Breaking News
Home / Biologia / Inquilinismo

Inquilinismo

O que é Inquilinismo?

PUBLICIDADE

Nas relações ecológicas, que ocorrem entre os seres vivos, podemos encontrar diversos tipos de interações. Elas podem ser harmônicas (quando nenhum dos dois indivíduos envolvidos é prejudicado); desarmônicas (quando um é prejudicado em detrimento de outro) e neutras (quando nenhum dos organismos que interagem são prejudicados).

No caso da relação ecológica Inquilinismo, temos um tipo de interação que pode ser tanto considerada harmônica, quando desarmônica. Como isso? Depende muito do ponto de vista. Mas antes, é preciso entender o que é inquilinismo.

Por inquilinismo se compreende uma relação entre indivíduos de espécies diferentes, no qual uma espécie obtém abrigo ou suporte no corpo de uma outra espécie. Ou seja, quando uma pessoa aluga uma casa, ela passa ser inquilina daquela residência. O mesmo acontece com os seres vivos que participam da relação ecológica de inquilinismo.

Mas como esta relação pode ser harmônica e desarmônica? Basicamente, quando um indivíduo utiliza o outro como suporte, sem afeta-lo, apenas este indivíduo está tento benefícios, porém, sem prejudicar o outro organismo envolvido na relação. Exemplo disso, podemos citar as orquídeas: elas se fixam em arvores e utilizam o lugar sem afetar a planta em que ela se fixou. Assim, ela se torna uma inquilina.

Mas vejamos uma outra possibilidade: imagine uma árvore repleta de plantas inquilinas. Embora as plantas inquilinas, sozinhas, não prejudiquem a árvore, suponha que haja tantas delas num dos galhos que, devido ao peso, acaba por quebrar o galho. Assim, o que antes era uma relação harmônica, transforma-se em desarmônica.

Entre as relações de inquilinismo, podemos citar as bromélias, as orquídeas, samambaias, musgos, entre outras plantas que se fixam em outras plantas sem, no entanto, extrair delas qualquer parte: elas apenas usam o local como moradia, tal qual um inquilino. Mas qual a importância desta relação? No caso das plantas que estão numa floresta, ao serem inquilinas de árvores, estas plantas acabam por estar em lugares mais altos e, portanto, mais próximas a luz solar. Assim, elas se beneficiam pois, as plantas necessitam de luz para sobreviver e, caso estivessem no solo, receberiam menos incidência de luz.

Inquilinismo

Juliano Schiavo
Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente

Referências

CDCC. USP. Relações entre os seres vivos. Disponível em: <http://www.cdcc.usp.br/exper/fundamental/roteiros/interaop.pdf>. Acesso em 12/07/17

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Interfase

Interfase

PUBLICIDADE Definição de Interfase Antes que uma célula possa se reproduzir, ela precisa executar uma …

Um exemplo importante de dissacarídeos é a Lactose.

Dissacarídeos

PUBLICIDADE Definição dos Dissacarídeos Os dissacarídeos, também chamado de açúcar duplo, é uma molécula formada por …

Pomologia

PUBLICIDADE Definição de Pomologia Pomologia é a ciência do cultivo de frutas. É um ramo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.