Breaking News
Home / Biologia / Respiração Branquial

Respiração Branquial

PUBLICIDADE

O que é respiração branquial?

As brânquias ou guelras são órgãos da respiração, são geralmente finas placas de tecido mucoso rico em vasos sanguíneos, através das quais são realizadas as trocas gasosas. São encontrados em muitos animais aquáticos, incluindo equinodermos, crustáceos, alguns insetos, vermes, moluscos, crustáceos, anfíbios e em todos os peixes.

As brânquias dos vertebrados encontram-se nas paredes da faringe junto a uma ou várias aberturas, denominadas fendas branquiais. A medida que a água entra na boca passa pelas brânquias promove as trocas gasosas. Os peixes ósseos forçam a entrada de água através de movimentos dos opérculos (que são placas ósseas que cobrem a câmara branquial). Já os peixes cartilaginosos, não possuem opérculos e, tem que nadar com a boca aberta para promover o fluxo de água. Alguns peixes também usam as guelras para a excreção de eletrólitos, da mesma maneira como os mamíferos podem eliminar excreções através da pele.

Respiração Branquial

A maioria dos peixes modernos tem um órgão hidrostático, chamado de bexiga natatória, que se encontra na cavidade do corpo. Em várias linhas não relacionadas de peixes, a bexiga tornou-se especializada como um pulmão ou como um órgão respiratório acessório altamente vascularizado. Alguns peixes com tais órgãos são obrigados a respirar com ar e se afogarão se o acesso for negado à superfície, mesmo em água bem oxigenada.

Peixes com uma forma hidrostática de bexiga natatória podem controlar sua profundidade regulando a quantidade de gás na bexiga. O gás, principalmente o oxigênio, é secretado na bexiga por glândulas especiais, tornando o peixe mais flutuante, o gás é absorvido pela corrente sanguínea, reduzindo a flutuabilidade geral e permitindo que o peixe afunde.

Alguns peixes do fundo do mar podem ter óleos, em vez de gás na bexiga. A bexiga natatória dos peixes segue o mesmo padrão de desenvolvimento dos pulmões dos vertebrados terrestres. Não há dúvida de que as duas estruturas têm a mesma origem histórica em peixes primitivos.

Camila Correia

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Cromossomos homólogos

PUBLICIDADE Definição Os Cromossomos homólogos são dois cromossomos, um de origem paterna e outro de origem materna, …

Homologia

PUBLICIDADE Definição Homologia correspondente ou semelhante em posição ou estrutura ou função ou características; especialmente derivado …

Flavoproteína

Flavoproteína

PUBLICIDADE Definição A flavoproteína faz parte dos complexos enzimáticos que participam do catabolismo da glicina, glutamato, valina, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.