Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Tubarão Duende  Voltar

Tubarão Duende



 

Mitsukurina owstoni

Tubarão Duende

Tamanho: até 4 metros de comprimento.

Dieta: pequenos peixes, tubarões, lulas e crustáceos.

Habitat: vivem no fundo do mar, oeste do oceano Pacífico e do Índico e a leste e oeste do Oc. Atlântico.

Reproducão: não se tem conhecimento sobre sua reprodução.

Classificação

Reino: Animalia
Filo: Chordata
SubFilo: Vertebrata
Classe: Chondrichthyes
Subclasse: Elasmobranchii
Ordem: Carcharhiniformes
Familia: Carcharhinidae
Genêro: Mitsukurina
Espécies: Mitsukurina owstoni

Tubarão Duende
Foto: J. Paxton

Descrição geral

Possui um corpo fino de cor rosada, um nariz pontiagudo. Esse animal já foi encontrado na África, no norte da América do Sul e no Japão.

Acredita-se que ele encontra suas presas a partir de impulsos elétricos usando seu nariz que contém sensores elétricos. É considerado inofensivo ao homem. Pouco se sabe sobre esse tubarão.

Fonte: www.geocities.com

Tubarão Duende

Mitsukurina owstoni

Classe: Condrichthyes

Ordem: Carcharhiniformes

Família: Carcharhinidae

Nome científico: Mitsukurina owstoni

Nome vulgar: Tubarão-duende

Categoria: Ameaçada

Atinge até 4 metros de comprimento. Pouco se sabe, mas ele caça a sua presa com impulsos elétricos normalmente comem pequenos peixes até tubarões, lulas e se alimenta de crustáceos também. Vivem bem no fundo do mar, já foi encontrado a 1200 metros de profundidade, vive no oeste do oceano Pacífico e a oeste do Índico e a leste e oeste do oceano Atlântico.

O Tubarão Duende é chamado também chamado de Goblin, é um animal muito raro de ser encontrado desde 1898 foram encontrados 36 tubarões da espécie goblin, ele tem uma aparência assustadora com um corpo fino e mole de cor rosada, ele possui um nariz pontudo, mas é inofensivo para o homem. Esse animal já foi encontrado na África, no norte da América do Sul e no Japão. Acredita-se que ele encontra suas presas a partir de impulsos elétricos usando seu nariz que contém sensores elétricos. Mas pouco se sabe sobre esse tubarão.

Fonte: www.ambientebrasil.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal