Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Dog Alemão, Dogue Alemão  Voltar

Dog Alemão



Dog Alemão
Dog Alemão

Este maravilho gigante é um cão de origem alemã, que hoje em dia é criado em canis especializados por muitos países do mundo, com grande mérito.

O Dog Alemão reúne na sua nobre aparência de constituição robusta e bem delineada, ferocidade, força e elegância.

Destaca-se por sua cabeça expressiva e não revela nervosismo algum, nem sequer nas grandes manifestações afetivas. Exibe-se nobremente ante seus observadores. O caráter do Dogue é essencialmente amistoso, afetuoso com os familiares, em particular com as crianças, esquivo e desconfiado com estranhos. O pêlo é muito curto e espesso, é aderente e reluzente. A cauda do Dogue é de comprimento médio e os olhos são bem enquadrado, de tamanho médio, redondos, o mais escuro possível, com expressão vivaz e inteligente. A altura mínima para os machos é de 80 cm. na altura da cernelha, e as fêmeas devem medir, pelo menos, 72 cm. É desejável, entretanto que esse limite seja superado.

Fonte: www.guiaderacas.com.br

Dog Alemão

Apesar de ser grande é extremamente amistoso

O Dog Alemão é um cão de guarda de porte gigante, elegante e ideal para crianças já que fazem movimentos inesperados. Defende o dono e a casa de qualquer ameaça. Por causa do seu tamanho, os possíveis intrusos nem chegam perto da casa.

Pode alcançar 1,80 m apoiado sobre as patas traseiras e pesar mais de 70 kg. Com uma pelagem curta, não solta muitos pêlos e é fácil de ser escovado. As cores são preta, azul, dourada, tigrada e arlequim (branca com manchas pretas).

É um ótimo cão de companhia, com temperamento equilibrado e que precisa de exercícios diários para manter sua musculatura com boa tonicidade.

Tem uma expressão de autoconfiança e poder. Pode viver em casas pequenas já que não é agitado. A sua altura varia de 76 a 81 cm com o peso entre 54 Kg e 72 Kg.

O Dog Alemão cresce até um ano e meio e as fêmeas entram no primeiro cio após um ano de vida. De acordo com criadores e veterinários, a primeira cria é aconselhável somente após o terceiro cio, ou seja, com aproximadamente um ano e meio de vida.

Origem e História

A mais antiga referência a um cão com as características físicas do Dog Alemão remonta a 1000 a.C., em escritos chineses. Acredita-se que ele seja descendente dos antigos molossos do Império Romano. Na Idade Média, era usado na caça ao javali e como cão de companhia e guarda pessoal.

E apesar de também ser conhecido como Dinamarquês, o Dog Alemão não é originário da Dinamarca, mas da Alemanha.

Dog Alemão
Dog Alemão

Em 1863, foi exibido em Hamburgo o primeiro Dog Alemão similar ao que hoje conhecemos. Ele era resultado de cruzamentos realizados entre Mastiffs, incentivados por Bismark, chanceler alemão e profundo interessado na raça. Em 1876 foi proclamado o cão nacional da Alemanha, daí o nome Dog Alemão. O padrão oficial da raça foi oficializado em 1891.

Fonte: www.petkut.com.br

Dog Alemão

Um dos raros casos nos quais reúne-se, com perfeição, a elegância e o gigantismo. A imponência e distinção encontram moradia numa raça que beira a 1 metro de altura. É por isso que o próprio padrão oficial o descreve como o “Apolo” entre as raças caninas.

Este gigante já foi registrado no livro dos recordes, como o cão mais alto do mundo, com um exemplar que media 1,05 m (medidos a partir da sernelha).

Mesmo sendo capaz de derrubar um homem de 100 kg e tendo um temperamento muito eficiente para guarda, o Dog Alemão, o faz com um autocontrole excepcional. Como o padrão da raça diz, “demora a atingir o limiar de irritabilidade para gerar um comportamento agressivo”.

Coragem, autoconfiança e capacidade de discernir quando deve agir com violência, são algumas das características que o fazem bastante equilibrado. Com os donos é carinhoso e apegado, com pessoas estranhas, torna-se reservado e sempre atento a qualquer atitude de ameaça ao seu dono ou território.

Apesar do porte avantajado, é muito indicado para o convívio com crianças.

Os primeiros registros legais da raça são de 130 anos atrás. Estima-se a existência da raça a centenas de anos.

Os alemães, como fizeram com a maioria das raças, a adotaram e nacionalizaram a raça, denominando-a Dog Alemão.

História da Raça

Os primeiros exemplares surgiram, provavelmente, do cruzamento entre os cães molossóides e os galgos, onde adquiriu altura e peso.

O Dog Alemão, já foi utilizado para diversas funções, desde Idade Média, onde foi usado como cão de caça e companhia da alta sociedade monárquica.

Posteriormente difundiu-se por toda Europa, graças às inúmeras atividades realizadas pelos cães (guarda, companhia, caça e etc)

A raça ficou conhecida mundialmente durante 1º guerra, onde o Dog Alemão era usado como cão patrulheiro dos soldados alemães. Teve seu desenvolvimento final no século passado onde foram atribuídas as características e o nome oficial da raça.

Atualmente é muito procurado como cão de guarda e companhia, por ser a única raça que reúne altura, agilidade e temperamento equilibrado.

Fonte: bembel.sites.uol.com.br

Dog Alemão

É impossível se manter indiferente diante de um Dog Alemão. Seu porte majestoso, que impressiona adultos e crianças deu-lhe o sugestivo nome de "Apolo dos Cães".

O temperamento do Dog Alemão, apesar de todo seu tamanho, é extremamente equilibrado e não se mostra um cão agressivo. Adora crianças e convive muito bem com outros cães.

O Dog Alemão tem uma noção muito forte de territorialidade. Ele considera "seu território" todo e qualquer lugar onde esteja seu dono, seja uma casa ou mesmo um carro. No entanto, ele só dá o alarme, latindo sem atacar, a não ser que haja uma reação mais agressiva por parte do intruso.

Essa mistura de cão de companhia e segurança fazem do Dog Alemão um cão mais do que versátil.

ORIGEM

Dog Alemão
Dog Alemão

São considerados antepassados do atual Dog Alemão os antigos "Bullenbeisser" assim como os "Hatz-und-Saur,den" (cães usados na caça ao javali), que se situavam entre os poderosos mastiff ingleses e um cão de guarda ágil e rápido. O termo "Dogge" foi aplicado, a princípio a todos os cães grandes e fortes, que não pertenciam, necessariamente a uma raça em particular. Mais tarde, foram uilizados nomes especiais, tais como "Ulmer Dogge", "Dogue Inglês", "Dinamarquês" definindo diferentes tipos de cães de acordo com a cor e tamanho.

No ano de 1878 foi formado, em Berlin, um comitê composto por sete membros entre criadores e juízes de cães, sob a presidência do Dr. Bodinus. Este Comitê tomou a decisão de classificar todas as variedades mencionadas anteriormente dentro do conceite de "Deutsche Doggen" (Dog Alemão). Desta maneira, foi denominada a criação de uma raça independente. No ano de 1880, durante uma exposição realizada em Berlin, foi criado o primeiro Padrão para o Dog Alemão. Desde então este padrão tem sido controlado pelo "Deutscher Doggen-Club 1888 e V" e alterado em alguma vezes através dos anos. A versão atual está em conformidade com os padrões da FCI (Federação Cinológica Internacional).

APARÊNCIA GERAL

Dog Alemão
Dog Alemão

A aparência nobre do Dog Alemão é uma combinação de força, elegância e majestade, com um corpo bem formado, alto e forte. Possue uma constituição robusta aliada à nobreza e uma silueta bem proporcionada, assim como uma cabeça muito expressiva que impressiona o espectador como se admirasse uma nobre escultura. Por isso é considerado o Apolo entre todas as raças caninas.

Seu porte gigante exige algumas medidas, segundo o padrão oficial da raça. Os machos devem ter altura mínima de 80 cm de cernelha e as fêmeas, um mínimo de 72 cm (a cernelha é o ponto de encontro entre o pescoço e a linha superior). Pede-se que sejam o mais quadrado possível, principalmente os machos.

VARIEDADE DE CORES E CRIAÇÃO

Dog Alemão
Dog Alemão

Dog Alemão
Dog Alemão

Dog Alemão
Dog Alemão

Dog Alemão
Dog Alemão

Dog Alemão
Dog Alemão

O Dog Alemão, devido às suas variedades, está dividido em três raças dentro de uma só. Isso porque, não é permitido o cruzamento entre as três variedades distintas que são:

Dog Alemão Arlequim e Preto:

Arlequim - Chama-se Arlequim o cão que possui a cor de fundo em branco puro, de preferência em cada marca, manchas preto profundo, bem distribuídas sobre todo o corpo, estas manchas possuem formato irregular. As manchas acinzentadas ou amarronzadas são indesejáveis.

