Breaking News
Home / Biologia / Tecido Epitelial

Tecido Epitelial

PUBLICIDADE

Tecido Epitelial – O que é

O tecido epitelial é um dos quatro principais tipos de tecido do corpo, agindo como uma interface entre o corpo e o resto do mundo.

Sua pele é composta por esse tecido e também reveste as cavidades do corpo e os principais órgãos. Existem vários tipos diferentes de tecido epitelial, que se formam para atender a necessidades e funções específicas.

Esse tecido, conhecido coletivamente como epitélio, pode filtrar, absorver e difundir várias substâncias e também está envolvido na percepção sensorial e nas secreções corporais.


A pele é o tipo de tecido epitelial mais comum e visível

Os outros tipos principais de tecido são o tecido muscular, o tecido nervoso e o tecido conjuntivo. O tecido epitelial é caracterizado por várias características.

O primeiro é o fato de que as células desse tecido são extremamente compactadas, com espaços intracelulares mínimos entre elas. Também é separado do tecido subjacente pela membrana basal, uma camada de material que é parcialmente formada pelo tecido epitelial e parcialmente pelo tecido subjacente. As células também estão ligadas umas às outras e são polarizadas, com um lado “para cima” e um lado “para baixo” que se conectam à membrana basal ou às células epiteliais subjacentes.

tecido epitelial pode ser dividido em tecido simples, que consiste em uma única camada de células, e epitélio estratificado, que envolve duas ou mais camadas de células. Dentro dessas categorias básicas, o tecido pode ser classificado pela forma das células. O tecido epitelial escamoso é composto por uma série de células achatadas que se parecem com paralelepípedos, enquanto o epitélio cuboidal tem células em forma de cubo, uma espécie de cubos de açúcar empilhados. O tecido colunar tem células em forma de coluna e pode ser coberto por pêlos muito finos, conhecidos como cílios, para a percepção sensorial em locais como o revestimento do nariz.

Uma das principais funções do tecido epitelial é a proteção. O epitélio é como uma blindagem flexível e adaptativa para o corpo. Novas células estão crescendo constantemente para repor as mais velhas e, em alguns casos, como a pele, uma camada de células queratinizadas atua como uma camada adicional de proteção. Como primeira linha de defesa do corpo, o epitélio também é muito sensível a ameaças potenciais.

Dentro do corpo, o epitélio às vezes é chamado de endotélio.

As células epiteliais em todo o corpo são vulneráveis a danos de uma variedade de fontes e podem desenvolver cânceres e anormalidades, porque são projetadas para se replicar rapidamente.

Se ocorrer um erro na duplicação, ele pode se espalhar rapidamente para as células vizinhas, resultando em um tumor ou câncer.

Tecido Epitelial – Função

Tipos de epitélio

tecido epitelial, também chamado de epitélio, é um dos quatro principais tipos de tecido encontrados em animais, incluindo humanos. Ele cobre ou reveste completamente todas as superfícies externas do corpo, bem como quase todas as superfícies internas do corpo. Vários órgãos internos, como fígado, rins e pulmões, bem como outras estruturas internas, como algumas glândulas, são constituídos principalmente de tecido epitelial. O tecido epitelial fornece uma barreira protetora do meio ambiente para outros tecidos e órgãos, mas também atua como uma interface com o mundo exterior.

As células epiteliais são bastante diversas e são responsáveis por muitas funções, incluindo proteção, secreção, certos tipos de absorção e por alguns tipos de estímulos sensoriais.

O tipo mais familiar de tecido epitelial é composto por um tipo especial de célula epitelial e é chamado de epiderme ou pele.

A epiderme protege outros tecidos do corpo contra danos de um ambiente hostil ou perigoso e fornece uma barreira protetora contra muitos parasitas e microorganismos prejudiciais.

O tecido epitelial da pele também é muito versátil. As glândulas sudoríparas nesse tecido ajudam a regular a temperatura corporal, e as terminações nervosas nos tecidos epiteliais fazem parte do sistema sensorial.

Ele também cura rapidamente após sofrer danos, especialmente a epiderme.

Várias características do tecido epitelial o distinguem de outros tipos de tecido. O tecido epitelial forma uma camada contígua onde se encontra, sem fendas, quebras ou orifícios. Suas células estão muito próximas, cada uma ligada às outras ao seu redor, com pouco espaço entre elas. As células são organizadas de forma que todas as células em uma camada de epitélio estejam alinhadas na mesma direção.

tecido epitelial é geralmente separado de outros tecidos por um tipo de membrana chamada membrana basal, que é formada por secreções das próprias células epiteliais.

Internamente, o tecido epitelial desempenha algumas das mesmas funções da epiderme ou do epitélio externo, revestindo as superfícies de todas as cavidades do corpo e fornecendo uma camada protetora às superfícies internas do corpo. Vários órgãos internos e glândulas também são compostos de tecido epitelial, e esses órgãos estão principalmente envolvidos na absorção de alimentos, água, ar e na filtração e secreção de resíduos. Um bom exemplo de tecido epitelial interno são os pulmões, que permitem que o oxigênio entre na corrente sanguínea.

Tecido Epitelial – Características

A característica mais básica do tecido epitelial é que ele cobre as superfícies do corpo, sejam externas ou internas. Ele atua como uma cobertura protetora ou limite para tais superfícies, incluindo a camada externa da pele, bem como a superfície interna de órgãos “ocos” como o estômago, o cólon e os vasos sanguíneos.

Além disso, o tecido é normalmente identificado como tendo seis características: é feito quase inteiramente de células, contém células unidas por contatos especializados, tem superfícies superiores e inferiores distintas, não é suportado por células sanguíneas, retém a capacidade de regeneração e é suportado por tecido conjuntivo.

Todos os tecidos epiteliais compartilham uma característica que às vezes é chamada de celularidade. A celularidade significa simplesmente que o tecido é feito quase completamente de células, com muito pouco espaço entre elas. Em outros tecidos, particularmente nos tecidos conjuntivos, uma área de matéria inanimada chamada matriz extracelular existe entre as células.

Todas as células epiteliais também compartilham pontos especiais de contato. Esses contatos são possíveis por meio de proteínas especiais chamadas proteínas integrais de membrana.

Outra característica comum desse tecido é que suas células superiores são diferentes das inferiores. Esse recurso é conhecido como polaridade, e as superfícies superior e inferior são chamadas de apical e basal, respectivamente. As células apicais são “livres” no sentido de que não estão ligadas a outras células, exceto às células epiteliais vizinhas. As células basais estão ligadas ao que é chamado de membrana basal, que é necessária para prender o tecido ao tecido conjuntivo próximo. Todos esses tecidos são sustentados por tecido conjuntivo, outra característica comum entre eles.

O tecido epitelial não contém vasos sanguíneos e, portanto, é considerado avascular. Em vez disso, é sustentado por capilares nos tecidos conjuntivos, que o fornecem nutrientes por meio de um processo denominado difusão. Embora o tecido não contenha vasos sanguíneos, ele contém terminações nervosas.

As células são capazes de divisão rápida, que é o processo que cria novas células. Muitas células epiteliais em diferentes partes do corpo são perdidas devido ao atrito ou exposição a substâncias nocivas. A pele, por exemplo, produz constantemente novas células para substituir as células mortas mais próximas da superfície externa. As células dos tecidos que revestem o trato digestivo, incluindo as do esôfago, estômago e intestinos, também sofrem divisão contínua.

O que é epitélio?

O epitélio é um dos quatro principais tipos de tecido do corpo, junto com o músculo, o tecido conjuntivo e o tecido nervoso.


Tecido Epitelial

Ele funciona principalmente para revestir as superfícies do corpo e fica no topo do tecido conjuntivo, ao qual é ancorado por uma membrana basal consistindo principalmente de fibras de colágeno.

As glândulas também são compostas de tecido epitelial.

tecido epitelial é fornecido com nervos, mas não com vasos sanguíneos. Ele recebe nutrição do tecido conjuntivo subjacente por meio da difusão. O tecido epitelial tem muitas funções, incluindo proteção, secreção, absorção seletiva, excreção, difusão e sensação.

Diferentes tipos de tecido epitelial são diferenciados com base na forma das células e no número de camadas de células.

O tecido epitelial que consiste em uma única camada de células é classificado como epitélio simples, enquanto várias camadas de células constituem o epitélio estratificado.

As células epiteliais podem ser escamosas ou planas, cuboidais ou colunares.

As células escamosas são mais largas do que altas, enquanto as células colunares são mais altas do que largas, e as células cuboidais têm altura, largura e profundidade aproximadamente iguais.

O tecido escamoso simples facilita a difusão devido à sua espessura. Ele reveste os vasos sanguíneos e linfáticos, bem como as cavidades internas do corpo.

O tecido epitelial cuboidal simples é freqüentemente encontrado em tecidos especializados para secreção ou absorção, como as glândulas.

O epitélio colunar simples reveste partes do sistema reprodutor feminino e grande parte do sistema digestivo, incluindo o estômago e os intestinos.

O epitélio escamoso e cuboidal pode ser simples ou estratificado, enquanto o tipo colunar pode ser simples, estratificado ou pseudoestratificado.

O epitélio colunar pseudoestratificado é feito de células cuboidais de alturas variadas, o que lhe dá a aparência microscópica de ser estratificado, embora na verdade haja apenas uma única camada de células.

É encontrada em partes dos sistemas respiratório e urinário, bem como no sistema reprodutor masculino. O tecido epitelial pseudoestratificado também pode apresentar cílios, projeções finas semelhantes a fios de cabelo na superfície do tecido que servem para aumentar a área de superfície e mover substâncias através da superfície do tecido em uma direção específica.

Existem também dois tipos especializados de epitélio estratificado: queratinizado e transicional.

tecido epitelial queratinizado é encontrado apenas nas superfícies externas do corpo, incluindo o interior da boca.

É caracterizada por uma camada externa de células mortas rica em proteína queratina, tornando a superfície do tecido resistente e à prova d’água.

tecido de transição consiste em camadas de células que podem se esticar, parecendo cuboidais ou colunares quando em repouso e escamosas quando esticadas. Esse tipo de tecido, às vezes chamado de urotélio, é encontrado apenas nas estruturas do sistema urinário da pelve renal, bexiga, ureter e uretra.

O que são células epiteliais?

As células epiteliais são um grupo de células fortemente comprimidas que se acumulam nas superfícies interna e externa dos órgãos corporais e em outras superfícies encontradas no corpo. Como um termo coletivo, essas células também são conhecidas como um tecido denominado epitélio. Essas células também são a composição primária da pele humana.

A função básica das células epiteliais é fornecer uma camada protetora para o órgão que elas envolvem.

As células desse tipo no sistema digestivo também podem absorver os nutrientes de que o corpo necessita durante o processo de digestão. Também podem auxiliar na secreção de enzimas e hormônios, bem como na excreção de subprodutos indesejados, principalmente quando localizados em áreas como rins e glândulas sudoríparas.

Os revestimentos epiteliais ao longo dos pulmões ajudam a disseminar o oxigênio em todas as partes do corpo. Os tecidos epiteliais especiais ao redor dos órgãos dos sentidos, como olhos, nariz e língua, são feitos com terminações nervosas para aumentar a sensibilidade.

Essas células são categorizadas como células de revestimento ou de epitélio glandular. Os epiteliais de revestimento protegem ainda mais os órgãos revestindo a membrana basal da célula, outra folha protetora que impede que corpos estranhos invadam os órgãos saudáveis. As células epiteliais glandulares, por outro lado, revestem as glândulas, como as glândulas sudoríparas e mamárias.

As células epiteliais de revestimento são ainda classificadas como epiteliais simples ou estratificadas. O tipo simples possui apenas uma camada de células, e o tipo estratificado é composto por várias camadas de células, variando de três a sete camadas. As células estratificadas geralmente são encontradas em órgãos que podem sofrer ataques pesados de reações químicas ou corpos estranhos, de modo que os órgãos não são afetados mesmo que uma camada de células epiteliais seja destruída.

Uma célula epitelial também pode assumir várias formas, dependendo de sua localização e função: plana, em forma de cubo ou em forma de coluna.

As células epiteliais são geralmente construídas para não terem vasos sanguíneos, portanto, nenhuma dor física é sentida quando são esfoliadas e regeneradas constantemente, não apenas da pele, mas de todos os órgãos que possuem epitélios. A urina pode ser um veículo para que essas células sejam excretadas para fora do corpo, por isso é normal que essas células sejam observadas microscopicamente durante o exame de urina. Quantidades elevadas de células epiteliais, no entanto, podem indicar problemas como infecção da bexiga ou do trato urinário. A urina anormalmente turva e de cor mais escura pode causar algumas preocupações e a necessidade de um exame de urina completo.

Fonte: members.tripod.com/www.wisegeek.com/www.biomania.commedicina.ucpel.tche.br/www.ufrgs.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.