Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Terra Nova  Voltar

Terra Nova



Terra Nova

Tipo de Pêlo

Espesso, comprido, de aspecto oleoso e quase impermeável.

Temperamento

Responsável e dócil

O Terra Nova ou Newfoundland, originário do noroeste do Canadá, descende de cães dos Piríneus levados para a Terra Nova pelos pescadores de bacalhau Bascos. A sua origem remonta a 1700, quando os primeiros Terra Nova eram de variedade Landseer : branco e preto. O Terra Nova de cor preta que conhecemos hoje é provavelmente fruto de uma selecção rigorosa. Estes cães foram trazidos posteriormente para a Europa por outros pescadores de bacalhau, adquirindo uma certa popularidade. Esta popularidade alcançou o expoente máximo, quando a 1886, a raça foi oficialmente reconhecida pelo clube Inglês do Terra Nova.

Terra Nova

Descrição

As características mais evidentes do Terra Nova são a sua força e o seu ar activo, este cão em pequeno, parece mais uma cria de urso que um cachorro. Apesar das suas dimensões imponentes, é gentil e afectuoso, inteligente e fiel, dócil e também um excelente guardião da casa, um cão de tiro possante e um grande companheiro. Celebrizou-se nos salvamentos de numerosos marinheiros, cujos barcos naufragavam nos recifes da Terra Nova. Deita-se instintivamente à água onde se sente tão à vontade como em terra. Dizem que sabe nadar debaixo de água. Este cão possui um andar ligeiro, apesar das suas grandes dimensões. Possui um crânio maciço e largo; orelhas pequenas, junto à cabeça; olhos pequenos, castanhos escuros, colocados lateralmente; nariz quadrado e curto; dorso largo e pescoço forte; pés grandes e fortes. Uma das características importantes do Terra Nova é a palmura existente nas patas. Com efeito, os dedos estão interligados por uma membrana. A cor mais vulgar é o preto, admitindo-se também a cor de bronze, assim como algumas malhas brancas no peito e nos dedos.

Fonte: animais2.clix.pt

Terra Nova

Terra Nova

País de origem: Canadá (século XVIII)

Função original: segundo consta, eles inicialmente ajudavam os pescadores a puxar suas redes para terra. História: as hipóteses sobre a origem do Terranova são muito variadas e discordantes. Há quem afirme que se trata de uma raça derivada de cães nórdicos importados em 1600 para a ilha de Terra Nova; outros consideram a raça de origem britânica, com data de 1700, quando a ilha tornou-se possessão inglesa e para lá foram levados os Mastim tibetanos, os quais, depois de longas seleções com cães locais, teriam finalmente dado origem ao Terranova. A terceira hipótese é a de que o Terranova seja um parente próximo do Labrador, tanto pela semelhança entre as duas raças, como porque as costas de Terra Nova e Labrador são muito próximas e não se exclui que, o cão Labrador, ótimo nadador, tenha atravessado a nado o estreito de Belle Isle, ou à pé nos períodos em que o mar tornava-se uma laje de gelo.

Descrição: é um cão de grande porte, forte, elegante, ágil e resistente. A cabeça é larga e maciça; olhos castanhos, pequenos, separados; focinho curto e quadrado; as orelhas são coladas à cabeça; a cauda é caída e de comprimento médio; pernas dianteiras retas com franjas posteriores até as patas; pés palmados, grandes e fortes. Seu pêlo acamado e levemente ondulado, duro ao tato, denso, um pouco oleoso e à prova d'água. O sub pêlo também é gorduroso, para impedir que a água atinja a pele. Nos espécimes que vivem em apartamento este sub pêlo tende a desaparecer. Suas cores principais são: preta com reflexos azuis, negra, branca e bronze.

Altura: a média do macho é de 70 cm e a da fêmea é de 65 cm, porém estas medidas são superadas freqüentemente.

Peso: 50 à 68 kg.

Longevidade: 12 anos.

Temperamento: é um cão de temperamento excepcional: bom, corajoso, altruísta, inteligente, humano e sensível. O Lord Byron escreveu o seguinte à seu respeito: "Corajoso sem ferocidade, possuía todas as virtudes de um homem sem vícios". É paciente com todos, inofensivo com os hóspedes e delicadamente afetuoso com o dono. Pode viver e dormir ao relento mas preferivelmente deve dormir dentro de casa. Não necessita de muito exercício e deve se alimentar duas vezes ao dia.

Utilizações: o Terranova possui o instinto inato de mergulhar na água para salvar as pessoas. Muitos lhe devem à vida. Em 1919 foi conferida a medalha de ouro a um Terranova que havia arrastado e salvo uns 20 náufragos. Foi definido como o São Bernardo das águas. Apesar de não ser mais necessária a sua ajuda neste sentido nos dias de hoje, suas virtudes não desapareceram, sobretudo, a de cão de companhia.

Fonte: www.animalnet.com.br

Terra Nova

Um gigante guardião para a família que é gentil e confiável

CURIOSIDADES SOBRE A RAÇA

George Cartwright deu o nome a esta raça em 1775 quando nomeou a ilha de Terra Nova. Haviam poucos exemplares da raça na Inglaterra até o início de apresentações caninas em 1860, quando seis cães foram apresentados na Feira Canina de Birmingham, agora conhecida como Feira Nacional de Cães, Birmingham [ainda organizada pela Sociedade de Feiras Caninas de Birmingham]. A versão preta e branca deste cão era bastante comum na Inglaterra, principalmente em Northumberland. Com o passar do tempo, e devido às duas guerras mundiais, o número de exemplares desta raça gigante caiu bastante e somente na segunda metade do século vinte é que o número começou a crescer novamente.

COMO O CÃO SE PORTARÁ?

O Terra Nova é um grande animal com pelagem grossa, combinação que não faz dele o animal de estimação ideal para uma pessoa que more em um apartamento na cidade. A raça necessita de muito espaço para exercício e para viver. Há bastante troca de pêlo nos meses de verão e é necessário pentear e escovar regularmente para garantir que tudo seja removido. Não fazer isso pode causar irritação na pele do animal. O subpêlo é oleoso e resistente a intempéries, fazendo com que caso o Terra Nova nade - algo que ele adora fazer - a água seja facilmente sacudida.

Os cuidados com a pelagem incluem checar se há emaranhados, sem esquecer da região das orelhas. Como alguns outros cães de raças grandes, o Terra Nova não necessita de longas caminhadas, mas exercício regular é essencial para garantir que um adulto fique em boa forma. O exercício não deve ser feito no calor do dia. Na verdade, deve ser feito muito esforço para garantir que qualquer sinal de fadiga devido ao calor seja tratado seriamente, quer seja dentro de casa ou quando estiver viajando com seu cão. Filhotes pequenos não devem fazer o mesmo exercício que adultos, devem poder dormir e brincar pois pode ser exigido esforço demais de membros e juntas em fase de crescimento.

Embora o Terra Nova pareça um grande urso, não deve ser tratado como um brinquedo, apesar de serem muito atraentes quando filhotes. Raças muito grandes não devem ser encorajadas a brincar de forma agressiva com membros da família quando filhotes pois à medida que vão se desenvolvendo, seus dentes ficam mais fortes e maiores, e não perceberão que a 'brincadeira' não é mais a mesma. 'Perturbar' cães, especialmente os desta raça não é justo e pode causar comportamento anti-social no futuro.

Os mais novos membros da família devem entender os perigos de tratar seus animais de estimação desta forma. Com todas as raças a disciplina sensível e carinhosa é essencial desde o início, permitindo com que possam aproveitar a vida com suas famílias e sua comunidade. Atenção deve ser prestada aos dentes e devem ser fornecidos itens de mastigação apropriados para mantê-los limpos e evitar a descoloração e o acúmulo de tártaro. Desde cedo cães devem ser encorajados a permitir com que sues proprietários limpem seus dentes com uma escova apropriada, inspecionem seus ouvidos e garantam que suas unhas estejam em um comprimento apropriado. Exercício em uma superfície dura fará com que seja menos necessário este último. Problemas nas orelhas e dentes devem ser levados ao veterinário.

Terra Nova

Terra Nova

 

O CÃO PERFEITO PARA COMPETIÇÕES

Há leve balanço do dorso quando este cão está em movimento e sua aparência geral é de um impressionante e balanceado animal com imensa estrutura óssea mas que consegue não parecer excessivamente grande. Os olhos são pequenos e castanho escuros sem mostrar a terceira pálpebra, e a cabeça é imensa e pesada. As pequenas orelhas são inseridas bem para trás e próximas ao crânio. A mordedura é em tesoura mas também é aceita em torquês. O dorso largo é nivelado e a cauda é de comprimento moderado alcançando o jarrete. Quando o cão está em pé a cauda fica pendurada e faz uma curva na ponta, mas quando está em movimento, ela é portada um pouco para cima - quando está muito alerta é portada reta para trás, novamente com uma leve curva na ponta. Cauda torcida ou com ponta enrolada é indesejável. As cores permitidas são preto, marrom e preto e branco.

