Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Biologia / Entoprocta

Entoprocta

PUBLICIDADE

 

Um pequeno filo de invertebrados aquáticos sedentários que se assemelham a animais musgo. Eles têm um corpo arredondado em uma haste longa, tendo um anel de tentáculos para filtrar o alimento da água.

Kamptozoa ou Entoprocta (do grego entos, dentro + proktos, orifico retal) é um filo constituído por pequenos animais aquáticos (0,5mm até 5mm).

São blastocelomados e seu orificio retal fica dentro do átrio, na coroa de tentáculos. Antes pensava-se que possuíssem um lofóforo, por isso eram colocados junto dos Bryozoa, atualmente suas relações filogenéticas permanecem incertas.

São animais filtradores: os seus tentáculos segregam um muco que apanha as partículas alimentares, movendo-as depois, através de cílios, em direção à boca.

Possuem o corpo dividido em haste e cálice, com uma cavidade, o átrio, entre os tentáculos, onde ficam suas larvas em desenvolvimento, e de um lado fica a boca e do outro o orifício retal.

Algumas espécies são coloniais. Este filo possui cerca de 150 espécies em várias famílias, de maioria marinha.

Classificação

Filo Entoprocta Nitsche, 1869
Ordem Coloniales
Família Barentsiidae Emschermann, 1972
Família Pedicellinidae Johnston, 1847
Família Loxokalypodidae Emschermann, 1972
Ordem Solitaria
Família Loxosomatidae Hincks, 1880

Fonte: www.geocities.com

Entoprocta

“Entoprocta”, cunhado em 1870, significa ” orifício retal para dentro “.

O nome alternativo “Kamptozoa”, que significa “torto” ou animais “curvas”, foi atribuído em 1929.

Alguns autores usar “Entoprocta”, enquanto outros preferem “Kamptozoa”.

FILO ENTOPROCTA

O filo Entoprocta (do grego, entos = dentro + proktos = orifício retal) inclui, aproximadamente, 150 espécies conhecidas.

Os membros desse filo são sésseis e pedunculados e possuem uma coroa de tentáculos ciliados (Figura 12.8). Existem tanto espécies coloniais (Figura 2) quanto solitárias.

A maioria dos entoproctos é microscópica. O comprimento do corpo não ultrapassa 5 mm.

Quase todos os entoproctos são marinhos. Os membros desse filo possuem uma ampla distribuição, vivendo das regiões polares até os trópicos.

A maioria das espécies marinhas está restrita às águas costeiras e, freqüentemente, desenvolve-se sobre conchas e algas. Alguns são comensais de anelídeos.

Os entoproctos de água doce vivem sob pedras em ambientes lóticos (águas correntes).

O corpo (cálice) (Figura 2) dos membros do fi lo Entoprocta, como você já sabe, possui uma coroa, ou círculo, de tentáculos ciliados.

Ele pode estar ligado ao substrato por um único pedúnculo e um disco de fi xação com glândulas adesivas (formas solitárias) ou por dois ou mais pedúnculos (formas coloniais).

Tanto os tentáculos quanto o pedúnculo são parte da parede do corpo.

O número de tentáculos varia de 8 a 30, e cada um pode se mover individualmente. Cílios revestem as superfícies lateral e interna dos tentáculos.

Os últimos não podem ser retraídos para o interior do cálice, mas podem se posicionar para proteger a boca e o orifício retal.

Os entoproctos são fi ltradores. Seu tubo digestivo (Figura 12.10), que possui a forma de um “U”, é revestido por cílios.

Tanto a boca quanto o orifício retal estão localizados dentro do círculo de tentáculos cujas laterais possuem cílios longos que geram uma corrente de água.

Protozoários, diatomáceas e outros itens alimentares, trazidos pela corrente de água, são retidos pelos cílios curtos situados nas superfícies internas dos tentáculos e direcionados para a boca.

Entoprocta
Figura 1 – Um representante do filo Entoprocta

Entoprocta
Figura 2 – Uma colônia de entoproctos

A parede do corpo dos entoproctos (Figura 3) é formada por cutícula, epiderme e músculos longitudinais. O pseudoceloma é preenchido por um parênquima (ou mesênquima) gelatinoso. Já o sistema excretor é formado por um par de protonefrídios. Um gânglio nervoso bem desenvolvido localiza-se ventralmente ao tubo digestivo.

A superfície corporal, por sua vez, apresenta cerdas e fóveas (depressões) sensoriais.

Entoprocta
Figura 3 – Aspectos da morfologia de um membro do filo Entoprocta

Os entoproctos não possuem sistemas respiratório e circulatório. Assim, as trocas gasosas ocorrem através da parede do corpo, principalmente pelos tentáculos.

Quanto à reprodução, existem tanto espécies de entoproctos monóicas quanto dióicas. Existem também formas hermafroditas que apresentam protandria (as gônadas, inicialmente, produzem esperma e, posteriormente, óvulos). Os embriões dos entoproctos se desenvolvem no interior de uma bolsa posicionada entre o poro genital e o orifício retal do organismo parental (Figura 3). As larvas são ciliadas e nadadoras, e possuem um tufo de cílios na extremidade anterior e uma faixa ciliada em torno da margem ventral do corpo. A larva se fi xa ao substrato e se transforma no adulto.

Fonte: teca.cecierj.edu.br

Entoprocta

Grego: = fora, proctos = orificio retal

Nome: vernáculo entoprocto

Os entoproctos são invertebrados de tamanho reduzido, sésseis, na sua grande maioria marinhos.

O corpo é formado por uma parte superior, o cálice, onde se encontra uma coroa de tentáculos ciliados, e um pedúnculo que sustenta este cálice.

Nas formas solitárias, o pedúnculo se prende diretamente ao substrato, enquanto que nas formas coloniais formam-se estolões horizontais.

Entoproctos são comumente encontrados na região entremarés, mas algumas espécies já foram coletadas a profundidades de 500m. Os substratos utilizados para fixação são os mais diversos, incluindo rochas, algas, conchas, hidrozoários, corais, briozoários e tunicados.

As relações filogenéticas destes animais com outros grupos são bastante obscuras. Durante muito tempo foram incluídos, juntamente com ectoproctos, no Filo Bryozoa.

No início deste século, verificou-se que seriam organismos não celomados, justificando sua separação em um Filo. Mais recentemente, levantou-se novamente a possibilidade de que entoproctos fossem bastante próximos a ectoproctos e que pudessem representar a condição ancestral destes (Brusca & Brusca, 1990).

Descrição

A maioria das espécies são colonial, e seus membros são conhecidos como “zoóides”, uma vez que não são totalmente independentes de animais.

Entoprocta são tipicamente de 1 mm (0,039 pol) de comprimento, mas variando de 0,1 a 7 milímetros (0,0039-0,2756 em) de comprimento.

Posição Sistemática

Reino: Animalia

Sub reino: Metazoa

Filo Entoprocta

Família Loxosomatidae
Família Loxokalypodidae
Família Pedicellinidae
Família Barentsiidae

Número de espécies

No mundo:150
No Brasil: 10

Fonte: www.biomania.com

Entoprocta

Entoprocta

Os Entoprocta (=Kamptozoa) compreendem um filo de animais invertebrados sésseis, coloniais ou solitários, um dos grupos menos conhecidos do Reino animal e de posição filogenética obscura e controversa.

Cerca de 180 espécies foram descritas mundialmente.

Pequenos, transparentes e de hábitos crípticos, os entoproctos passam geralmente despercebidos, embora sejam relativamente comuns em substratos consolidados, como rochas, seixos, corais, conchas e algas, sendo comensais de muitas espécies de invertebrados, como esponjas, poliquetas, sipuncúlidos.

São frequentemente encontrados dentro dos tubos e galerias de seus hospedeiros.

Eles são muito parecidos com alguns briozoários e hidrozoários pelo aspecto geral e hábito.

Os indivíduos são formados basicamente por uma região distal superior, denominada cálice e que possui uma coroa de tentáculos ciliados, e uma haste denominada pedúnculo, na qual o cálice é sustentado; o pedúnculo pode ser preso diretamente ao substrato através de uma estrutura dilatada, denominada pé e característico das espécies solitárias, ou através de estolões nas espécies coloniais.

Alvaro E. Migotto

Fonte: cifonauta.cebimar.usp.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Plastos

Plastos

PUBLICIDADE O que são plastos? Os plastos ou plastídeos são organelas de dupla membrana encontrados …

Plantas Tóxicas

Plantas Tóxicas

PUBLICIDADE O que são plantas tóxicas? As plantas tóxicas também chamadas de plantas venenosas contêm …

Plantas Carnívoras

Plantas Carnívoras

PUBLICIDADE O que são plantas carnívoras? As plantas carnívoras são definidas como plantas que atraem, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+