingos podem atingir os 1,3 m de altura e pesar cerca de 12 kg

Classificação científica

Nome científico: Phoenicopterus ruber
Nome vulgar:
Flamingo
Nome em inglês:
Scarlet ibis
Filo:
Chordata
Classe: Aves
Ordem: Ciconiiformes
Família: Phoenicopteridae
Dimensão:
120-145 cm; envergadura 140-170 cm
Distribuição geográfica:
Norte do continente e Antilhas até Florida.
Habitat:
Lagunas rasas e salobras sem vegetação e beira mar.
Hábitos alimentares:
São onívoros mas comem principalmente larvas, moluscos, pequenos crustáceos e algas.
Reprodução:
1 ovo e raramente 2, incubação de 27-31 dias.
Período de vida:
Em cativeiro podem viver aproximadamente 40 anos.
Bico:
curvado no meio
Período de incubação: 1 mês
Altura:
123 centímetros
Tamanho:
de 90 centímetros a 1,5 metro de altura.
Peso: cerca de 12 quilos.
Tempo de vida: de 15 a 20 anos.
Alimentação: crustáceos, mariscos e algas.
Onde vive: perto de lagos, pântanos e mares.
Ocorrência:
Brasil, Peru, Chile, Uruguai, e Argentina

Flamingo – Fotos

Fonte: www.watchtower.org/www.vivaterra.org.br/www.wisegeek.com/external-preview.redd.it/mentalfloss.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Buldogue Francês

Buldogue Francês

PUBLICIDADE O que é um Buldogue Francês? O Bulldog Francês é uma raça licenciada pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database. You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation