Breaking News
Home / Animais / Onça-Negra

Onça-Negra

PUBLICIDADE

O que é uma Onça-negra?

O nome pantera negra é usado para descrever uma variedade de espécies de gatos que exibem um traço de melanismo, o que os torna negros.

Uma pantera negra não é uma espécie separada, mas uma onça ou leopardo comum que carrega essa mutação genética.

A maioria não sabe que a “pantera negra” e o “leopardo negro” são usados de forma intercambiável em termos zoológicos.

O termo Pantera é o nome do gênero que inclui um grupo da família Felidae. Esta família inclui gatos grandes e gatos domésticos domésticos, assim como muitos outros.

Em diferentes partes do mundo, o termo pantera é usado para descrever diferentes tipos de grandes felinos.

Os norte-americanos estão se referindo a um puma quando usam a palavra pantera, mas os sul-americanos o usam para descrever um jaguar. Em todo o resto do mundo, especificamente na Ásia e na África, onde habitam leopardos negros, a pantera negra também pode ser usada para descrever os leopardos.

Historicamente, o termo pantera só se referia a gatos com cauda longa, mas desde então tem sido adotado para descrever basicamente qualquer gato grande e todo preto.

O que faz um leopardo negro, onça preta ou puma negra uma pantera negra é uma mutação genética.

Nos leopardos, o gene é recessivo, enquanto nas onças é dominante. O gene causa um excesso de pigmentação negra chamada melanina, que colore a pele completamente negra. Curiosamente, a pantera negra ainda tem todas as marcas típicas de um gato não-melanista, mas elas são obscurecidas pelo preto.

Nem todos os filhotes nascidos em uma ninhada terão o gene mutante e ficarão pretos. Os cientistas acreditam que a mutação genética surgiu porque ela fornece à pantera negra que vive em densas florestas e áreas florestais a vantagem da camuflagem adicional.

O habitat do leopardo negro varia da China, Nepal, Birmânia e sul da Índia até a região sul da Península Malaia, África e Etiópia.

Leopardos negros são mais comumente encontrados em cativeiro devido à sua beleza.

Seus pelos foram comparados a seda impressa por seu padrão de tom sobre tom.

Ambos os leopardos e onças são grandes caçadores que podem caçar presas pesando mais de 612 kg. Devido à forte endogamia de leopardos negros para o traço de melanismo, eles tendem a ser mais tensos e temperamentais do que os leopardos comuns.

As onças pretas são encontradas na América do Sul. Elas podem ser distinguidos do leopardo negro por suas maiores marcas de rosetas manchadas. Elas também tendem a ser mais grossos e encorpados do que os leopardos, com cabeças maiores e membros anteriores mais grossos.

Ambos os tipos de pantera negra podem ser caçadores diurnos, o que significa que eles caçam dia e noite, mas eles tendem a caçar noturnamente quando vivem perto de assentamentos humanos. Eles são grandes alpinistas e, onde suas presas incluem macacos, uma pantera negra pode caçar nos membros inferiores das árvores.

Panteras negras também são conhecidas por sua capacidade de transportar grandes presas para os membros das árvores para protegê-lo de outros carnívoros.

Sem interferência do homem, os leopardos são felinos de muito sucesso devido à sua ampla base de base e variadas presas, que variam de pequenos mamíferos e lagartos a bovinos, cavalos e veados. Apesar de competirem com outros grandes felinos por presa, sua única ameaça física real é o homem, devido à caça por sua pele valorizada e pelo desmatamento ou perda de habitat.

A Onça-negra

A onça-negra, é muito rara.

Uma mutação chamada melanismo, que é o oposto do albinismo, permite o nascimento de filhotes de onça-pintada inteiramente negros.

Os indivíduos que nascem com melanismo não são considerados de uma subespécie diferente.

Negros ou pintados, todos eles pertencem a mesma espécie: Panthera onca (onça-pintada).

Este fenômeno também é comum em outras espécies da família felidae, leopardos (Panthera pardus) e servais (Leptailurus serval), por exemplo frequentemente apresentam melanismo.

Existem três colorações para a onça e as três estão presentes na Amazônia.

A onça-pintada e a onça-parda são consideradas duas espécies diferentes de felinos.

Elas inclusive ocupam o mesmo território, sem competir uma com a outra.

A onça-pintada é bem maior que a onça-parda.

Já a onça-negra não pode ser considerada uma espécie a parte, pois sua coloração é somente uma anormalidade.

Geneticamente, trata-se da onça-pintada.

Pantera Negra

Panteras são muito assustadoras e com corpo negro e olhos amarelos, elas se tornam ainda mais assustadoras.

Na América Latina, é conhecida como onça-pintada; leopardo é o nome dado na Ásia e na África; e na América do Norte, é chamado de puma ou pantera.

O termo “Pantera Negra” é usado como referência aos grandes felinos negros.

Entretanto, não há uma espécie distinta de Felino chamada Pantera Negra. Ao longo dos anos o termo “Pantera Negra” vem sendo usado como um nome comum que aplica-se a qualquer grande felino que possui uma pelagem negra. Quando vemos uma foto de uma Pantera Negra, é muito provável que estejamos vendo a foto de um Leopardo ou possivelmente uma Onça com coloração melanítica.

O termo Melanítica é derivado da palavra “Melanina”, um pigmento colorido escuro da pele e do cabelo.

Nos felinos, o melanismo resulta em animais com pelagem inteiramente negra. Em muitos casos as pintas, tão características nas Onças e nos Leopardos podem ser vistas em determinados ângulos sob a luz do Sol.

O Melanismo ocorre devido a um mutação ou anormalidade de um dos genes dos felinos, no qual é associado com as marcas e coloração da pele. O Melanismo é hereditário, mas não é necessariamente passado de uma geração para outra. Entretanto, é comum ver uma ninhada de filhotes mista, com um filhote negro normalmente junto com seus irmãos com pelagem colorida.

O Melanismo também pode ocorrer com outras espécies de felinos selvagens, os chamados pequenos felinos – Caracal, Gato de Geoffrey, Gato Maracajá Mirim, Bobcat, Jaguatirica, Jaguarundi e Serval.

Leopardos com características melaníticas são mais frequentemente encontrados em florestas tropicais densas do Sudeste da Ásia – acredita-se que sua coloração escura seja uma camuflagem perfeita no interior das florestas em condições onde há pouca luz solar, o que é uma grande vantagem na hora da caça.

A onça-pintada ou jaguar (nome científico: Panthera onca), também conhecida como onça-preta (no caso dos indivíduos melânicos), é uma espécie de mamífero carnívoro da família Felidae encontrada nas Américas.

Classificação

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Gênero: Panthera onca
Dieta:
Carnívoro
Número de filhotes:
2 a 4 filhotes

Onça-negra – Fotos

Fonte: www.animais.villenet.com.br/www.wisegeek.org/www.fanpop.com/www.interestingfunfacts.com

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Anaconda

Anaconda

PUBLICIDADE O que é uma Anaconda? Uma anaconda é uma cobra grande e não venenosa. Vive principalmente …

Tigre de Sumatra

PUBLICIDADE O que é um Tigre de Sumatra? Um tigre de Sumatra é uma espécie …

Buldogue Francês

Buldogue Francês

PUBLICIDADE O que é um Buldogue Francês? O Bulldog Francês é uma raça licenciada pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.