Breaking News
Home / Biologia / Aberrações Cromossômicas

Aberrações Cromossômicas

PUBLICIDADE

O que são aberrações cromossômicas?

As aberrações cromossômicas são quaisquer alterações no cariótipo humano que determine mudanças morfológicas e/ou fisiológicas. As aberrações ou anomalias cromossômicas podem ser classificadas em numéricas e em estruturais, ou seja, alterações em número ou estrutura dos cromossomos.

Geralmente acontece durante a divisão celular e, pode causar problemas quando acontecer, por exemplo, na meiose, pois na mesma ocorre a formação dos gametas e a passagem desses cromossomos de uma geração para outra. Na divisão celular é o momento que o cromossomo está se movimentando, trocando pedaços (crossing over), ou seja, é o momento com maior probabilidade de sofrerem alterações, pois estão mais expostos.

A constituição cromossômica de uma célula é descrita por um cariótipo, que informa o número total do cromossomo autossomo e cromossomos sexuais. Quando existe uma anomalia cromossômica, o cariótipo também descreve seu tipo, ou seja, somos capazes de identificar o padrão de alteração numérica que o indivíduo afetado apresenta.

Aberrações Cromossômicas

Por meio da técnica de bandeamento cromossômico longitudinal é possível identificar modificações estruturais. Essa técnica evidencia faixas transversais nas cromátides, permitindo a identificação individual de cada cromossomo e, a localização dos pontos de quebra em rearranjos cromossômicos de vários tipos.

Exemplo de anomalia cromossômica

Trissomia cromossômica: é um tipo de mutação cromossômica numérica que apresenta uma cópia extra de um cromossomo no cariótipo. Como exemplo de trissomia na espécie humana se pode citar a Síndrome de Down. É a doença genética mais comum, afetando 1 em cada 800 nascimentos. É causada pela presença de um cromossomo 21 extra.

As principais anomalias cromossômicas são:

Deleção: quando o cromossomo perde um pedaço e consequentemente perde genes. Geralmente ocorre na meiose.

Duplicação: é quando o cromossomo tem um dos seus pedaços duplicado e os genes também. Geralmente ocorre na meiose.

Inversão: é quando o cromossomo tem uma parte invertida. Há a inversão paracêntrica, que é quando o pedaço do cromossomo que sofre a inversão não está com o centrômero, ou seja, não vai mexer no mesmo. Inversão pericêntrica, que é quando o pedaço invertido tem o centrômero.

Translocação: é quando ocorre troca de pedaços entre cromossomo não homólogos.

Camila Correia

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Risco Biológico

PUBLICIDADE Definição de Risco biológico Os perigos biológicos ou Riscos biológico são substâncias orgânicas que representam uma ameaça …

Carragenina

PUBLICIDADE Definição de Carragenina A carragenina é um aditivo alimentar comum extraído de algas vermelhas, usada principalmente …

Algas Vermelhas

PUBLICIDADE Definição de Algas Vermelhas Todas as algas marinhas podem ser amplamente divididas em três …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.