Preto (Preto de Arlequim) - Preto profundo. Manchas brancas são permitidas e ocorrem, geralmente, no peito e nos pés. Chama-se de mantado o cão que possui o manto todo negro no dorso, as laterais do focinho, o pescoço, peito, ventre, pernas e ponta da cauda brancas.

Dog Alemão Dourado e Trigrado:

Dourado - Cor dourado claro até dourado escuro. É desejável uma máscara preta. Manchas brancas em qualquer local são indesejáveis.

Tigrado - Cor de fundo dourado claro até dourado amarelo, com listras pretas claramente definidas e de igual espessura, na direção das costelas. A máscara preta também é desejável bem como manchas brancas em qualquer localização não são permitidas.

Dog Alemão Azul e Negro:

Azul - Cor Azul-Aço puro. Manchas brancas, pequenas, no peito e patas são permitidos.

Negro (Preto de Azul) - Preto profundo. Manchas brancas, pequenas, no peito e patas são permitidos.

Diferença entre o PRETO (Preto de Arlequim) e NEGRO (Preto de Azul) - As diferenças apresentadas entre estas duas cores baseiam-se somente no fato de que o Preto de origem Arlequim possui manchas brancas no corpo, bem como a variedade "mantada". Já no Preto de origem Azul as manchas brancas apresentadas são as menores possíveis e a variedade mantada não é obtida nesta criação.

Cruzamentos Permitidos e Resultados destes cruzamentos

Cores dos pais Cores dos filhotes
Arlequim X Arlequim Arlequim, Preto e Montado
Arlequim X Preto Arlequim, Preto e Montado
Preto X Preto Arlequim, Preto e Montado
Dourado X Dourado Dourado
Dourado X Tigrado Dourado e Tigrado
Tigrado X Dourado Dourado e Tigrado
Azul X Azul Azul
Azul X Negro Azul e Negro
Negro X Negro Azul e Negro

Dog Alemão
Dog Alemão

Dog Alemão
Dog Alemão

Dog Alemão
Dog Alemão

CUIDADOS BÁSICOS E SAÚDE

Dog Alemão
Dog Alemão

Por ser um cão de grande porte, ele precisa de um bom espaço para se exercitar, principalmente quando filhote, pois seu crescimento é notado quase que diariamente. O piso onde o filhote vive deverá ser áspero para que o mesmo não tenha problemas de aprumos, acarretando deformações em sua estrutura óssea. Ademais, ele é um cão que não exigirá cuidados rígidos sendo muito resistente a doenças.

Seu pelo curto e liso não requer maiores cuidados. Basta um bom banho e uma escovação para que o cão mantenha-se sempre bonito.

Quando se optar pela operação de colchotomia (corte de orelhas), faça-a até o limite de 70 dias de vida de seu filhote mas lembre-se que é uma cirurgia puramente estética, não interferindo, de nenhuma maneira, em melhor audição ou menor incidência de otites

Para que se evite a "torção gástrica" (torção do estômago, causando compressão da circulação na região abdominal), que é relativamente comum em algumas raças de cães de grande porte, deve-se oferecer alimentação adequada dividida em duas ou três vezes ao dia, bem como evitar que o animal beba grande quantidade de água, corra ou pule após a alimentação.

A expectativa de vida de uma Dog Alemão é de cerca de 10 anos.

CURIOSIDADES

A raça ganhou fama através dos desenhos do Scooby Doo mas, as semelhanças entre o desenho e o animal ficam somente na aparência física. No temperamento, o Scooby Doo em nada lembra o "Apolo dos Cães". Segundo o criador do personagem, Iwao Takamoto, ele o fez exatamente como o oposto de um Dog Alemão campeão. O personagem é medroso e assustado. O Dog Alemãonão. Ele sabe se impor quando necessário.

Fonte: www.petbr.com.br

Dog Alemão

Dog Alemão
Dog Alemão

História

À nobreza desta estirpe está associada uma notável história. Antigo na sua linhagem, o Grand Danois, ou o Deutscher Dogge, descende de cães Molossos da antiga Roma, o que nos transposta para a era antes de Cristo. Foram também encontrados vestígios arqueológicos que datam de 3000 a.C., no Egipto, e que são representativos desta raça.

Alguns autores consideram-no com sangue de Woofhound Irlandês e Mastim Inglês. Outros há que reconhecem nele a influência do Mastim do Tibete, o que lhe confere uma origem asiática que pode ser confirmada na literatura chinesa de 1121 d.C.

