Breaking News
Home / Biologia / Nicho Ecológico

Nicho Ecológico

PUBLICIDADE

Nicho Ecológico – O que é

Os seres vivos estão em constante adaptação ao meio, estas causam equilíbrio nas relações entre as espécies e no ecossistema como um todo.

O nicho ecológico e o habitat é um dos estudos da ecologia, que tem como objetivo compreender as relações entre os seres vivos e o ambiente em que vivem.

Nicho Ecológico – Conceito

Função que a espécie desempenha no ambiente, ou seja, atividades especificas que fazem parte de um conjunto adaptativo.

São as funções que a espécie desempenha no ambiente, por exemplo: reprodução, hábitos alimentares, estratégias de sobrevivência. Define o modo de vida único e particular que cada espécie explora no habitat.

Nicho EcológicoNicho Ecológico

Conceito de habitat

Ambiente onde vive determinada espécie. Cada habitat oferece condições físicas, climáticas e alimentares para o desenvolvimento das espécies. Composto por propriedades físicas e também pelos seres vivos.

É no habitat que cada espécie desempenha as atividades especificas que fazem parte de um conjunto de interações adaptativas. Este conjunto é conhecido como nicho ecológico.

Enquanto habitat é o local onde a espécie vive, o nicho ecológico são as ações desempenhadas por elas.

Princípio de Guase (principio de exclusão competitiva)

Um nicho ecológico é mutuamente exclusivo e para que duas espécies coexistam em um mesmo habitat, é necessário que seus nichos ecológicos sejam suficientemente diferentes.

Quando duas espécies de uma biocenose (comunidade) compartilham o mesmo nicho ecológico se estabelece entra elas uma competição por um ou mais recursos do meio.

Esta competição pode ter determinados resultados como, por exemplo: extinção de uma das espécies; expulsão da espécie mais fraca pela mais forte do ambiente; ou mudanças de hábitos de uma ou de ambas as espécies. Se o habitat for o mesmo, mas o nicho ecológico diferente não haverá competição entre as espécies, podendo conviver no mesmo habitat.

Em Biologia, o que é um nicho?

Nicho é definido em sentido geral como uma cavidade, oco ou recesso, especialmente em uma parede.

No entanto, em biologia e ecologia, um nicho pertence ao seguinte:

1) a área específica onde um organismo habita,
2)
 o papel ou função de um organismo ou espécie em um ecossistema, ou
3) 
a inter-relação de uma espécie com todos os fatores bióticos e abióticos que o afetam.

Em biologia ou ecologia, um nicho é uma área especializada para a qual a evolução otimiza certas espécies. Alguns exemplos são predador, pastador, caçador-coletor, necrófago e parasita.

Exemplos de animais que ocupam esses nichos são leão, veado, humano, abutre e lombriga. Existem muitas maneiras diferentes de determinar e listar essas áreas, incluindo muitos níveis possíveis de especificidade.

O primeiro nicho provavelmente foi ocupado por quimiotróficos, microrganismos que ganhavam energia do ambiente oxidando compostos inorgânicos como os sulfatos. Alguns bilhões de anos depois, os quimiotróficos foram seguidos pelos fotossintetizadores, ou produtores/autótrofos, que ganharam sua energia usando os raios do sol, dióxido de carbono e água para gerar ATP, a moeda energética da célula.

Esses organismos eram cianobactérias e persistem em grande número até hoje. Autótrofos mais modernos incluem árvores, plantas com flores e vinhas.

Para as plantas, a floresta tropical pode ser o melhor exemplo de diferenciação de nicho.

Existem plantas que gastam grande quantidade de energia para serem mais altas do que as outras e constituem a chamada camada emergente. Eles podem espalhar seus galhos e absorver luz sem competição, mas devem colocar tanta energia no crescimento que o tamanho de sua folhagem no topo é limitado. Depois, há a camada de dossel, que busca ser apenas média, absorvendo toda a energia que puder enquanto compete com as plantas vizinhas. Abaixo do dossel estão várias plantas especializadas, como videiras e até carnívoras, como o jarro.

Todas essas estratégias evolutivas representam um nicho distinto. Cada um pode ser ocupado por centenas ou milhares de organismos competidores.

Entre os animais, as principais categorias são predadores, consumidores e onívoros. Existem variantes incomuns nessas categorias, como necrófagos e parasitas. As ecologias tendem a ter uma estrutura piramidal, com os produtores sendo a maioria dos organismos, seguidos pelos consumidores e depois pelos predadores.

Fonte: Camila Correia

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.