CARACTERÍSTICAS DA RAÇA

Grupo, segundo CBKC/FCI Pinscher e Schnauzer, Molossóides, Boiadeiros e Montanheses 

Porte Gigante 

Altura/peso médio 66 - 71 cm / 50 - 68 kg 

Cuidado com a pelagem Muito considerável 

Temperamento Extremamente gentil e dócil 

Necessidade de exercícios Caminhadas constantes somente para adultos 

Média de vida 12 a 14 anos

Observações especiais

Jovens filhotes não devem fazer exercício em excesso - espere até que tenham se desenvolvido o suficiente. Esporão traseiro removido. As patas são grandes e tem membranas entre os dedos.

Fonte: www.obedienciaeagility.com.br

Terra Nova

Terra Nova

Um exímio nadador

O Terranova tem como principal característica apreciar atividades na água. Tem paixão pelas crianças sendo carinhoso e eficiente. Ainda é um excelente guardião e defensor da família.

Muito inteligente, o Terranova é capaz de ajudar seu mestre quando comandado por ele e melhor ainda, possui uma grande responsabilidade e bom senso que o capacitam a agir por conta própria em situações de emergência, como no caso de um resgate.

A sua pelagem é dupla, densa, de textura grossa e oleosa, excelente para resistir às baixas temperaturas da água. A cor pode ser preta, cinza escura, marrom, bronze, chocolate ou branca com marcas pretas.

Por ser um cão de porte grande, o seu peso varia de 50 a 69kg. Já a sua altura fica entre 66 e 71cm.Por ter um ótimo temperamento, é uma boa companhia para a família e para outros pets.

Origem e História

Há várias teorias relacionadas à origem do Terranova, sendo que muitos acreditam que ele seja descendente do Mastim Tibetano. No entanto, não há documentos que registrem a entrada do Mastim Tibetano na Terra Nova, no leste do Canadá, onde foi desenvolvida a raça.

Na costa da Terra Nova, no século XVIII, esta raça ajudava os pescadores, mergulhando na água e puxando as pesadas redes de pesca, e ganhou fama como salva-vidas devido ao seu instinto natural de ir buscar coisas e pessoas na água. Há quem diga que o trabalho do Terranova na água pode ser comparado ao do São Bernardo nos Alpes Suíços.

De qualquer forma é certo que os seus antepassados foram levados do Continente Europeu para a Terra Nova por pescadores.

Terra Nova

O Terra Nova era um cão completamente adaptado às condições da sua ilha de origem. Seu tamanho, pelagem e força o protegiam do longo inverno e das águas congeladas que circundam a ilha.

A literatura nos relata inúmeras façanhas de cães Terranova resgatando pessoas que haviam caído em buracos com água congelante e também socorrendo náufragos que recebiam suprimentos e salva-vidas nos destroços dos barcos com a ajuda desses cães que levavam a carga nadando nas águas geladas e turbulentas. Também era comum eles buscarem crianças que haviam caído em águas profundas e trazê-las seguramente até a praia.

Outros trabalhos menos espetaculares, mas de grande utilidade, eram e são exercidos por eles, como ajudar seus donos pescadores no dia-a-dia arrastando as pesadas redes e, fora d'água, ainda é usado largamente como animal de tração.

Admirado por suas qualidades e poder físico, a raça foi levada para a Inglaterra e criada em grande escala. Hoje a maioria de cães com pedigree, até mesmo em Terra Nova, descendem de linhagens inglesas.

Fonte: petfriends.com.br

Terra Nova

Terra Nova

Cão de trabalho de grande porte originário do Canadá.

Habituado a baixas temperaturas, adaptou-se bem no continente europeu.

Em Portugal, os espécimes desta raça sofrem mais que outras raças com o calor, durante o Verão.

Muito bem comportado e extremamente simpático com as pessoas, tende a ser demasiado pacífico, quando atacado por outros cães.

Cão para toda a família, adora crianças e de brincar com elas, não faz grandes distinções entre os que considera seus donos, sendo por isso muito sociável também na convivência com estranhos.

Extremamente inteligente, necessita de sair com os donos e sentir que faz parte da família.

Tem tendência a ficar triste quando é deixado sozinho, já que gosta de companhia e carinho das pessoas.

Por todos os motivos já descritos, este é um cão para quem gosta de companhia permanente.

Altura média quando adulto: 70cm

Peso médio quando adulto: 65 kg

Cores mais comuns: preto e castanho.

Fonte: www.guiaderacas.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal