Breaking News
Home / Biologia / Amensalismo

Amensalismo

PUBLICIDADE

Amensalismo – Definição

Amensalismo é quando um membro é prejudicado, enquanto o outro membro não é afetado nem positiva nem negativamente.

Amensalismo é uma relação entre duas espécies de organismos em que os indivíduos de uma espécie afetam adversamente os da outra e eles próprios não são afetados.

Amensalismo é a associação em que uma espécie libera substâncias tóxicas que inibem o crescimento ou não deixa a outra espécie se reproduzir.

Alguns exemplos de amensalismo são:

Fungos (Penicillium) inibem a reprodução de bactérias, a maré vermelha (dinoflagelados aumentam em grande quantidade, liberando substâncias tóxicas na água marinha, matando muitas espécies deste ambiente).
Fungos que produzem substâncias antibióticas que inibem ocrescimento de bactérias.
Plantas e pequenos animais do solo prejudicados com apassagem de animais de grande porte, como elefantes.
Algumas plantas possuem raízes que secretam substânciascapazes de impedir o crescimento de outras espécies naquelelocal. (ex. Eucalipto)
Folhas que caem no solo (ex.: Pinheiros) liberam substânciasque inibem a germinação de sementes.

Amensalismo – Significado

amensalismo é um tipo de interação ecológica antagónica (tal como a competição), em que uma das espécies é prejudicada e a outra não é afetada.

É um tipo de simbiose e, geralmente, ocorre quando um organismo produz um composto químico no seu metabolismo normal mas que tem efeitos negativos noutro organismo.

Por exemplo, o fungo Penicilium sp. produz penicilina que provoca a morte a bactérias.

Amensalismo – O que é

amensalismo é a interação biológica que ocorre quando um organismo é prejudicado no relacionamento e o outro não sofre qualquer alteração, ou seja, a relação que ele é neutro.

Para abordar a questão da amensalismo é necessário conhecer as relações entre as espécies podem ser muito diversas e variam de acordo com o seu poder, tirando benefício mútuo que pode causar um relacionamento neutro ou prejudicial.

amensalismo é algo mal na vida de alguns organismos, mas essa interação determina predação cada um como parte de um ciclo de vida.

Um grupo especial é composto por antibióticos (anti ‘contra’ grego, e “vida” bios). Alguns antibióticos são produzidos por microrganismos, tais como bactérias, fungos e esporos vivos. Outros são, ou seja, produzidos parcialmente ou totalmente sintético artificialmente. A penicilina é talvez o mais conhecido antibiótico.

A relação geral entre um antibiótico e um organismo infeccioso é antibiose. Esta palavra refere-se a uma associação de dois organismos em que se está danificado ou é morto pelo outro.

O amensalismo ou antagonismo é uma relação negativa: baseia-se na produção de substâncias tóxicas ou criando condições intoleráveis para outras localizações por microorganismos.

Você pode vê-lo no ambiente que cada agência realiza uma “luta pela sobrevivência”, que pode ser um lugar, uma organização física no tempo e no espaço, ou pode ser tão grande como um oceano ou tão pequeno e transitório como uma poça no chão depois de ter chovido.

O amensalismo pode levar para o local de um habitat em que uma entidade tenha sido estabelecido nesta, e isto pode evitar que outras populações sobreviver nele.

Tanto é assim que as pessoas são capazes de produzir e tolerar altas concentrações de ácido lático, que pode modificar tanto o habitat que tornam impossível para o crescimento de outras populações.

Em algumas florestas (por exemplo, a Floresta Amazônica ) existem árvores grandes que impedem a chegada de luz solar ervas encontradas andares.

Amensalismo – Exemplos

Aqui estão alguns exemplos de amensalismo:

Fungo Penicillium e bactérias: Este fungo produz uma substância designada penicilina evita o crescimento de bactérias.
Eucalipto ( Eucalyptus globulus ) e seus concorrentes: 
Eucalyptus segrega certas substâncias que afetam e impedem o crescimento das plantas que estão ao redor.

Tipos de Amensalismo

comensalismo pode ser dividido em dois tipos distintos, dependendo das espécies envolvidas e do efeito da interação.

1. Competição

A competição é um tipo de interação negativa onde as espécies maiores ou mais fortes priva as espécies pequenas de alimento ou espécies vivas.
As espécies envolvidas em tais interações compartilham um nicho comum no ecossistema. Isso resulta na escassez de nutrientes, bem como em espaços de vida para as espécies mais fracas.
As espécies maiores, no entanto, não são afetadas pela interação, e a interação ocorre como resultado do compartilhamento de um nicho ecológico comum.
A competição pode ocorrer entre os organismos da mesma espécie, onde ambos os organismos tendem a competir entre si pela sobrevivência.

2. Peixes maiores e menores

Em habitats aquáticos, peixes menores competem com peixes maiores por recursos alimentares. Ambos os tipos de peixes se alimentam de fitoplâncton e zooplâncton encontrados na água.
Os peixes maiores podem encontrar e se alimentar facilmente desses recursos, o que os torna escassos para os peixes menores.
Este é um tipo de competição entre espécies onde os peixes menores são afetados negativamente pela interação com peixes maiores.

