Breaking News
Home / Biologia / Urodelos

Urodelos

PUBLICIDADE

O que são urodelos?

Urodelos ou caudatos são salamandras, tritões, sirenídeos e proteus, pertencem à ordem Caudata da classe dos anfíbios.

Filo: Chordata

Classe: Amphibilia

Ordem:Caudata

Os anfíbios dividem-se em três ordens: anuros (sapos, rãs e pererecas), gimnofiónios ou ápodos (cecílias ou cobras-cegas) e os caudatos ou urodelos. Das três ordens dos anfíbios hoje existentes, os urodelos são os que mais se assemelham aos seus antepassados dos quais evoluíram.

O estilo de vida destes animais são muito complexos e variados. Alguns passam toda a vida dentro da água, sendo outras inteiramente terrestres. Costumam habitar locais úmidos e restringem-se praticamente ao hemisfério norte.

Anatomia

Os urodelos têm o corpo delgado (firme), cauda comprida e quatro patas, variando de tamanho conforme os hábitos das espécies. Apresentam a cabeça e os olhos pequenos, sendo o olfato o sentido primordial que empregam para localizar alimentos.

Absorvem oxigênio de formas diversas. Alguns respiram através dos pulmões e da pele lisa e úmida, mas muitas espécies que vivem permanentemente na água mantem as brânquias externas da fase larval.

urodelos-4

Alimentação

São carnívoros e alimentam-se de presas vivas, empregando uma combinação do olfato com a visão. Como não são muito ativos, não necessitam de grandes níveis de energia, não precisando comer com muita frequência. Quando a presença de alimentos está abundante, armazenam-no como reserva o que lhes permite sobreviver aos períodos secos e frios, onde ocorre escassez dos mesmos.

As larvas também são carnívoras, consumindo grande variedade de invertebrados aquáticos. Algumas espécies de larvas com desenvolvimento mais rápido tornam-se canibais, devorando larvas menores da sua própria espécie.

Defesa

Muitas espécies apresentam cores vistosas que servem como alerta para possíveis predadores, pois produzem secreções tóxicas por meio de glândulas localizadas na pele, concentrando-se na cabeça ou na cauda. Porém outras não produzem secreções nocivas, mas mimetizam as cores e padrões das espécies que as secretam.

Ocorre em algumas espécies a perda da cauda quando atacadas, a mesma continua a mexer-se depois de solta, o que distraí a atenção do predador, permitindo a fuga.

Reprodução e metamorfose

Possuem ciclo de vida complexo, que envolvem três fases distintas, ovo, larva e adulto.A fecundação é interna (nos anuros, pelo contrário é externa). Desenvolvimento indireto, pois passa por fase larval. Durante o acasalamento o macho desprovido de pênis transfere para o corpo da fêmea uma cápsula com esperma.

O ovo contêm substâncias de reserva para alimentar o embrião em desenvolvimento. Após a eclosão, emergem as larvas que tem um corpo esguio e longo, cauda e brânquias grandes e externas.

As larvas vão crescendo até atingirem a fase em que passam por uma metamorfose e adquirem a forma adulta: durante este processo perdem muitas espécies (as que possuem hábitos terrestres) perdem as brânquias e passam a respirar através dos pulmões e da pele.

Urodelos - Proteu
Proteu

Urodelos - Sirenídeos
Sirenídeo

Urodelos - Tritão
Tritão

Camila Correia

Veja também

Algas Dinophytas

Algas Dinophytas

PUBLICIDADE O que são algas dinophytas? As algas dinófitas, pertencem ao Filo Dinophyta e a …

Endoderma

PUBLICIDADE Definição de endoderma Endoderma ou Endoderme é a mais interna das três camadas germinativas, …

Alelos Múltiplos

PUBLICIDADE O que são alelos múltiplos? Os alelos múltiplos ou polialelia são casos em que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.