Breaking News
Home / Biologia / Célula Nervosa

Célula Nervosa

PUBLICIDADE

Definição de Célula nervosa

A unidade básica de comunicação no sistema nervoso é a célula nervosa (neurônio).

Cada célula nervosa consiste no corpo celular, que inclui o núcleo, uma fibra ramificada principal (axônio) e várias fibras ramificadas menores (dendritos).

A bainha de mielina é um material gorduroso que cobre, isola e protege os nervos do cérebro e da medula espinhal.

célula nervosa é um tipo de célula que recebe e envia mensagens do corpo para o cérebro e de volta para o corpo. As mensagens são enviadas por uma fraca corrente elétrica. Também chamado de neurônio.

As células nervosas podem ser descritas como receptores e transmissores de informações que permitem a um organismo responder de forma adequada.

Essencialmente, as células nervosas, também conhecidas como neurônios, são o componente ativo do sistema nervoso.

Existem duas grandes classes de células no sistema nervoso: neurônios, que processam informações, e glia, que fornecem aos neurônios suporte mecânico e metabólico.

Os interneurônios formam a segunda categoria de células nervosas. Essas células recebem e enviam sinais para outras células nervosas.

Os interneurônios servem para processar informações de muitas maneiras diferentes e constituem a maior parte do sistema nervoso humano. Os efetores ou neurônios motores são a terceira classe de neurônios.

Essas células enviam sinais aos músculos e glândulas do corpo, governando diretamente o comportamento do organismo.

O que é uma célula nervosa?

As células nervosas – também conhecidas como neurônios – são os blocos de construção primários do sistema nervoso em humanos e animais.

Em um nível fundamental, as funções de uma célula nervosa transmitindo e recebendo mensagens eletroquímicas. Essas mensagens podem servir a diversos propósitos, incluindo a transmissão de informações sensoriais ao sistema nervoso central e a regulação e controle dos órgãos do corpo.

A função de uma única célula nervosa pode ser descrita como relativamente simples, mas quando agrupadas em grupos, essas células podem permitir processos complexos como a cognição cerebral.

Como a maioria das outras células em um organismo, uma célula nervosa geralmente possui um núcleo e um corpo celular. Ao redor do corpo celular, existem extensões chamadas dendritos, que são especializadas em receber diferentes tipos de estímulos, dependendo da localização e da finalidade da célula. Depois que os dendritos detectam alguma forma de estímulo, o corpo celular gera um impulso elétrico chamado potencial de ação, que viaja por uma estrutura semelhante a um fio chamada axônio até seu destino.

Os três tipos básicos de células nervosas são: neurônios motores, neurônios sensoriais e interneurônios.

Um neurônio motor é uma célula que transmite um sinal a um músculo ou glândula.

Os neurônios sensoriais recebem informações dos órgãos sensoriais e as transmitem de volta ao sistema nervoso central.

Os interneurônios, que fazem a maior parte do trabalho no cérebro e na medula espinhal, transmitem informações entre os neurônios sensoriais e motores.

A velocidade do impulso elétrico que é transmitido através de uma célula nervosa pode variar dependendo de uma série de fatores, mas a média é de cerca de 320 km/h (321,8688 km/h), que é mais lenta do que a eletricidade viaja por um fio.

O cérebro humano médio tem cerca de 100 bilhões de neurônios e cerca de 10 vezes mais células de suporte da glia, que realizam várias funções vitais que ajudam os neurônios a funcionar adequadamente.

Uma diferença entre os neurônios e outras células do corpo é sua expectativa de vida. Enquanto a maioria das células morre e é substituída em ciclos relativamente curtos, a pesquisa mostrou que muitos neurônios no corpo não são substituídos e alguns duram a vida inteira de uma pessoa.

Ao longo de uma longa vida, alguns neurônios morrerão gradualmente, mas geralmente há neurônios sobreviventes mais do que o suficiente para compensar quaisquer perdas normais.

Os cientistas descobriram que uma parte do cérebro chamada hipocampo tem a capacidade de regenerar neurônios perdidos, mas isso não parece ser possível em qualquer outra parte do corpo.

Células nervosas – Tipos

Embora o sistema nervoso seja muito complexo, o tecido nervoso consiste em apenas dois tipos básicos de células nervosas: neurônios e células gliais.

Os neurônios são as unidades estruturais e funcionais do sistema nervoso. Eles transmitem sinais elétricos, chamados impulsos nervosos.

As células gliais fornecem suporte para os neurônios. Por exemplo, eles fornecem aos neurônios nutrientes e outros materiais.

Células nervosas -Neurônios

Os neurônios (também chamados de neurônios ou células nervosas) são as unidades fundamentais do cérebro e do sistema nervoso, as células responsáveis por receber informações sensoriais do mundo externo, por enviar comandos motores aos nossos músculos e por transformar e retransmitir os sinais elétricos em cada passo no meio. Mais do que isso, suas interações definem quem somos como pessoas.

Em suma, nosso sistema nervoso detecta o que está acontecendo ao nosso redor e dentro de nós; eles decidem como devemos agir, alteram o estado dos órgãos internos (alterações da frequência cardíaca, por exemplo) e nos permitem pensar e lembrar o que está acontecendo. Para fazer isso, ele conta com uma rede sofisticada – neurônios.

Os neurônios, às vezes chamados de células nervosas, constituem cerca de 10% do cérebro; o resto consiste em células gliais e astrócitos que sustentam e nutrem os neurônios.

Um neurônio típico tem todas as partes que qualquer célula teria e algumas estruturas especializadas que o distinguem. A parte principal da célula é chamada soma ou corpo celular. Ele contém o núcleo, que por sua vez contém o material genético na forma de cromossomos.

Os neurônios têm um grande número de extensões chamadas dendritos. Frequentemente, parecem galhos ou pontas que se estendem do corpo celular.

São principalmente as superfícies dos dendritos que recebem mensagens químicas de outros neurônios.

Uma extensão é diferente de todas as outras e é chamada de axônio. Embora em alguns neurônios seja difícil distingui-lo dos dendritos, em outros é facilmente distinguido por seu comprimento.

O objetivo do axônio é transmitir um sinal eletroquímico a outros neurônios, às vezes a uma distância considerável. Nos neurônios que constituem os nervos que vão da medula espinhal aos dedos dos pés, os axônios podem ter até um metro de comprimento!

Os axônios mais longos são geralmente cobertos por uma bainha de mielina, uma série de células gordurosas que se enrolam em torno de um axônio muitas vezes.

Isso faz com que o axônio pareça um colar de contas em forma de salsicha. Eles têm uma função semelhante ao isolamento em torno do fio elétrico.

Bem no final do axônio está a terminação do axônio, que tem uma variedade de nomes como botão, botão sináptico, pé do axônio e assim por diante (não sei por que ninguém estabeleceu um termo consistente!).

É lá que o sinal eletroquímico que percorreu o comprimento do axônio é convertido em uma mensagem química que viaja para o próximo neurônio.

Entre a terminação do axônio e o dendrito do neurônio seguinte, existe uma lacuna muito pequena chamada sinapse (ou lacuna sináptica ou fenda sináptica). Para cada neurônio, existem entre 1.000 e 10.000 sinapses.

Uma célula nervosa (neurônio) mostrando axônio e dendritos

Os neurônios funcionam transmitindo e recebendo dados eletroquímicos

A estrutura de um neurônio permite que ele transmita rapidamente os impulsos nervosos para outras células

Fonte: www.cancer.gov/www.mayoclinic.org/www.albany.edu/www.ncbi.nlm.nih.gov/webspace.ship.edu/www.wisegeek.org/qbi.uq.edu.au/www.microscopemaster.com/bio.libretexts.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Risco Biológico

PUBLICIDADE Definição de Risco biológico Os perigos biológicos ou Riscos biológico são substâncias orgânicas que representam uma ameaça …

Carragenina

PUBLICIDADE Definição de Carragenina A carragenina é um aditivo alimentar comum extraído de algas vermelhas, usada principalmente …

Algas Vermelhas

PUBLICIDADE Definição de Algas Vermelhas Todas as algas marinhas podem ser amplamente divididas em três …