Breaking News
Home / Biologia / Dimorfismo Sexual

Dimorfismo Sexual

PUBLICIDADE

Quando se observa um leão e uma leoa adultos, é possível identificar quem é o macho e quem é a fêmea por conta da presença da juba vistosa, presente no macho. O mesmo acontece com os pavões: o macho conta com penas mais vistosas e coloridas, além de ter uma cauda chamativa. Essa diferenciação, entre machos e fêmeas de uma mesma espécie, recebe o nome de dimorfismo sexual.

O que é Dimorfismo Sexual?

Por Dimorfismo Sexual se compreende a diferenciação entre machos e fêmeas de uma mesma espécie, quando comparados caracteres sexuais secundários, ou seja, não é levado em consideração os órgãos sexuais, mas sim os caracteres sexuais secundários. Assim, os machos e fêmeas adultos podem ter diferenças nas mais variadas maneiras. Estas diferenças podem ser no tamanho, forma, coloração, presença de apêndices (dentes, pelos, caudas avantajadas, cornos), cheiro, entre outros.

Nos mamíferos, o dimorfismos sexual mais difundido é o tamanho: geralmente os machos são mais avantajados que as fêmeas. Mas na biologia, é bom lembrar que as exceções são sempre a regra: existem espécies de mamíferos em que não há dimorfismos sexual de tamanho ou, ainda, há espécies de mamíferos em que as fêmeas são maiores que os machos, como, por exemplo, na ordem Lagomorpha, a ordem que incluem as lebres.

Dimorfismo Sexual

Dimorfismos sexual em algumas espécies

 Pavão: o macho tem uma cauda muito grande, repleta de estruturas coloridas chamadas ocelos, além de ser colorido, enquanto que a fêmea não tem estes atributos.

Avestruz – nos adultos, o macho possui plumagem preta e as pontas das asas  brancas. Por sua vez, as fêmeas contam com tonalidade cinza.

Galinhas – o galo tem uma crista maior, grandes esporões, penas brilhantes no pescoço, asas e costas, além de ter as penas da cauda mais compridas. Outra diferença é o canto, que é mais evidente nos machos.

Veado-vermelho – os machos são maiores e apresentam galhadas (chifres) em relação às fêmeas.

Stripedkillifish (peixe) – os machos apresentam listras pretas verticais e as fêmeas listras pretas horizontais ao longo do corpo.

Juliano Schiavo
Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente

Referências

SILVA, Ana Carolina Bezerra. Evolução do dimorfismo sexual e das estratégias bionômicas em marsupiais neotropicais (Didelphimorphia, Didelphidae). 2012.

DIMORFISMO SEXUAL. Disponível em: <http://dimorfismosexualmuseudaciencia.weebly.com>. Acesso em 06/06/2017.

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Plastos

Plastos

PUBLICIDADE O que são plastos? Os plastos ou plastídeos são organelas de dupla membrana encontrados …

Plantas Tóxicas

Plantas Tóxicas

PUBLICIDADE O que são plantas tóxicas? As plantas tóxicas também chamadas de plantas venenosas contêm …

Plantas Carnívoras

Plantas Carnívoras

PUBLICIDADE O que são plantas carnívoras? As plantas carnívoras são definidas como plantas que atraem, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.