Amensalismo – Antibiose

Antibiose é uma interação biológica entre dois ou mais organismos que é prejudicial para, pelo menos, um deles ou uma associação de antagonista entre um organismo e as substâncias metabólicos produzidos por outro.

A relação geral entre um antibiótico e um organismo infeccioso é um dos antibiose. Esta palavra refere-se a uma associação de dois organismos em que se está prejudicados ou mortos pelo outro.

A relação entre os seres humanos e causadores de doenças patógenos é um dos antibiose. Se uma pessoa é afetada por germes, ele é o organismo ferido.

Antibiose é comumente encontrado e estudado entre hospedeiros plantas e os insetos que se alimentam em cima deles.

“Resistência Antibiose afeta a biologia do inseto abundância tão pragas e danos subsequentes é reduzido em comparação com o que teria ocorrido se o inseto estava em uma variedade de culturas suscetíveis.

Resistência Antibiose muitas vezes resulta em aumento da mortalidade ou reduzida longevidade e reprodução do inseto. ”

Antibiose é uma interação biológica que é sobre a impossibilidade de organismos vivos na vizinhança dos outros, porque eles secretam uma substância chamada antibiótico, que mata aqueles. Por exemplo, o fungo Penicillium segrega uma substância que impede que a vida em torno de outros microrganismos.

Qual é a definição de Antibiose?

O termo refere-se a antibiose uma associação entre duas ou mais organismos que é prejudicial para a pelo menos uma delas.

O termo também pode se referir à associação antagônica entre um organismo e as questões metabólicas produzidas por outro.

ANTIBIOSE OU AMENSALISMO

O que é

Uma das espécies envolvidas bloqueia o crescimento ou reprodução da outra espécie, através da liberação de substâncias químicas tóxicas.

Amensalismo, ou antibiose, como também é conhecida, é uma das relações interespecíficas desarmônicas na qual uma das espécies (inibidora) prejudica a outra espécie (amensal) sem com isso se beneficiar, por meio de substancias que produz e libera, e que prejudicam o crescimento e/ou a reprodução da outra espécie.

AmensalismoMaré vermelha

São exemplos de amensalismo:

Fungos do gênero Penicillium notatum e bactérias: Exemplo mais popular de amensalismo, é o antibiótico penicilina, em sua relação com as bactérias. Esse tipo de medicação é muito utilizada no combate a infecções bacterianas é produzido por fungos que, embora não se beneficiem, impedem a multiplicação das bactérias, e as mata.
Maré vermelha: 
Fenômeno causado pelas algas marinhas planctônicas dinoflageladas Gonyaulax, do tipo Pirrófitas, que em ambiente favorável, se proliferam e liberam uma substância tóxica, que se concentra em manchas vermelhas no oceano, causando a morte de diversas espécies de animais marinhos.
Eucaliptos:
 As folhas de eucaliptos que caem no solo liberam uma substância que diminui a incidência de germinação de sementes no local.
Pinheiros: 
As folhas de pinheiros que caem no solo liberam uma substância que diminui a incidência de germinação de sementes no local.
Raízes: 
Certas plantas secretam e eliminam substâncias tóxicas pela raiz, que impedem o crescimento de outras espécies no local.

Penicillium Notatum

Fungos (forma circular) produzem a substância penicilina, que evita o
surgimento de bactérias à sua volta

É o caso bem conhecido dos antibióticos que, produzidos por fungos, impedem amultiplicação das bactérias.

Esses antibióticos são largamente utilizados pela medicina, no combate às infecções bacterianas.

Omais antigo antibiótico quese conhece é a penicilina,substância produzida pelofungo Penicillium notatum.

EUCALIPTO

O eucalipto é uma planta de origem australiana e tem facilidade em se adaptar em várias condições climáticas.

Produzem substâncias que são liberadas por suas raízes que impedem o crescimento de outros vegetais ao seu redor, diminuindo assim a competição por água que é fundamental para sua existência.

Amensalismo – Resumo

Amensalismo

Amensalismo é um tipo de interação ecológica negativa em que uma das espécies é prejudicada ou destruída enquanto a outra se beneficia ou permanece inalterada.

amensalismo é geralmente considerado uma relação que existe entre organismos de duas espécies diferentes, mas casos de tais interações podem ser observados até mesmo dentro da mesma espécie.

O amensalismo é um dos modos de evolução, pois o processo de seleção natural favorece os organismos que podem coletar nutrientes e energia de forma eficaz para a sobrevivência.

Embora antagonismo seja freqüentemente usado como sinônimo de amensalismo, em interações antagônicas, uma das espécies claramente se beneficia em detrimento da outra.

O amensalismo também é conhecido como interação competitiva assimétrica, pois a interação pode não produzir nenhum benefício para nenhuma das espécies.

Na maioria das interações de amensalismo na natureza, as espécies que causam o dano geralmente produzem produtos químicos ou outros produtos que impactam negativamente as outras espécies envolvidas.

A produção de tais produtos não ocorre como uma resposta à interação, mas como o funcionamento normal da espécie.

As interações antagônicas, por sua vez, envolvem estratégias defensivas na forma de impedimentos químicos e físicos, seja para se proteger ou para extrair nutrientes do meio ambiente.

Fonte: Valverde Valdes, Teresa Cano Santana/es.cyclopaedia.net/www.sciencedirect.com/microbenotes.com/philnews.ph/br.geocities.yahoo.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.