Breaking News
Home / Biologia / Vitamina B12 – Cobalaminas

Vitamina B12 – Cobalaminas

PUBLICIDADE

Vitamina B12 – Cobalamina – O que é

vitamina B12, também chamada de cobalamina, é uma das 8 vitaminas B. Todas as vitaminas B ajudam o corpo a converter alimentos (carboidratos) em combustível (glicose), que é usado para produzir energia.

Essas vitaminas B, geralmente chamadas de vitaminas do complexo B, também ajudam o corpo a usar gorduras e proteínas.

As vitaminas do complexo B são necessárias para uma pele, cabelos, olhos e fígado saudáveis. Eles também ajudam o sistema nervoso a funcionar adequadamente.

Todas as vitaminas B são solúveis em água, o que significa que o corpo não as armazena.

vitamina B12 é uma vitamina especialmente importante para manter as células nervosas saudáveis e ajuda na produção de DNA e RNA, o material genético do corpo.

vitamina B12 atua em estreita colaboração com a vitamina B9, também chamada de folato ou ácido fólico, para ajudar a produzir glóbulos vermelhos e ajudar o ferro a funcionar melhor no corpo. O folato e o B12 trabalham juntos para produzir S-adenosilmetionina (SAMe), um composto envolvido na função imunológica e no humor.

As vitaminas B12, B6 e B9 trabalham juntas para controlar os níveis sanguíneos do aminoácido homocisteína. Altos níveis de homocisteína estão associados a doenças cardíacas. No entanto, os pesquisadores não têm certeza se a homocisteína é uma causa de doenças cardíacas ou apenas um marcador que indica que alguém pode ter uma doença cardíaca.

É raro que os jovens sejam deficientes em vitamina B12, mas não é incomum que os idosos tenham uma deficiência leve. Isso pode ser porque suas dietas não são tão saudáveis ou porque eles têm menos ácido estomacal, que o corpo precisa para absorver B12.

Níveis baixos de B12 podem causar uma série de sintomas, incluindo:

Fadiga
Falta de ar
Diarréia
Nervosismo
Dormência
Sensação de formigamento nos dedos das mãos e dos pés

A deficiência severa de B12 causa danos aos nervos.

Outros em risco de deficiência de B12 incluem:

Veganos e vegetarianos que não comem laticínios ou ovos, já que a vitamina B12 é encontrada apenas em produtos de origem animal
Pessoas com problemas de absorção de nutrientes devido à doença de Crohn, doença pancreática, cirurgia para perda de peso ou medicamentos
Pessoas infectadas com Helicobacter pylori, um organismo nos intestinos que pode causar uma úlcera. O H. pylori danifica as células do estômago que produzem o fator intrínseco, uma substância de que o corpo precisa para absorver B12
Pessoas com transtorno alimentar
Pessoas com HIV
Pessoas com diabetes
Os idosos

ácido fólico (vitamina B9), especialmente quando tomado em altas doses, pode mascarar os sintomas de deficiência de vitamina B12. O perigo é que, sem sintomas, alguém com deficiência de vitamina B12 pode não saber disso e correr o risco de desenvolver danos nos nervos. Deve falar primeiro com o seu médico se pretende tomar mais de 800 mcg de ácido fólico, para se certificar de que não tem deficiência de vitamina B12.

Vitamina B12 – Cobalamina – Deficiência

A vitamina B-12 é uma vitamina solúvel em água, como todas as outras vitaminas B.

Isso significa que ele pode se dissolver na água e viajar pela corrente sanguínea. O corpo humano pode armazenar vitamina B-12 por até quatro anos. Qualquer excesso ou indesejado de vitamina B12 é excretado na urina.

A vitamina B-12 é a maior e mais complicada vitamina estrutural. Ocorre naturalmente em produtos cárneos e só pode ser produzido industrialmente por meio da síntese por fermentação bacteriana.

A vitamina B-12 é vital para a produção de
glóbulos vermelhos e processos mentais

A vitamina B12 é essencial para a produção de DNA, RNA e mielina (bainha adiposa que envolve as fibras nervosas). É essencial ao crescimento e divisão das células e, à formação de glóbulos vermelhos.

A sua deficiência é comum em vegetarianos estritos (vegans) que não tomam suplementos de Vitamina B12.

vitamina B12 ou cobalamina é uma das vitaminas do chamado complexo B. Ao contrário de todas as outras vitaminas deste complexo, a vitamina B12, apesar de ser hidrossolúvel, tem a capacidade de ser armazenada no fígado.Para que se utiliza A vitamina B12 tem uma função essencial na produção de DNA, RNA e mielina (baínha adiposa que envolve as fibras nervosas).

É essencial ao crescimento e divisão das células, e à formação de glóbulos vermelhos.Em que situações deve ser utilizado A vitamina B12 tem uma função essencial na produção de DNA, RNA e mielina (baínha adiposa que envolve as fibras nervosas). É essencial ao crescimento e divisão das células, e à formação de glóbulos vermelhos.

Como se utiliza

Na natureza, a vitamina B12 encontra-se essencialmente em alimentos de origem animal. Os mais ricos são o fígado e rins, ameijoas, ostras, peixe, carne, aves, gema de ovo e leite.

Que precauções deve ter

Na natureza, a vitamina B12 encontra-se essencialmente em alimentos de origem animal. Os mais ricos são o fígado e rins, ameijoas, ostras, peixe, carne, aves, gema de ovo e leite.

Quando não deve ser utilizado

Na natureza, a vitamina B12 encontra-se essencialmente em alimentos de origem animal. Os mais ricos são o fígado e rins, ameijoas, ostras, peixe, carne, aves, gema de ovo e leite.

Que problemas podem surgir com a sua utilização

Manifestações de excesso.

Não há sintomas registados de excesso de vitamina B12.

Manifestações de carência

Quando a vitamina B12 não é absorvida por falta de uma substância (fator intrínseco) produzida pelo estômago, estamos perante uma forma de anemia megaloblástica (Anemia Perniciosa).

Esta também pode resultar de uma deficiente ingestão da própria vitamina.

Os sintomas e anemia megaloblástica verificam-se também na carência de ácido fólico, e curam-se com a administração deste.

A deficiência de Vitamina B12 pode causar fadiga e alterações do sistema nervoso (degenerescência da medula espinhal, nervos ópticos, substância branca cerebral e nervos periféricos).

Pode afetar outros medicamentos

Manifestações de excesso

Não há sintomas registados de excesso de vitamina B12.

Vitamina B12 – Benefícios

Vitamina B12

vitamina B-12 é crucial para o funcionamento normal do cérebro e do sistema nervoso. Também está envolvido na formação de glóbulos vermelhos e ajuda a criar e regular o DNA.

O metabolismo de todas as células do corpo depende da vitamina B-12, pois ela desempenha um papel na síntese de ácidos graxos e na produção de energia. A vitamina B-12 permite a liberação de energia, ajudando o corpo humano a absorver o ácido fólico.

O corpo humano produz milhões de glóbulos vermelhos a cada minuto. Essas células não podem se multiplicar adequadamente sem a vitamina B-12.

A produção de glóbulos vermelhos diminui se os níveis de vitamina B-12 estiverem muito baixos. A anemia pode ocorrer se a contagem de glóbulos vermelhos cair.

Vitamina B12 – História

1824: São descritos por Combe os primeiros casos de anemia perniciosa e a relação possível com as doenças do sistema digestivo.

1855: Combe e Addison identificam os sintomas clínicos da anemia perniciosa.

1925: Whipple e Robscheit-Robbins descobrem os benefícios do fígado na regeneração do sangue em cães anémicos.

1926: Minot e Murphy relatam que uma dieta de elevadas quantidades de fígado cru dada a pacientes com anemia perniciosa restaura o nível normal dos glóbulos vermelhos. São desenvolvidos concentrados de fígado e são iniciados estudos sobre os presumível(eis) principio(s) activos (“factor anti anemia perniciosa”).

1929: Castle postula que estão envolvidos dois factores no controle da anemia perniciosa: um “factor extrínseco” nos alimentos e um “factor intrínseco” na secreção gástrica normal. A administração simultânea destes factores causa a formação de glóbulos vermelhos a qual alivia a anemia perniciosa.

1934: Whipple, Minot e Murphy são galardoados com o prémio Nobel de medicina pelo seu papel no tratamento da anemia perniciosa.

1948: Rickes, Folkers e os seus associados (EUA) e Smith e Parker (Inglaterra), trabalhando separadamente, isolam um pigmento vermelho cristalino ao qual dão o nome de vitamina B12.

1948: West demonstra que injeções de vitamina B12 beneficiam dramaticamente os pacientes com anemia perniciosa.

1949: Pierce e os seus colaboradores isolam duas formas cristalinas de vitamina B12, igualmente eficazes no combate da anemia perniciosa. Uma forma é descoberta como contendo cianeto (cianocobalamina) enquanto a outra não (hidroxocobalamina).

1955: Hodgkin e os seus colaboradores estabelecem a estrutura molecular da cianocobalamina e as suas formas coenzimáticas utilizando a cristalografia por raio-x.

1955: Eschenmoser e os seus colaboradores na Suíça e Woodward e os seus colaboradores nos EUA sintetizam a vitamina B12 a partir de culturas de certas bactérias/fungos.

1973: Síntese total da vitamina B12 por Woodward e os seus colaboradores.

Fonte: www.fisioquality.com.br/www.mountsinai.org/www.roche.pt/www.medicalnewstoday.com/ods.od.nih.gov

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.