É porém na Alemanha que esta estirpe é seleccionada e adquire popularidade na caça. Ela demonstra possuir a força e resistência física necessárias para enfrentar a caça grossa, nomeadamente javalis selvagens, durante o séc. XVI. Por esta altura estes cães eram conhecidos como “Boar Hounds”.

A raça também desempenhou o seu papel como cão de guarda e nas lutas de touros.

Por volta do séc. XVII, a raça tornou-se popular entre as classes aristocráticas alemãs recebendo destas a proteção e o estímulo para o seu desenvolvimento. Tratados como verdadeiros animais de estimação, receberam o epíteto de “Kammerhunde”. Durante o séc. XVII e XVIII, a sua criação adoptou um considerável ritmo e foi submetida a uma cuidadosa selecção.

No séc. XIX, o chanceler alemão Otto von Bismarck cruzou um Mastim do sul da Alemanha com um Grand Danois do norte, por forma a obter um exemplar semelhante ao que conhecemos hoje. Foram exibidos separadamente em 1863, sob a designação “Ulmer Dogge” e “Dannisch Dogge”. Em 1876, esta duas designações desaparecem, dando origem a um único título: o Deutsche Dogge.

O Deutsche Doggen Klub que publicou o primeiro standard da raça foi fundado em 1888, apesar do seu homólogo na Grã-Bretanha existir já desde 1882. Sete anos mais tarde, surge nos EUA o German Mastiff or Great Dane Club of America.

Em Portugal, existe o Dog Alemão Clube de Portugal reconhecido pela Federação Cinológica Internacional, pelo Clube Português de Canicultura e membro da European Deutch Dogen Club.

O Dog Alemão é também conhecido em todo o mundo como Alano. Na Grã-Bretanha, esta raça é conhecida como sendo Dinamarquesa (Grand Danois), não existindo, no entanto, nenhuma relação conhecida com a Dinamarca.

Temperamento

O Grand Danois é um ótimo cão de família porque possui um temperamento estável, calmo e gentil. Desenvolve uma excelente relação com as crianças de todas as idades.

São cães inteligentes que aprendem rapidamente e que funcionam muito bem como cães de guarda, até porque a sua aparência imponente impõe o devido respeito.

Convém que seja bem inserido no seio familiar por forma a que se sinta bem e que seja devidamente treinado durante o seu crescimento. É um animal muito brincalhão e alegre que por vezes se “esquece” da sua força. Acima de tudo, é leal e muito afectivo para com todos os membros e amigos mais chegados da família.

Descrição

O “Apolo dos Cães” possui de altura mínima com mais de 18 meses 76 cm, nos machos, e 71 cm, nas fêmeas. O peso nesta idade ronda os 54 Kg nos machos e os 46 Kg nas fêmeas.

A sua pelagem é curta, densa e lustrosa. As cores permitidas são o preto, castanho, azul, tigrado, branco com manchas pretas (Dog Alemão Arlequim) e preto com manchas brancas no pescoço, pernas e ponta da cauda.

A cabeça é grande, com um crânio achatado e comprido, focinho largo e chanfro bem marcado. Os olhos são redondos e profundos, de cor quase sempre escura. As orelhas tem raiz alta e dobram pendentes para a frente. Quando são cortadas, ficam erectas e pontiagudas.

O seu corpo possui um porte altivo e atlético e é dotado com linhas harmoniosas. O pescoço é comprido e forte e termina num peito largo e robusto.

As pernas são altas, sendo as anteriores verticais e o quarto traseiro muito musculoso. A cauda é de raiz baixa e comprimento médio atingindo os jarretes.

Observações

Esta raça tem uma esperança média de vida que ronda os 9 anos de idade e é propensa ao desenvolvimento de algumas doenças e malformações, às quais é necessário estar atento. Entre elas encontram-se com alguma frequência a displasia da anca e a torção gástrica. Os problemas de tiróide e de visão também surgem em algumas linhagens.

A manutenção do seu pêlo deve ser efectuada ocasionalmente, altura em que se deve cortar as unhas e tratar da dentição.

Apesar da sua robustez física, estes cães não necessitam assim tanto de exercício físico como seria de esperar. Sessenta minutos por dia é uma média agradável para que se sintam em forma. Estes cães preferem viver dentro de casa com os seus donos e toleram bem espaços menos amplos desde que lhes seja proporcionada suficiente actividade física.

Curiosidade

O Scoby-doo é certamente o Grand Danois mais simpático e inesquecível que existe na memória colectiva. A esta séria foi atribuída o Prémio Mundial do Guiness por ter batido o recorde, em 2004, na produção de episódios de animação.

Fonte: pt.vivapets.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal