Breaking News
Home / Biologia / Isópodes

Isópodes

PUBLICIDADE

O que são Isópodes?

Os Isópodes ou Isópodos pertencem a ordem Isopoda, da classe dos Malacostráceos, do filo dos Artrópodes. É o primeiro grupo dos crustáceos a serem verdadeiramente terrestres e acredita-se que existem há 300 milhões de anos, desde a Era Paleozoica. Atualmente, são conhecidos milhares espécies.

Possuem representantes marinhos, terrestres, salobros e límnicos. A grande maioria é de vida livre, mas existem muitas espécies parasitas de outros crustáceos e peixes, podendo apresentar morfologia muito modificada.

Isópodes

A maioria apresenta corpo achatado dorsoventral, divido em cabeça, tórax e abdome. Possuem dois pares de antenas localizadas na cabeça, membros articulados e exoesqueleto formado de quitina. O seu primeiro par de apêndices desses animais são maxilípedes ou patas-maxilas que são apêndices torácicos que servem para auxiliar na alimentação de muitos crustáceos, encontrado em volta da boca para sugarem o alimento. Os terrestres, não têm uma cobertura cuticular e outras adaptações como existentes nos insetos para conservar a água.

A grande parte das espécies são dioicas (sexos separados), mas algumas são hermafroditas.Nos machos os primeiros dois pares de pleópodos são órgãos copulatórios.

A fêmea possui aberturas genitais, denominadas gonóporos. Os ovos são fertilizados internamente, numa estrutura chamada oviduto. O desenvolvimento é direto, podendo passar por metamorfoses em alguns parasitas.

A alimentação varia de espécie para espécie. Alguns se alimentam de plantas, outros de animais em decomposição, outros são filtradores e algumas espécies são parasitas.

Estes animais realiza troca gasosa através de brânquias, estas são protegidas por uma estrutura denominada de opérculo.

Os crustáceos possuem apêndices abdominais utilizados para locomoção chamados pleópodes.

Exemplos de animais isópodes: uma das espécies mais conhecida é o Armadillidium vulgare, tatuzinho de jardim, também conhecido como tatu-bolinha; Eurydice pulchra; Asellota; Phoratopus remex. O Bathynomus spp. é o maior isópode que existe, conhecido como isópode gigante, com cerca de 50 cm de comprimento.

Camila Correia

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Hemodinâmica

Hemodinâmica

PUBLICIDADE Definição Hemodinâmica é um ramo da fisiologia que lida com a circulação sanguínea. O que …

Cruzamento Cromossômico

Cruzamento Cromossômico

PUBLICIDADE O que é cruzamento cromossômico? Você já ouviu falar em cruzamento cromossômico ou crossing-over? …

Flora do Brasil

Flora no Brasil

PUBLICIDADE Flora Brasileira Quando falamos na flora brasileira, nos referimos a uma das maiores biodiversidades …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.