Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Morgan  Voltar

Cavalo Morgan



O Morgan tem uma peculiaridade: a raça nasceu de um único reprodutor excepcionalmente prepotente, que se chamou, de início, Figure, mas ficou depois conhecido pelo nome do seu segundo dono, o professor Justin Morgan, que o recebeu em pagamento de uma dívida (1975). Cavalo de passeio e, cada vez mais, de competição, de sela e de tiro por igual, o Morgan foi, até a mecanização, o cavalo de remonta do exército americano. Uma estátua de Justin Morgan na Morgan Horse Farm da universidade de Vérmont, é um memorial permanente a um dos mais extradionários cavalos do mundo.

Cavalo Morgan

Criação

O garanhão que fundou a raça nasceu em 1789 ou 1793 em West Spingfield. Massachusetts e viveu em Randolph, no Vermont. Trabalhou duro puxando, arado, carregando madeira e limpando florestas para plantação. Tomou parte em inúmeras competições de velocidade e tracção e nunca foi vencido. Todos os Morgans descendem dele. Sua própria origem é ainda objecto de discussão. São três as teorias principais: seria filho de um Thoroughbred, Tru Briton; de um Frísio importado; ou de um Welsh Gob, o que não é impossível.

Características

O Morgan foi deliberadamente condicionado para exibir uma andadura elevada, pomposa. Mas se os cascos são aparados de modo normal, o cavalo se move livremente no quadro das andaduras tradicionais sem levantar indevidamente os jarretes. A raça é resistente, tem grande exuberância e vigor excepcional. Mais refinado na aparência que o arquétipo antigo, mas parrudo também, o Morgan moderno é fogoso, mas inteligente e fácil de adestrar.

Influências: Árabe: contribuição possível mas não documentada. Thoroughbred: O sangue thoroughbred pode ter tido papel significativo nos primeiros tempos.

Altura: Entre 1,47 e 1,57m.

Cores: Todas, excepto Tordilho

Usos: Sela, Tiro

Fonte: www.tudosobrecavalos.com

Cavalo Morgan

Cavalo Morgan

Histórico

O Morgan é um dos cavalos mais populares nos Estados Unidos constituindo uma raça bem definida, apesar da grande variação em tamanho. Originou-se na Nova Inglaterra, casualmente, do acasalamento não planejado, de um cavalo roubado ao Cel. Lancey, adquirido por um agricultor, Justin Morgan, de Connecticut. Nasceu um potro peludo que foi batizado com o nome do criador. Levado para Vermont, transformou-se num cavalo excepcional, como trotador, em diversos tipos de corrida, tiro leve, desfile, etc . vencendo qualquer animal nas competições. Mais importante foi que revelou-se um raçador excepcional . transmitindo suas qualidades aos descendentes em alto-grau.

Viveu 32 anos e deixou numerosos produtos.

A estatura atualmente varia de 147-162cm, preferindo-se os mais altos.

O peso acompanha a estatura - 360-550 kg.

As pelagens predominantes são o castanho, o zaino, o negro e o alazão, sendo freqüentes as particularidades brancas da cabeça e extremidade dos membros. As malhas acima do joelho ou do jarrete desqualificam o animal.

O Morgan moderno tende a ser mais esguio que seus antepassados e, com pescoço mais longo e menos musculado e possui maior inclinação das espáduas e quartelas. O dorso é bastante curto e potieroso 15 vértebras lombares) e a garupa muito musculada, horizontal ou inclinada . Aprumos e articulações excelentes.

Suas qualidades mais valiosas entretanto são as morais: beleza, mansidão, inteligência, coragem, nobreza, resistência e longevidade . Contribuiu para a formação de diversas raças de cavalo de sela americanas. No Oeste é utilizado pelos vaqueiros, e nos Estados Centrais para os mais variados propósitos: equitação, esporte, até serviços rurais.

Uma fazenda experimental, criada pelo coronel Baiell para a preservação da raça, pertence hoje ao Vermont Agricultural College.

Fonte: www.expoanimais.com.br

voltar 12avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal