Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Biologia / Bromélias

Bromélias

O que são Bromélias?

PUBLICIDADE

Por Bromélias podemos compreender plantas que pertencem à família das bromeliáceas. Esta família se divide em 56 gêneros, os quais, por sua vez, se subdividem em mais de 3 mil espécies. Inclusive, temos entre as bromélias algo bem suculento: o abacaxi.

Com certeza você já deve ter degustado um abacaxi. E você sabia que, na verdade, ele é uma espécie de bromélia? E segundo: ele não é uma fruta, mas sim uma infrutescência? Ou seja: o abacaxi é formado pela reunião de várias flores (inflorescências) que com a fecundação, dão origem a vários frutos, chamados infrutescências, as quais são desenvolvidos a partir dos ovários de várias flores.

E detalhe: o abacaxi é nativo do Brasil, mais especificamente do cerrado. Além do abacaxi, temos outras diversas espécies de bromélias no País, as quais são nativas das Américas Central e do Sul, incluindo ainda o México e do sul dos Estados Unidos. Só temos uma única exceção, originária da África.

Bromélias

E por falar em bromélias, não pense que elas são todas pequenas. A maior espécie, por exemplo, existe no Peru e Bolívia. E sabe quantos metros ela atinge? Nove! Lembrando que o Brasil é ainda o berço da diversidade destes tipos de planta: 80% delas estão espalhadas pelo País, sendo que a Mata Atlântica (praticamente quase toda devastada) é a que apresenta um grande número de espécie de bromélias.

Estas plantas têm como características apresentar folhas longas, estreitas e curvas. O caule é reduzido e, em geral, as folhas são serreadas e dispostas em camadas circulares. Por isso, elas apresentam como característica o armazenamento de água. Tanto é que, na natureza, as bromélias são consideradas uma reserva de água natural para diversas espécies de animais, desde insetos a pererecas.

Existem bromélias que crescem no solo, outras em rochas e, ainda, há aquelas que são epífitas. Por epifíticas podemos entender plantas que crescem aderidas as outras plantas. Mas lembre-se: elas não são parasitas, pois não se “alimentam” das plantas as quais estão aderidas. Apenas as utilizam como suporte para conseguir obter mais luz ao ficarem em lugares mais altos.

Vale lembrar que as bromélias são muito utilizadas em jardinagem e ornamentação, por conta de apresentarem cores vistosas, além de serem resistentes. Elas podem ser fixadas em troncos ou mesmo plantadas em solo ou vaso.

Juliano Schiavo
Biólogo e mestre em Agricultura e Ambiente

Referências

BRITANNICA. Bromélia. Disponível em: <escola.britannica.com.br/levels/fundamental/article/bromélia/483131>. Acesso em 04/08/17

CARDIM, R. Das 20 frutas mais consumidas no Brasil, somente 3 são nativas. Disponível em:<https://arvoresdesaopaulo.wordpress.com/2011/05/15/das-20-frutas-mais-consumidas-no-brasil-somente-3-sao-nativas/>. Acesso em 04/08/17.

Bromélias

As Bromélias são plantas pertencentes à família das Bromeliáceas, conhecidas também como gravatás ou ananás dependendo da planta ou do fruto, existem em torno de 4.000 espécies, cerca de 1.250 ocorrem no Brasil e podem viver no chão, na rocha ou nas árvores. Sendo encontradas nas restingas, no alto das montanhas, no cerrado e também na caatinga, onde cobre extensas áreas em meio a cactos e outras plantas.

São espécies xerófitas, ou seja, adaptadas para a vida em condições de seca, suportando também temperaturas extremas, tendo para isso cutículas ou ceras que revestem suas folhas que diminuem a perda de líquido para o meio. Além desse recurso, muitas delas, também armazenarem água da chuva em suas folhas.

Este fato beneficia inúmeras espécies de animais, como, moscas, mosquitos, formigas, aranhas, lacraias, baratas, pererecas, rãs, lagartixas, cobras, que vivem em seu interior e outros animais como, beija-flores, pássaros, roedores, quatis, macacos que são atraídos, pelas flores, frutos e pela água da chuva retida na base de suas folhas.

Na região Nordeste existe, grandes extensões de bromeliáceas nativas como o caroá, e a macambira, que economicamente poderiam ser utilizadas para a fabricação de papel e cordas, mas por causa dos acúleos da planta que dificulta o seu manuseio, em seu lugar usa-se, o sisal (Agave sisalana, que é uma Amarilidácea).

O representante mais conhecido dessa família é sem dúvida o abacaxi (Ananás sativa), segundo relatos dos primeiros europeus que aqui estiveram (Jean de Léry), o ananá como era conhecido, já era consumido entre os índios que aqui viviam, por volta do ano de 1565, suas folhas têm acúleos na sua borda, são revestidas externamente de cera e fornecem fibras têxteis, seus frutos são ricos em fósforo e contém um fermento digestivo chamado bromelina, que auxilia na digestão de proteínas e é utilizado como amaciante de carnes.

Para estimular a floração das Bromeliáceas de um modo geral, os criadores usam pequenas pedras de carbureto de cálcio, que são colocadas no interior da roseta, assim elas florescem artificialmente em alguns dias, sem que isso afete a qualidade das flores ou dos frutos.

Algumas bromélias costumam acumular muita água como as Vriesea imperialis, chegando uma planta a guardar mais de 30 litros, outras com menor quantidade de água, as Aechmea nudicalis, são muito encontradas em nossas matas. As Pitcarnias assemelham-se ao capim, tem flores vermelhas (P. Corcovadensis) e vivem sobre as rochas.

As Tillandsias se destacam pela sua leveza, e conseguem viver nas alturas dos troncos, galhos, muros e fios elétricos, onde resistem por longos períodos de seca, sem o recurso de acumular água como as outras o fazem.

Elas são uma evolução dentro da família, que saiu do chão para a vida aérea, a T. stricta conhecida como “cravo do mato” tem em média 15 cm, suas folhas delgadas são de cor verde zinabre, e suas flores são azuis com brácteas rosas, muito utilizadas para arranjos em xaxins pela sua beleza e rusticidade.

A Tillandsia usneoides é conhecida como “barba de velho”, e é muito vista caindo pelos galhos das árvores mais antigas, dando um aspecto “fantasmagórico” ao local. É utilizada para enchimento de colchões, tem propriedades medicinais, é anti-reumática, anti-hemoroidaria e utilizada para combater as hérnias e o ingurgitamento do fígado (Pio Correa). Na pracinha do Alto da Boa Vista, podemos encontrá-las dependuradas sobre os pinheiros.

As bromélias são indicadoras importantes da degradação do meio ambiente. A ocupação humana, os incêndios e a poluição dos carros, por exemplo, foram alguns dos fatores que fizeram com que algumas bromélias fossem extintas na cidade, como por exemplo, o gravatá roxo (Aechmea sphaerocéphala) que em 1843 foi coletada por Gaudichaud na ponta do Arpoador, e suas folhas chegavam a medir 250 cm de comprimento (Pio Corrêa).

Outras puderam ser salvas por colecionadores como um anônimo que coletou uma espécie em risco de extinção, encontrada na Pedra da Gávea na forma variegata. Apesar disso, a coleta de plantas na natureza constitui crime, além de criar problemas para a planta que geralmente morre. Locais como o Pão de Açúcar e a Pedra da Gávea, são importantes sob o ponto de vista evolutivo das espécies, pois ficam isoladas do restante da vegetação.

Funcionam mais ou menos como uma ilha perdida no tempo. Isso se dá através de uma passagem que funciona como uma espécie de funil seletivo, aquelas que conseguem passar pelo funil têm melhores e maiores condições de sobreviver através dos tempos no local.

É importante saber que também são depósitos de água onde os mosquitos adoram se reproduzir, esquecer-se disso, é um erro muitas das vezes fatal em tempos de dengue. O lugar das bromélias é junto da natureza, é lá que elas desempenham seu papel mais importante, que é o de fornecer água para os animais, onde normalmente não haveria, ou seja, no meio de um rochedo ou no alto de um morro ou num areal.

Erico Dalmau

Fonte: www.terrabrasil.org.br

Galeria de Fotos – Bromélias

Bromélias tanto espécies quanto híbridas

 

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Plastos

Plastos

PUBLICIDADE O que são plastos? Os plastos ou plastídeos são organelas de dupla membrana encontrados …

Plantas Tóxicas

Plantas Tóxicas

PUBLICIDADE O que são plantas tóxicas? As plantas tóxicas também chamadas de plantas venenosas contêm …

Plantas Carnívoras

Plantas Carnívoras

PUBLICIDADE O que são plantas carnívoras? As plantas carnívoras são definidas como plantas que atraem, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+